Categoria(s) do post: Rotinas

Mães que tem filhos acima de 6 meses: vocês perceberam o salto de desenvolvimento com a proximidade do mêsversário? Porque aqui em casa a coisa está assustadora! Quando o Paul completou 5 meses, ele teve a fase “terrível” que a Encantadora cita, que basicamente se resume a querer encostar e pegar tudo o que vê pela frente, se distrair com a menor bobagem possível e ficar se contorcendo no colo na hora de dormir, porque não quer dormir, simplesmente. Essa fase passou. Agora ele quer comer. Pode ter acabado de tomar uma mamadeira com 240ml de leite – você oferece alguma coisa (qualquer coisa) para ele comer, ele abre a boca e faz a maior cara de “nhamy!” ao sentir o gosto e balança os braços querendo mais. Esperei passar com a pediatra (que me autorizou a papinha do fim da tarde) e tudo se ajustou, aparentemente. Agora ele está se alimentando de 2 em 2h e nossa rotina está mais ou menos assim:

06h30 – leite
07h00 – atividade
08h30 – papinha
09h00 – soneca (45m a 1h)
10h00 – acorda
10h30 – leite
11h00 – atividade
12h30 – papinha
13h00 – soneca (1h a 1h30)
14h30 – leite
15h00 – atividade/saídas
16h30 – papinha
17h00 – soneca rápida (30 a 40m)
18h00 – banho/ritual do sono
18h30 – leite
19h00 – dormindo
23h00 – leite

Vou persistir nessa rotina durante alguns dias para ver se ele volta a acordar no horário normal. Quando começou o salto, ele passou a ter muito mais fome e a acordar mais cedo (antes ele ia até 7h30 ou 8h, e agora acorda entre 6h e 6h30). Ele está tomando de 210 a 240ml de leite (substituo 1 medida por 1 de Mucilon duas vezes ao dia – de manhã e de noite), mas se algo perturba a mamada (tipo fazer cocô) ele mama bem menos. Ele está fazendo MUITO cocô (coisa de 4x por dia), o que atribuo ao aumento dos alimentos. Ele não gosta de suco. Já tentei bater com leite, mas não adianta. Papinha ele come bem, apesar de já ter as suas preferências. Agora ele adora mamão, que antes parecia não gostar (chega a comer um mamão inteiro batido). Banana-maçã ele come uma. Papinhas doces da Nestlé, geralmente ele come o potinho inteiro. Hoje dei abóbora pela primeira vez e ele comeu pouco. Vamos ver amanhã.

Ele está na fase de só querer ficar de bruços. Não adianta desvirar – ele vira novamente em 2 segundos.

PS – O eletricista não veio e eu perdi o meu dia inteiro. Adoro essa gente.

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.

Categoria(s) do post: Áreas da Vida

Ontem foi dia de consulta com a pediatra e correu tudo bem. Nada de dentes, peso bom (7650g), aparência boa, reflexos, tudo. Pediu para introduzir as papinhas salgadas aos poucos e proibiu somente ovo, peixes, açúcar, mel e leite de vaca. Disse que, aos 7 meses, já pode jantar. Perguntei o que era o jantar, afinal, e expliquei que ele dormia às 18h30 e sentia muita fome entre a mamada do meio da tarde e a de antes de dormir, e se poderia dar o “jantar” por volta das 17h. Ela disse que aí sim, e que o jantar a que ela se referia era de noite mesmo, mas se ele dorme, ótimo. De qualquer forma, acho que até 7 ou 8 meses ele já deve estar dormindo 1h mais tarde (por volta das 19h30). Estou seguindo o ritmo dele e por enquanto ele já fica com muito sono quando escurece, por isso eu o coloco para dormir cedo. Não acho ruim pois aproveitamos para fazer um monte de coisas até a hora de dormir e mesmo assim é corrido.

A verdade é que, até regularmos a alimentação dele durante o dia, ele acordará mais cedo. Hoje ele acordou às 6h porque fez um cocô enorme. Eu acordei com o barulho. Lá fui eu trocar, ele chorando de olhos fechados e sem sinal de que dormiria novamente. Então fiz o leite e ele não tomou nem metade. Agora está ali, brincando no cercadinho. Descobriu como faz para tocar música no bongôzinho que ganhou de presente e eu escuto o tempo todo aquele mambo da Fisher-Price.

Hoje às 11h acontecerá uma coletiva de imprensa para divulgar o preço dos ingressos para os shows do Paul (McCartney). Eu chuto $400 pista e $800 vip. Veremos. Na quarta, provavelmente eles informarão quando os ingressos começarão a ser vendidos em SP (para o RS, a pré-venda começa na quinta). Se começar na segunda, não vou mais viajar. Simples assim. Esses ingressos se esgotarão em segundos e eu não posso perder esse show, pelamordedeos.

Vou deixar para arrumar as malas só na quinta-feira mesmo, se for viajar, porque preciso ver a previsão do tempo certeira para levar somente o necessário de roupas para o Paul. Também vou precisar lavar, secar e passar as roupas que levaremos. O bom é que já deixei um monte de listas prontas para todas as ocasiões… é só arrumar tudo mesmo.

Acho que não vou conseguir terminar meus trabalhos na casa da minha mãe, essa semana. Vão ficar para a semana que vem. Melhor adiar que ficar fazendo muitas coisas ao mesmo tempo e me estressando à toa.

Hoje era para ser o dia em que eu imprimiria meu livro e o zine do meu site, mas o chuveiro quebrou e vou ter que ficar o dia inteiro esperando o eletricista, pois ele “tentará fazer um encaixe”. Vou aproveitar para revisar pela enésima vez, porque se eu imprimir um monte e encontrar algum errinho de digitação ficarei maluca.

Café?

Meu nome é Thais Godinho e eu estou aqui para te inspirar a ter uma rotina mais tranquila através da organização pessoal.