02 Jul 2013

Analise seus objetivos de curto, médio e longo prazo

Como parte do novo planejamento do blog, tentarei este mês escrever posts que estejam relacionados com o checklist mensal para ajudar cada um de vocês a se organizar. Infelizmente, não posso atender pessoalmente cada pedido de ajuda que chega até mim, então o blog é a minha maneira de ajudar. Tento ser sempre bastante didática para que todos vejam que se organizar não é um ideal distante, mas algo que podemos fazer aos pouquinhos e, assim, tomar controle do nosso tempo.

Hoje eu gostaria de falar sobre objetivos de curto, médio e longo prazo. O que são esses objetivos?

Quando eu falo em objetivos de curto prazo, estou me referindo ao prazo de hoje até daqui a dois anos. Não gosto de fazer resoluções anuais porque acho que muitos objetivos demandam um pouco mais de tempo. Considero dois anos um período legal, que dê para a gente se basear com uma margem maior. Dá para tomar providências que demandem um pouquinho mais de tempo, mas que ainda assim estão sob nosso controle e planejamento.

Objetivos de médio prazo já são aqueles que podem ser para daqui a três ou cinco anos. São objetivos que temos em mente, mas que não temos disponibilidade no momento. Objetivos de médio prazo clássicos: ter um filho, começar um mestrado, aprender um novo idioma, mudar de casa, viajar para o exterior etc.

Os objetivos de longo prazo são basicamente os objetivos de vida. É para pensar não só daqui a 10 anos, mas daqui a 30, 40 anos. Lá na frente. Quando você morrer, o que gostaria de ter realizado? “Ah, eu gostaria de ter estabilidade financeira.” “Eu gostaria de dizer que fui o melhor pai possível.” “Quero ser lembrado(a) como um(a) amigo(a) presente.” Essas coisas, mais etéreas. Os objetivos de longo prazo revelam nossas intenções e missão de vida. O legal de pensar a respeito deles é que eles dizem muito sobre o nosso caráter.

Mas como começar?

Comece pelos objetivos de longo prazo, sempre. Eles serão o seu norte. Pegue uma folha de papel e reflita sobre como gostaria de ver sua vida quando estiver no final dela. É claro que estamos levando em conta uma vida longa e próspera. Mesmo que você já tenha mais idade, pense lá na frente. Pense no que gostaria de ter realizado no momento em que fechar os olhos pela última vez.

Elaborar essa lista pode parecer difícil mas, na prática, você vai ver que é bastante natural. Todos nós já sabemos o que queremos ser. E tudo bem se essa lista mudar. Não pense nisso agora. Monte sua lista e avalie-a de tempos em tempos. Você vai perceber que o essencial dificilmente vai acabar mudando, mas é ok mudar. Não se preocupe com isso – você não está escrevendo regras em pedra. É apenas uma reflexão.

Com base na sua lista de objetivos de longo prazo, tente trazer para mais perto. Por exemplo, se você deseja ter estabilidade financeira, o que pretende fazer a médio prazo (três a cinco anos) para alcançar esse objetivo? Comprar um apartamento, passar em um concurso público, ter uma poupança com X reais no banco, abrir um negócio. Para cada objetivo de longo prazo, você pode ter um ou mais objetivos de médio prazo que sejam relacionados.

Isso serve até mesmo para você questionar seus objetivos de médio prazo. Se você tinha em mente comprar um apartamento daqui a quatro anos, pense em como isso colabora com seus objetivos de longo prazo. Se não colaborar com nenhum, veja se é um objetivo importante. Se for, talvez você deva refletir sobre um objetivo de longo prazo que se relacione com ele, como por exemplo, cuidar da sua família ou proporcionar segurança financeira para quando estiver mais velho.

Os objetivos de curto prazo também devem se relacionar aos de médio e longo prazo. Mas aí o raciocínio é o seguinte: verificar seus objetivos de médio prazo e ver o que pode fazer atualmente, de hoje a dois anos, para alcançar esse objetivo. Continuando com o exemplo do apartamento, você pode colocar como objetivo de curto prazo guardar Y reais por mês na poupança para conseguir ter Z reais daqui a dois anos. Ou pode optar pela pesquisa de apartamentos na planta. Enfim, as possibilidades são inúmeras e muito pessoais. Não tem como ninguém definir esses objetivos por você.

Os objetivos de curto prazo se transformarão em projetos. E esses projetos são os que você vai começar a trabalhar agora, correndo atrás de seus objetivos. Você vai destrinchar cada um desses objetivos de curto prazo de modo que se transformem em tarefas que você pode fazer já. Por exemplo, se você precisa guardar R$400 todo mês porque quer juntar X dinheiro ao final de dois anos para dar uma entrada em um apartamento logo em seguida, você pode definir que vai cortar gastos aqui e ali, transferir R$100 para a poupança toda semana etc. Os seus objetivos lá da frente se transformaram em tarefas que você pode fazer agora. Não é emocionante?

E por que ter objetivos?

Muitas pessoas dizem que não gostam de ter objetivos porque querem que a vida seja uma eterna surpresa e que não gostam da ideia de ter tudo esquematizado até o dia em que morrerem. Cada um pensa de um jeito. No entanto, se você tem sempre a sensação de que sua vida está passando e que você não está aproveitando como deveria, acho que vale a pena fazer esse pequeno planejamento. E mais uma vez: ele não está escrito em pedra. Faça para refletir sua vida e, se não quiser seguí-lo, é só deixar de lado ou usá-lo como norte de maneira informal. Não precisa seguir à risca.

O legal de ter objetivos é saber onde você quer chegar e aproveitar seu tempo. É não chegar daqui a 30 anos e dizer que deveria ter começado a poupar dinheiro quando tinha 20. Ou se arrepender por não ter feito a faculdade X. Ou n outras coisas.

Ter objetivos te faz levar uma vida coerente e tranquila. Você que está realizando hoje uma tarefa porque ela se reflete em um objetivo de médio ou longo prazo. Sua vida ganha significado. Você não fica com aquela sensação de que está perdendo tempo ou com dúvidas sobre estar investindo em algo que não precisa. Tiramos a ilusão da vida. Ficamos mais tranquilos.

Como eu faço

Exatamente como eu comentei acima. Eu reviso semanalmente meus objetivos (faz parte da minha revisão semanal com o GTD), pois faz parte da minha rotina pessoal. Você pode revisar quando você quiser, mas eu recomendo que seja feita pelo menos uma vez por mês. Os objetivos de curto prazo podem ser alterados, se você achar que não estão condizendo com os outros, ou você pode até mesmo excluir alguns, pois viu com o tempo que eles podem ter se tornado irrelevantes. Nós crescemos e amadurecemos, e é normal haver mudanças. Eu comecei 2013 com uma lista de uns nove objetivos de curto prazo, e agora tenho somente cinco. A revisão constante é importante justamente para você parar e pensar: “Ok, como a minha vida está caminhando? Estou alcançando meus objetivos?”. E a sensação de ter controle sobre isso e de poder fazer mudanças é indescritível. Só fazendo para ver.

Portanto, quando eu sugeri no checklist mensal que você analisasse seus objetivos de curto, médio e longo prazo, foi justamente para ajudar quem tivesse dúvidas como essas:

“Não sei o que fazer da minha vida!”
“Trabalho o dia inteiro e chego exausta em casa, e nunca sei o que devo fazer primeiro.”
“Estou em um trabalho que eu odeio.”
“Minha vida é muito corrida e eu não consigo fazer nada.”
“Eu não sei por onde começar!”

Comece definindo seus objetivos. O restante vai se clareando. ;D

Até amanhã.

38 comentários . Comentar via blog

  1. Cris

    Na vida todos nós precisamos de metas/objetivos, senão perdemos o controle!!! Ansiosa pelos demais posts sobre o assunto. Bjs Thaís

    Responder
    1. Cris

      muito Feliz Thaís, agora tenho um “avatar” dp de ler o seu post de ontem não pude deixar isso para depois, vc sempre nos impulsiona e tem sensibilidade. Eu fui uma que sempre perguntava sobre essa fotinha ao lado dos comentários…aí um belo dia com sua sensibilidade vc criou um passo a passo. Deixei para lá na primeira dificuldade, hoje pensei não posso deixar…ela teve todo o cuidado com aquele post…que senti que era para mim!!!

      E HOJE ESTOU AÍ COM A MINHA FOTINHA…ao lado do meu comentário, OBRIGADA THAIS por isso e por tudo que vc representa em nossas vidas!!!!

      Responder
      1. Thais Godinho

        Adorei!

        Responder
  2. Nayara

    Santa, Thais!
    Suas palavras nos deixam sem palavras… E, claro, nos inspiram a partir dos sonhos para ação!
    Obrigada por nos fazer melhores!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Obrigada você, Nayara.

      Responder
  3. Cristiane

    Ler seu blog e uma grande alegria diária!!!!!muito obrigada por cada post escrito!!!!estou tão curiosa pra comprar o livro!!! Beijos Cristiane

    Responder
  4. Bruna Reis

    Conheci seu blog há um mês e estou encantada… Parabéns pelas dicas e pelo carinho que dedica à nós!.. Bjus***

    Responder
  5. Georgina Melo

    Estou muito feliz por vc. Acompanho seu blog há algum tempo e simplesmente curto cada publicação. O caminho do livro será iluminado e os outros trabalhos também. Sucesso em todas as áreas é o meu desejo.Obrigada pelo respeito e amizade. Bjins :)

    Responder
  6. cinthia

    Adora,suas postagem sempre me dão mas forças para conseguir as minhas metas, entre uma delas ser mas organizada, muito obrigada pelo blog.

    Responder
  7. Léo

    Nota dez.
    Vou tentar por em prática. De novo.
    Mas é assim que eu funciono, na insistência.

    Responder
  8. Adorei seu post! É tão organizadinho que me da vontade de sair organizando tudo!

    beijos

    Responder
    1. Thais Godinho

      <3

      Responder
  9. Thais, seu site e muito legal, sempre te acompanho…
    Bjs

    Responder
  10. Kelle

    Oi Thaís! Até parece que você me conhece e sabe das minhas necessidades, pois sempre há um post, que parece que foi inscrito pra mim! Eu sempre tive meus sonhos e objetivos e depois de passar por algumas desilusões, deixei eles de lado, e hoje me sinto exatamente como você descreveu, perdida, parece que o tempo está passando e eu só estou envelhecendo e não estou fazendo mais nada. Obrigada por mais essa inspirairação e motivação! Hoje seu blog é uma das minhas inspirações, não fico um dia sem ler um post. Adoro! Me ajuda muito e me faz muito bem! Muito obrigada e que Deus te ilumine sempre, pra continuar ajudando as pessoas atravé do blog, assim como eu. Começei a ler o blog por causa da organização, mas hoje pra mim, ele é muito mais do que falar sobre organização, é um estilo de vida! E se você estiver lendo meu comentário, mais uma vez obrigada Thaís! bjs

    Responder
    1. Thais Godinho

      Muito obrigada, Kelle. Fico contente por ajudar de alguma maneira.

      Responder
  11. Alessandra

    Eu não conhecia o GTD antes de visitar o blog, mas já elaborava essas metas de curto, médio e longo prazo. As minhas eram mais próximas em relação a projeção para o futuro, e cheguei a refazer umas duas vezes. Lendo o post lembrei-me de que não as reviso faz algum tempo, e estou com vontade até de refazê-las, já que coisas novas surgiram. Acredito que vale muito a pena ter os objetivos organizados, ao menos como você disse, um “norte”.

    Responder
    1. Thais Godinho

      Sim, e é bom sempre revisar porque nós mudamos né. =)

      Responder
  12. Alessandra

    Eu não conhecia o GTD antes de visitar o blog, mas já elaborava essas metas de curto, médio e longo prazo. As minhas eram mais próximas em relação a projeção para o futuro, e cheguei a refazer umas duas vezes. Lendo o post lembrei-me de que não as reviso faz algum tempo, e estou com vontade até de refazê-las, já que coisas novas surgiram. Acredito que vale muito a pena ter os objetivos organizados, ao menos como você disse, um “norte”.

    Responder
  13. Roberta

    Oi Thais, só nao entendi onde vc faz isso. Num caderninho, no celular, no Toodledoo? Eu uso uma agenda de papel pro calendario, e um programa de “to do” no celular. No final da agenda tenho aquela famosa sessao “notas”. Jogo lá? Como vc faz a revisao? Dai passa a limpo e passa pra outro papel?? Ahhhhhhh to confusa!!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Toodledo controla tudo isso.

      Responder
  14. Cathy

    Logo que me casei, colocávamos nossos objetivos colados na porta da geladeira e, todos os dias falávamos sobre os objetivos de curto prazo especialmente. Ajudava – e muito – a conseguir manter a disciplina e, principalmente, o estímulo à fazer determinadas coisas. E ver que o objetivo estava cumprido, dava uma satisfação enorme!!!!!

    Responder
  15. Acabei de conhecer seu site e cai neste post que falou diretamente comigo. Estou em um momento que me sinto perdida e não sei por onde começar. Sinto minha vida escorrendo pelas minhas mãos e não tenho controle de nada.
    Acho q depois de ler, já sei o primeiro passo que preciso tomar.
    Obrigada

    Responder
  16. Silvia Triani

    Thais te admiro muito pela determinação para alcançar seus objetivos! seu blog tem me incentivado muito. Beijão!

    Responder
  17. Parabéns pelo blog, também adoro organização e fiquei realmente inspirada!
    Você ajuda muitas pessoas assim, isso provavelmente é um dos seus objetivos de curto prazo =)

    Responder
  18. Keyseane Silva

    Tais, acompanho seu blog a muito tempo, adoro as dicas e as postagens diárias que recebo em meu email. Você está de parabens. Devo dizer que a admiro, mas suas dicas não funcionam comigo, infelizmente. Não sei se é porque trabalho oito horas por dia, ou porque sou preguiçosa e displicente mesmo. O caso é que eu chego em casa tão cansada que eu só durmo. Não consigo nem ao menos ler minhas apostilas da pós. Já fui ao médico e ele me passou um comprimido pra ajudar mesmo assim ainda não consigo ser organizada. A dica da organização em cinco minutos eu até comecei a usar, mas me tornei tão relapsa que nem meu quarto organizo. O que fazer? As vezes percebo que você trabalha, cuida do filho, lê livros, faz pós-graduação, tem um blog, trabalha, mantem sua casa organizada e ainda tem tempo pra descansar, viajar e cuidar da sua saúde. Como? Sério, eu estou desesperada tentando entender se eu dia tem 32 horas rsrs ou se você não dorme kkk. Me ajuda Taís. Aguardo respostas

    Responder
  19. Esiley Thauany

    Oi Thais Já faz algum tempo que eu venho acompanhando o seu blog e adoro. Pra mim você é um exemplo de que a vida não precisa ser desorganizada para ser bem vivida. Gosto muito dos seus métodos de organização

    Responder
  20. Esiley Thauany

    Oi Thais já venho acompanhando seu blog a algum tempo mais só tive coragem de escrever agora.Você é um exemplo de que a vida não precisa ser desorganizada para ser bem vivida. Bem eu preciso de sua ajuda por que aqui na minha casa eu ajudo minha mãe mais eu queria saber como dividir as tarefas entre mim e ela. Tipo na limpeza da casa e até mesmo nas tarefas do dia a dia. Agradeço desde já.

    Responder
    1. Thais Godinho

      Oi Eslley, veja o post sobre como montar um cronograma de limpeza doméstica (está na lateral do blog). Pode ajudar!

      Responder
  21. Esiley Thauany

    Muito obrigada Thais o cronograma que você me indicou vai me ajudar e muito. Até já coloquei aqui na parede de casa e vou tentar seguir a risca as tarefas do dia a dia. Logo, logo eu conto para você como estou me saindo. Beijos

    Responder
    1. Thais Godinho

      Conte sim! Espero que funcione. =)

      Responder
  22. Rose

    Encontrei seu blog hoje e já estou apaixonada por ele!!!Parabéns!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Obrigada!

      Responder
  23. Paloma Amaral

    Oi Thais,
    Ler esse blog me fez abrir os olhos para muitas coisas, estou me deliciando com suas dicas. E ontem mesmo já coloquei em prática muitas dicas suas. Meu maior problema é com as roupas.. kkkk mas um dia consigo organizá-las.
    Que Deus continue te abençoando e que você continue com essas dicas valiosíssimas.

    Responder
  24. Thiago Dória

    Thais, tem uma dúvida: o que distingue um objetivo de curto prazo de um projeto?
    Mais uma vez, parabéns pelo blog!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Thiago, eu distingo da seguinte forma:

      Projeto é toda tarefa que demande mais de uma tarefa.

      Objetivo é todo projeto que envolva mais de um projeto.

      Será que confundi mais? rs

      Responder
      1. Thiago Dória

        Hehehe… que nada! Para mim, a questão se coloca na medida em que eu tento “atomizar” todos os meus afazeres. Aí acabo perdendo um pouco o controle sobre essas distinções. Por exemplo, posso dividir um projeto em vários outros projetos. Isto quer dizer que ele é, na verdade, um objetivo? Sendo assim, tenho muitos objetivos!
        Enfim, obrigado pelo retorno! Preciso me acercar melhor destes conceitos: tarefa, projeto e objetivo.

        Responder
        1. Thais Godinho

          Na verdade, é um guia que utilizo para eu refletir sobre o que é objetivo ou não, não regra geral. Recomendo o mesmo. =)

          Responder
  25. Marcos Raphael

    Olá!

    Muito Bom seu Blog e suas idéias.. Confesso que estou um pouco mais preocupado depois de ler..kk me senti muito mais desorganizado que antes… mais o importante é começar e quem sabe daqui um tempo me sinto mais “em casa” no seu blog.

    Obrigado! e um ano de 2014 mais organizado e feliz pra sua família!

    Responder

Deixe um comentário