Áreas da Vida

Ceia de Natal com um bebê.

(Getty Images)

Algumas dicas que eu mesma tentarei seguir aqui em casa:

  • Durante o dia, manter a rotina o mais perto do normal. Sim, precisamos cozinhar, arrumar a casa e muitas vezes já temos visitas fazendo barulho desde cedo. Faça o melhor que puder! Mantenha pelo menos os horários de alimentação e sonecas.
  • No final da tarde, dar um banho e colocar o pequeno para dormir. Se ele acordar, ótimo. Se não, não o acorde! Dá para fazer algumas coisas, mas controlar o sono de um bebê, definitivamente não. No entanto, se ele acordar, terá descansado um pouquinho. Não o deixe acordadão até altas horas, coitado!
  • Isso você já deve ter lido em outro lugar e feito em casa, mas não deixe enfeites quebráveis ao alcance do bebê, especialmente na árvore de Natal. Todos os enfeites devem ser de plástico, pano ou similares.
  • Se o seu bebê já come alimentos sólidos, isso não significa boca livre na hora da ceia! Dê uma coisinha ou outra para ele experimentar, mas nada gorduroso ou doce. Evite, ainda mais de noite! Arroz, peru e frutas já são uma ótima refeição. Aqui, com o Paul, deixarei apenas que ele belisque essas coisas, porque não sei como ele ficará se comer muito. Pode ser que atrapalhe o sono depois e não quero que ele passe mal.
  • Natal é a noite da superestimulação! Por isso, sempre que puder, deixe o bebê em um ambiente mais calmo que a gritaria das crianças e o excesso visual de presentes. Leve-o até a cozinha, fique lá um pouco, depois vá até o quarto. Promova atividades tranquilas e deixe a agitação para quando não puder evitar mesmo.
  • Tire fotos! Não se esqueça de registrar o momento. É o primeiro Natal do Paul e isso é muito importante para mim. Vai ser maravilhoso ver essas fotos quando ele estiver maior.
  • Quando estiver tarde e ele estiver com sono, respeite o ritmo dele. Leve-o para o quarto e coloque-o para dormir. Você pode se revezar com alguém para olhá-lo de vez em quando ou ficar com ele caso acorde algumas vezes (é normal, devido à agitação). Não o mantenha acordado se a família pressionar. Lembre-se que você é responsável pelo bem-estar dele.
E feliz Natal!

Você também pode gostar...

Posts mais acessados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *