Diário da Thais

Nós nos mudamos! E estamos bem!

Nossa mudança aconteceu na sexta-feira e está tudo bem, tirando todos os percalços possíveis que nos atingiram. A mudança em si foi bastante rápida e, em 24 horas, o apartamento já estava arrumado (Geller falando). Porém, aconteceram diversos imprevistos:

  • A cama com o colchão não chegou na sexta-feira (conforme havíamos agendado) e eu precisei dormir no chão. Imaginem uma pessoa que acordou às 4h da manhã, fez uma mudança e teve que dormir no chão duro, forrado somente com um edredon.
  • A máquina de lavar também não chegou, então além de fazer a mudança, eu precisei me preocupar em lavar, esfregar, torcer e pendurar roupa.
  • Greve de ônibus bem quando eu voltei ao trabalho.

Depois pretendo fazer um post sobre todas as marcas, entregas, reclamações e elogios possíveis. Afinal, estamos aí para isso.

No geral, estamos muito bem. Quando chegarem todas as coisas (faltam sofá, armários da área de serviço, mesa de jantar e outras coisinhas), tiro fotos e posto aqui. Estamos nos virando.

Sempre vivemos momentos de estresse como esse na vida, e o que eu costumo fazer é focar no essencial e deixar todo o resto passar. Essa foi a maneira que encontrei para não enlouquecer. Li um post sobre ficar 100 dias sem objetivos e isso me deu um estalo sobre minimalismo no dia-a-dia, o que eu estou aplicando mesmo sem ter dado nome. Ficar sem mil tarefas nos possibilita a focar no que realmente importa, resolver o que é importante naquele momento e ser muito mais produtivo.

Com a mudança, tem sido essencial não se estressar com o que não tenho controle sobre. Vale lembrar que escolhas são diferentes de metas mas, quando as fazemos, as metas acabam sendo naturalmente cumpridas.

10 Comments

  1. Eu também acabei de me mudar e vários móveis não chegaram, então é bem reconfortante ler o seu depoimento de como lidar com essa situação – e sobreviver a ela!
    Bjos

    1. Thais Godinho says:

      Anna, sobreviveremos!

  2. Thais,há um pecado de quem é organizado, que é justamente esperar que os outros também sejam. Aos poucos vamos aprendendo que ‘todos vivemos sob o mesmo céu, mas nem todos vêem o mesmo horizonte'(Konrad Adenauer…

    1. Thais Godinho says:

      Cristiane, você tem razão. Obrigada.

  3. Thais, que legal que vocês se mudaram! Parabéns! Apesar dos percalços, daqui pra frente provavelmente as coisas só irão melhorar…aí é só curtir o novo lar!
    Gostei da ideia do artigo sobre 100 dias sem objetivos. Acredito que seria bom para mim, pois tendo a me cobrar demais, sempre me exigindo cada vez mais. Vou tentar ler, apesar de que meu inglês não é dos melhores! srsrs
    Um abraço,
    Aline

    1. Thais Godinho says:

      Google Translator salva, Aline! =)

  4. eu ainda não estou com tudo arrumado com 1 mes de ‘nova casa’ e voce já está??? kkkkkk por isso que vc é minha ‘ídola’!!! kkkkk
    Bom, o que garanto é que meu novo apê já é (by far) mais arrumado que o outro, que já tem muitas cestinhas plásticas organizando as coisas, que já se vê muita diferença entre narinha antes e depois do vidaorganizada.com. Já vou com 70% de ‘casa sob nova organização’ e em busca dos 100%!! =D

    1. Thais Godinho says:

      Narinha, não se engane: tenho algumas caixas ali em stand-by, pois faltam chegar alguns móveis. Meus livros, mesmo, só vão ter casa ano que vem. Como é provisório, tudo bem. O bom é sempre avaliar se o que tem nas caixas ainda te serve mesmo depois de algum tempo.

  5. Thais Bessa says:

    Oba! Os imprevistos sempre acontecem, alguns dos nossos móveis também atrasaram, a sorte que pudemos ficar na sogra. Fora os pepinos que sempre surgem…

    Mas aos poucos tudo se ajeita! Casa é um processo, a gente está aqui tem 4 meses e não estamos nem em 10% do que queremos fazer!

    Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Posts mais acessados