03 Dec 2014

Como encontrar sua missão pessoal

Já falei sobre a minha missão pessoal muitas vezes aqui no blog, que é inspirar as pessoas a se organizarem para que consigam transformar seus sonhos em objetivos, sendo mais felizes. É uma missão que, apesar de estar sempre em construção (as palavras que uso), nunca muda sua essência. Não foi fácil ou rápido descobrir qual é, mas me pedem para falar sobre como descobrir, então aqui vão minhas considerações sobre o assunto. Achei pertinente falar sobre isso em dezembro, o último mês do ano, que sempre nos faz repensar a nossa vida (levante a mão quem não faz isso!).

A primeira coisa a dizer é que não é um processo rápido, mas também não precisa demorar tanto. Depende muito de cada um. Tem gente que com 8 anos já sabe que quer ser médica quando crescer, ou cantora, ou professora. Eu sempre tive muitos interesses na vida, então talvez, por conta disso, eu tenha ficado um pouco perdida no mar de possibilidades. A questão de gostar de ajudar os outros veio com o tempo, porque não era algo que eu tinha como foco quando era mais nova. Lá no fundo, eu já tinha os meus valores, mas não tinha aprendido a externar isso de modo que esses valores norteassem quem eu queria ser e o que eu queria fazer. Fica aqui então a primeira dica, que é conhecer os seus valores. O que é importante para você? O que faz parte do seu caráter? O que você jamais aceitaria fazer? (Às vezes pode ser mais fácil a gente saber o que nunca faria do que o que a gente gostaria de fazer).

Eu fui descobrir isso aos poucos, talvez quando comecei a me envolver mais com a minha religião (Budismo), mas também veio do interesse que eu sempre tive por dar aulas (eu era aquela criança que adorava brincar de escolinha – sendo a professora e passando lição!). Fica a segunda dica, que é olhar para trás e analisar o que você sempre gostou de fazer, desde a infância. Mas aqui é um pouco mais complicado, porque não é pelo fato de você tocar piano com 12 anos de idade que vai ser pianista, por exemplo. Mas isso pode querer dizer que você gosta de metodologias, disciplina, esforço e exercer a criatividade.

Imagem: Life Hack

Imagem: Life Hack

Para ir além, você deve se perguntar: qual é a razão da minha existência? Por que eu estou aqui no Planeta Terra, nesta vida? O que eu nasci para fazer? Se a resposta vier de bate-pronto (muitas vezes vem!), você muito provavelmente já terá a sua missão pessoal. Se você não souber, vale a pena pensar sobre o assunto e ir observando o que você tem de valores e o que gosta de fazer. Pode te dar pistas. Sua missão “é a união de seus papéis, de seus corpos, de seus sonhos, crenças e valores” (Christian Barbosa, “A tríade do tempo”). E continua: “Uma declaração de missão descreve o que você é e a forma como você contribui com o mundo. (…) É o verdadeiro sentido da sua vida”.

Você pode começar assim:

“Eu acredito que…”

“Fico feliz quando posso…”

“Dou meu melhor quando…”

“Eu nasci para…”

“Estou aqui para…”

A ideia da missão é você tê-la sempre com você e reler para se inspirar e tomar decisões no dia a dia. Você verá como se tornará mais fácil decidir o que vai ou não fazer. Se não estiver de acordo com a sua missão pessoal, você terá respaldo para dizer “não”, e não ficará com a consciência pesada por conta disso.

É importante saber que missão não é a mesma coisa que objetivo. Missão é seu testamento pessoal, o seu motivo de viver, o que te faz levantar todos os dias de manhã e fazer o que você faz – ou correr atrás dos seus sonhos, estes sim seus objetivos. Sua missão deve ser inspiradora, motivadora, além de abranger todas as áreas da sua vida, e não somente a profissional ou a pessoal, por exemplo. Você deve conseguir aplicar sua missão a absolutamente tudo o que você faz na sua vida. Deve guiar os seus passos. Por isso, ela também deve ser atemporal – ou seja, não deve ser aplicada a algo que, depois, não fará mais sentido. Exemplo: “ser um bom estudante na faculdade”. Sua faculdade vai acabar um dia.

Mais uma vez, quero dizer que não é fácil encontrar sua missão pessoal, apesar de algumas pessoas já a terem em vista. Vale a pena tirar um tempinho e refletir um pouco sobre quem você é, quais seus valores, quais suas principais qualidades e dons. Também é necessário entender o que é importante na sua vida – ter uma família, ter estabilidade financeira, ser independente? Todas essas escolhas podem pautar a sua missão. Pense no que você mais admira em determinadas pessoas – também são qualidades a ser exploradas na sua missão pessoal. Você também pode pensar o seguinte: se você pudesse ser um super-herói para o planeta, qual seria a sua super-missão? Para que você trabalharia todos os dias, incansavelmente? E, por fim, minha preferida: se você morresse hoje, qual seria seu legado para o mundo? O que você gostaria de deixar de herança por tudo o que você fez? O que faria diferença?

As perguntas acima podem ajudar você a ter um norte e encontrar sua missão pessoal. E, uma vez encontrada, você passará a ver como muitas coisas farão mais sentido (outras, menos) e as decisões ficarão mais fáceis na sua vida. Sabe aquela sensação de dúvida, de não saber por que caminho seguir? Ter uma missão pessoal é a garantia de que você não passará mais por isso, pois ela será sua base para a resposta. No final das contas, nem toda pessoa é pianista, mas todas são artistas. Viver é uma arte que está em eterna construção.

Imagem: Facie Populi

Imagem: Facie Populi

Boa sorte, bom dezembro e feliz 2015, que está chegando. :)

Obrigada por tudo, pessoal.

02 Dec 2014

Organize-se para o Natal

Estou atendendo as sugestões dos leitores enviadas através do formulário que fica na lateral do blog, sugerindo temas. Aliás, você já enviou a sua sugestão? Pode enviar por aqui também. Hoje eu gostaria de mostrar o que já vou publicado aqui no blog sobre natal e Ano Novo. Como o blog existe desde 2006, muitos textos já foram publicados sobre isso. Porém, para facilitar a navegação para os leitores, resolvi reunir tudo em um único post!

1-1251137919CE1L

Antes

Durante

Depois

Boas festas!

01 Dec 2014

Checklist de dezembro 2014

Primeiro dia do mês é dia de checklist. <3

Último mês de 2014. Que ano bom, cheio de conquistas e novidades. Espero que seu ano tenha sido assim também. Agora é a hora de nos prepararmos para esse ano novo que entra daqui a um mês. Apesar de todos os dias começarmos um ano novo, o começo de janeiro sempre dá aquele ar de renovação e de que temos uma chance de recomeçar. Por isso, vamos lá! Um Mês para o fim do ano:

  1. Faça uma revisão do ano que está acabando. O que você fez de projetos? Onde investiu seu tempo? Quais foram as suas conquistas, marcos e aprendizados? Talvez valha a pena escrever sobre isso. Eu tenho no Evernote uma etiqueta chamada Big picture, onde tenho uma nota por ano. Ali, faço esse tipo de anotações, relacionadas a marcos e aprendizados. Eu espero que, daqui a algumas dezenas de anos, seja útil olhar para elas e ver como eu evoluí.
  2. Veja o que ainda pode ser priorizado este ano. Faltam poucas semanas para o ano acabar e as duas últimas ficam muito em clima de festa, então planeje-se! O tempo passa rápido e, esse mês, mais ainda!
  3. Termine de comprar os presentes de Natal, se ainda não fez isso. Eu não recomendaria mais comprar pela Internet a partir de hoje. Mesmo os bons sites confiáveis passam por um período de rush e podem não conseguir entregar no dia certo. Para ir a lojas físicas, procure não ir nos horários de pico, preferindo os finais de semana no primeiro horário ou o meio da manhã ou da tarde, se você tiver a possibilidade.
  4. Empacote os presentes. Os mais práticos já saem das lojas com os presentes empacotados mas, se você fizer questão de empacotar do seu jeito (eu também gosto), faça isso.
  5. Faça um balanço de suas finanças no ano de 2014. Veja para onde foi seu dinheiro, as dívidas que contraiu. Faça planos para entrar em 2015 com seu dinheiro organizado.
  6. Gaste seu décimo terceiro salário com sabedoria. (clique aqui para ver como fazer)
  7. Planeje os pagamentos de janeiro, pois são tantas contas! Matrícula escolar, IPVA, IPTU, licenciamento do carro. Deixe dinheiro reservado para esses pagamentos.
  8. Separe alguns dias para descansar no período de festas, mesmo que não vá viajar. Nada de aproveitar os dias de folga do final do ano para tocar reforma e organizar a casa, hein? Pode até fazer isso, mas não se canse. Aproveite esses dias para colocar o corpo e o espírito em ordem, porque eles também precisam, mais que qualquer outra coisa.
  9. Planeje seus primeiros três meses do ano, dentro do possível. Veja se a família pretende viajar no Carnaval, se vocês farão alguma viagem de final de semana ou se tem algum evento em vista (casamento, aniversário). Quem estiver organizando um evento maior no ano que vem pode providenciar coisas desde já (viagens internacionais, formaturas, casamentos).
  10. Tire uma foto da sua família unida. Uma vez por ano, na ceia de Natal, é sempre uma boa oportunidade.
  11. Guarde suas roupas de frio na parte de cima do guarda-roupa. Pode ser que você já tenha feito isso mas, com a chegada do verão no Brasil, não tem mais desculpas! Deixe suéteres e cardigans mais leves para os dias mais frescos.
  12. Faça as últimas compras referentes a comida na ceia. Cada família tem sua distribuição de tarefas, mas alguns alimentos precisam ser comprados apenas alguns dias antes. Organize-se para isso!
  13. Olhe para trás com gratidão e agradeça por estar viva(o) e podendo realizar tantas coisas mais um ano. :)

O que você pretende fazer em dezembro?

30 Nov 2014

Resumo de novembro 2014 no blog

Novembro voou para você? Preste atenção em como dezembro vai passar mais rápido ainda – incrível a magias que acontece nesse último mês do ano!

Aproveite para relembrar os melhores posts de novembro aqui no blog:

Checklist de novembro 2014

checklist-nov-2014

Muitos leitores vêm me pedindo a volta das checklists mensais. Eu tinha parado de postar porque, depois de três anos seguidos postando mensalmente, achei que estivessem ficando repetitivas. Como são muitos pedidos, voltarei a fazer este mês. Espero que gostem. Tentarei fazer de uma maneira mais pessoal e, além das sugestões para o mês em questão, vou trazer alguns comentários de como eu venho fazendo também, para ajudar. Ficaram essas sugestões de tarefinhas para o seu mês de novembro. Você fez alguma delas?

6 dicas práticas para melhorar sua produtividade nessa segunda-feira

Ao longo dos dias, diariamente, lidamos com determinadas situações que, se deixarmos, prejudicam a nossa produtividade sem ao menos percebermos. Podemos nos sentir sobrecarregados sem conseguir identificar a fonte desse sentimento. Veja quais são as situações mais comuns que nos sobrecarregam e como lidar com elas para diminuir seu estresse.

Um papinho sobre pessoal X profissional, conciliar tarefas e falta de tempo para fazer tudo

Queria bater um papo com vocês hoje sobre a questão da manutenção da casa, das rotinas e de tudo o que precisamos fazer com uma determinada frequência para não entrar no caos. Recebo muitos e-mails de pessoas desesperadas (de verdade) que me perguntam como conciliar as tarefas domésticas com todo o resto: família, estudos, momentos de lazer, trabalho até mais tarde etc. Veja como fazer nesse post.

Vídeos falando sobre o livro Vida Organizada

Eu gostaria de compartilhar com os leitores do blog os vídeos que eu vi e que citam o meu livro, tanto de pessoas que leram quanto de pessoas que ainda vão ler, mas fizeram comentários preciosos. Achei que vocês gostariam de ver, então resolvi listar todos neste post!

Reflexões atuais sobre a coleta no GTD

coletar1

Venho refletindo ultimamente sobre a utilidade da coleta nos mais diversos sentidos. Geralmente pensamos que temos que coletar o que precisamos fazer, mas a lista é infinita. Cada vez mais acredito no poder da coleta ao longo do dia e DOS dias. A partir do momento que paramos de coletar, as coisas voltam a ficar na nossa cabeça e nos perturbam, além de tirar nossa confiança no sistema que organizamos.

Antes e depois: home-office

Hoje na categoria Antes & Depois eu trouxe um home-office que estava meio deixado de lado e que ganhou nova cara somente com a organização do espaço. Confira!

[Tag] Know your blogger

A Bia, do Bramare, me indicou para responder essa TAG chamada “Know your blogger” (Conheça seu blogueiro, em português). Obrigada, Bia! A ideia é que os leitores do blog conheçam um pouco mais sobre a blogueira que escreve no blog em questão. Para isso, a Bia enviou 11 perguntas que eu preciso responder e, depois disso, eu devo criar mais 11 e tagear outros blogueiros. Também preciso listar 11 curiosidades sobre mim. Vamos lá?

Que agenda usar em 2015?

Quando o final do ano vai se aproximando, começa a bater aquela vontade de comprar uma agenda nova para o ano seguinte. Levante a mão aqui quem já pensou nisso nessa época do ano? Estou escrevendo este post então para dar dicas para que você faça uma boa escolha, de acordo com as suas necessidades.

Onde comprar produtos de organização

Uma leitora solicitou este post no grupo Vida Organizada – Leitor no Facebook. Aliás, você já faz parte? Participe do grupo para sugerir ideias de maneira mais próxima e conversarmos bastante sobre o que acontece no blog. Vou listar aqui onde comprar produtos organizadores, tentando ao máximo não me ater a lojas locais, para facilitar para quem mora fora de São Paulo. O foco será o Brasil e não outros países.

[E-book] Vida Organizada – disponível na Amazon!

livro-vida-organizada

Pessoal, já faz alguns dias que o e-book para Kindle do Vida Organizada já está disponível na Amazon. Para comprar e baixar, clique aqui.

Passo a passo: destralhando o guarda-roupa e ficando com o essencial (muitas fotos!)

Postei no Instagram do blog passo a passo de uma análise que fiz das minhas roupas e destralhamento do meu guarda-roupa. Gosto de fazer isso de duas a três vezes por ano, geralmente a cada troca de estação mais significativa, para valorizar as peças da estação que está entrando e doar o que eu não uso mais, ou até mesmo verificar o que precisa de reparos. Bem, as fotos estão neste post, com as legendas originais.

Como fazer: planejamento de projetos no GTD

Desde que postei o Guia definitivo do GTD no Evernote aqui no blog, muitos leitores disseram sentir falta de um tutorial para montar o planejamento de um projeto no GTD. O post é sobre esse assunto, então.

[Vídeo] Meus hábitos de leitura

Muitos leitores do blog me pediram para gravar essa TAG (aliás, vocês notaram como eu venho fazendo posts “sob demanda”? Estou adorando! Continuem pedindo!). Gravei há há algum tempo mas ainda não tinha postado no blog. Segue então!

Envie sua sugestão de pauta para o blog! :)

28 Nov 2014

Depoimento da leitora: “Este ano foi um ano extremamente difícil pra mim”

Frequentemente eu recebo comentários de leitores que me contam como blog tem ajudado a melhorar alguns aspectos de suas vidas. Esses comentários me deixam muito comovida. Agradeço imensamente esse carinho que vocês têm ao compartilhar um pouco da vida de vocês comigo.

Algumas vezes, sinto que esses relatos podem ajudar outros leitores também. Nesses casos, peço autorização da pessoa para publicar o depoimento em formato de post. Espero que vocês gostem tanto quanto eu.

Segue hoje o depoimento da leitora Marianna:

Thais, este ano foi um ano extremamente difícil pra mim.

Assumi o cargo de coordenadora da equipe onde trabalho, e não lidei muito bem com isso.

Tecnicamente não há problema, minha equipe é excelente. Tive que aprender a lidar com as personalidades tão diferentes, mas isso é algo engrandecedor, pois você é forçado a ser compreensivo e empático.

No entanto, descobri que eu sou uma pessoa extremamente centralizadora. Trabalho muito rápido, e eu não confiava muito em delegar as coisas…

Comecei a ter problemas de prazos com a minha equipe, as coisas foram ficando insanas, super desorganizadas. Estava trabalhando 80 horas por semana e não dava conta.

Sofri um acidente de carro na Brigadeiro, dentro de um táxi. Era uma quinta-feira. Fui internada não por causa do acidente (tive escoriações apenas e bati a cabeça), mas por causa da pressão que havia ido para longe…

Desde aquele dia a relação com o meu chefe se deteriorou muito, porque com a minha ausência ele descobriu o quanto tudo estava desorganizado.

Fui obrigada a “perder” parte do meu cargo pois ficou evidente que eu fiz uma bagunça.

Foi aí que eu encontrei o seu site. Sem querer comecei pelo GTD no Evernote pois, embora você tenha afirmado que era melhor compreender o tema antes de se aventurar nos aplicativos, fiz as duas coisas ao mesmo tempo.

Sabe o que aconteceu?

Minha vida se “desentralhou”. Todos os processos serão entregues no prazo. Estou terminando as coisas e estou conseguindo focar. Estou um pouco cansada pois estou em um ritmo acelerado há cerca de dois anos mas, olha que engraçado, sempre foi impossível fechar os processos antes do dia 20/12, agora, sairei de férias dias 01/12 com tudo organizado.

O GTD salvou a minha vida. Você também, pois me apresentou ao processo.

Minha casa está definitivamente organizada. Sou mais objetiva em sua organização.
A minha faxineira está fazendo as coisas que eu desejo que sejam feitas sem dizer nada, só porque eu a auxiliei a observar as necessidades da casa.

Por enquanto eu preciso dela uma vez por semana pois odeio de todo o coração passar roupa (e meu custo/hora é bem mais caro que o dela), então faço questão de pagá-la.

Chegarei no primeiro final de semana de toda a minha carreira nesta empresa sem pensar no trabalho, e o melhor, sem precisar me estressar com a casa. Vou lavar roupa e curtir o meu novo hobby de cuidar do meu jardim. Vou conseguir planejar as minhas férias (estou sem grana e vou “viajar” por São Paulo”, sugestão do Buzzfeed). Tudo está mais claro em minha mente. Estou feliz.

Por isso digo a todos os meus amigos que leiam o livro do Daniel e o seu blog. O livro ensina a técnica e seu blog mostra o dia-a-dia.

Thais, te desejo imensamente toda a felicidade do mundo, pois você conseguiu trazer a minha de volta.

Um beijo e tudo de bom!

Envie seu depoimento também deixando um comentário no blog. Eu leio todos!

Obrigada por tudo, pessoal.

27 Nov 2014

Aproveitando a Black Friday de maneira organizada

Amanhã teremos a black friday brasileira – um dia em que todos os principais varejistas oferecem produtos com ofertas. Este ano, não sei se é impressão minha, mas parece que o pessoal se engajou legal nessa história, o que pode trazer boas oportunidades de compras para os consumidores. Vamos ver como aproveitar esse dia de maneira organizada?

1. Tenha uma lista

Vale a pena ter uma lista do que quer comprar ou precisa. Se não, a quantidade de produtos *supostamente* em promoção podem te fazer perder o foco. O bom de ter uma lista é que também facilita ao procurar as ofertas – você não perde tanto tempo.

2. Compre nas lojas que confia

Não arrisque fazendo compras (especialmente as grandes, como eletrônicos) em lojas que nunca comprou antes ou não conhece a reputação. Não se deixe levar pelo preços mais baixos.

3. Compare os preços de antes e depois

Sites de comparação de preços (como o Buscapé) podem ajudar a fazer boas escolhas. O site Techtudo também postou uma lista com 5 sites que ajudarão a economizar nessa black friday. Vale a pena comparar, pois já é sabido que muitas lojas camuflam as ofertas, colocando preços que não tão ofertas assim.

E a regra geral de finanças vale para esta ocasião também: só compre algo por impulso se realmente tiver dinheiro sobrando. Se não, atenha-se ao que você realmente precisa, comparou preços e sabe que é uma boa escolha.

Muitas pessoas comprarão presentes de Natal nessa black friday. É uma boa, mas fique atento(a) ao prazo de entrega. Para não correr o risco, dobre o prazo e veja se dá tempo. Se não der, pode não valer a pena comprar nessa ocasião.

Boas compras!

26 Nov 2014

Envie sua sugestão de pauta para o blog

Olá pessoal! Este post traz uma novidade: um campo de formulário para envio de sugestão de assuntos que vocês queiram ver aqui no blog. Recebo diariamente muitos e-mails desse tipo e creio que assim fica mais fácil para vocês. Abaixo:

Obrigada por tudo, pessoal.