ou

Veja livros que foram lançados nas últimas semanas e que agitam o mercado de organização e assuntos relacionados. Boas sugestões para presentes de Dia das Mães. <3

capas dos livros

Uma pergunta por dia para mães (vários autores)

Uma pergunta por dia, o livro-diário que já vendeu no Brasil mais de 100 mil exemplares, ganha agora uma edição especial exclusiva para as mães. Mais do que um álbum de fotos, mais do que um tradicional livro do bebê, Uma pergunta por dia para mães é o instrumento perfeito para registrar cada acontecimento não só do crescimento dos filhos, mas da intensa experiência de aprendizado, descobertas e autoconhecimento na qual a mulher embarca ao ser mãe.

Funciona assim: são 365 perguntas diferentes, uma para cada dia do ano. Você começa qualquer dia e, percorridos doze meses, volta para o início. E é aí que reside o ponto alto do diário, porque cada novo ano é um convite a rever as respostas anteriores, revisitar as mais diversas lembranças e refletir sobre como tudo já mudou e se transformou.

Uma pergunta por dia para mães pode ser preenchido tanto por quem já é mãe quanto por quem está se preparando para a chegada do bebê. Em edição luxuosa, com capa dura, interior em duas cores, fitilho marcador de página e pintura prateada nas laterais, esse diário vai guardar para sempre as surpresas, sentimentos, sonhos e planos dos anos mais memoráveis da mulher e seus filhos.

Compre aqui ▷

Dez passos para alcançar seus sonhos (Adriana Maria Queiróz)

Dez passos para alcançar seus sonhos nos revela a trajetória de superação de uma jovem negra, de família humilde, que um dia assumiu a missão de realizar o grande sonho de se tornar juíza de Direito.

Enfrentando obstáculos sociais, financeiros e pessoais, Adriana nos prova que, dotados de inspiração divina, é possível encarar angústias e manter a esperança, mesmo que para isso tenhamos de enfrentar e lutar bravamente contra paradigmas e conceitos preestabelecidos. Quando decidimos ir em busca do que queremos, iniciamos uma jornada de grande aprendizado e de crescimento que vale a pena.

Compre aqui ▷

Você é o universo (Depak Chopra / Menas Kafatos)

“A realidade em que você vive será sua para abraçá-la ou transformá-la.” O que acontece quando a ciência moderna desafia tudo o que conhecemos sobre realidade? Neste trabalho brilhante e atual, o best-seller Deepak Chopra e o reconhecido físico MenasKafatos propõem uma nova aliança entre ciência e espiritualidade, entre física quântica e vida cotidiana, questionando nosso papel na construção da realidade em que vivemos. Trazem assim uma nova e inovadora compreensão de quem somos e de como podemos transformar o mundo enquanto atingimos nosso maior potencial.

Compre aqui ▷

Sprint (Jane Knapp)

Como inovar? Por onde começar? Como montar uma boa equipe? Que forma terá uma ideia quando for colocada em prática? São muitas as perguntas que martelam na cabeça de quem precisa tirar ideias do papel, mas já existe um caminho infalível para responder a todas elas rapidamente: o sprint.

Método criado pelo designer Jake Knapp no período em que ele trabalhava no Google, era usado para tudo na empresa, do aperfeiçoamento do mecanismo de buscas ao Google Hangouts, com o foco em desenvolver e testar ideias em apenas cinco dias. Knapp se juntou mais tarde a Braden Kowitz e John Zeratsky no Google Ventures, braço da companhia dedicado ao investimento em novos negócios, e juntos eles conduziram e completaram mais de cem sprints em empresas de telefonia, e-commerce, saúde, finanças e muito mais.

Sprint serve para equipes de todos os tamanhos, de pequenas startups até os maiores conglomerados, e pode ser aplicado por qualquer um que tenha uma grande oportunidade, problema ou ideia e precise começar a trabalhar já.

Compre aqui ▷

Disciplina positiva (Jane Nelsen)

Autoridade no assunto, a renomada psicóloga, educadora e mãe de sete filhos Jane Nelsen desenvolveu o conceito de Disciplina Positiva a partir das teorias de Alfred Adler e Rudolf Dreikurs e concebeu um programa altamente eficaz em que a disciplina é ensinada de uma maneira respeitosa e encorajadora, tanto para as crianças como para os adultos. Uma das frases mais populares da autora é: “De onde tiramos a absurda ideia de que, para levar uma criança a agir melhor, precisamos antes fazê-la se sentir pior?”

A chave da Disciplina Positiva é a não punição, enfatiza ela, que defende o respeito mútuo. Jane ensina pais e professores a serem firmes e gentis ao mesmo tempo, de modo que qualquer criança – de bebês a adolescentes rebeldes – possam aprender cooperação e autodisciplina sem que sua autoestima e dignidade sejam prejudicadas.

Alinhada com as diversas mudanças na forma de educar os filhos ocorridas nas últimas décadas, esta obra foi atualizada e contempla por exemplo o fato de atualmente cada vez mais homens se engajarem em seu papel de pais, além de abordar os perigosos efeitos da superproteção, outra questão contemporânea que merece atenção.

Disciplina Positiva é uma leitura indispensável para todos aqueles que desejam ensinar aos seus filhos ou alunos habilidades sociais e de vida valiosas para a formação de um bom caráter, além de aprender princípios que funcionam e fornecem uma ótima base para o enriquecimento da experiência familiar.

Compre aqui ▷

Faça as pazes com suas finanças (Samy Dana)

É possível ser feliz com o dinheiro que se tem?

Essa é uma pergunta que muita gente se faz, principalmente quando as contas não param de chegar e sobra mês no fim do salário. Neste livro, o economista e comentarista da Globo e da GloboNews Samy Dana responde a essa e a outras perguntas e mostra que não é preciso ser milionário para ser feliz. Aliás, não só é possível ser feliz com o que se ganha como também é possível fazer planos que caibam no orçamento, de forma a viver bem e sem apertos.

Samy ensina como lidar com o dinheiro de uma maneira indolor e consciente e aponta caminhos para programar o futuro sem abrir mão de viver o presente. Seguindo os cinco passos aqui propostos, você aprenderá a viver em paz com sua conta bancária e conseguirá fazer o dinheiro render mais, se multiplicar e trabalhar a seu favor.

Com uma proposta interativa, Faça as pazes com suas finanças vai ajudá-lo a mudar sua relação com o dinheiro. Sem truques, sem mágicas, sem milagres. Só o que você precisa é colocar em prática algumas ações capazes de promover a verdadeira revolução do seu orçamento.

Compre aqui ▷

Você já tem ou leu algum? Comente o que achou!

Thais Godinho
06/05/2017
Veja mais sobre:
Lancamentos literários, Livros
2
Checklist de julho 2012
Checklist de organização para abril
Linkagem de domingo {33}

Algumas dicas de organização para quem tem carros!

Mantenha seu carro sempre limpo

Essa é a primeira dica que eu posso dar porque eu sei como é fácil deixar o carro com uma sujeirinha ou outra e, quando você vê (aliás, mal percebe!), ele está inteiro sujo.

Vale a pena ter uma rotina diária de rescolher o lixo, dar uma limpada com as mãos mesmo nos bancos para tirar farelos e fios de cabelo (ou melhor: você pode ter sempre uma escovinha baratinha no porta-luvas para fazer isso) e a regra de não comer no carro (especialmente quem tem filhos).

Verifique dentro do seu orçamento o que é possível em termos de rotina de limpeza paga. Lavar a lataria do carro pode ser uma forma de desestressar ao longo da semana e a maneira mais econômica de fazer isso é usando um balde e panos ou esponja (cuidado para que ela seja bem molinha e não arranhe o carro), em vez de mangueira (gasta água demais!).

Fazer aquela higienização interna de vez em quando (a cada um ou no máximo três meses) também ajuda a manter o carro com aspecto de limpo. Uma maneira de limpar por dentro sem gastar fazendo isso externamente é comprar uma luva de limpeza (ou usar uma meia velha!) e ir passando a mão por toda a parte interna do carro (que não seja estofada) com um produto específico para isso (porque deixa aquele cheirinho gostoso) ou simplesmente umedecida em água.

Busque promoções de serviços de carros

Eu comentei acima sobre levar o carro para higienizar ou lavar fora, e é uma boa ficar de olho nas promoções em sites como Peixe Urbano para pegar um pacote que inclua diversos serviços relacionados por um preço menor. Outra boa ideia é pesquisar na sua região e buscar uma espécie de “fidelidade” com alguma empresa, pois assim você pode pedir descontos.

Tenha uma lixeirinha dentro do carro

Não importa o formato ou o tamanho, desde que exista uma. Hoje em dia dá para encontrar vários modelos charmosos de lixinhos para carro em diversas lojas de artigos para casa e até de roupas (se não me engano, na Renner eles vendem isso, na Riachuelo também, na Marisa…). Uma simples sacola de plástico resolve o problema e ainda por cima é “impermeável”. Uma outra dica para quem não quer gastar com isso mas também não quer usar uma sacola de plástico é usar um saquinho de presente. Fica bonitinho, ninguém sabe do que se trata, e você organiza o que for lixo. Lembre-se de esvaziar diariamente ou sempre que tiver algo dentro.

Tenha um porta-moedas no porta-luvas

Guarde suas moedas nesse porta-moedas dentro do porta-luvas do carro para ocasiões diversas, desde pedágio até ajuda a outras pessoas quando parar no semáforo.

Monte uma checklist de manutenção básica do carro

O que você precisa verificar regularmente para manter o carro ok? Sugestão:

  • Óleos
  • Pneus
  • Pastilhas
  • Nível de água
  • Cintos
  • Revisão
  • Freios
  • Fluidos
  • Arranhões e pintura
  • Luzes

Monte essa checklists em um aplicativo que esteja sempre com você no celular para que você possa verificar enquanto estiver no próprio carro. Sugiro o Todoist.

Tenha sempre um carregador no carro

Aproveite os períodos de deslocamento para carregar o seu celular ou outros dispositivos. Você pode ter uma necéssaire no porta-luvas com os cabos necessários. Hoje em dia são vendidos kits em papelaria e lojas de artigos para escritório como a Kalunga para carregar todo tipo de gadget no carro. Eu tenho um da Multilaser que funciona muito bem e carrega tudo rápido.

Use sapateiras flexíveis atrás do banco do carro

Você pode comprar uma sapateira simples (daquelas de pendurar atrás da porta), cortar do tamanho certo e simplesmente prender na parte de trás do banco do motorista para guardar o que normalmente os passageiros do banco de trás do seu carro utilizam. Se tiver filhos, pode colocar a garrafinha de água, livros de pintura, estojos com lápis de cor, DVDs (se tiver no carro) e outros apetrechos, como fraldas, lenços umedecidos, brinquedos. Se você conduzir apenas adultos (amigos ou Uber, quem sabe?), pode colocar livros, gibis e outros acessórios interessantes para quem estiver sentado na parte de trás do seu carro.

Organize o porta-malas

Defina alguns acessórios que você precisa ter sempre à mão quando sair de carro, como guarda-chuva, carrinho de bebê dobrável, sacola reutilizável, sacola térmica para compras frias no mercado, entre outros. Deixe sempre dentro do carro. Tirando os itens maiores, você pode ter uma caixa organizadora transparente de plástico para armazenar o que for menor.

Eu também acho bastante interessante ter uma espécie de “kit de emergência” no carro, não só para quando for viajar, mas para o dia a dia. Vale a pena você pensar nas situações que você pode passar diariamente e abastecer esse kit. Lenço umedecido, rolo de papel toalha e rolo de papel higiênico servem para diversas situações. Outros itens que podem ser úteis: desodorante, mudas de roupas, algum tipo de lanche não perecível, silver tape, sacolas de plástico, tesoura, kit de primeiros socorros.

Você também pode querer deixar duas caixas sem tampa de plástico exclusivas para armazenamento de compras. Isso facilitará na hora de carregar as compras para casa, ao chegar, e também estabelece um limite do quanto você pode comprar cada vez que for ao mercado, à feira ou ao shopping.

Com algumas dicas simples, seu carro pode se manter sempre organizado, limpo e arrumado. Se você tiver mais alguma dica para compartilhar, deixe nos comentários! Obrigada!

Thais Godinho
05/05/2017
Veja mais sobre:
, Carro
5
Montando a casa: 5 itens essenciais no seu primeiro quarto
Utensílios básicos que uma boa cozinha deve ter
Montando um guarda-roupa básico para ir trabalhar

O editorial do mês de maio fala sobre os frutos que nós geramos. Quando paro para pensar nas diversas áreas da nossa vida, um assunto se sobressai bastante, que é a necessidade da realização de um trabalho terapêutico.

Infelizmente, a maioria das pessoas tem preconceito com a terapia. Acha que é para quem está com problemas mentais graves ou passando por transtornos psicológicos. Eu não consigo deixar de ver a ironia nessa afirmação, visto que, do meu ponto de vista, se você for um ser humano, tiver um cérebro e viver nos dias de hoje, estranho seria se você não tivesse qualquer problema a ser discutido com um terapeuta!

No ano passado eu iniciei um trabalho para me conhecer melhor. A terapia não soluciona a sua vida, vale dizer. Mas ajuda demais, porque te permite ver aspectos da sua personalidade que você até então talvez não tivesse percebido. E isso te ajuda a sofrer menos, ter relacionamentos melhores, ser mais compassivo consigo mesmo.

Eu resolvi procurar o trabalho de terapia porque percebi que estava sobrecarregando as pessoas ao meu redor com os “meus assuntos”. E percebi que ninguém merece levar essa carga! Parceiros amorosos, amigos, colegas de trabalho são pessoas que se relacionam com a gente, mas eu não vejo por que essas relações devam ser pesadas. Apesar de adorar Hakuna Matata, eu não acredito que a gente deva esquecer os nossos problemas, e sim lidar com eles para entender nossos padrões como seres humanos.

Vale lembrar que eu associo esse trabalho também à prática de meditação, que me permite estar presente, e ao coaching, que me permite olhar para o futuro. Considero essa uma tríade infalível para o desenvolvimento humano em todos os níveis (pessoal, profissional, espiritual etc).

Se você já parou para pensar que tem problemas, que gostaria de ter relacionamentos melhores, que tem necessidade de conversar mas não quer incomodar ninguém, considere um trabalho desse tipo. Vai te fazer muito bem ter uma pessoa, um profissional, que te ajude nesse processo de auto-conhecimento, sem envolvimento pessoal, com técnicas, sugestões e uma nova perspectiva.

Pense nos frutos que você quer colher no futuro. Quando comentei com um amigo que estava fazendo terapia, ele me respondeu: “esse é o melhor presente que você pode dar para a sua família”. E considero que seja mesmo.

Se você tiver alguma experiência com o assunto, poderia deixar um comentário? Creio que suas ideias e sugestões possam ajudar outras pessoas também. Obrigada!

Thais Godinho
04/05/2017
Veja mais sobre:
, Terapia
30
6 dicas práticas para melhorar sua produtividade nessa segunda-feira
A principal dica de organização que eu aprendi com a minha mãe – participação dos leitores
Redesign do blog para 2015