Como doar roupas sem drama

Basta responder três perguntas:

1. Você usa essa peça sempre? Ela faz parte do seu estilo?

Se uma peça não combina com você, não tem porque mantê-la no armário. Eu sei como é – estava com um preço ótimo, na hora pareceu linda, mas ela simplesmente não combina com nenhuma roupa que você use. Nesses casos, vale a pena assumir a má compra e doar para alguém que possa aproveitá-la melhor. Se ela estiver nova, você pode até mesmo tentar vendê-la.

2. Você usou essa peça nos últimos seis meses? Ou no último ano?

Se você não usou essa peça nos últimos doze meses, é bastante provável que não venha a usar nos próximos doze. Pode acontecer uma ou outra exceção, mas você saberá reconhecê-las.

3. Essa peça serve em você atualmente?

Se uma peça não serve mais em você, não há motivo para mantê-la. Talvez você guarde aquela calça jeans que servia quando você era adolescente porque ainda tem esperança de que volte a servir. Ok, é até saudável manter UMA peça nostálgica para servir de estímulo para emagrecer – outra coisa é manter um guarda-roupa inteiro. Tenha somente peças que te sirvam.

Como evitar compras desnecessárias

  • Compre quando estiver precisando de algo específico. Dessa forma, fica mais fácil comprar, pois você terá um foco e não gastará seu dinheiro com outra(s) peça(s) – ou pelo menos deixará essa iniciativa mais difícil.
  • Quando precisar comprar, escolha peças de boa qualidade. Como você vai estar comprando menos, compensará o dinheiro investido.
  • Não compre uma peça que servirá quando você “perder 3ks”. Compre somente roupas que sirvam perfeitamente.
  • Com raríssimas exceções, evite comprar peças de roupa que sejam muito diferentes do que você usa no dia-a-dia. Mesmo que você queira mudar completamente o seu estilo, sempre é melhor ir gradualmente. Compre peças parecidas com as que você já tem e que sabem que vestem bem. É muito provável que, se você não tem um vestido bandage, é porque ele não fica muito legal no seu corpo, então não invente para não deixar a peça encostada depois.
  • Compre peças de roupas que combinem com as suas. Uma boa regra ao pegar uma peça na loja é pensar se ela combina com pelo menos três peças do seu guarda-roupa. Se combinar, a compra vale a pena porque você sabe que terá como usar.

Como doar

  • Procure instituições de caridade na sua cidade.
  • Se a sua cidade não tiver essas instituições, informe-se nas igrejas, que geralmente costumam recolher doações.
  • Se a peça for de marca ou quase nova, você pode tentar vendê-la em um brechó ou pela internet.
  • Organize um bazar com as suas amigas e incentive-as a destralhar o guarda-roupa também.
  • Aproveite aquelas promoções de farmácias e supermercados quando estiverem recolhendo doações de roupas para doar a sua parte.

Voc̻ ṇo precisa de drama Рprecisa de espa̤o. E outras pessoas precisam das roupas que voc̻ ṇo usa mais. Doe.