08 Jun 2013

Categorias da despensa

Imagem: Apartment Therapy

Imagem: Apartment Therapy

Separar a despensa por setores e categorias é a melhor maneira de organizá-la. Segue uma sugestão de categorias para que você possa fazer isso:

Bebidas – Geralmente ficam na parte de baixo da despensa, por serem garrafas pesadas. Água, sucos, refrigerantes, vinhos, cervejas, entre outras. Se você gosta muito de vinho, pode querer ter uma pequena adega somente para eles. Algumas cozinhas têm compartimentos para guardar garrafas na horizontal.

Mantimentos de mercearia – Óleos, azeites, mostardas, ketchups, maioneses. Molhos, patês, azeitonas, latinhas de atum e sardinha. Temperos diversos. Manteiga.

Mantimentos secos – Massas, arroz, feijão, farinhas, lentilha, legumes enlatados, sopas de pacote, macarrão instantâneo, amendoins, frutas secas, açúcar, sal.

Doces – Chocolates, biscoitos, creme de leite, leite condensado, gelatinas, adoçantes, geléias.

Alimentos em conserva – Carnes, legumes, frutas.

Comidas de bebê – Papinhas, leites, Sustagen.

Alimentos para o café-da-manhã – Cereais, leite.

Frutas

Legumes

Uma boa maneira de planejar a setorização da despensa é lembrar das seções do supermercado. É interessante setorizar da mesma forma porque isso fico no seu inconsciente e acaba ficando mais fácil encontrar os alimentos.

Veja outros posts sobre a arrumação da despensa aqui.

07 Jun 2013

Dicas para casados organizarem a sua noite de Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados é no próximo dia 12 e aqui vão algumas ideias para quem já for casado comemorar esse dia porque, afinal, casados são somente namorados com um contrato assinado.

Leve os filhos para a vovó

Já combine com sua mãe ou sua sogra para ficar com os filhotes nesse dia. Se não for possível, você pode contratar uma babá ou planejar tudo para depois que eles dormirem – mas isso só funciona se vocês tiverem uma rotina bem estruturada que garanta esse soninho na hora certa. (Tá vendo como não dá para pensar em ser organizado só quando precisa?)

Não faça hora extra

Não marque reuniões, não trabalhe até mais tarde, adiante o que puder. Ninguém merece ficar esperando o parceiro ou parceira no Dia dos Namorados! Planeje-se e tenha prioridades.

Faça algo que ambos gostem

Não adianta pensar em programas que não tenham nada a ver com vocês – comemorem como gostam mais: saindo para dançar, jantar, vendo um filme, conversando. Não existe um modelo padrão de comemoração do Dia dos Namorados, a não ser aquele que mais tenha a ver com vocês.

Capriche na comida

Sair para jantar é uma delícia, mas nem sempre isso é possível ou convidativo (afinal, estamos em época de frio). Você pode providenciar um vinho, encomendar alguma refeição ou você mesmo(a) preparar. Que tal prepararem algo juntos? Ou que tal não prepararem nada, mas pedirem alguma coisa? Mais uma vez: comemorem da forma que combinar com vocês. Tentar ser quem não é é terrível.

De qualquer forma, tenha alguns triunfos na manga, como aquele petisco que seu(sua) parceiro(a) adora, aquela sobremesa que só você sabe fazer ou alguma besteirinha que com certeza agradará.

Garanta o bom-humor

Ninguém merece falar de problemas na noite do Dia dos Namorados. Sei que a vida é difícil e todos nós temos dificuldades, mas tente, somente neste dia, não tocar em tais assuntos. Viva o momento, curta o seu parceiro ou parceira.

Não se esqueça do presente

Todo mundo adora um agradinho. Eu sei que talvez você já até tenha comprado alguma coisa mas, se não comprou, faça isso. Não é besteira! Besteira é chatear alguém que você ama por algo tão básico.

Divirta-se!

06 Jun 2013

Organizando cada item na entrada da casa

Veja dicas para organizar todos os itens que geralmente acabam ficando na entrada de casa:

Sapatos

Muitas pessoas preferem deixar seus sapatos na entrada de casa para diminuir a sujeira trazida por eles da rua para dentro de casa. Você pode ter uma sapateira na entrada, se houver espaço, ou apenas estabelecer um lugar para colocá-los. Aqui em casa, eu uso um tapetinho embaixo do aparador, onde ficam todos.

Imagem: I heart organizing

Imagem: I heart organizing

Também é importante lembrar que, se você usar um par de sapatos diferente no dia seguinte, deve guardar os que ficaram ali do dia anterior, senão vira bagunça.

Você pode deixar um cesto com os chinelos ou pantufas para trocar de sapatos assim que chegar em casa. Dessa maneira, você não precisará andar descalça(o).

Chaves

Porta-chaves de parede são a forma mais comum e prática de organizar as chaves. É importante que este item fique logo na entrada. Se tiver alguma mesinha antes, fatalmente todo mundo colocará as chaves ali. O objetivo é deixar a melhor solução com acesso mais fácil, em vez de brigar todos os dias com todo mundo porque ninguém deixa as chaves no lugar certo.

Outra opção é instalar uma cestinha ou caixa no aparador, onde todos poderão depositar seus pertences – inclusive chaves.

Carteiras e outros pertences pessoais

Você pode colocar um cesto ou caixa para cada membro da família, de preferência diferenciado por cor, para facilitar.

Dentro desse compartimento podem ficar: carteiras, celulares, crachás, cartões, carregadores e o que mais vocês usarem.

Guarda-chuvas

Ter um porta-guarda-chuvas facilita bastante. Eles são vendidos em lojas como Etna e Tok&Stok, mas você pode usar até mesmo um balde alto ou lixeira, se for possível.

Coloque um compartimento ou um pano embaixo do porta-guarda-chuvas para não molhar o seu piso.

Bolsas e mochilas

Há os tradicionais ganchos de parede ou mancebos para pendurar as bolsas e as mochilas quando chegam da rua, mas muitas pessoas não gostam do efeito bagunça que causam. Se o espaço for grande, pode valer a pena ter um gancho para cada pessoa. Se não der, melhor pensar em outra solução.

Aqui em casa, a mochila do meu filho, tipo carrinho, fica ao lado do aparador, pronta para sair. Minha bolsa fica na prateleira de baixo do aparador, em um lugar designado para isso.

Sacolas

Muitas vezes chegamos com compras, e precisamos ter um lugar para colocá-las que não seja o chão. Aqui no nosso apartamento não temos espaço, então muitas vezes colocamos no chão mesmo ou em cima da mesa de jantar. Se você tiver espaço, pode querer colocar um banco de madeira que, além de servir de apoio às compras, também pode servir para amarrar sapatos quando for sair, por exemplo.

Material escolar

Se você tiver mais de um filho, pode ser interessante instaurar uma caixa de entrada (daquelas vendidas em papelarias), designando cada bandeja dela para um dos filhos. Ao chegar, coloque ali a agenda escolar, os trabalhos e papéis que precisa assinar. Se não quiser usar caixa de entrada, pode usar pastas, uma de cada cor.

Itens diversos

Sempre é interessante ter uma caixa para itens esparsos, como livros, DVDs locados e outros do tipo. Só tome cuidado para não deixar amontoar tralha.

Você também pode ter uma caixa para guardar itens de frio, como luvas, toucas e cachecóis.

E você, tem algum item que não sabe como organizar na sua entrada? Poste nos comentários que eu tentarei encontrar uma solução!

05 Jun 2013

Como se lembrar de tudo o que precisa fazer?

Recebo constantemente perguntas sobre como se lembrar de tudo o que tem pra gente fazer na vida. As pessoas me dizem assim: “Thais, eu sei que preciso usar agenda, caderno, caixa de entrada, celular, e-mail, mas não sei exatamente o que usar em que lugar para não me esquecer de nada”. Eu já falei sobre esse assunto em posts esparsos, mas hoje eu quis unificar todas essas informações em um post só, para facilitar a resposta para quem tem a mesma dúvida.

Tudo o que tiver data

Toda informação que estiver relacionada com alguma data deve entrar na sua agenda. Parece óbvio, mas no dia a dia acabamos confundindo. Veja alguns exemplos:

Aniversário da amiga entra na agenda? Sim.
Comprar o presente dessa amiga, devo estabelecer um dia e colocar na agenda? Não, pois pode não dar certo o dia.
Deixei uma camisa na lavanderia. Devo anotar a data em que devo buscar? Sim.
Se eu tiver que levar minhas roupas para lavar, devo escolher um dia e marcar essa tarefa? Não.
Tenho uma reunião na terça que vem. Entra na agenda? Sim.
Preciso preparar uma apresentação para essa reunião. Posso colocar que vou fazer três dias antes? Não, pois você pode fazer a qualquer momento.
Preciso separar meu passaporte um dia antes de ir viajar. Coloco na agenda? Sim.
Preciso arrumar a minha mala antes de ir viajar. Coloco na agenda? Não, pois você pode fazer um dia antes, como mais dias antes.

Deu para pegar o espírito da coisa? Na agenda deve entrar somente o que tem data marcada mesmo, e não datas ideais.

Tarefas que não têm data específica

Para elas, eu uso uma ferramenta chamada Toodledo. É um site gerenciador de tarefas. No entanto, você deve utilizar o sistema que funcionar melhor para você. Pode ser um simples caderno com listas diversas, desde que você revise sempre para verificar o que deve ser feito.

O que guardar em arquivos de pastas suspensas?

Eu uso para arquivar documentos, o que significa: papelada que não está em uso. Você pode usar para guardar documentos, certidões, diplomas, escrituras e o que mais for arquivo.

Você também pode ter um arquivo de pastas suspensas para arquivar contas pagas.

Eu tenho um segundo arquivo de pastas suspensas para fazer o esquema de 43 pastas do GTD. Leia mais sobre esse sistema aqui.

Pastas de projetos

Eu tenho duas pastas transparentes de plásticos: uma no trabalho e outra em casa. Nessas pastas, eu guardo a papelada referente a projetos em andamento, tanto em âmbito pessoal quanto profissional. Não é nada de mais: apenas junto os papéis que podem ser importantes para os projetos nessas pastas, separadas com clipes por projeto.

Por exemplo, posso estar reformando a cozinha. Então, no clipe desse projeto, deixo uma folha de sulfite com a to-do list geral, os comprovantes de pagamento de serviços já pagos, telefones relevantes e tudo o mais que estiver sendo usado. Depois que o projeto terminar, eu faço uma seleção e guardo somente o que precisar, jogando o resto fora. Nessas pastas, fica somente o que estiver em andamento.

Caderno como caixa de entrada

O nome é auto-explicativo, mas vamos lá: eu tenho um caderno normal, pautado ou não, onde todos os dias eu anoto a data do dia em questão e vou escrevendo as informações que chegam até mim e que acho importante anotar: tarefas, ideias, lembretes. Ao final do dia, risco o que já fiz e processo as que ainda não foram feitas (sobre esse processamento, leia aqui).

O objetivo é simplesmente centralizar todas as informações que chegam até mim em um único lugar.

Revisões constantes: esse é o segredo

Para nunca se esquecer de nada, eis uma sugestão de revisões:

Revisão diária
– Ver página da agenda para o dia: compromissos e o que precisa ser feito
– Ver listas de tarefas
– Revisar caderno caixa de entrada

Revisão semanal
– Pagar contas
– Verificar aniversários próximos
– Revisar as pastas de projetos

Revisar o que precisa ser feito é o segredo do sucesso. Só anotar não adianta nada se você não acessar seus sistema para saber o que precisa ser priorizado.

Se alguém tiver dúvidas sobre esse processo, por favor, deixe um comentário que responderei assim que puder.

04 Jun 2013

4 táticas para envolver as crianças na organização

Filhos são parte da família e, como todos os outros membros dela, devem fazer parte da rotina de organização – não por uma imposição, ou para sermos mães e pais chatos, mas para mostrar que, em casa, é papel de todo mundo cuidar dela. Gosto sempre de frisar isso, especialmente para pais de meninos, pois todos devem cuidar da casa, independente do gênero.

Veja quatro táticas que podem ser usadas no dia a dia para envolver as crianças na organização de um modo geral:

1. Monte um cartaz com a rotina noturna

Pegue uma folha sulfite ou uma cartolina e escreva a rotina noturna das crianças. Exemplo:

18:00 – Tomar banho
19:00 – Jantar
19:30 – Fazer lição de casa
20:00 – Escovar os dentes
20:30 – Dormir

Para crianças pequenas, você pode desenhar o relógio apontando o horário e representar as atividades com desenhos.

Você pode pendurar essa rotina no quarto do seu filho, na geladeira, no mural na entrada de casa etc. O importante é que fique na altura da vista dele e em um lugar onde ele realmente possa ver.

Por que é importante: Porque você dá segurança ao seu filho. As crianças gostam de saber o que vem em seguida e são os pais os provedores dessa estabilidade. Quando uma criança sabe que ela vai dormir em determinado horário, ela já vai entrando no “modo desligar” à medida que o horário se aproxima. Seu próprio corpo começa a se acostumar.

2. Use etiquetas no quarto

Separe os brinquedos em categorias e guarde-os em caixas ou cestos etiquetados. Vale o mesmo raciocínio que o item anterior: para crianças pequenas, use desenhos. Você pode categorizar por bonecos, carrinhos, blocos etc. Depende dos brinquedos que seus filhos tiverem.

As etiquetas também podem ser usadas para distinguir as gavetas de roupas. Mesmo para crianças maiores esse recurso pode ser útil.

Por que é importante: Muitas vezes, as crianças não arrumam as suas coisas porque não sabem como fazer. Etiquetando as gavetas, caixas e cestos, ela saberá onde estão suas coisas e onde devem guardá-las depois de usar.

3. Estabeleça a hora da fiscalização!

Todos os dias, de preferência de noite, você vai designar a seus filhos um papel muito importante: o papel da fiscalização! Durante 5 minutos, eles serão responsáveis pela arrumação dos brinquedos fora do lugar! Arranje uma caixa e diga que é um papel muito importante e que todos devem cumprir! Use toda sua empolgação nesse momento para tornar a tarefa divertida. É claro que você também pode ajudá-los, mas é importante que eles se envolvam ao máximo nesse momento.

Quando terminar, comemore e parabenize-os pela tarefa bem feita.

Por que é importante: Oras, para ensinar que, se tirou do lugar, é importante guardar novamente, senão nunca encontrarão quando quiserem brincar de novo.

4. Envolva-as na organização

Sempre que for realizar alguma tarefa doméstica não-perigosa, chame seu filho para explicar o que você está fazendo. Vea narrando passo a passo e pedindo ajuda no que for necessário. Crianças pequenas podem ajudar a carregar objetos leves, por exemplo, ou a entregar objetos para a mamãe ou o papai.

Por que é importante: Para mostrar que cuidar da casa é um dever de todos que moram nela, desde cedo.

E você, como costuma envolver as crianças na organização?