Não traga para 2012 o que deveria ter ficado para trás

8
2915
Imagem: Getty Images

Já passamos da metade do mês de janeiro e eu aposto como, apesar de ter começado um ano novo, você já percebeu que continua com muita coisa do ano passado atrapalhando a sua vida. Sabe quando eu falo aqui no blog que a gente precisa destralhar a nossa casa para conseguir deixá-la organizada? Com a nossa vida é a mesma coisa. Enquanto a gente continuar carregando conosco comportamentos, amizades, relacionamentos, sentimentos e hábitos que sabemos não serem tão legais para a gente, continuaremos tendo os mesmos resultados.

Avalie a sua vida atualmente e veja o que poderia ter ficado em 2012. E deixe lá de uma vez por todas.

Mais do que prometer, em 2012:

  • Não tente ser a(o) dona(o) da verdade
  • Não tente mudar os outros
  • Não coma exageradamente
  • Não fique no sofá e vez de mexer o corpo
  • Não tente tirar vantagem de tudo
  • Não pense só nos seus sentimentos
  • Não compre por impulso
  • Não mantenha amizade com pessoas que não se importam com você
  • Não deixa para lá algo que te feriu profundamente
  • Não deixe de fazer aquele curso que você vem adiando há anos
  • Não deixe um emprego que já deu o que tinha que dar ficar te estressando
  • Não fique lamentando pelo que já passou

E você, permitiu que algum hábito de 2011 chegasse até aqui? O que está esperando para deixá-lo para trás?

8 comentários

  1. Thais, tem muito “não” neste texto, talvez fosse mais efetivo trocar as frases para “aceite os outros como são”, “coma moderadamente”, “mexa seu corpo em vez de ficar no sofá”, etc. Acho que seriam frases mais positivas.

    • Oi Eliane, o texto fala sobre justamente negarmos certas atitudes, por isso tem bastante “nãos”. =)

  2. Claro que tenho algumas coisas que já deveriam ter sido concluídas em 2011mas como ninguém é perfeito (eu muito menos), concedi a mim própria o 1º mês do ano para terminar a minha lista de metas e objectivos significativos para este ano 2012.
    Quanto a resoluções ou metas para 2012, eu prefiro regista-las em termos afirmativos, em vez de: “Não…”.
    Beijinhos

  3. “Não deixa para lá algo que te feriu profundamente”

    Não deixa? Hehe
    Acho que seria sem o “não”, né? (Só pra avisar mesmo, não precisa aceitar o comentário)

    🙂

    • Oi Mariana, na verdade, é isso mesmo. Se algo te magoou profundamente, você vai deixar para lá e conviver com a pessoa numa boa? Para mim esse “não deixe para lá” significa justamente tirar da sua vida aquilo que te faz mal, incluindo relacionamentos.

  4. Thais, gostei deste post. Foi o que eu disse em um post anterior, fiz minha lista de objetivos para 2012 no final do ano passado. Agora, passadas as semanas iniciais, refiz sem as ilusões de virada de ano. Tenho alguns (des)hábitos para mudar em 2012 e, a partir da próxima semana, eles já estarão sendo mudados. Não que já não estejam sendo mudados, mas tenho que ir mais em cima deles com mais vigor. Também esse ano tirei para encerrar ciclos. Muita coisa já deu o que tinha que dar e estão atrapalhando a seguir em frente. Como já ouvi algumas vezes, se começamos o ano de maneira organizada e indo em busca dos nossos objetivos, o ano inteiro será de conquistas e de coisas boas. Então, vamos lá!

  5. Bom dia Thais! Gosto muito da maneira objetiva, racional e organizada que vc escreve.Parece que já começamos a nos organizar mentalmente antes de partir para a açao. Sou uma desorganizada com”potencial de organizada”rsrs, pois gosto de ter agenda e afins, mas falta disciplina…
    Gostei das dicas de hoje, e vou colá-las em lugar visível para “implantá-las” no meu cérebro!Parabéns e obrigada pela ajuda!
    Sou Susi de Guarulhos-SP.

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui