Áreas da Vida

Dentes, sentando sozinho, independência e alimentação.

Preciso tirar uma foto do Paul fazendo boquinha de sapo! Como os dentes estão querendo nascer, ele fica roçando uma gengiva na outra, porque deve coçar, e então ele faz uma cara muito engraçada! Pena que é rápido, mas vou tentar registrar.

Por esse motivo (dentição), ele está super apegado comigo. Assim, num nível difícil. Coloco na cadeirinha para fazer as minhas tarefas de casa e ele fica chorando. Os minutos em que fica bem são quando ele acorda e fica brincando no tapetinho ou… está no colo, comigo de pé, andando, porque sentada ele chora. Porém, todo o resto do tempo é um chororô danado. No dia-a-dia, é o Anderson que dá banho nele, mas eu que coloco para dormir (enquanto ele faz a janta) etc. É tudo contadinho, organizadinho, e quando eu vou ver já são 21h, vejo a novela enquanto leio algum livro ou arrumo o quarto e, tcharam! já é hora da mamada dos sonhos e, depois, cama.

Decidi que preciso sair um pouco e deixá-lo com o Ande, minha avó ou minha mãe, pelo nosso próprio bem. Quando a minha avó chegou, ele parou de chorar. É bom para ele e para mim. Precisamos desse tempo. Fico aflita mas preciso ver como necessário, e não ficar me culpando porque estou deixando-o com outra pessoa. Ele também precisa ficar com outras pessoas, é muito ativo e agitado, e então aproveito para ter um tempo só meu. É difícil, fico me sentindo uma mãe ruim, mas sei que não é o caso. Questão de aceitar o pensamento correto, só isso.

Uma coisa que eu gostaria de escrever aqui, apenas para não perder o registro, é sobre a alimentação do Paul. Para mim, os sólidos começam para valer mesmo depois que ele completar seis meses. Antes, é só treino, teste, introdução, ver como reage, adaptar. Não dou todos os dias. Quando ele acorda e mama às 7h, por exemplo, dorme às 8h e acorda às 9h, agitado, eu dou uma frutinha ou papinha. Porém, se ele acorda e mama às 7h, dorme às 9h e acorda às 10h30, não dou, porque às 11h ele já mama de novo. A regra é: parece faminto pouco tempo depois de mamar, eu dou. Se está satisfeito ou dormindo, não dou. Tem caminhado bem assim e ele já está comendo bem – abre a boquinha e quase não deixa cair nada para fora. O bom é que ele já está quase sentando sozinho e, no meu colo, fica bem firminho, a cabeça sem balançar. Quando chegar a cadeirinha (presente dos padrinhos <3), tenho certeza que ele vai adorar e se dar bem. Quando ele fica no meu colo, de frente para a mesa, fica batendo as duas mãozinhas, hihihi. Acho tão fofo. Não vejo a hora de vê-lo na cadeirinha.

Sobre sentar, a cada dia que passa ele já fica mais tempo. Acho que daqui a umas duas semanas ele já fica sentado sozinho brincando. Incrível como os bebês evoluem rápido!

1 Comment

  1. “incrîvel Como os bb evoluem rapido” é nao é, menina ? Olha o rapazao que o Paul està hj 💕

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar...

Posts mais acessados