Seja uma mãe organizada agora!

124
75949
{Imagem: Getty Images}

Desde o meu post sobre o Seminário Crescer e as mães sem tempo, além de todo o contato que tenho com mães através do Portal da Maternidade, eu vi a necessidade que algumas mulheres enfrentam no dia-a-dia para se organizar. Eu já dava alguns pitacos antes de engravidar, mas só vivenciando a mesma realidade para entender e falar com certo respaldo. Por isso, eu sei como a situação é sempre potencialmente caótica se deixarmos um dia sem “fazermos o que precisa ser feito”.

Sim, eu passei a pegar mais leve com a organização depois que me tornei mãe, mas não dá para deixar de ser organizada, pois a rotina pede isso. Então eu elaborei este post para você, mãe, que precisa muito se organizar e simplesmente não sabe por onde começar. Eu sei que essas dicas funcionam porque eu as aplico em minha vida já como um hábito. E, se são um hábito para mim, podem ser para você também. Basta ter força de vontade, diminuir a preocupação com a perfeição e estar sempre em movimento – mas isso eu sei que você já está, querendo ou não.

Vamos às dicas:

Pare de dizer que não tem tempo

Ninguém tem tempo. O dia tem 24h para todo mundo. Dizer que não tem só faz suas amigas revirarem os olhos a cada atualização de status no seu Facebook (só que elas nunca lhe dirão). Ser uma pessoa organizada significa arranjar tempo, pois sabe quais são suas prioridades e instaura processos que facilitam o dia-a-dia, gerando o tempo necessário para fazer o que precisa ser feito. Logo, se você diz que não tem tempo, na verdade está dizendo que não sabe priorizar suas atividades e não tem o menor controle sobre a sua vida. Se é a imagem que deseja passar, ao menos que seja com consciência.

Tenha uma agenda

Comece com o básico. Tenho certeza que você tem uma série de compromissos martelando na sua cabeça (“não posso esquecer disso ou daquilo”), porque todas nós temos. Passe para a agenda. A diferença entre ter ou não uma agenda é que a agenda é uma ferramenta que você pode confiar mais do que a sua cabeça. Anote lá e pare de se preocupar com o medo de esquecer. Não é possível que você consiga se lembrar das reuniões escolares de todos os filhos, das consultas médicas, das provas, das vacinas, dos aniversários de coleguinhas de escola, do telefone do pediatra. Se você consegue, não é motivo de parabéns, mas de preocupação – esvazie sua mente e seja uma pessoa mais tranquila! Ninguém merece ter todos esses dados decorados na cabeça. Muita informação para pouca necessidade. Use uma agenda.

Troque de roupa

Se você trabalha fora, já faz isso por obrigação, mas e aos finais de semana? Vista-se no momento em que acordar para dizer a si mesma que já está pronta para outra. Pode perceber que, quando você fica de pijama o dia inteiro, o pique nunca vem ou demora horas até chegar. Não postergue! Confie em mim e vista-se assim que acordar, especialmente se você trabalha em casa ou está de folga aos finais de semana. Você já deve ter percebido isso, mas mãe não tem folga. Deixe o pijama para a hora de dormir! Esse simples passo faz uma grande diferença na hora de começar o dia.

Crie uma rotina

Você pode me dizer que odeia rotinas e gosta de fazer cada dia de um jeito diferente. O nome disso é desculpite. Ter uma rotina não significa ser rígida com os horários nem transformar sua casa em um quartel general, mas ter ações previsíveis para o que é realmente rotineiro: fazer almoço, janta, lanche, dar banho nas crianças, colocá-las para dormir, levar e buscar na escola. Se você não tiver uma rotina, será sempre caótico mesmo. Talvez seja mais fácil se você tem somente um filho, mas com mais de um criar uma rotina é questão de sobrevivência.

Ter uma rotina é saudável também para as crianças, pois elas se sentem seguras, sabendo o que virá a seguir. Aqui em casa, por exemplo, meu filho sabe que, depois do banho, é hora de tomar o leitinho e dormir. Quando eu estou vestindo seu pijama, ele já está bocejando. Imagine se eu o tirasse do quarto e o levasse a uma festa? Ele ia ficar irritado e confuso, com razão. As crianças ficam mais tranquilas com uma rotina e vocês, pais, também. Você pode se planejar melhor e fazer algumas coisas no piloto automático.

Defina um menu semanal

Você pode definir que todo domingo criará um menu semanal com o que tem na despensa. Basta fazer uma lista com os pratos preferidos da sua família e distribuí-los ao longo da semana. Você não precisará prepará-los com antecedência (Deus me livre) – apenas garantirá que não chegará na terça-feira à noite, cheia de coisas importantes para pensar, tendoque perder tempo definindo o que irá fazer, procurando ingredientes, se estressando à toa. Você não perderá tempo nem deixará de ter um jantar saudável por causa da pressa e da desorganização.

Conheça o método FLY Lady

A ideia do menu é uma das ideias. Existe um método americano chamado FLY Lady que tem rotinas, dicas diárias, listas detalhadas de limpeza etc. Eu o utilizo há anos em uma escala mais low profile, mas funciona super bem para mim e para todas as outras mães que o utilizam. O site e as dicas estão em inglês, mas eu posto bastante no blog sobre o método, além das dicas no Twitter. Talvez seja uma boa para você.

Faça uma lista diária de tarefas

Eu também sempre recomendo às mães que façam uma lista diária de tarefas absolutamente necessárias, com aquilo que, se você não fizer, a casa cai: lavar a louça, arrumar a cama, esvaziar as lixeiras, recolher a roupa suja, guardar o que está fora do lugar etc. Cada casa tem suas necessidades. Não é para colocar “lavar a garagem” pois não é algo que você precisa fazer todos os dias. Coloque somente o necessário. Ao longo do dia, vá fazendo um pouquinho aqui e um pouquinho ali, para chegar ao final do dia com a lista inteira riscada. Eu garanto que dá certo porque faço assim aqui em casa. E lembre-se de que você não precisa (nem deve) fazer tudo sozinha.

Fuja da ideia da perfeição

Muitas mães não conseguem se organizar justamente porque têm um ideal de perfeição inatingível, do tipo: “se eu não vou limpar a casa inteira, não vou limpar só o banheiro” ou “para que eu vou arrumar a cama se todo o resto está uma bagunça?”. Bem, é por isso que a situação está como está. Você precisa entender que a sua casa (e a sua vida) não ficou bagunçada da noite para o dia, nem ficará arrumada nesse período de tempo. Você precisa ir aos poucos. Arrumar a sua gaveta de meias hoje pode não parecer ter significado se o armário inteiro está um caos, mas é melhor isso do que não fazer absolutamente nada. Hoje, você arruma uma gaveta. Amanhã, tira as roupas que não usa mais, e assim por diante. O que faz diferença é não se acomodar e cada dia fazer um pouquinho.

Livre-se da tralha

Não dá para organizar o que é tralha. Você precisa ter em sua casa somente o que ama e tem utilidade. Mas, mais uma vez, vá aos pouquinhos. Pegue 15 minutos hoje e jogue fora embalagens vazias, recibos que não valem mais, folhetos vencidos de supermercados etc. Você pode jogar fora, doar ou reciclar o que tem em casa. Que tal doar aquelas roupas que você, seu marido e seus filhos não usam mais? Elas podem ser úteis para outras pessoas e liberarão espaço na sua casa. Se você olha para o canto da sala, vê aquela pilha de revistas velhas e solta um suspiro, está na hora de fazer alguma coisa a respeito. Mas não de uma vez – sua casa não ficou cheia de tralha da noite para o dia e não ficará destralhada de um dia para o outro. A mesma filosofia. Pegue 15 minutos por dia para cuidar disso.

Tenha um tempo para você

Eu sei que ser mãe é um trabalho de 24h por dia, sete dias por semana. Mas, se você não arranjar esse tempo, ninguém arranjará para você. Pegue uma noite da semana para ir ao cinema, sair com as suas amigas, ir a uma livraria que gosta, fazer um curso ou simplesmente tomar um banho mais demorado, com direito a todos os cremes do mundo. Depende bastante da rotina da sua casa e das necessidades de todos, mas você precisa encarar a si mesma como prioridade tão quanto encara seus filhos e seu trabalho.

Pelo menos uma vez por dia, tenha o seu momento, não importa o que você escolha fazer com ele. Se você e o seu marido trabalham fora, vocês podem fazer uma espécie de rodízio – se você sai uma vez por semana, ele também pode sair e fazer o que quiser. É importante e faz diferença. Você volta com a cabeça arejada.

Aproveite o vínculo com outras mães

Quantas mães você conhece pela internet? E quantas mães você conhece pessoalmente? Aproveite as idas ao supermercado ou ao parquinho para fazer amizades. Sabe o motivo? É fundamental saber que não está sozinha. É difícil e trabalhoso para todas as mães. Todas sentem culpa, tristeza, alegria, satisfação, frustração. Conversar faz bem. Fazer isso ocasionalmente (em vez de nunca) te dará uma dimensão melhor de tudo e fará você mudar suas perspectivas, dar boas risadas e viver bem. O que isso tem a ver com organização? Se você estiver desequilibrada, o máximo que conseguirá organizar é o seu calendário de consultas médicas. Cuide-se.

Preste atenção nos seus filhos

Pode parecer uma dica absurda, mas a verdade é que, na correria do dia-a-dia, podemos nos esquecer de parar, brincar no chão com as crianças, prestar mais atenção a elas mesmo. Não deixe isso acontecer. Aproveite o tempo que tem para ficar com eles e faça com que esse tempo seja de qualidade. Se estiver dando almoço para o seu bebê, concentre-se nisso. Nada de ficar mexendo a panela de comida ou telefonando para alguém. Concentre-se, faça uma coisa de cada vez, senão não fará nada direito – além de ser uma tremenda falta de consideração.

Tenho certeza que, com essas poucas dicas, você conseguirá se organizar pelo menos um pouquinho, se tiver força de vontade. O resto acaba vindo como consequência. Você pode acompanhar o blog para conferir novas dicas e tentar implementá-las no seu dia-a-dia mas, por experiência própria, eu recomendo que você faça o mínimo, pois nossa vida é trabalhosa. Fazer um pouco já é melhor que não fazer nada. Tenha isso em mente.

Mas eu preciso que você me responda: qual sua maior dificuldade na hora de se organizar? Vamos discutir soluções!

124 comentários

  1. Ainda não sou mãe, mas confesso que tenho um medo terrivel que não conseguir ser uma boa mãe e esposa ao mesmo tempo!!

    O post me acalmou..
    obrigada!!

  2. Muito legal seu post, fico besta quando falam que nao sabem de onde arrumo tempo pra tanta coisa, é simples, TENHO que arrumar e organização e planejamento serve pra ajudar ne?
    Adorei teu blog, assinei o feed

  3. Minha maior dificuldade em me organizar é que eu tenho tantas coisas para fazer: trabalho em turno integral, crianças, marido, escola das crianças, animais de estimação, curso,leituras, exercícios físicos, que não sobra tempo para manter organizada a minha casa, isso que eu tenho uma faxineira que limpa uma vez por semana. Eu tirei há 2 semanas as pastas com as contas antigas para organizar e não fiz isso até agora. Tenho que organizar as fotos, tenho que desentralhar o “armário da bagunça” da garagem, que não tem só coisas minhas, mas principalmente do meu marido. E o pior é a limpeza da casa: parece que nunca sobra tempo para passar o aspirador e colocar as coisas no lugar. A minha irmã cuida dos meus filhos à tarde, mas ela apesar de ter boa vontade com as crianças, não é nada organizada e tem sempre molho de tomate espirrado no chão, nos balcões da pia, os armarios da cozinhas estão sempre desarrumados e por aí vai.
    Chego em casa por volta das 19h e meus filhos tem que dormir até no máximo 20h30, pois estudam pela manhã. Se eu ficar perdendo tempo lavando, arrumando e varrendo, não posso desfrutar da presença dos meus filhos. Ainda mais que eles tem 8, 5 e 4 anos.
    Peguei muitas dicas tuas sobre sobre organizar a agenda e as prioridades, mas a casa está caindo!
    Beijos,
    Marcinha, Porto Alegre RS

  4. Ola Thais, mais uma vez, belo post.
    Bom já q vc perguntou, minha maior dificuldade, confesso, é vencer a preguiça. Saio de casa p/ trabalhar as 5h30 da manhã e volto as 19h. Tem dias q ñ quero fazer nd, nem comida. Mas tbm já percebi q qdo começo a fazer, vou q vou.
    Outra dificuldade na minha rotina tem sido encaixar uma atividade fisica. Sempre fui mt ativa e depois q minha filha nasceu ñ consegui encaixar um horário p/ me exercitar. Minha opção é o horário do almoço, mas como disse anteriormente, a preguiça e a fome estão maiores, mas tenho fé q conseguirei, pq está me fazendo uma falta terrivel a endorfina.
    Bjus

    * aproveitando um outro assunto q vc abordou em outro post, estou tentando me familiarizar com a agenda do google, vc coloca todas as suas tarefas de casa lá? tipo varrer a casa, arrumar a bagunça… como funciona, dá p/ definir os tempos das atividades?

  5. Adorei as dicas! Como mãe de primeira viagem, passei por uns períodos bem difíceis, pois chegava em casa muito cansada do trabalho, do trânsito, com a cabeça cheia…e me sentia mal, pois não conseguia dar atenção para meu filho (6 anos) como ele precisava e merecia. Então percebi que para a minha cabeça “desligar” das obrigações de fora e “ligar” em casa leva um tempinho e descobri que incluir meu filho nas atividades de organização da casa pode ser uma ótima forma de aliar prazer e utilidade. Para mim é terapêutico (para o desligar/ligar), produtivo (resulta em algo que tem que ser feito na casa), e por incrível que pareça meu filho se sente compartilhando de um tempo comigo como se fosse uma grande brincadeira. Se vou cozinhar, separo uma panelinha e alguns ingredientes pra ele e vou mostrando como faço a comida. Se vou colocar a mesa, ele leva os copos de plástico. Depois lavamos a louça: eu as de vidro, ele as de plástico. Todo o dia o ajudo a arrumar sua cama, e ele também “expira” o chão com um pequeno aspiradorzinho que temos. Ao terminar as tarefas estamos em ótima sintonia, e até “sobra” tempo para ler uma revista tranqüila, enquanto ele brinca com algum de seus brinquedos satisfeito e feliz. Tem sido muito bom!

  6. Thais, quantas dicas legais. Entrei no grupo Fly e estou aprendendo a me organizar. Uma coisa que vou colocar em prática já é definir o menu semanal. A feira por aqui é aos domingos e dá pra comprar tudo para a semana. Beijos e obrigada

  7. Este post veio bem a calhar, estou em um momento que não consigo nenhuma domestica, e confesso que o trabalho rotineiro da casa me cansa, acredito sim, que talvez pela falta de organização. Aia (1 ano e 7 meses) não esta na creche, e me toma muito tempo, quando estou fazendo qualquer coisa e ela me chama, fico com dó de não poder lhe dar atenção por causa do almoço a fazer ou da casa para limpar. E ainda tenho que dar a saida matinal com ela. Ufa .,.. Não sei mesmo o que fazer

  8. Olá querida..adorei o post..sempre pego dicas maravilhosas..meu principal problema??? tento ser organizada na medida do possível..arrumo a casa 2 vezes ao dia..pela manhã e no final da tarde..cato tudo que está fora do lugar..tenho dois filhotes de 4 e 9 anos..Preciso tirar as tralhas..sabe abrir espaço..mas como me mudo no final do ano sei que deixarei todas as tralhas aqui..e tb organizar minha rotina..ainda moro com minha mãe então sigo a rotina dela e fica um pouco bagunçado..sabe como é! Adoro visitar esse cantinho.

  9. Eu adorei ler isto!

    Certamente minha vida vai mudar depois ler este post.. aahh.. certamente sim! Acabei de lê-lo lá na lista Flying Brasil, onde estou justamente para tentar organizar o caos que é minha vida e mudar a criatura mais desorganizada do mundo, que sou.

    Dei boas risadas me vendo em diversas situações e senti tristeza ao perceber realmente que na correria do dia a dia, sentar para brincar no chao, torna-se, e tem se tornado cada vez mais, um esquecimento! Pessimo, horrivel!

    Fazer um pouco é melhor do que nao fazer nada! Estava precisando ouvir isso! Um grande estimulo.. Pq a manina de perfeição é cruel.. “se todo o resto esta uma bagunça, pra que vou arrumar a cama?” É assim emsmo que funciona, com tudo, a cama é só um exemplo. Por isso minha vida estava um caos até uns 15 dias atrás, e por lutar diariamente pra mudar isso, as coisas estao, a passos menores que de formiga, é verdade..rs.., ficando melhores e mais leves..

    Minha maior dificuldade na hora de me organizar? Hummm… me organizar! rs.. é justamente me organizar! como um todo. Acho que é isso…. Talvez seja deixar de lado tambem a mania de perfeição… talvez seja me sentir tambem sozinha, nao ter vinculos muitos vinculos pessoais, fora de casa, como vc mencionou.
    Huumm.. tenho uma grande dificuldade tambem de organizar cardapio semanal… grande mesmo.. já me perguntei se isso cabe pra mim realmente.. pq isso, gosto, gosto mesmo de improvisar na hora, de ir criando.. tentei me conformar que sou assim… pq há um problema: nunca dá pra fazer a comida com exata precisao de quantidade.. as vezes sobra.. as vezes nao.. as vezes sim… quando sobra muito, derepente nao faço comida no dia seguinte.. quando sobra uma coisa ou outra, crio algo a mais acrescentando o que sobrou.. faço feira duas vezes na semana pois gosto das verduras e alguns legumes bem fresquinhos (nao rola 1 vez só pois as verduras nao chegam bem ao final da semana), e é meio imprevisivel o que encontrei bom, ou nao, na feira do meio da semana… Enfim! as confesso que é algo a mais mesmo pra pensar ( o que fazer amanha?? ou.. o que fazer hoje, daqui a pouquinho, AGORA(!!) pro almoço?) quando se tem mil coisas na cabeça ao mesmo tempo! Ufa! É muita desorganização para uma pessoa só.. mas eu ainda serei uma pessoa muito organizada.. concordo plenamente que dizer que nao tem tempo, é assumir falta de controle da propria vida.. eu já assumi isso pra mim mesma há um tempo e é o primeiro passo pra mudar.

    Obrigada e um grande beijo

    Bjs, e adorei!

  10. Apesar de que já sou mã há 26 anos,sempre é tempo de aprender mais. E o foi o que aconteceu ao ler esse post. Gostei bastante.
    Eu trabalho em casa mesmo e confesso que às vezes é bem difícil manter a casa organizada.
    Parabéns pelas dicas.

  11. Oi Tais, adorei seu blog. Como li em um de seus posts, estou na dase da organizaçã; Estou esperando a fase passar… meu Deuz, como é complicado organizar… principalemnte qdo se tem 2 filhos, um cachorro, a mãe, um milhão de coisas prá fazer e uma empregada qeu finge que te ajuda. Mas a minha maior dificuldade para me organizar em casa é a falta de armários. Ou pelo menos a falta de eles não serem como eu gostaria que fossem. No mais me sinto organizada. O que me falta mesmo é vontade de destralhar e arrumar. Mais uma vez parabéns pelo blog, pela sua organização, visto que vc faz um monte de outras coisas tb. Virei aqui todos os dias. Adorei!!!

  12. Sou mae de uma linda pricesa de 4 anos e estamo planejando ter outro bb, sinto uma enorme difilculdade de organização porque as vezes requero muito de mim, mas ultimamene ando ate muito bem, sem me estressar, se da pra fazer faço,minha filha muita das vezes tira tudo do lugar, mas tambem sabe me ajudar, não tenho empregada, saio de casa as 8 e volto as 18, é dificil , mas graças a Deus a tecnologia nos ajuda, coloco a rtoupa na maquina de manha, qdo volto estendo no varal, faço uma comida leve tipo sopa, lanchinho , lavo a louça e ja deixo a cozinha organizda, pela manha coloco a mesa do cafe eas vezes não da pra tirar, vou pro quarto vou pegando a bagunça e colocando no lugar, vou pra lavanderia e ja levo o que é de lá, e assim sucessivamente, é cansativo, pego uma gaveta que esta cheia e arrumo, passa-se um tempo e vou pra outra acho tempo de 5 minutos e vejo que vale a pena o resultado final é positivo, banheiro mesmo , só dei uma tapeada com agua sanitaria , se algue chegar ja não passo vergonha, e nã é que da resultado pequenas coisas feitas.quero ver se vou conseguir com o segundo vindo. beijos…

  13. bom adorei o seo saite ,,bom minha maior dificuldade e a cordar sedo a cordo todos os dias meio dia 12,nao durmo sedo tenho um bebe de1 mes 5 dias e eli troca dia pela noite mas isso nao e discupa na verdade e preguiça mesmo,eu nao consigo acorda mim a juda por favor ,,,,,,,,,e asim fica dificil organisar tudo em um so dia , bj obrigada

  14. Bom dia! tenho um filho de 9 anos tenho muita vontade de ser organizada, mas nao tenho tempo, saio de casa 06:30 e chego somente 23:30 da noite, trabalho e faço um curso tecnico, e meu filho esta com muita dificuldade na escola, meu marido trabalha em baixo da nossa casa numa padaria, e ele fica em casa, na padaria e na casa da minha sogra. e nao consigo ter um momento para fazer comida ou colocar as coisas no lugar ou exigir do meu filho organizaçao.
    me ajuda grata

    • Taty, você precisa de ajuda. Se for uma situação temporária, tente encontrar uma solução nesse sentido.

  15. Boa noite!
    Tenho dois filhos, uma menina de 4 anos e um menino de 1 ano e 5 meses. Trabalho fora e eles ficam na escolinha e creche até 18:30hs. Quando chego em casa, apesar de ter uma rotina diária definida enfrento muito dificuldade para realizar o básico: preparar o jantar (e consequentemente quase nunca consigo comer e se consigo não é em paz… é com criança chorando grudada na minha perna… isso me irrita tanto que muitas vezes prefiro ficar sem comer)Tomo até antidepressivos, calmantes e mesmo assim ainda me sinto uma pessoa sem direito a nada …. sem direito a um banho em paz, sem direito a comer em paz… sem direito a dormir em paz… quando levanto parece que nem dormi de tão cansada que estou. É possível alguém passar por uma situação dessa e ainda sentir prazer em ter filhos, sentir prazer mesmo passando por essa ANULAÇÃO DE SI MESMA, conseguir realizar as tarefas tranquilamente e ainda ter tempo sobrando para fazer o que quer fazer para si mesma?
    Fico achando que tenho problemas neurológicos, psicológicos, psiquiátricos sei lá… que me impedem de enxergar o mundo mais cor-de-rosa (se é que isso é possível pois para mim é tudo cinza). Queria curtir meus filhos e não consigo e além de tudo gostaria que eles crescessem logo para eu poder realizar minhas tarefas pessoais.

    • Rosana, não tenho nem como ousar dar a dica para uma mãe de dois filhos, pois só com um sei como as coisas são difíceis. Minhas perguntas para você são: Você cuida da casa e deles sozinha, ou mora com mais alguém? Você tem a possibilidade de pagar por ajuda (uma faxineira, por exemplo)?

    • Olá Rosana, espero que as coisas tenham amenizado para vc. Eu tb tenho dois filhos, um de 5 e outro de 1 ano e 2 meses. Trabalho em tempo integral e meus filhos tb ficam em escolinha. Não tenho empregada e recentemente o comecei o meu curso de mestrado. Nossa situação é bem parecida, por isso, gostaria de te dar umas dicas.
      Na nossa situação o mundo não é mesmo cor de rosa, e acredito que pra muitas mães, mesmo as q tem apenas 1 flho, tb não são. Mas tb não precisa ser cinzento ou negro. Te como tirar prazer nas pequenas coisas. Viva cada dia por vez, e aproveite ao máximo os bons momentos. A rotina ajuda mesmo. Ter um companheiro que arregasse as mangas tb! No meu caso, graças a Deus e há um bom dialogo, eu e meu marido conseguimos estabelecer prioridades. Ele temo dia de futebol, e eu um dia pra almoçar com minha amiga. Mas detalhe, uma amiga mãe, que juntas traçamos e trocamos boas praticas, mas tb falamos de nossos sonhos pessoais, profissionais. E tb almoço ou tomo café com colegas de trabalho para fortalecer a rede de contatos.
      Tem dias que tb quero sair correndo, minha cabeça fica cheia, com muita coisa pra ler, escrever, pesquisar, e daí, os filhos ficam doentes, chorosos, o marido decide se cansar tb… Fica um caos. Mas não me desespero muito…rs, sei que a prioridade é cuidar da saúde dos pequenos, dar carinho, sentar no chão, fazer massagem, ser mãe. Isso ficará na memoria deles… não meu mestrado, nem muito menos a casa impecável. Eu desligo do que secundário, o que não quer dizer que não seja importante.
      A infância é muito curta, e os maiores traumas são adquiridos nela. É preciso gerar boas memorias em nossos filhos; criar vínculos, ler estórias, perguntar como foi o dia. Afinal decidimos ser mãe e traze-los a este mundão de Deus. E creio que vc deseja que eles sejam pessoas de bem.
      Faço unhas sábado pela manhã, ou muito a tarde, depois de busca-los na escola.
      Jantamos sempre juntos à mesa… no começo é um pouco bagunçado, mas aos poucos eles passam a entender que é um momento agradável, e é assim que tem que ser. Eu dou janta para o pequeno na mesa, já com o prato do maior posto e o do meu marido tb… Depois que termino de dar para o pequeno, deixo ele com a vasilha, um frango, uma salada interagindo e dai almoço junto com meu marido e monitoro o maior. É habito, não que seja sempre fácil, mas é tranquilo.
      Colocamos eles pra dormir, vou tomar banho, não muito demorado, mas pelo menos tranquilo em paz.
      Para dar conta da casa, elencamos o dia da faxina, nos demais, mantemos, fazemos vista grossa…

      Saimos uma vez por semana para comer um lanche, e quando não temos dindim, alugamos filme, esparramamos colchão na sala e comemos pipoca e correremos atrás do menos. Faz parte…rs

      A vida é mais leve, quando enxergamos as prioridades. O que não dá pra ser feito, não será feito e ponto.

      Vc é importante, e não são as outras pessoas que farão vc acreditar nisso, é vc mesma!

      Deus nos faz forte, sempre quando nos sentimos fraca.

      Ore, creia, trace metas para vc! Já sabe onde vc quer chegar? Traçar o caminho ajudará vc a esvaziar sua mente e obter sucesso.

      • Olá,

        Me identifiquei muito com seu comentário, estou passando por situação parecida e seus conselhos foram bons . “A vida é mais leve, quando enxergamos as prioridades. O que não dá pra ser feito, não será feito e ponto.” Exatamente o que vou fazer a partir de agora.

  16. Olá, Thais Godinho!!!

    Eu gostaria d saber c vc indica algo para ganhar dinheiro em ksa, algo confiavel q vc conheça pela internet…pq tenho 3 filhos e nao há possibilidades de trabalhar fora, pois jah fiz essa ardua tarefa com os dois filhos mais velhos e realmente é d enlouquecer! Mas tb preciso fazer algo para sustenta-los e para me animar um pouco, pq meu marido ganha pouco para nos 5! Portanto, preciso trabalhar em ksa para cuidar deles! Jah vi um monte d coisas pela internet com ofertas de emprego e trabalho em ksa mas nao sei c sao confiaveis!!

    Desde jah agradeço pela atençao…t+!!

    • Tamara, acho todos esses métodos uma furada… o único conselho que posso te dar é: pense em algo que você realmente ame e tente ver uma forma de ganhar dinheiro com isso! Muitos negócios que são uma sucesso começaram assim.

  17. Obrigada pela resposta!! E o q eu amo fazer é cozinhar: doces, salgados, já fiz curso d panificação pra me especializar mas nao confio em mim o suficiente para me mostrar capaz!! Mas vou superar!!! Eu consigo, um passo d cada vez!! Primeiro preciso organizar minha vida como li em varios post seus, minha vida tah igual minha casa…nao sei qdo saí do controle d tudo…mta tralha pra destralhar em ksa, só nao posso ficar ansiosa pra q isso ( as tralhas) vao embora logo…elas nao apareceram da noite pro dia, isso é d anos…entao vai levar um tempo como tb vc jah disse…obrigada por mostrar q tudo é possivel e q nao somos só nós q fazemos bagunça, q existe pessoas como nos tentando melhorar e podemos ser organizadas qdo tomamos uma atitude!! Obrigada, fica com Deus!!!

  18. Thais, que blog maravilhoso!!! Me considero uma pessoa organizada, e com as dicas que aqui encontrei estou melhorando ainda mais.
    O primeiro passo que tomei foi fazer os menus semanais, e que diferença! Vejo o que tenho na despensa e compro logo o que preciso, evito estar todos os dias no supermercado aflita com algo que faltou na hora de fazer a refeição.
    Depois desisti de fazer tudo num dia só,e, acredite, a casa está muito mais organizada, e eu bem mais relaxada!

    Parabéns por nos trazer tanta utilidade!

  19. Olá thaís!
    Amo seu blog de paixão,confesso que melhorei muito com suas dicas preciosissímas,tenho 4 lindas filhas:8,6,3 anos e uma de 11 meses,tento ao maxímo manter a casa com uma certa organização,quando minha filha mais nova nasceu fiquei sem empregada e quase pirei pois não sabia o que fazer,agora que ja me adaptei ao sistema fly confesso que dá para manter a calma e viver com rotina e organização,digo até que isso pra mim é tudo já que voltei a estudar e realmente sem organização seria impossível meu marido ajuda muito,minhas filhas também e é isto,quero deixar minha enorme gratidão por você sempre encontrar um tempo para nos ajudar com suas maravilhosas dicas,que Deus te abençõe e te retribua sempre com bençãos sem medidas,você merece,você é uma benção em nossas vidas.
    Muito,muito obrigada!
    Miriam Viana

  20. Xará estou a ponto de entrar em pânico!!!
    3 filhos 1 com quase 8, uma de 5 e acabei de ter minha 3ª filha há 8 dias…e o pânico fica por conta de não ter ninguém pra me ajudar..pois é nem mãe nem tia e a moça que está me ajudando só fica até hoje(9 de nov.)por que “está com muitos problemas pra resolver” e eu me lasquei…adorei o post…se vc tiver alguma ideia (ou calmante)pra me dar aceito bjus!

  21. Olá Thais, leio o seu blog sempre que posso, acho muito útil as dicas que você dá nele.
    A minha maior dificuldade é conciliar os trabalhos da faculdade com os da casa, dar a atenção que meus filhos necessitam na escola e ainda ajudar meu marido no trabalho dele (eu sou meio que office grill, contadora, administradora, etc), e quando preciso sair pra rua para resolver pendencias fico muito preocupada, em não conseguir fazer o jantar ou esquecer um texto importante para a aula, sem falar que ligo a cada 10 minutos para as crianças para perguntar como estão em casa. (meus filhos tem 10 e 11 anos de idade).

  22. Oi Thais, tenho duas dificuldades principais, mas já com algum progresso! A primeira é na hora de fazer alguma ativ. com o Pedro. Ele está na fase da fissura por dvd. Ele acorda pedindo para ver o Woody (Toy Story) e alterna com Carros. Fico muito incomodada pois ele fica estático olhando a tv. Nunca quis isso para meu filho. Tento começar uma brincadeira com carrinhos ou com livro para colorir. Desligo a tv. Isso dura pouco. Logo ele chora pedindo o Woody… Uma coisa boa que tenho feito é tirar ele de casa, seja para ir em uma amiga minha ou para a brinquedoteca do prédio (santo lugar!). Mas acho que ainda falta criatividade para fazer atividades mais interessantes e criar a rotina para estas atividades. A outra dificuldade é o tempo para mim. Eu costumava arrumar a casa enqto ele dormia, mas agora tento tirar um cochilo se estou muito cansada e ler um livro. E semana passada meu marido sugeriu que eu tirasse uma tarde no fds para sair sozinha com minhas amigas! Tudo de bom, não?!

    • Com certeza, Ju. É importante você descansar também.
      Lá em casa, eu envolvo meu filho nas tarefas domésticas. Quando não dá mesmo (tipo lavar o banheiro, essas coisas), aí meu marido fica com ele, por exemplo. Ele não vê muita tv, somente de manhã, quando acorda e toma o leitinho (ele gosta de ver a Dora) e na hora da janta (Chaves). Eu não vejo a tv como essa vilã toda não – basta garantir que ele tenha tempo para outras atividades também e não fique SÓ naquilo. Não se culpe tanto com relação a isso. Se ele gosta, é diferente.

  23. Amei as dicas, e realmente tenho conseguido aos poucos me organizar. Estou de licença maternidade com uma filha de 3 meses, e sei que o desafio está por vir se manter organizada trabalhando, estudando e ainda tendo quer ser mãe. Mas não vou me preocupar com isso agora, vou curtir minha filha. Obrigada pelas dicas, são maravilhosas e aplicáveis estou feliz e gostando muito dessa minha fase organizada e já está virando quase um hobby, mas ainda falta muito pra eu conseguir dar conta de tudo, mas já estamos colhendo os frutos de se organizar, está sendo muito aproveitado pela minha filha e por mim, obrigada mesmo, bjs.

  24. Thais, o que me deixa mais feliz é ver que você tem um dom… Você consegue, através de muita sabedoria saber aquilo que nós mães sentimos. O ponto que nos feliz, irritadas, extressadas e ao mesmo tempo aliviadas. Parabéns pelas dicas, foraaaam de tamanha importância pra mim! Vou usá-las para dar um UP em minha vidaaa! Que Deus abençõe você e sua fámilia, de coração!

  25. Olá Thais, amei o seu blog. As dicas são muito proveitosas. Gostaria de algumas dicas sobre mudança. Estou mudando para um apartamento novo e preciso ir somente com o necessário. Gostaria de dicas de como farei para organizá-lo. Bjos.

  26. Ola Thais, tudo bem?????
    Tenho 26 anos, e duas filhas, a Yasmim com 3 anos e a Ysis com 5 meses.
    Desde que a Ysis nasceu e eu voltei trabalha minha casa ta de ponta cabeça, e isso esta afetando minha vida conjugal.
    Estou muito estressada por ver minha casa nessa situação, sou uma pessoa extremamente desorganizada e sempre (sem tempo).
    Preciso de ajuda…

  27. THAIS,

    EU PRECISO SIM DE AJUDA ANTES DE TER OS MEUS FILHOS EU ERA TOTALMENTE ORGANIZADA
    COM A CHEGADAS DELES,NAO CONSIGO FAZER NADA A MINHA CASA VIVE BAGUNCADA COM O MEU FILHO DE 8 ANOS JÁ NAO TENHO MAIS PASCIENCIA É DIFICIL. TENHO VARIOS PROBLEMAS
    COMO POSSO REZOLVER.

  28. Minha maior dificuldade e o que me atrapalha muito e # nao conseguir acordar cedo, ai o dia fica curto mesmo….carrego uma culpa muito grande por isso. Nao sei o que fazer, planejo em levantar mais cedo, mas quando chega na hora eu me entrego e fico embaixo das cobertas até as 10.

    Elis

  29. A minha maior dificuldade em me organizar e querer fazer td ao mesmo tempo. Trabalho fora e agora com 2 filhos sendo um de 5 meses, fico um pouco enrolada na nova rotina, trabalho e casa. Gostaria de dividir as tarefas durante a semana para nao ficar td no sabado ou domingo, pois tb tenho q dar atenção ao marido, fora os eventos que acontecem festa na escola, campeonato Judo, festa de familia e as visitas familiares.
    Saio cedo e durmo tarde, fora acordar no meio da noite para dar de mama, isso eu não abro mão.

  30. Muito bom! Sou Mae De 1 Viajem, Tenho Um Bebe De 8 Meses A Minha Vida Mudou Muito.
    Ando muito Desanimada, Sem Tempo P Mim, Fico Muito Sozinha Isso Conta Muito P Desanimo.
    Queria Ajudar Meu Esposo Pois Ele Ganha Pouco.
    Mas C As Suas Dicas Muita Coisa Ja Vai Melhorar.

  31. Thaís, adorei seu site, estou alucinada lendo tudo. Sou mãe de 2 filhos, trabalho, estudo… Então preciso me organizar.
    Parabéns por compartilhar idéias, angustias e dicas 😉
    Conheci a call daniel recentemente, sou da área de treinamento. Gostei muito da técnica.

    Um abraço
    Aline

  32. Adorei,
    Dei uma passada rápida e adorei,bastante dicas que faz todas as diferenças em nossas vidas.
    😉

  33. Muito bom. Já sou bem organizada, trabalho, estudo e chego em casa a noite. Me acordo todos os dias as 06:00, organizo minha filha e o café do meu marido, deixo ela na escola e vou trabalhar apos vou pra faculdade e chego em casa ás 22:00, graças a Deus ele me deu um anjo que cuida da minha filha e faz a organização da minha casa dentro do limite é claro, pois eu sei que a obrigação maior é minha. Muitos dias chego e vou logo estudar um pouco pois nós finais de semana reservo pra dar atenção para a minha casa e família, no sábado pela manhã organizo a casa, depois faço algumas compras da semana. Sempre finalizo tudo isso unas 16:00, levo minha filha pra sair e fico com ela e meu esposo. Também divido o horário entre nós três e nos dois, pois acho muito importante a mulher se arruma e sair só com seu esposo para namora. Quando não podemos sair, sempre faço alguma coisa em casa mesmo, depois que minha filha dorme, assistimos um filme, lanchamos na varanda e etc. No domingo retorno a sair com minha filha e meu esposo e assim termina meu final de semana, pra novamente volta o inicio dela, sem stresse e sendo feliz. Estou me realizando como mulher, pessoa e no mesmo cuidando da minha casa e família. Tenho certeza que minha filha terá muito orgulho da mãe! Esse ano realizo um sonho, minha formação em psicologia e não quero parar, quero mais e sei que posso chegar além. Dentro nos meus passinhos e com a ajuda do meu Deus, que me abençoa sempre e me dar força. Sou feliz

  34. A minha casa é muito pequena trabalho fora o meu esposo tambem tenho duas meninas ficam fora em periodo integrau.
    A minha maior dificuldade é de variar o cardapio e programar um lazer quase nao rola aqui em casa – _- a minha filha de cinco anos me cobra muito por isso a outra tem um ano e meio

  35. Thais

    Meu filho tem dois meses, logo voltarei ao trabalho com carga de 8 horas por dia.
    Estou com um pouco de medo de nao dar conta, principalmente com relacao ao meu esposo, pois acabo priorizando muito meu filho.
    Me ajuda

  36. Olá, gostaria de parabeniza-la seu belissímo trabalho com muita garra e determinada, eu mim sinto no momento desorganiza deste de fev/2014, a saida da empregada por 8anos na minha casa, e tudo ela fazia. Eu trabalho 2 expediente, tenho 2 filhos pre adolecentes, 12 e 13 anos que não mim ajuda em nada, o marido faz quanto ele pode, ele é autonomo. então a casa fica uma bagunda o dia inteiro, so arrumo anoite quando chego. não tenho diarista o marido não que pagar, o que faço para ter um lar organizado, as vezes sinto uma energia ruim, tb estou sem movel para decorar a casa. meu marido que continuar com o escritorio na sala então é estante de ferro com livros antigos, que elenão quer desfacer, pastas az de arquivo, resto de construção dentro da sala, tijolo no corredor, e fora o reforço que eu preciso deslocar eles, almoço para faz e mais o jantar, ter atenção com eles, mais sinto que preciso organizar a parte fisica. socorrooo, penso sua orientação.

  37. Olá, tenho um bebê de 1 ano e 5 meses, não trabalho, não consigo me organizar, minha casa é uma bagunça, estou mto estressada, não tenho animo pra acordar cedo, td é mto cansativo!

  38. Alguém sabe como faço para manter a minha casa limpa e ainda ter tempo para limpar meu quintal! Por muitas vezes eu mesma preciso cortar a grama, carpir e tirar o mato, se deixar vira uma floresta (meu quintal mede 16×50) dá pra acreditar e ainda tem calçadas….Meu marido não liga com isso, e eu não sei como faço? Estou grávida de cinco meses do segundo filho! Sou professora, tenho meu trabalho ainda! Ele lava louça uma vez por dia olhe lá e acha que me ajuda, mas dá risada quando tenho que carpir a grama do quintal e grávida! Aff não sei o que faço primeiro…

  39. Boa noite !!
    Adorei o post sou mais ou menos organizada, mas gostei q nos finais de semana já vou levantar e me arrumar pois é o q não faço fico de pijama sem vontade de fazer as obrigações da casa qdo vou ver já passou a hora do almoço começo fazer comida ai meu filho já ta com sono não almocou fica irritado e eu com um monte de louça pra lavar e organizar o q está fora do lugar. Com esse post vou mudar amanhã mesmo. Depois conto como foi. Bjos a todos.

  40. Olá adorei as dicas, algumas já sigo e outras preciso tentar. Mas o que tem me deixado bastante chateada, é a cobrança do marido com atenção, carinho, sexo, e dizer que estou sempre cansada…como é difícil agradar a todos. Mas realmente fico tão cansada a noite, que só quero dormir….rs
    Tatiane

  41. Gostei muito da dica,pois tava precisando mesmo,porque eu sempre dizia que nao tenho tempo pra mais nada a nao ser cuidar de casa e poder ir trabalhar…bjbjbj

Deixar uma resposta

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui