25 Aug 2014

Lista de limpeza detalhada da entrada, sala e varanda

Aproveitando que esta semana estamos falando da zona 5 – entrada, sala e varanda, vou postar aqui a nossa lista de limpeza detalhada para cada um deles.

Listas de limpeza detalhada são checklists onde inserimos todas as tarefas que precisamos fazer para deixar determinado cômodo limpo. Sabe o dia de faxina? Aquele que a gente limpa tudo, tudinho o que deveria ser limpo para o cômodo ficar do jeito que a gente quer? Então, isso é a lista de limpeza detalhada. As listas de limpeza detalhadas devem ser adaptadas para cada casa e para cada família. Portanto, veja este post como um exemplo e faça as adequações necessárias. A lista de limpeza detalhada também funciona melhor se o cômodo já estiver destralhado, então concentre-se nesse destralhamento 15 minutos por dia antes de começar a limpar propriamente. Para saber mais sobre as listas de limpeza detalhadas e como montar para a sua casa, clique aqui.

Eis a minha lista de limpeza detalhada para a entrada, a sala e a varanda:

Entrada

  1. Bater o capacho
  2. Varrer a entrada
  3. Limpar batentes e porta
  4. Limpar maçaneta
  5. Limpar lustre e lâmpada
  6. Tirar pó do aparador
  7. Passar aspirador de pó no chão
  8. Passar pano úmido no chão

Sala

  1. Tirar o tapete e batê-lo
  2. Deixar o tapete ao sol enquanto limpa a sala
  3. Bater as almofadas e deixá-las ao sol enquanto limpa a sala
  4. Limpar batentes e portas
  5. Limpar vidros
  6. Tirar manchas de sujeira na parede
  7. Limpar espelhos de luz e interruptor
  8. Limpar lustre e lâmpada
  9. Limpar luminárias e lâmpadas
  10. Limpar o sofá
  11. Tirar o pó dos móveis e objetos
  12. Limpar o telefone com álcool
  13. Jogar revistas e jornais velhos
  14. Limpar os fios e cabos
  15. Passar aspirador de pó no chão
  16. Passar pano úmido no chão
  17. Passar lustra-móveis

Varanda

  1. Limpar vasos das plantas
  2. Tirar o pó da mureta
  3. Tirar marcas de sujeira da parede
  4. Varrer o chão
  5. Passar aspirador de pó
  6. Limpar o ralo

A ideia da lista de limpeza detalhada é que você dê atenção a essas tarefas pelo menos uma vez por mês, quando estiver trabalhando na zona em questão. Algumas tarefas da lista devem ser feitas com uma frequência maior, então por isso existe um cronograma de limpeza, onde especificamos o que é diário, semanal, mensal etc. Uma coisa não exclui a outra! O que a lista de limpeza detalhada faz é servir como guia para deixar o cômodo limpo. Quem tem empregado/a em casa ou conta com o trabalho de uma diarista pode passar essa lista como guia, para orientar o que deve ser feito.

Para executar a lista de limpeza detalhada, você pode fazer um pouco por dia, ao longo da semana, ou fazer tudo em um único dia. Fica a seu critério. Aqui, como são dois quartos, eu prefiro fazer um quarto por dia, mas faço todas as tarefas de uma vez. Levo cerca de duas horas para limpar cada cômodo desse jeito. O que às vezes deixo para fazer no outro dia é passar o pano úmido no chão, se demorei muito para limpar. Como já aspirei o pó, não tem tanto problema, mas não gosto e prefiro fazer tudo no mesmo dia, na medida do possível.

24 Aug 2014

Missões da semana da FLY Lady: zona 5, entrada, sala e varanda

Hoje eu vim falar um pouquinho sobre as missões da semana da FLY Lady. Estamos na zona (área) 5 que, na minha casa, corresponde à entrada, sala de estar e varanda. Na versão original da FLY Lady, a zona 5 representa somente a sala de estar, mas ela mesma diz que é fundamental adaptarmos à nossa residência.

No último post a respeito, surgiram muitas dúvidas já respondidas aqui no blog sobre as zonas de limpeza na casa. Para um esclarecimento geral sobre como funciona esse método, por favor, leia: Como funciona a limpeza por zonas da FLY Lady. Obrigada!

Só para constar, na semana passada eu não consegui cumprir todas as missões. Faltou uma, que era a de separar pares de sapatos para doar, mas recuperarei esta semana. Eu realmente estou precisando fazer isso porque já identifiquei alguns pares que eu não uso.

As missões desta semana são as seguintes:

Segunda

A missão da segunda-feira é uma tarefa que considero chata: limpar o sofá. Tirar tudo de cima, limpar entre as almofadas e o que mais puder. Faça o melhor possível em até 15 minutos, sem perfeição! Eu dei sorte desta vez, pois meu sofá é novo, então não precisarei limpar. Vou usar meu dia livre para fazer a missão que ficou faltando da semana passada.

Terça

A missão de terça é bem simples, porém necessária: tirar o pó de todos os objetos decorativos da sala. Se der, também dos lustres. 15 minutos!

Quarta

A FLY Lady propõe que nesta quarta-feira a gente passe o aspirador de pó de forma mais completa na sala, pegando os cantos e lugares mais profundos (atrás dos móveis, por exemplo). Tome cuidado para não se machucar arrastando os móveis e fique atento(a) aos fios atrás do rack da tv.

Quinta

A missão de hoje é pegar um pano limpo e úmido para limpar as manchinhas e marcas de dedos nas paredes da sala de estar. Tome cuidado para não esfregar muito, para não sair a tinta.

Sexta

Último dia na sala de estar! A ideia hoje é passar um aspirador ou pano nas portas e janelas, passar um pano com lustra-móveis nos móveis e limpar os fios. Faça o que puder em 15 minutos!

Achei que as missões desta semana estão bem simples de fazer. Talvez eu troque a de quarta pela de quinta (que é mais simples), porque na quarta eu tenho um compromisso.

E vocês, se animaram para fazer as missões desta semana? Como foram na semana passada? Me contem!

22 Aug 2014

5 coisas que você pode escrever na agenda escolar do seu filho

Quem tem filhos em idade escolar já deve estar acostumado a receber diariamente uma agenda com anotações – especialmente os mais novos. Quando meu filho entrou na primeira escolinha, ele tinha pouco mais de um ano. Como era bebê e ficava bastante tempo na escola, a agenda vinha com muitas informações: quantas mamadeiras tomou, quantas fraldas trocou, o quanto comeu de papinha e por aí vai. À medida que a criança vai crescendo, as informações registradas ficam menos detalhadas (porque a criança fica menos na escola mesmo). O que poucos pais e mães percebem é que a agenda é uma verdadeira ferramenta de comunicação da família para com a professora e a escola, e pode escrever de volta também, sem ser apenas para avisar sobre coisas diversas. Veja como ser pró-ativo(a) com a agenda do seu filhote:

220814-agenda-filho

1. Quando começa em uma nova escola ou inicia o ano letivo

Você pode deixar um recadinho se apresentando (brevemente) para a professora e dizendo que deseja um bom ano para ela, e o que espera que seu filho experiencie. Por exemplo, seu filho pode estar indo para a escola pela primeira vez e pode estranhar, ou tem um irmão mais novo com quem ele é acostumado a brincar, ou estranha quando é contrariado, esse tipo de coisas. Essas informações ajudam muito a professora a entender o contexto de onde a criança vem, e assim pode promover atividades de integração diferenciadas. Também é uma maneira de dizer que você tem participação ativa na educação do seu filho e que o canal está aberto para tirar dúvidas e responder outras questões. A professora poderá até mesmo caprichar mais nas informações que registra na agenda do seu filho por causa disso, porque sabe que quem está do outro lado estará lendo de verdade.

2. Compartilhar conquistas pessoais do seu filho

Algumas conquistas, como dar o primeiro passo, passar a usar o troninho, escrever uma palavra, cantar uma música inteira, entre outras, vão deixar a professora muito feliz (por fazer parte) e poderão servir como inspiração para atividades escolares. Sabendo que o seu filho fez isso, ela pode até mesmo celebrar essa conquista com ele e seus amiguinhos na escola, além de encaixar atividades diversas que ele já possa explorar.

3. Contar quais seus interesses culturais

Escrever qual a música que ele mais gosta, seus desenhos preferidos, cores, comidas, se ele ama o animal de estimação, pode ajudar a professora a ter mais empatia com o seu filho (e vice-versa). Ela pode cantar a musiquinha para ele ao longo do dia, entregar sempre o lápis de cor com a cor preferida, falar sobre o desenho que ele gosta e por aí vai. A única maneira dela saber disso é escrevendo na agenda.

4. Informações sobre a saúde e o estado de espírito

Muitas vezes, a criança dorme mal porque ficou agitada ou teve uma febre passageira. Essas são informações importantes que podem justificar o comportamento na escola. Sabendo o cenário, a professora acaba sendo até mais tolerante, caso seja uma ocasião excepcional. O mesmo vale para situações felizes – ganhou um novo irmãozinho, foi sua festa de aniversário, dormiu na casa dos avós etc. Além de entender como a criança está chegando, a professora também se sente parte do dia a dia da criança, mais do que seu papel na escola.

5. Explicar como tem sido a evolução do aprendizado

Contar se a lição de casa foi fácil ou difícil, se ele teve interesse, se prefere números a desenhos, letras a músicas, e por aí vai. Essas já são informações mais avançadas que uma especialista em pedagogia vai apreciar saber. Ela poderá avaliar se seu método de ensino está sendo eficaz e prestar atenção na reação dos outros alunos da turma também.

Ter esse meio de comunicação melhor explorado com a professora e a escola é uma maneira de garantir que seu filho tenha um bom dia e seu aprendizado escolar seja acompanhado de perto.

Alguém aqui já faz isso? Compartilhe ideias!