08 Nov 2013

9 atividades de organização para você fazer em um final de semana tedioso

Sabe quando a gente não vai viajar, não vai sair nem tem nada previsto para o final de semana além de ficar em casa? Veja algumas ideias de organização que você pode implementar e colocar um pouquinho de ordem na vida:

1. Confira sua agenda até o final do ano. Verifique compromissos, festas, aniversários, feriados. Tenha ideias e programe-se, veja o que vai precisar fazer, providenciar, comprar, vender, doar. Você também pode verificar a agenda de lugares que você gosta para conferir a programação. Eu sempre olho os sites de barzinhos de rock, SESC, Café Cultural na CPFL, Livraria Cultura, entre outros.

2. Organize as suas contas. Digitalize comprovantes (e jogue no Evernote <3), organize as contas do mês, as do ano inteiro, verifique aumentos ou reduções de gastos, confira sua poupança, seus investimentos, as suas próximas contas (especialmente as de final e começo de ano) e monte um planejamento.

3. Limpe os seus CDs e DVDs. Dê uma olhada nos títulos que você tem e analise se realmente ainda gostaria de ficar com todos eles. Passe um pano úmido nas capinhas para tirar a poeira e organize da forma que quiser – em ordem alfabética ou por gênero, por exemplo.

4. Reflita sobre seus objetivos de vida. Pense no que gostaria de fazer ainda este ano, ano que vem e nos próximos anos. Tem algum objetivo que você realmente gostaria de alcançar mas sequer iniciou um planejamento? Talvez seja a hora de começar a transformar o sonho em realidade.

5. Organize suas fotos no computador. A gente mantém tanta foto no computador e nunca organiza, não é verdade? Faça uma seleção, delete as fotos em que não aparece ninguém, que estão borradas, que tem 25 repetições etc. Organize em pastas que façam sentido para você (eu organizo por ano, mês e categorias). Faça backup (em um HD externo, CD ou mesmo na nuvem, em serviços como o Flickr, Picasa, Dropbox e Evernote).

6. Atualize seus perfis em redes sociais. Sempre é bom manter atualizado, especialmente se você estiver procurando emprego. Networking é tudo! Atualize a sua foto, insira informações relevantes sobre a sua profissão, projetos que se envolveu, eventos e cursos que participou, contate antigos colegas de trabalho.

7. Destralhe um pouco a casa. Pegue uma sacola de plástico e percorra a casa recolhendo itens que você pode jogar fora, como papéis de delivery, folhetos de lojas e embalagens vazias.

8. Organize os seus projetos. Faça uma revisão dos seus projetos atuais em nível profissional e nível pessoal.

9. Digitalize matérias de revistas que você gostou. Não guarde a revista inteira – digitalize as matérias que gostou e que gostaria de guardar e digitalize o restante. Jogue no Evernote! 

É mais fácil aproveitar o tempo quando temos ideias simples e que facilitam a nossa vida, não é? Aproveite seu final de semana para executar alguma(s) delas e se organize!

07 Nov 2013

Reeducação alimentar e Vigilantes do Peso

Faz tempo que eu queria escrever sobre esse assunto aqui, mas venho postergando por dois motivos: primeiro, que sempre que eu posto sobre emagrecimento, abro uma porta que não necessariamente era a esperada para a minha vida, e segundo, porque eu quis esperar estar há pelo menos um mês testando o método novo antes de escrever a respeito.

Como vocês sabem, fiz durante um ano a dieta Atkins, que me fez emagrecer 22kg. Ela é excelente e eu viveria com ela a vida toda, se não fosse o enjôo que eu estava de comer carne. Dá para fazer a dieta sem comer carne? Dá, mas eu não quero comer coisas como carne de soja, que não gosto. E eu sentia muito a falta de alguns alimentos que eu até poderia comer na fase de manutenção da dieta (como frutas e alimentos integrais), mas eu ainda estava longe da manutenção. Por isso, e depois de engordar bastante depois da minha viagem aos Estados Unidos, eu resolvi tentar uma coisa diferente: entrar para os Vigilantes do Peso.

Acho que todo mundo já ouviu falar dos Vigilantes do Peso, pois eles são bem famosos. Minha avó fez quando eu era mais nova e eu lembro que emagreci por tabela usando o sistema de pontos deles para fazer a dieta em casa.

Comecei há pouco mais de um mês (fui hoje na minha quinta reunião) e estou gostando. Meu principal aprendizado é referente ao tamanho das porções. Eu comia MUITO, gente. Essa é uma liberdade que Atkins te dá (até certo ponto), mas hoje eu simplesmente aprendi a comer menos e considero isso uma coisa muito boa. Acostumei com a coisa de comer um pouquinho o dia inteiro para nunca ficar com aquela fome brutal e exagerar nas refeições principais.

Algumas coisas bem legais da dieta que me chamaram a atenção nesse tempo que eu venho fazendo:

1 – O fato de poder comer de tudo e, se estiver controlando direitinho, ainda assim emagrecer. Até brigadeiro eu comi.

2 – Como eu gasto menos no supermercado! Defino melhor os cardápios e a quantidade de coisas que eu posso comer, então faço as compras do tamanho certo e estou gastando muito menos.

3 – Estou comendo menos carne, o que tem sido bom. Minha alimentação é à base de carnes brancas, como frango (bem pouco) e peixes, em termos de carne. Pães, só integrais e light. O mesmo para queijos e todo o resto.

4 – É fácil contar os pontos.

5 – Tem pontos extras para usar durante a semana, especialmente se tiver um dia em que você sabe que vai “precisar” chutar um pouco o balde, como uma festa de casamento ou um jantar especial. Isso é bom porque você aprende a se controlar.

6 – Você realmente aprende a se reeducar, porque os alimentos que têm menos pontos geralmente são os melhores para a dieta (como frutas e integrais). A gente acaba escolhendo esses naturalmente para poder comer gastando menos pontos.

7 – A agendinha para controle de pontos! Fico empolgadíssima anotando diariamente. Meu marido disse que a dieta funciona comigo porque sou organizada e gosto de anotar os pontinhos.

8 – As reuniões semanais que têm cada vez um tema diferente e metas para a semana com base em tal tema. Teve uma vez que foi a semana sem carne, então a gente teve que fazer um dia de alimentação sem carne durante a semana. Gosto disso porque dá uma variada na dieta; não fica aquela coisa tediosa e sempre igual.

9 – O fato de você não querer chegar na pesagem semanal e ter engordado!

10 – Conhecer pessoas diferentes, mas com um objetivo em comum ao seu.

Eu emagreci 3,3kg na primeira semana, o que é praticamente desinchaço da retenção de líquidos. Nas outras semanas, fui emagrecendo 300g, engordando 500g (em uma semana que comi fritura e exagerei…) e, na última semana, emagrecendo novamente esses 500g. A orientadora disse que é muito normal emagrecer bem devagar, que o foco é na mudança alimentar, não no emagrecimento. Para eu não achar que eu vou emagrecer rápido como foi com Atkins, porque a ideia não é essa, realmente.

E é isso que eu quero, sabem? Estou bem com o meu peso. Claro que quero emagrecer mais, pois ainda estou acima do meu peso, mas meu interesse é na minha saúde. Eu penso que emagrecimento é consequência disso.

Há algumas semanas, uma moça deu um depoimento lá onde eu frequento as reuniões dizendo que entrou em janeiro e perdeu 30kg até então. É bem motivador. Mas assim, ela faz academia de 4 a 5 vezes por semana. Eu não tenho tempo para isso, com sinceridade. Mas sim, isso é assunto para outro post, pois existem muitas alternativas de exercícios físicos à academia em si. E talvez tais exercícios até levem à a academia mais para a frente, sabe? O importante, ao meu ver, é ter diversas frentes de atividades físicas, pois eu preciso de algo que possa fazer em casa e que seja variado, senão enjôo. Enfim, falarei mais para a frente em um futuro post, pois ainda estou me estruturando com relação a isso. Mas por favor, não comentem que é importante fazer atividade física, porque eu já sei disso. ;D Confiem em mim: já está acontecendo; só não quero estender o assunto do post.

Eu quis realmente contar que estou nos VP porque, para quem é organizado(a), é um prato cheio. Contar pontos, preparar o menu semanal e organizar as compras são hábitos que fazem parte.

Obrigada por estarem sempre por aqui. =) Aos poucos vou escrevendo mais sobre como estou me organizando atualmente com relação à comida. Vou perguntar para a minha orientadora se posso postar algumas coisas sobre os VP aqui também sem que isso fira os direitos autorais da empresa.

06 Nov 2013

Revista Vida Simples

191113-revista

Acompanho a revista Vida Simples há vários anos. Gostava muito do formato e da linha editorial há uns quatro ou cinco anos, mas confesso que deixei de comprar depois de um tempo, por achar os textos mais fracos e a revista não estar mais tão interessante quanto antes. Também não achava interessante gastar 15 reais em uma revista super fininha, que eu daria conta de ler em um par de horas.

Porém, para minha agradável surpresa, comprei a revista em outubro, edição de aniversário e totalmente reformulada. Mas sabe uma revista que dá gosto? Minha nossa, fiquei até emocionada quando comecei a folheá-la – aquela era a revista Vida Simples pela qual eu tinha me apaixonado, e agora ainda melhor.

191113-vidasimples

191113-acredita

A revista já começa com os valores, que são maravilhosos. Eu acredito muito em produtos e serviços que tenham significado, e a Vida Simples resgatou isso de forma lindíssima. Me apaixonei novamente.

Depois que fiz essas fotos, comprei uma nova edição de novembro, com a capa amarela. Não sei se a revista vai ser quinzenal, mas até gostei da ideia, apesar de ser mais caro$$$. Mas a revista está realmente tão boa que vale a pena ter para ler devagar mesmo, um pouco por dia, e ir curtindo cada matéria.

Meu objetivo ao escrever este post foi manifestar meu amor pela revista e incentivar vocês a conhecerem o novo formato. Não é um publieditorial. =) Acreditem, os blogueiros ainda indicam coisas porque gostam. #soudessas