Resultados que a organização me proporcionou até hoje

49
4795

Quando eu paro para pensar em tudo o que eu consegui apenas porque me organizei com relação a cada uma das coisas, fico muito feliz por ter conquistado tanto. Ao mesmo tempo, me dá ânimo para aperfeiçoar esse planejamento e conquistar outras coisas legais.

Não que o objetivo seja sempre conquistar mais e mais. A gente tem que curtir as coisas que já conquistou. Mas, às vezes, uma conquista nova não significa nenhuma mudança radical, mas sim “deixar as minhas finanças um pouco mais tranquilas” ou “aperfeiçoar um idioma que vai me ajudar no trabalho que eu tenho agora”.

Listo aqui então as grandes conquistas que eu já tive na vida e que atribuo ao fato de ter me organizado minimamente para cada uma delas. O objetivo é mostrar o poder de transformação que a organização tem e inspirar vocês a se organizarem também.

  • A primeira conquista que eu atribuo ao fato de começar a me organizar foi perceber, no terceiro colegial (hoje Ensino Médio), que o ensino da escola que eu estudava não era suficiente para eu passar no vestibular, e me organizar de acordo com o edital e simplesmente correr atrás do que deveria ser feito. Sem conhecer qualquer método de organização, desenvolvi algo pessoal e consegui passar no curso e na faculdade que eu queria. Foi rápido? Não. Estudei durante o terceiro ano inteiro, depois fiz prova para conseguir bolsa no cursinho, abri mão de muitas atividades nessa época e, então, passei. Nada acontece por milagre. Muitas oportunidades apareceram naquela época (emprego de domingo a domingo, bandas, concurso público interessante), mas eu estava focada.
  • Fazer uma recolocação de carreira ao perceber que não estava feliz na área que eu escolhi. Cursei dois anos de Jornalismo e mudei para Publicidade, acreditando que tinha mais a ver comigo somente quando comecei a trabalhar na área, e foi uma decisão acertada. Eu me organizei para fazer a transição, comecei a trabalhar na área que eu gostava como estagiária e, antes de terminar o curso, eu já era coordenadora de projetos. Todo esse processo foi muito importante para mim e eu atribuo essencialmente a me conhecer, ter metas e me organizar para alcançá-las.
  • Conhecer o GTD deu um modo turbo em tudo isso. Eu conheci o GTD justamente quando fui promovida, porque eu descobri que não bastava ser uma pessoa organizada – precisava cuidar da organização dos outros também. Começar a usar o método que hoje é considerado o melhor método de produtividade do mundo mudou completamente a minha vida e me deu uma visão geral de tudo o que eu tinha e do que eu ainda queria fazer.
  • Criar um blog para falar sobre organização, como hobby, para compartilhar o que eu estava aprendendo depois de começar a usar o método GTD e a ser mais focada em minha organização pessoal.
  • Aprender a respeitar as pessoas que moram comigo. Morei muitos anos com a minha avó e o meu pai, que tinham/têm estilos de organização diferentes dos meus. Quando fiquei apaixonada por organização, queria organizar tudo – as minhas coisas e as deles. Isso não funciona. Hoje sei que o importante é eu cuidar das minhas coisas, que sempre vou ter melhorias a fazer, e eles, se quiserem, entrarão no ritmo comigo. E entram. Toda vez que inicio um destralhamento, meu marido e meu filho querem fazer também porque vêem benefício nisso.
  • Aprender a tocar mais um novo instrumento (bateria).
  • Casar e planejar minha gravidez. Tudo foi planejado. Meu marido assumiu dois trabalhos (porque ele quis), eu comecei a construir uma cartela de clientes para trabalhar em casa durante os primeiros meses da gravidez e do nosso filho bebê, quando parar de tomar anticoncepcional, me informar, conhecer um bom obstetra e tudo o mais. Eu tive complicações de saúde no final da gravidez, e não consigo imaginar como teria sido se eu não tivesse me organizado.
  • Ensinar nosso filho a ter uma rotina. Estudei, testei, respeitei as necessidades dele e, mais do que isso, me dediquei completamente à maternidade nos meses seguintes ao seu nascimento. Quando vi que ele estava com uma rotina mais estável, vi que era hora de voltar a investir na minha carreira.
  • Conseguir todo emprego que eu desejasse. Isso sempre foi maravilhoso. Eu decidia especificamente o que queria fazer (ex: coordenar a área de mídias sociais em uma agência de médio porte) e ia atrás disso fazendo o que precisa ser feito para cada cargo – o que eu deveria saber, com quem eu deveria falar, que tipo de conteúdo precisava criar para gerar auto-relevância, quanto tempo levaria, onde encontrar as vagas. Todos os meus empregos foram assim e eu sei que foi porque eu me organizei e me planejei.
  • Mudar para uma cidade do interior. Em um determinado momento, nos bateu a necessidade de sair de São Paulo para promover mais qualidade de vida no nosso dia a dia e para criarmos o nosso filho. Essa transição não foi fácil – envolveu ir e voltar de ônibus fretado durante quase seis meses, acordando muito cedo e dormindo muito tarde, mas quando nos mudamos valeu a pena durante algum tempo. Depois de três anos, sentimos vontade de voltar e já sabíamos como ter essa mesma qualidade de vida mesmo em uma cidade grande como São Paulo (onde deveríamos morar, o tipo de imóvel etc).
  • Escrever um livro. A partir do momento que coloquei a meta de escrever e publicar um livro, fui fazendo acontecer da mesma maneira. Pouco tempo depois, estava com o contrato assinado de uma grande editora brasileira e, hoje, tenho dois livros publicados por ela.
  • Conciliar uma pós-graduação morando em uma cidade diferente. Ganhos e perdas, sacrifícios e recompensas. Foi uma das épocas mais difíceis da minha vida, mas deu tudo certo porque eu me dediquei a isso.
  • Descobrir a minha missão pessoal. Quando você vai dando sentido à sua vida, se conhecendo e descobrindo o que realmente gosta de fazer, você pode descobrir sua missão pessoal. Quando ela ficou clara, eu descobri que não poderia mais ignorá-la. O que nos leva ao próximo tópico…
  • Começar a trabalhar integralmente com aquilo que eu amo. Formatar toda uma vida, sendo a provedora da família, com um filho pequeno, para viver do que ama não é fácil. Tive medos e dúvidas, todos sanados por planejamento. O que seria suficiente para tranquilizar esse medo? E fui atrás disso. Consegui.
  • Trabalhar com GTD. Costumo brincar dizendo que trabalhar com GTD estava na minha lista de algum dia / talvez, como tantos outros projetos. Se tornou real também, mas nunca teria se tornado se eu não tivesse construído uma série de coisas para chegar ao ponto de ser finalmente chamada para viver disso.
  • Ser professora. Algo que eu sempre quis ser foi virar professora. Achei, erroneamente, que precisava estar em uma escola para fazer isso. Descobri que o que me apaixonava era ensinar algo às pessoas, ajudando-as de alguma maneira através do que eu estava ensinando. Já ministrei aula em pós-graduação, depois passei a fazer cursos com o blog e a ministrar treinamentos em empresas. Tudo gira em torno de um mesmo bem comum.
  • Ter o meu próprio negócio. Esse é um dos principais. Isso mudou a minha vida não apenas pela questão da remuneração, mas pelo poder criativo e a autonomia.
  • Viajar para fora do país. Foi muito legal conhecer os Estados Unidos e a Europa. Eram coisas que eu não imaginaria fazer com meu próprio planejamento quando eu era mais novo, e foi possível porque eu quis que fosse.
  • Conhecer o David Allen, autor do método GTD, e tirar as certificações. Uma coisa constrói a outra, mas essa foi uma das conquistas mais importantes.
  • Poder fazer investimentos e organizar os anos seguintes. Essa é uma conquista que pode parecer boba para alguns de vocês, mas para mim foi muito importante aprender a me organizar financeiramente e começar a pensar no futuro de maneira mais concreta, sem deixar de curtir o presente.
  • Pagar uma escola legal para o meu filho estudar e proporcionar ao meu marido a oportunidade de se dedicar à carreira que ele descobriu quando era mais velho.
  • Ter uma casa legal, onde não falte nada, e estarmos todos bem.
  • Adotar cachorros.

O que me permitiu fazer tudo isso foi não apenas o meu poder de fazer acontecer como o suporte de pessoas maravilhosas que eu conheci em meu caminho, e a todas elas eu agradeço. Inclusive vocês, leitores. Vocês fazem parte disso. Demais! Obrigada.

Espero que o post os inspire a correr atrás do que vocês querem também. Com foco e organização a gente consegue qualquer coisa.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorListas são complicadas?
Próximo artigoGuia do blog para começar a se organizar
Meu nome é Thais Godinho e sou organizadora profissional, o que significa que ajudo as pessoas a se organizarem quando elas precisam de uma forcinha para isso. A maneira que encontrei para ajudar foi criando este blog, ministrando cursos e realizando outros eventos.

49 Comentários

  1. Olá Thais! Sempre pensei que eu fôsse uma pessoa organizada, mas há algum tempo percebi que não sou tão organizada assim e resolvi mudar isso…foi aí que encontrei seu blog e estou começando a aplicar suas dicas.
    Estou fazendo tudo no meu tempo, um pouco de cada vez, mas já estou vendo resultados e isso, realmente, estimula a continuar e melhorar a cada dia.
    Muito obrigada por dividir seus conhecimentos! Bjs e sucesso

  2. Thaís, será que você poderia desenvolver um post sobre o primeiro tópico? Como foi executado esse planejamento “intuitivo” pessoal seu para os estudos no ensino medio. GRATA.

  3. Thais, meus parabéns, não sei se cheguei em algum comentário falar que achei seu blog procurando “uma maneira de guarda sacos de lixo’ hahahaha e achei o blog. É maravilhoso pra mim e ajuda bastante na minha vida, principalmente mostra quanto devo melhorar e não deixa o tempo passar.

    Não sei se tem algo no blog (não me recordo), mais gostaria de saber mais sobre esse tópico: “Aprender a respeitar as pessoas que moram comigo”

    Isso é uma coisa que me preocupa bastante, pois moro com dois adolescentes e minha esposa, que tem diferentes modos de organização, ou no caso dos adolescentes praticamente nenhuma…e queria saber lhe dar melhor com isso.

    Obrigado, e parabéns novamente!!!

  4. Thais, acompanho o seu blog desde 2010 e foi um divisor de águas para mim. Era outra pessoa, não sabia nada de organização, sempre fui muito intuitiva e conquistei coisas além das minhas possibilidades, mas sem estratégia. Apesar de ser administradora, no início de carreira não visualizei muito que a organização era fundamental na vida pessoal, não sistematicamente falando. Então, seus posts abriram meus olhos. Ainda não estou no ponto, aliás, longe disso, mas não sou a mesma e isso é uma grande conquista minha.

    Então, ao ler o seu post e as conquistas, vejo que algumas pequenas frustrações hoje são resultados de não ter ido adiante, ficar no raso. Preciso desmistificar o GTD, entendê-lo melhor e conseguir aplicá-lo na minha pessoal. Trabalhando 8h/dia, fazendo gestão de 11 estados, com filho pequeno, numa cidade que não temos parentes próximos, não tem como pensar que as coisas fluirão naturalmente com o “basiquinho da organização”, é preciso planejar de outra forma.

    obrigada.

    • Denise, me vi nesse comentário para a Thais. Também trabalho 8h/d, as vezes levando coisas para casa, com dois filhos pequenos e sem família. Me sinto atropelada por tudo e também tenho que desmistificar o GTD, li boa parte do livro mas ainda não consegui por me prática. Sinto -me frustrada por ver tantos sonhos só na minha cabeça e nenhuma ação para concretizá-los. Thais, vc é realmente uma inspiração.

  5. Thais, acompanho seu blog e sou muito grata pelo aprendizado que me proporciona a cada post. Muito legal ver quantas conquistas obteve através da sua organização! Parabéns pelos êxitos e muito mais sucesso e conquistas em sua vida!

  6. Thais boa tarde, sou a Rai , uma pessoa extremamente desorganizada, e isso está me atrapalhando em todos os aspectos da minha vida. sou professora, mãe, esposa, e preciso urgente me organizar melhor meu marido e muito organizado e estamos em conflito o tempo todo. Eu tento me organizar e não passa um mês a casa já ta desarrumada. eu gosto de ver a casa organizada mais ainda não consigo mante trabalho 2 períodos e cuida da minha filha não tenho ninguém p me ajudar nos finais de semana tem tanta coisa p fazer que me sinto perdida não dou conta. preciso de ajuda hoje entrei no google e te encontrei espero assim como outras pessoas mudar minha vida com suas orientações. brigada .

  7. Oi, Thais!
    Sou sua leitora há tempos, mas nunca me pronunciei aqui!
    Fiquei curiosa com um dos tópicos em que você diz que seu marido pode se dedicar a uma carreira que descobriu quando era mais velho. Você poderia nos dizer que carreira é essa? Se sim, gostaria de saber se ele encontrou dificuldades, preconceitos, opiniões alheias que não contribuíram em nada…
    Meu marido pretende colocar em prática um projeto no início de 2017. Ele quer viver da marcenaria (que hoje ainda é apenas um hobby), ele já tem um espaço, maquinário, mas, por enquanto, faz apenas móveis para o nosso apartamento, para familiares e amigos.
    Atualmente ele tem um emprego CLT, mas não está feliz… Eu sou a pessoa que mais o incentivo para iniciar esse projeto, acho que ele tem talento, é organizado e sabe lidar com as dificuldades de empreender…

    Parabéns pelo blog, sempre estou por aqui lendo os seus posts.
    Beijo e sucesso!

    • Ele está estudando gastronomia. 🙂

      Nós aqui em casa temos uma política emocional bem pragmática com relação a opinião dos outros – só vale a nossa mesmo, desde que não prejudiquemos ninguém.

      Boa sorte para o maridão!

  8. Obrigada Thais! Ótimo post! Me inspirou a relacionar minhas “conquistas” também. Gosto muito do seu trabalho!

  9. Thais, estava lendo este post no email e refletindo sobre a empresa onde trabalho… e percebi que o GTD se aplicaria pelo menos ao meu setor, que trabalha com eventos… e aí fui procurar alguma empresa para realizar o treinamento na minha cidade, achei e quando fui pegar os dados para passar a sugestão para meu diretor, eis que vejo um nome conhecido…. muito legal… espero que minha diretoria aceite a sugestão, tenho muito interesse em aprender mais sobre o método, pois no momento sou teu extremo oposto… e também tenho certeza que meu setor ganhará muito se conseguir adotar GTD.

  10. ufa! texto enorme! e isso não é uma reclamação, apenas quero dizer “nossa, quanta coisa vc já fez”.
    Parabéns e obrigada! por tudo o que vc já fez e nos ensinou. aprendo muito sempre que leio algo seu.

    só ficou martelando uma coisa na minha cabeça, e se isso não for invasivo demais, gostaria de perguntar: todas essas realizações, aconteceram em quantos anos no total? vc conseguiria precisar isso?

    Beijos e muito sucesso!

      • Só reforça o que pensei antes: foram 18 anos muito bem vividos! Parabéns! Um uso muito eficiente e eficaz de todo esse tempo. Um dia chego lá 😉

  11. Thaís!!!!!!! Tão bom ler este post depois de um dia de trabalho, retornando pra casa…tão inspirador teu trabalho com teu blog. Obrigada!!! Que Deus te dê sempre muita saúde que as bênçãos virão como recompensa por todo suor e trabalho!!!

  12. Thais, os seus textos me encantam cada vez mais. Eu acho maravilhoso o modo como você nos inspira a cumprir nossas missões e vivermos como protagonistas. Muito obrigada por tudo.

  13. Adorei os itens. A gente precisa realmente anotar tudo de vitória que conquistamos. Isso nos motiva e nos faz perceber que o caminho tem pedras, mas que (de forma clichê) estamos realmente montando um castelo.
    Aqui em casa eu uso um vidro por ano e vou “jogando” alí um post it com cada uma dessas vitórias. No dia que estou triste pego pra ler! É motivador! <3

  14. Que lindo, que inspirador! Feliz por você e parabéns pelas conquistas. Você tem me ajudado em correr atrás das minhas também. Obrigada.

  15. Eu precisava deixar um mensagem pra você Thais, ainda mais depois que você falou sobre ser professora. Sou professora de Lingua Espanhola, formada à 11 anos, e o dom é muito mais forte que qualquer faculdade. A faculdade nos dá os conceitos básicos sobre gramática, línguística, didática, filosofia, etc, mas a faculdade não ensina a sermos professores, aprendemos a ser professores no dia-a-dia, são nossos alunos que nos ensinam, que desenvolvem as nossas habilidades, e neste interim é que vemos, se não há o dom, logo se desiste. Quero te parabenizar por trazer ensinamentos tão leves, e ao mesmo tempo tão sólidos. Bato palmas, de pé pra você.
    Sucesso sua linda, você merece o melhor da vida, sempre. Deus a abençoe

  16. Oi. Engraçado. Li o site todo e há um tempo venho implementando o GTD, mas sempre sinto medo. Ao ler esse texto senti também. Não sei se o medo impulsiona. É a sensação de não deixar se cumprir, de ir atrás também. Só preciso lidar com a ansiedade.

  17. Nossa quantas conquistas!!! Conquistas de toda uma vida! ♥
    Parabéns! Realmente um texto inspirador, motivador…
    Estou no processo de “organização”, e agora entendo, que organização deveria ser matéria dada na Escola 😉
    Gratidão _/\_
    Que vc continue nos inspirando e motivando ♥

  18. Thais, estava lendo este post no email e refletindo sobre a empresa onde trabalho… e percebi que o GTD se aplicaria pelo menos ao meu setor, que trabalha com eventos… e aí fui procurar alguma empresa para realizar o treinamento na minha cidade, achei e quando fui pegar os dados para passar a sugestão para meu diretor, eis que vejo um nome conhecido… o teu!!!! Muito legal… espero que minha diretoria aceite a sugestão, tenho muito interesse em aprender mais sobre o método, pois no momento sou teu extremo oposto… e também tenho certeza que meu setor ganhará muito se conseguir adotar GTD.

    • Que legal, Vivian, espero que dê certo. 🙂 Hoje a única empresa autorizada pelo David Allen a ministrar treinamentos de GTD no Brasil é a Call Daniel, e eu sou a gerente de produto, também instrutora dos cursos. Se vocês realmente fecharem, peçam para ser comigo, senão podem ir outros instrutores. Se vocês quiserem, claro. Obrigada!

  19. Que lindo, Thais! Texto completamente inspirador! Me senti muito feliz por você ao ler cada uma dessas conquistas; e achei lindo como você incluiu também as “pequenas” (que de pequenas não tem nada para quem as vivencia) coisas como algo importante, como foi o caso de adotar os cachorros. Pude ver com esse texto que as “grandes” conquistas formam o caminho para as pequenas conquistas que também trazem tanta alegria. Obrigada por compartilhar isso conosco! Um beijo!

  20. que post maravilhoso. E super inspirador.

    Eu atribuo muito benefícios a todo esforço em ser uma pessoa + organizada. Eu também acredito que muito do realizei e ainda realizo só seriam possíveis com organização. Claro que ainda estou muito aquém do que gostaria, e tenho muitos objetivos a conquistar. Mas acho que a coisa mais importante que aprendi nos últimos anos (com você, inclusive) é que o auto conhecimento ajuda a gente saber priorizar e fazer as coisas que são mais importantes, fazendo melhor, aquilo que é essencial.

    Então é manter o foco, e dar um passo por vez. Corrigir os erros, e estar pronto para os novos desafios.

    Obrigada por sempre nos inspirar. Desejo muito sucesso sempre, porque seu trabalho duro, não poderia ter outro retorno.

  21. Parabéns Thaís! Sigo seu blog há um tempão e venho acompanhando as suas conquistas… No meu caso, a minha maior conquista de organização pode parecer uma “desconquista” rssss.
    Depois de um período de vida caótico, com vários empregos, sempre correndo de um lado pro outro, consegui me organizar financeiramente e familiarmente para largar um dos empregos. E desde então sigo feliz, saudável e organizará trabalhando em dois lugares que tem super a ver comigo! Beijao e obrigada pela inspiracao!

  22. Parabéns Thaís! Sigo seu blog há um tempão e venho acompanhando as suas conquistas… No meu caso, a minha maior conquista de organização pode parecer uma “desconquista” rssss.
    Depois de um período de vida caótico, com vários empregos, sempre correndo de um lado pro outro, consegui me organizar financeiramente e familiarmente para largar um dos empregos. E desde então sigo feliz, saudável e organizada trabalhando em dois lugares que tem super a ver comigo! Beijao e obrigada pela inspiração !!

  23. Oi Thais! Mais um post inspirador, parabéns!

    Ah! você já publicou algo relacionado ao tópico “Conseguir todo emprego que eu desejasse”? Caso não, teria alguma sugestão para planejar este tipo de meta?

    Obrigada por dividir conosco sua caminhada! Abraços

  24. e aposto como tem gente hoje que diz que você tem “sorte”…

    parabéns por todas as suas conquistas, Thais! <3
    admiro de montão o Vida Organizada e você.

    um beijo!

  25. Adorei o texto! Nossa quanta coisa você conquistou!! <3 Me deu ainda mais forças para um projeto que eu sempre quis ter na minha vida, porém que ando há muitos anos sem coragem.
    Eu queria fazer um pedido/dar sugestão, adoraria (muito muito muito!) ver um post seu sobre organização para quem quer começar a empreender.

    Mais sucesso ainda para você!
    Beijos!

  26. Muito legal, vc nos inspira!Tb consegui um grande objetivo e só foi possível via organização e tb a ajuda de uma coaching. Passei no mestrado e estou cursando!

  27. Thais, tenho uma admiração de fã por vc, mas acima disso, muito respeito. O que vc realiza é digno de muito respeito. Parabéns pelo trabalho e obrigado por dividir conosco sua história, aprendizado e experiência de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA