28 Aug 2013

A primeira reorganização do guarda-roupa depois de ler aqueles livros

Outro dia fiz um post sobre 3 livros de moda que eu tinha lido recentemente e, depois daquilo, me inspirei para fazer uma faxina no guarda-roupa, tirando o que eu não uso e mantendo somente as peças que tenham a ver com o meu estilo.

1 – Seleção

Primeiro eu tirei todas as roupas do meu guarda-roupa (uma porta e uma gaveta de cada vez, para não amontoar) e fui selecionando uma por uma, para ver o que ficava ou não. As regras foram:

- Se não tem nada a ver comigo, vai embora.
– Se a cor não fica bem em mim, vai embora.
– Se não favorece o meu corpo, vai embora.
– Se está velha e eu não uso justamente por esse motivo, vai embora.

Eu não tenho roupas estragadas porque, sempre que isso acontece, eu já tomo alguma providência. Nunca guardo coisa assim no guarda-roupa justamente para já ir controlando essa organização.

Vale lembrar que só dá para separar para doar roupas que não combinam com você se você conhece o seu estilo. Infelizmente, quando somos jovens, acabamos comprando peças que não têm muito a ver com a gente, e aí elas ficam largadas no guarda-roupa e nunca entendemos por quê.

Também podemos comprar alguma peça que parecia bonita à primeira vista, ou compramos sem experimentar, ou ganhamos de presente, e a mantemos mesmo sem usar porque fica feia no corpo. Pra que manter isso? Logo, foi uma das minha regras para separar para doação.

Se a cor não fica bem em mim e eu nunca uso a peça porque sei disso, então prefiro doar para alguém que fará bom uso dela.

E, por último, eu separei algumas roupas que eu mantinha por algum vínculo afetivo aleatório, mas que estavam velhas ou gastas, e eu não usava para não parecer desleixada. Se eu não estava usando, para que guardar?

Acho que o mais difícil é se desfazer de peça nova, que quase não foi usada (ou nunca foi). Mas fica a lição para aprender a comprar direito – somente aquilo que realmente tenha a ver comigo e que vista bem.

Depois de fazer a seleção do que vai e do que fica, notei que, mesmo fazendo esse destralhamento a cada estação (minha rotina), ainda separei muita coisa. Mas enfim, é a vida.

280813-roupas01

Depois de separar, é hora de organizar o que ficou. Veja em outro post dicas específicas para organizar seu guarda-roupa.

2. Organização

A organização do meu guarda-roupa não tem muito segredo. Meu espaço é pequeno (duas portas somente) e não posso mexer na estrutura porque nosso apartamento é alugado. Enquanto não mudamos para o nosso, o jeito é buscar soluções dentro do espaço que tenho.

Eu preciso dividir o guarda-roupa entre as minhas roupas e as roupas de cama, mesa e banho, além de malas para viagem, bolsas e umas caixas que guardo na parte de cima com artigos da outra estação, coisas de Natal etc. O guarda-roupa do outro quarto abriga as roupas do meu filho e do meu marido, além de outros objetos também. Enfim, precisamos nos virar com os recursos de armazenamento que temos. Não é o ideal, mas quem vive no mundo ideal?

280813-roupas02

Desapegue da bagunça na sua cama. Depois você arruma. <3

Em cima você pode ver, à direita, as roupas que eu separei para guardar. No meio, o dobrador de roupas em ação. Atrás, as pilhas de camisetas e blusinhas já dobradas.

Eu separo as camisetas em quatro pilhas: 1) lisas claras, 2) lisas escuras, 3) lisas coloridas e 4) estampadas. Antes eu separava por manga curta e manga comprida também, mas agora deixo tudo junto e, quando tem a manga comprida, eu puxo a manguinha para cima na dobra, de modo que dá para identificar quando eu manusear a pilha de camisetas.

Estou usando o dobrador de roupas de tamanho infantil (existem tamanhos adulto e infantil, tenho os dois), pois assim as pilhas ficam mais estreitas e cabem direitinho na prateleira.

Dobrei todas as roupas e separei em pilhas, para depois somente arrumar.

3. Arrumação

Se você separou as roupas e setorizou seu guarda-roupa (de acordo com as dicas que eu dei no post linkado lá em cima), basta arrumar. No dia a dia, depois, basta manter essa arrumação. O trabalho todo de selecionar e organizar é nesse começo ou para fazer ocasionalmente (eu faço a cada estação, como já comentei).

280813-roupas03

Aí fui colocando as pilhas na prateleira. Como o meu guarda-roupa é fundo, dá para colocar uma pilha atrás e outra na frente, mas não fica muito legal. Faço isso porque foi uma solução de espaço mesmo, mas o ideal é ter um guarda-roupa menos profundo e mais largo. Do lado direito, ficam os suéteres e cardigãs (foto mais para baixo).

280813-roupas04

Na prateleira de cima, dobrei as toalhas do jeito que eu gosto e fui guardando ali. Reparem que as toalhas de praia/piscina ficam atrás, porque não estão sendo usadas agora. Eu também guardo os dobradores ali atrás. Fica fácil de pegar, mas também não aparecem muito. Enfim, soluções de armazenamento mesmo.

280813-roupas05

No final, essas duas prateleiras ficaram assim.

Em cima, são as toalhas de banho, de rosto, de lavabo, pisos do banheiro e fronhas. Lençóis não guardamos nunca, porque temos somente dois (um em uso e outro lavando). Atrás, as toalhas de praia/piscina e capas das almofadas. O dobrador e um pote de vidro que uso para guardar coisinhas de costura para pequenos reparos (linhas, agulhas, fita métrica, botões etc).

Embaixo, estão as camisetas e os suéteres e cardigãs, que obedecem a mesma regra das camisetas (lisos claros, lisos escuros, estampados, coloridos).

A outra porta do guarda-roupa não tem segredo – é onde ficam as roupas penduradas por tipo e cor, então acabei nem tirando foto nesse dia.

Estou tentando manter um guarda-roupa somente com roupas que tenham a ver comigo, vistam bem e tenham qualidade. É uma eterna construção, mas uma delícia também de fazer.

Não vejo a hora de ter meu cantinho de verdade para poder montá-lo do jeito que eu quero. =) Por enquanto, preciso ser organizada com o espaço que eu tenho e que não posso mudar, mas tem funcionado. O segredo é respeitar o espaço que tem e buscar soluções que não mexam na estrutura. E também ter em mente que é uma situação temporária, quando você precisa fazer o melhor possível, mas sem “pirar muito” porque não está do jeito ideal. Se você já tem um espaço seu, que pode mexer, aí sim você pode buscar soluções melhores. Espero que as dicas do outro post sejam úteis para você encontrar a melhor forma de organizar seu guarda-roupa.

38 comentários . Comentar via blog

  1. Laís

    Thais, amei o post com as fotos!!!
    Esse tipo de post nos faz refletir, pois as vezes deixamos de organizar certas coisas por não termos o espaço ideal, mas vc mais uma vez mostrou que é justamente nessa hira que organizaçãoe criatividade fazem a diferença.
    Organizar um closet ou armário feito sob medida é fácil, dificil é improvisar e pensar em soluções qdo as prateleiras são muito fundas/altas/estreitas ou falta espaço para cabides, etc.
    Enfim, mais uma vez obrigada!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Obrigada =)

      Responder
  2. Náthali

    Adorei as dicas!!!

    Responder
  3. Vanessa

    Concordo com a Laís. Quando a gente vê fotos em revistas e em sites, é uma coisa! São móveis planejados, tudo grande, etc e tal. Outra coisa diferente é quando temos que nos virar com o nosso pouco espaço. Aí é que entra a dificuldade! Muito legal o post. Nos dá a real dimensão de como arrumar e estruturar as coisas dentro de uma realidade mais nossa.

    Responder
  4. Karina

    Oi Thais, obrigada pelas dicas. São muito úteis, comecei a arrumar o meu guarda-roupas ontem!
    Obrigada!!!
    Ps.: acho ótimos seus posts, mas o anuncio do sabonete está atrapalhando um pouco a leitura do blog. É possível coloca-lo em outro lugar?
    Abraço

    Responder
    1. Thais Godinho

      Oi Karina, infelizmente foi a posição contratada.

      Responder
    2. Leeka

      Karina, minimiza o anúncio, tá vendo o gatinho no canto direito inferior da tela? Do lado dele tem uma setinha pra baixo, clica nela que o anúncio vai minimizar. Bjs

      Responder
      1. Karina

        Muito obrigada! Um abraço

        Responder
    3. Kelli Feck

      Karina, estava me atrapalhando muito também! Mas descobri que ao lado do gatinho, no canto inferior direito há a opção de minimizar esta barra!

      Responder
  5. Boa noite, Thais
    Sensacional sua matéria, gostei muito, também sou adepta do desapego, mas ainda acho que preciso me desapegar mais.
    No meu caso, espaço não me falta, pois tenho closet, armário só pra mim, as roupas de cama e banho ficam na rouparia, um espaço com armário só para elas.
    Vou arrumar o guarda-roupa da minha filha, que não encontra tempo, pois trabalha fora, em outra cidade, quando chega está cansada, vou aproveitar suas dicas de separação das camisetas e blusas mangas compridas.
    Beijo

    Responder
  6. Helena

    Oi Thais, tudo bem? Adorei as dicas, e gostaria de pedir uma ajuda… Eu estou finalmente de férias depois de muito tempo e tenho muita muita coisa que gostaria de fazer, muitos planos (livros que eu quero ler, livros pra entretenimento mas tambem para aprender coisas) e coisas que eu quero fazer como me exercitar e tentar forçar um habito alimentar e de exercicios que eu realmente preciso por em pratica, o problema é… como são muitas coisas que eu quero fazer, eu não sei como me organizar, quando vejo o dia já passou. O certo seria estabelecer horarios pra cada projeto, ou separar durante a semana? só sei que o dia acaba e eu acabei não fazendo nada… é frustrante. tantos planos e nada d organização pra por em pratica! mto obrigada pelo blog, que é muito util e bem feito.

    Responder
    1. Thais Godinho

      Helena, eu uso o método GTD, então utilizá-lo é a minha recomendação.

      Responder
  7. Cinthia Laterza Silva

    Adorei o post com fotos!

    Mais um livro encomendado “Vista quem você é”, preciso renovar o guarda-roupa (principalmente depois que acabar de emagrecer) e sinto que temos de nos programar mais para isso, como se fosse a compra de uma viagem, ou eletrodoméstico caro, afinal, em roupas gastamos demais sem perceber! Tem que rever mesmo, anotar o que precisa, levar a lista pra loja e tals! Rsrs! Pode ser menos divertido, mas o que importa é não ficar triste no fim do mês!

    Obrigada pelas dicas Thais!

    Responder
  8. Sandra

    Oi, Thais! Observei e aprendi que organizar em PILHAS não funciona muito bem, pelo menos pra mim. Quando se tira uma roupa a gente acaba por desarrumar todo o monte. Acho que dá mais trabalho para manter organizado no dia a dia. Descobri uma técnica de dobra genial que revolucionou o meu guarda roupa, multiplicando o espaço disponível, seja em gavetas ou em prateleiras. Não é preciso gabarito ou dobra fácil, apenas transformar todo tipo de peça têxtil em um retângulo e dobrar de modo que fique estruturado. Nas gavetas, ganhei muito espaço e visão dobrando as camisetas de forma que FICAM EM PÉ. O mesmo se pode fazer nas prateleiras utilizando CAIXAS para fazer as vezes de gavetas, aproveitando muito mais o espaço daquelas. Em caso de roupa de cama e banho, acho muito melhor guardar dessa forma, em pé, e ir tirando sem desmanchar a arrumação. Para vc ter uma noção da forma de dobra que estou falando, indico os vídeos cujos links seguem adiante, fica mais fácil do que descrever aqui (rs). Beijos e obrigada pelo blog sempre!!!
    http://www.youtube.com/watch?v=OArfDQJ-A9Y&list=TLNwUOt2MI8p0
    http://www.youtube.com/watch?v=vRtwq_XZEZM
    http://www.youtube.com/watch?v=qOn5-eqB3fk&list=TL7tPILtve8u4
    http://www.youtube.com/watch?v=ok_MEVDMJ-s
    http://www.youtube.com/watch?v=ATPyw8wWWMA&list=PL0C0254524FEB1739
    http://www.youtube.com/watch?v=z1Acs-WUg88
    http://www.youtube.com/watch?v=72-XWAFK9wM

    Responder
    1. Thais Godinho

      Sandra, eu tiro a parte de cima da pilha e pego a blusa. Não bagunça não. Particularmente, não gosto de guardar camisetas do dia a dia em gavetas. Guardo as da academia, no entanto.

      Responder
    2. Nilza

      Oi Sandra,
      Eu arrumo minhas gavetas assim e adoro.
      Como as gavetas não tem profundidade, não foi possível deixar tudo em pé.
      Para as peças maiores, deixei inclinado (estilo tábua de frios). Meu marido também gostou, porque consegue ver todos as camisetas que tem.
      Para as prateleiras, comprei caixas e usei o mesmo sistema. Deu muito certo.
      Bjs,

      Responder
  9. Meninaaa… Saber que você tem só 2 lençóis me deixou perplexa e também me fez pensar… Para que tantos? Se só usamos um de cada vez… Para ocuparmos um espaço que poderia se usado com outra coisa? Thais, vc é demais! Bjocas!

    Responder
    1. Marina Maria

      Eu também fiquei perplexa. Ficava horas pensando como as pessoas conseguiam ter dinheiro para comprar lençois com não sei quantos fios. Thais deu a resposta: na verdade só precisamos de dois jogos, kkkk. Bem, eu realmente não posso ter apenas dois, porque como moro longe, minhas visitas geralmente pernoitam, ainda que eu não tenha estrutura para isso. Mas sempre tenho que ter lençois de reserva. De qualquer forma, depois dessa percebi que tenho muitos que eu não preciso ter. O que é um alívio, já que eles estão velhos e eu estava quebrando a cabeça pensando em como iria substituir todos com os preços do jeito em que estão! :) Salvou meu dia, Thais, rs

      Responder
      1. Thais Godinho

        =)

        Responder
  10. Vania Lacerda

    Adorei seu armário arrumadinho!

    Responder
  11. Priscila

    Thaís, não tem a ver com o assunto mas lembrei de você quando li, já que tem um filho pequeno, muita gente tem compartilhado no facebook:

    http://portal.aprendiz.uol.com.br/2013/08/08/o-dia-em-que-parei-de-mandar-minha-filha-andar-logo/

    O dia em que parei de mandar minha filha andar logo!

    bjs!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Obrigada pela indicação. =)

      Responder
  12. Michele

    Thais,

    Gostei muito do método de organização pois sofro do mesmo mal: armário para o marido, para as minhas coisas, roupas de cama, toalhas de banho (no meu banheiro não cabe) e sapatos!!Ainda tenho maquiagem, cremes, perfumes e bolsas e olha que sou minimalista.
    O meu problema é a roupa de cama, pois tenho casa de praia e não deixo a roupa de cama lá para não ficar com mofo, já que vamos somente no verão mesmo. As toalhas são a mesma coisa. Eu uso a minha casa de praia como um apartamento de temporada, só o essencial.
    O meu marido ainda guarda algumas ferramentas de trabalho lá, pois não temos espaço na casa para guardar computador, ferramentas de software etc, escondida das mãos nervosas do filhote. E ele é tão apegado as suas roupas!!! Me dificulta muito o desapego.
    Gostei da idéia da prateleira com as roupas, meu marido prefere as roupas passadas e dobradas de trabalho a penduradas, pois sempre amarrota.Meu armário não é fundo, tem tipo uns 47 cm e não cabe os ombros das suas camisas pendurados. A solução é usar como loja, com gabarito e por cor.
    Estou namorando aqueles sacos a vácuo, como não tenho aspirador já achei até a bomba para vender por aqui. Mas alguém tem uma resenha boa sobre esses sacos? Poderia deixar pelo menos a roupa de cama/banho sem uso neles, pois me ocupa bastante espaço.
    Infelizmente não tenho armário grande no quarto do filhote e os brinquedos já estão preenchendo todos os vazios, pois faço rodízio com eles.
    Esses apertamentos de hoje são feitos para famílias pequenas sem filhos, moro em um dois quartos que quando a gente não tinha filho era ótimo, tínhamos um pequeno escritório, cama e guarda roupa extra no “quartinho da bagunça”. hoje temos nosso filhote e mais coisa para guardar como velotrol, carrinho de bêbe e muitos brinquedos grandes. Eu quase enlouqueço aqui com isso!!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Sinceramente, Michele, não sou muito fã desses sacos a vácuo, porque tenho a péssima mania de querer deixar as coisas com uma aparência bonita. Além do que, no curso que eu fiz da OZ, lembro que as professoras falaram que guardar a vácuo trazia alguns problemas, mas não me lembro quais no momento. Além de ter que sempre ficar sugando o ar, porque eles vão enchendo aos poucos. Sei lá, sou fã da praticidade… fico imaginando uma coisa guardada a vácuo e eu postergando para pegar lá, porque senão vou ter que esvaziar de novo etc. Prefiro ter menos coisas e lugar para todas elas. mas você tem razão: os apartamentos são minúsculos. Fica realmente difícil.

      Responder
  13. Juliana

    Oi Thais, muito inspirador o post, desde que me mudei (uns 2 meses) estou me enrolando pra arrumar o armário decentemente. O que mais achei interessante, no entanto, é o fato de você guardar ali as toalhas também, pois vivo justamente isso, preciso colocar no meu guarda-roupa mala, coberta, toalha, lençol… até minhas pastas com documentos estão junto. Acho que vendo isso, chego a conclusão que o importante é estar arrumado e adequado ao espaço, independente se ali seria ou não o local mais correto para armazenar esses materiais, no final das contas, a gente se vira como pode.

    beijos
    Juliana
    http://vidasingular.wordpress.com/

    Responder
  14. Eni Silva

    olá Thais

    Estava navegando pela net e me lembrei de vc imediatamente ao ver o blog: http://www.maitaispicturebook.com pois a autora tem um bom gosto que além de incrivél é super minimalista não deixando de ser maravilhosamente chic.
    Espero que goste!

    Abraços e sucesso

    Responder
    1. Thais Godinho

      Obrigada pela indicação. =)

      Responder
  15. Ale

    Thais, como posso organizar um espaço quase quadrado do meu guarda roupas (não muito largo porém fundo e alto) pra guardar perfumes, maquiagens e cremes sem simplesmente deixar tudo um do lado do outro amontoado em necessaries? gostaria de usar o espaço de cima (que fica praticamente vazio pq é muito alto) mas não posso furar nem prender nada com ganchos pq o guarda roupas é muito fraco e iria acabar quebrando… Vc tem alguma idéia? Obrigada.

    Responder
    1. Thais Godinho

      Colocar estantinhas dentro… pelo que você descreveu, imagino que seria uma boa solução. Ou usar caixas, uma em cima da outra.

      Responder
  16. Gabriella

    Como você faz com as partes de baixo, tipo calças, saias, etc?

    Responder
    1. Thais Godinho

      Tudo pendurado.

      Responder
  17. Janete

    A arrumação é uma unanimidade. Agora eu adorei foi a rapidez com que leu os livros e colocou em prática o conceitos e dicas que gostou.

    Responder
  18. Adorei o post! Tento fazer isso duas vezes ao ano. É uma excelente prática! Parabéns pelo blog!

    Responder
  19. Janaína

    O meu problema é justamente não ter muitas roupas ou sequer o suficiente e nem tenho como comprar tudo de uma só tacada, então sempre acabo comprado aquilo que realmente preciso, tipo só compro uma calça jeans quando a outra já está bem usada (beeem usada mesmo)… não que não de para comprar uma ou duas blusinhas por mes, mas é algo q tento organizar há tempos e nunca consigo, tipo um calendário de compras… vc tem alguma dica?

    Responder
    1. Thais Godinho

      Tem um post no blog sobre a planilha de roupas. =)

      Responder
  20. Flavia

    Oi!

    Um livrinho que comprei, pequeno, super em conta e que vale ouro é: Pequeno Livro de Estilo da Ana Vaz (http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/1800903/pequeno-livro-de-estilo-guia-para-toda-hora).

    Super recomendo!

    Responder
    1. Thais Godinho

      Eu tenho também, é uma graça mesmo.

      Responder
  21. Eliana

    Fiz uma reorganização no meu guarda roupa esse fim de semana e digo que foi libertador rs. Não usei muitos critérios rs, mas tirei sacolas de roupas antigas e novas e de sapatos, e hoje de manhã até para escolher a roupa foi mais facil rs.

    Responder

Deixe um comentário