Blog Página 116

1 de 12

20

Janeiro foi o nosso primeiro mês no apartamento novo e ainda há muita coisa a ser feita, como é de se esperar. Para não gastar dinheiro (nem tempo, nem energia) com o desnecessário, decidi fazer uma pequeno planejamento para organizar os espaços, dividindo por meses:

  • Janeiro: tornar o apartamento habitável =)
  • Fevereiro: entrada
  • Março: cozinha
  • Abril: banheiro dos meninos
  • Maio: quarto do Paul
  • Junho: meu banheiro
  • Julho: nosso quarto
  • Agosto: escritório
  • Setembro: sala
  • Outubro: varanda
  • Novembro: área de serviço
  • Dezembro: Natal

É claro que ainda existem pequenas providências urgentes em todos os cômodos (cortinas, principalmente, e outras coisinhas de segurança para o filhote), mas essas vamos fazendo normalmente, quando surgir a demanda. No mais, tentarei seguir esse planejamento acima. Priorizei a entrada porque é o filtro do que entra na casa, então tem que ser importante. Fiz uma listinha de coisas que gostaria de ter ali e quero deixar somente o necessário, pois a entrada tende a ser um lugar onde tudo se acumula. Estou juntando imagens no Pinterest do Vida Organizada e já tenho uma ideia geral em mente. Vou postar aqui no blog o progresso, mas vocês também podem acompanhar antes pelo Flickr.

Para mim, o mais importante é que chegamos ao final de janeiro caminhando muito bem, obrigada. Organizar meus projetos e revisá-los com uma frequência maior tem sido o maior diferencial possível na conquista de todos os objetivos que estipulei a curto, médio e longo prazo. Um mês já se passou e eu tenho TANTAS coisas que eu quero fazer em 2012 que me dão até um pouco de medo (mas aquele medo bom!).

Outra conquista importante de janeiro é que o blog mudou de formato e eu consegui dar conta de todos os posts diários numa boa. Quando eu mudei, imaginei que seria difícil, mas ficou até mais fácil de organizar as postagens. Eu espero que vocês também estejam gostando dos temas abordados e continuem sugerindo temas via Twitter para sempre ficarmos em contato. A verdade é que fevereiro já chegou e, ao contrário do que diz a máxima brasileira, para mim o ano começou bem antes do Carnaval e já tem muita acontecendo, muitos projetos caminhando e planos sendo colocados em prática. E para você, como foi janeiro? E os planos para fevereiro?

Checklist de fevereiro 2012

2

Quando eu publico um checklist, não quero dizer que eu vou fazer todas essas coisas ou que é “o certo” fazê-las nessa época. São somente sugestões porque 1) eu adoro listinhas e 2) eu sei que um montão de gente que lê o blog também gosta, então segue a de fevereiro:

  • Revise seus objetivos e o que foi feito em janeiro
  • Se algo precisava ter sido concluído e não foi, conclua o mais rápido possível
  • Organize a rotina escolar dos seus filhos
  • Prepare-se para voltar às aulas
  • Agende um encontro com seus amigos de infância, da escola ou da faculdade
  • Guarde a parafernália de férias que você só usará no próximo verão
  • Defina os últimos detalhes do que fará no carnaval (viagem, festinha, passeios)
  • Cumpra alguns itens do checklist de verão
  • Organize as suas contas
  • Se ainda não fez, monte uma planilha de gastos pessoais

E você, o que tem no seu checklist de fevereiro?

Inspiração: pés para cima

1
Imagem: Getty Images

Janeiro chegou ao fim e a época de ficar de pernas para o ar também – afinal, mesmo quem não tirou férias esse mês ficou com aquele gostinho de stand-by, de vontade de descansar mais, de pegar mais leve, além de existir aquele estigma de que, no Brasil, “o ano começa mesmo só depois do carnaval”. Só que é importante lembrar de duas coisas: 1) sim, descansar é muito importante e você deve priorizar isso no dia-a-dia, para não pirar, mas 2) não deixe o tempo passar tão avulso assim, senão você corre o risco de chegar em dezembro sem objetivos concluídos “por falta de tempo”. A saída? O equilíbrio, sem dúvida nenhuma. Mas lembre-se sempre de colocar os pés para cima quando o estresse aparecer. Fica aqui a nossa inspiração de janeiro para fevereiro, março, abril…

Dicas de limpeza específicas para o verão

3
Imagem: Getty Images

Se você mora em São Paulo, deve estar estranhando esse verão com carinha de inverno (eu estou adorando!). De qualquer forma, durante o verão existem algumas tarefinhas de limpeza específicas que você pode fazer em casa. Veja algumas delas:

  • Limpe os vidros das janelas e das portas. Aliás, crie uma rotina para limpeza frequente (ao menos uma vez por semana), pois mexemos mais nas janelas e elas ficam com marcas de dedo e da água da chuva.
  • Verifique o estado das mangueiras da máquina de lavar. Se elas tiverem mais de dois anos, está na hora de trocar. Se estiverem com trincas ou saliências, também.
  • Dedetize a casa ou solicite ao condomínio do seu prédio a dedetização geral. Você também pode usar vela ou óleo de citronela para afastar os insetos.
  • Limpe os capachos.
  • Abra a janela do banheiro enquanto estiver tomando banho e deixe um tempo aberta depois para que não retenha umidade nem crie mofo. Aliás, isso vale para toda a casa também.
  • A melhor forma de manter a casa limpa em época de chuvas é colocando um bom capacho do lado de fora da porta.
  • E não custa lembrar: não mantenha objetos com água parada!
  • E não custa lembrar 2: economize água!

Cada casa tem sua particularidade específica. Claro que quem tem quintal tem uma demanda maior, ou quem tem jardim de inverno, por exemplo. É importante conhecer a sua casa e saber as tarefinhas que ela precisa em cada época do ano. Dessa forma, fica fácil fazer o que precisa ser feito e na hora certa.

Regras para armazenar coisas no banheiro

3

Incrível como os banheiros de hoje em dia são pequenos e com pouco espaço para armazenamento! Mesmo quem mora em casas antigas e com banheiros maiores sofre com a falta de espaço. É tanta coisa para guardar! Não temos mais apenas papel e sabonete – temos cremes, secador, prancha, sais de banho e muitos outros acessórios. Como armazenar esse montão de coisas em um banheiro tão pequeno? Veja algumas regras que podem te ajudar:

O que você usa mais vem antes

Os produtos e itens de uso diário devem ficar mais à mão. Parece óbvio, mas todos(as) nós caímos no mesmo erro. Esses itens devem ter prioridade para tornar o dia-a-dia mais prático. Pasta, escova de dentes, shampoo, pente, aparelho de barbear, desodorante, toalha, papel higiênico – coloque esses itens na bancada da pia, em cabides de parede, em organizadores presos à parede, no armário do espelho ou no armário mais à mão.

Se você usa um item somente uma vez por semana ou uma vez por mês, ele não deve ficar atrapalhando os itens diários. Alguns itens assim são os acessórios para fazer as unhas, secador de cabelos, cremes esfoliantes e outros do tipo. Itens usados esporadicamente podem ficar em caixas em cima de prateleiras, na última gaveta ou no fundo do armário.

Ao banheiro o que é do banheiro

Sempre que possível, armazene no banheiro o que é utilizado no banheiro: sabonetes, toalhas, pastas de dente. Nada mais amador que faltar papel, por exemplo. Se você não puder armazenar no banheiro essas coisas, mantenha uma rotina de manutenção – verifique todos os dias a quantidade nos frascos (sabonete líquido, shampoo, condicionador, creme), os sabonetes, o papel e as toalhas. Troque quando necessário.

Verticalize já

Procure utilizar o espaço vertical do banheiro instalando prateleiras em cima da porta (para colocar toalhas ou caixas com itens diversos dentro) ou nichos sobre o vaso (para colocar seus cosméticos). Só tome cuidado para não furar parede com canos.

Use cestinhos

Cestinhos são excelentes no banheiro! Você pode montar um kit banho, em vez de sempre levar para o chuveiro as coisas na mão. Outra alternativa é montar um cestinho em cima da pia com os produtos usados diariamente, como desodorante, pente etc.

Cestos maiores podem ser utilizado para colocar a roupa suja.

Destralhe, destralhe, destralhe

Amostra grátis antiga? Jogue fora. Cosmético vencido, nem preciso dizer. Pote vazio? Tchau. O tempo de uso de produtos líquidos é, em média, de 6 a 12 meses. Fique atenta aos seus e, na dúvida, não passe mais no corpo, jogue fora. Maquiagem vencida, por exemplo, pode causar infecções graves – especialmente nos olhos.

Por isso é importante ter poucas coisas – você aproveita mais, nada estraga e você ainda gasta menos.

Vida Organizada no Mamatraca

1

O site Mamatraca é um site com vídeos sobre o tema maternidade. Esse mês, eu fui convidada a fazer uma entrevista e participar do #mamachat no Twitter, respondendo perguntas sobre organização. Foi muito bacana participar!

Veja alguns posts que o Mamatraca fez sobre o assunto organização:

Você participou do chat no Twitter? Aqui no blog você também pode fazer perguntas, que eu respondo nos próprios comentários sempre.

Como organizar: Currículo

15

Quando meu filho nasceu, eu trabalhava em casa por conta própria e não tinha a intenção de voltar a trabalhar fora durante algum tempo, mas a vontade veio e organizar meu currículo foi fundamental. Eu me cadastrei na Catho em outubro de 2010 e nada acontecia. Na segunda quinzena de janeiro, me deu um estalo e eu resolvi dar uma “turbinada” no meu currículo, deixando de forma que eu considerasse atraente caso eu fosse a empregadora, por exemplo.

Na primeira semana de fevereiro, eu estava contratada.

Por isso, vou dizer aqui como fazer para organizar o seu currículo e conseguir um bom emprego.

Linkedin

Eu sou atualmente bem adepta das ferramentas de internet para a maioria das coisas do dia-a-dia. A melhor ferramenta hoje em dia para criar o seu currículo é o Linkedin.

Linkedin é um site de relacionamentos profissionais. Você pode ler mais sobre ele aqui. O Linkedin pode ser usado para montar seu currículo porque, além de ele ficar online e estar disponível em uma rede social, você pode fazer download em pdf e enviar por e-mail para quem desejar, por exemplo.

Quando você cria seu perfil no site, você não precisa se preocupar com a organização das informações porque ele já faz isso por você. E, quando você finalizar, aparecerá um link “PDF” no seu perfil, onde você poderá clicar e salvar no seu computador um currículo organizadíssimo para enviar por e-mail às vagas interessadas. O legal é que, se você tiver recomendações, elas também entram no PDF.

Hoje eu acredito que seja a melhor maneira de fazer o seu currículo, pois além de ele ficar bem organizado, também fica em uma rede social onde você pode fazer contatos.

Se quiser me adicionar no Linkedin, clique aqui.

Defina o que você quer

Pode parecer a dica mais boba do mundo, mas só quando eu especifiquei o meu objetivo é que as propostas começaram a aparecer. Eu fiz uma pesquisa de currículos na minha área de atuação e vi como as pessoas colocavam o que eu queria ser, e fiz de forma semelhante. Portanto, se você quer trabalhar na área de Marketing, não coloque como objetivo “trabalhar na área de marketing”. Coloque algo como “gerente de marketing”. Isso ajuda inclusive nas buscas que a empresa com a vaga fizer ao procurar currículos adequados.

Networking

Todo mundo que você conhece pode ser um contato em potencial para um novo emprego. Aqui entram novamente as redes sociais para te ajudar. Pense nas suas redes sociais como a sua imagem online – ou seja, veja-as com carinho. Não poste bobagens. Se achar que pode ser constrangedor, não poste. Formate seu perfil no Facebook para que fique bem apresentável. Procure sempre passar uma imagem positiva a seu respeito.

Utilize o Twitter a seu favor postando informações sobre a sua área de atuação. Não replique conteúdo dos outros – gere também seu próprio conteúdo com opiniões. Divulgue seu trabalho. Converse com as pessoas.

É importante sinalizar a todos os seus contatos que você está procurando emprego, pois uma oportunidade pode surgir através de quem você menos espera. É importante postar sempre coisas relevantes à sua profissão. Você passa a imagem de profissional atualizado e preocupado com a sua imagem.

Manutenção

Mesmo depois de conseguir um emprego, é importante manter seu currículo atualizado. Sempre que tiver alguma novidade, atualize seu perfil no Linkedin. Um bom profissional hoje pertence ao mercado e está sempre se atualizando.

Dicas gerais

  • Seja o mais sucinto(a) possível! Deixe somente um sobrenome, por exemplo.
  • Tenha um e-mail digno. Nada de carol_cobain@email ou duduzinho83@. Use seu nome e sobrenome que não tem erro.
  • Faça um resumo muito bom, que diga bem quem você é profissionalmente e que realce suas qualidades.
  • Conheça os termos “da moda” da sua profissão. Toda área tem os seus.
  • Evite clichês sempre que possível.
  • Se você tem algum hobbie bacana, vale a pena colocar. Um colega meu foi contratado porque colocou no currículo que tinha uma banda cover de Paul McCartney e a empresa tinha contrato com a gravadora dele. Óbvio que ele não foi contratado só por isso, mas esse tipo de coisa cria empatia entre você e a empresa e encurta a distância da vaga.

Você tem mais dicas de como organizar um bom currículo? Escreva nos comentários.

Em breve farei um post sobre como se organizar para ir bem em uma entrevista de emprego. Se quiser postar dicas, fique à vontade!

Sorteio: agenda 2012 e caderneta da Arte no Papel

27

Se você percebeu que janeiro está quase no fim e ainda não comprou a sua agenda, olha só que oportunidade legal de ganhar um presentão do Vida Organizada e da Arte no Papel!

Regras para participar do sorteio:

Se por acaso a pessoa sorteada não tiver todos os requisitos acima, ela será desclassificada e um novo número será sorteado.

Pode concorrer até o dia 04/02/12. O resultado será divulgado domingo, dia 05/02/2012, no nosso Twitter. A ganhadora foi a Analuiza Campos Rocha. Parabéns!

Olha só que presente bacana:

Agenda 2012

– revestida com tecidos 100% algodão
– mede 12,5×18,5cm
– uma folha por dia exceto no sábado e no domingo
– planejamento anual
– índice telefônico
– adesivinhos
– 352 páginas em papel Off Set 63g/m²
– fechamento com elástico
– fita marcadora em cetim
– cabeceado em tecido feito à mão

Cadernetinha

– revestida com tecido 100% algodão
– mede 10x16cm
– 32 páginas em papel telado na cor palha – 180g/m²
– Folhas de guarda em papel color plus laranja 180g/m²
– fechamento com elástico
– costurada à mão

Eu ganhei de presente da fofa da Cris (proprietária da Arte no Papel) dois caderninhos e um porta post-its lindos:

Não deixe de participar desse sorteio! Quem sabe você não consegue uma agenda 2012 única e tão detalhadamente bem feita como essa, hein? Boa sorte!

O que você pretende aprender em 2012?

4
Imagem: Getty Images

O que você pretende aprender em 2012? Um novo idioma? Um hobbie diferente? Uma habilidade que sempre sonhou, como praticar algum instrumento musical? Ou quer simplesmente aprender a ser mais tolerante, mais feliz, menos estressado(a), mais produtivo(a), mais dedicado(a), mais focado(a)? Seja o que for, todo começo de ano é a renovação de votos diversos, e não é porque estamos no fim de janeiro que eles devem ser esquecidos. Se você quer mesmo aprender algo, não deixe para as resoluções do ano que vem. A vida está acontecendo agora.

O que fazer:

  1. Estabeleça prioridades para executar tarefas
  2. Organize suas leituras via RSS
  3. Veja se você não está perdendo tempo
  4. Não traga para 2012 o que era para ter ficado para trás
  5. Organize-se no trabalho
  6. Tenha uma rotina
  7. Planeje a volta às aulas
  8. Organize seus estudos para o vestibular
  9. Organize seus estudos na faculdade
  10. Organize seus gastos
  11. Pare de dar desculpas para não se organizar
  12. Elabore um plano de vida
  13. Organize a papelada

Janeiro está acabando. O Vida Organizada vai te ajudar a alcançar seus objetivos em 2012, mas você não pode perder a verve!

Pequenas manias, grandes neuroses

54
Imagem: Getty Images

Quem tem mania de organização ou de limpeza já está acostumado a ser tratado como louco por alguns amigos mais próximos. Também, como não entender a importância de lavar as mãos a cada cinco minutos? Ou a aflição que dá acordar de manhã e ver o espelho cheio de respingos? Uma pia cheia de copos e pratos sujos pode ser ameaça de infarto. Potes sem tampa geram uma busca desenfreada em busca do artefato perdido. Reparar na bagunça da casa dos outros nem é tão feio assim – é apenas questão de bom-senso.

Só quem tem mania de organização sabe o que sente ao encontrar uma cafeteira com filtro sujo dentro. Ou a vontade de xingar quando está dormindo e o lençol com elástico desprende do colchão. Aquela etiqueta de preço nos produtos, fio de telefone enroscado, bolsa cheia de papel, banheiro sem papel e sem sinal de papel higiênico por perto, roupa espalhada pelo chão, toalha molhada em cima da cama, quem sai e deixa a porta aberta, gavetas entreabertas, capa de sofá torta, gente que escreve com caps-lock ligado, toalha molhada, coisas fora do lugar, papel no chão, sentar na cama com a roupa que chegou da rua, tampa da privada levantada, etiqueta para fora da camisa, gente que marca coisas de última hora, ou que atrasa para um compromisso que você chegou com 15 minutos de antecedência…

Isso para não falar na raiva que passa ao pegar o tubo de pasta de dente sem estar apertado desde a parte de baixo! Ou uma pia com pedaço de pasta que alguém deixou cair ao escovar os dentes antes de você… Fios de cabelo em lugares sem ser a cabeça? Nojo! E quando não deram a descarga depois de usar o banheiro? Ou quando pisam com o sapato sujo dentro de casa (ou do carro), deixam o telefone sem fio fora da base, papel-higiênico com a ponta virada para a parede, marca de copo na mesa de vidro, controle-remoto espalhado.

Quem tem mania de organização quer morrer se algum cabide estiver virado para o lado avesso – seja em casa, seja em uma loja de roupas. Arrumar as notas da maior para a menor na carteira faz parte.  CDs em ordem alfabética, quadros alinhados, ou mesmo alinhar os objetos na mesa. Pastas e arquivos arrumados no computador. Superfície da manteiga alisada. Tranca o quarto para ninguém mexer nas suas coisas. Colocar as coisas em ordem em todos os lugares. Arrumar a mesa do restaurante enquanto espera a comida. Contar os degraus enquanto sobe uma escada. Voltar e verificar três vezes se trancou mesmo a porta…

Canetas para o mesmo lado no estojo, livros arrumados por tamanho, listinhas para tudo, sapatos guardados por ordem de tamanho e cor, dobrar a roupa suja no balde, passar álcool no telefone sempre que puder, caixa de entrada vazia, alisar as franjas do tapete, chinelo alinhado ao lado da cama, empilhar do maior (embaixo) para o menor SEMPRE, apertar bem as torneiras, pendurar a roupa no varal com os pregadores iguais.

Estacionar no mesmo lugar é para os fracos – os neuróticos chegam mais cedo apenas para nunca, em hipótese alguma, pegarem a sua vaga. Toma banho e deixa todos os frascos com o rótulo virado para a frente, como se estivessem na prateleira da loja. Organiza as compras no supermercado, passando os mais pesados antes e os mais leves por último. Arruma o lençol e toda a roupa de cama de modo que a etiqueta fique para baixo, todas do mesmo lado.

TOC? Nem sempre. Pequenas neuroses? Com certeza. Vida de quem tem mania de organização é pelo menos 90% mais estressante do que as pessoas normais. Mas, de perto, ninguém é normal. Especialmente quem não confere se a porta está trancada.

Este post é uma homenagem à nossa comunidade Mania de Organização, no Orkut, que existe desde 2004.

Montando um guarda-roupa básico para ir trabalhar

9
Imagem: Getty Images

Mesmo quem não se preocupa com as roupas que usa deve pensar duas vezes se trabalha fora ou, principalmente, com clientes. Dizem que moda é o nosso cérebro por fora – demonstra quem somos antes de abrirmos a boca para nos apresentar. Se você vê uma pessoa usando roupas inteiramente brancas, já presume que se trata de algum profissional da área da saúde ou estética. Se você vê uma pessoa com um tailleur cinza bem passado, com um bom tecido, imagina que seja executiva de uma multinacional ou algo parecido. As roupas dizem tudo sobre a gente e é simplesmente por esse motivo que precisamos dar o devido valor a elas quando vamos trabalhar.

Montar um guarda-roupa básico para o dia-a-dia, no entanto, é um verdadeiro desafio. Não só pela combinação das roupas, das cores, ou pela escolha dos materiais, mas porque roupas precisam de cuidados, reparos e substituições com o tempo. Veja neste post como montar um guarda-roupa básico e gerenciá-lo com eficiência.

Avalie o estilo do seu trabalho

Veja como as pessoas que trabalham com você se vestem. Não é para copiar o estilo de ninguém, mas para ter uma ideia. Se você trabalha em um ambiente formal, deverá se vestir de acordo. Se trabalha em um ambiente informal, poderá relaxar mais. O importante é conhecer o estilo do seu setor e adequar-se a ele.

Thoreau diz para desconfiarmos se um trabalho demanda roupas novas. Eu vejo nessa frase o seguinte: se o emprego é tão diferente do que você almeja, é porque pode ter algo errado. Então, se você detesta trabalhar de terno e gravata – avalise se não detesta o trabalho em si, não só o ambiente. Então as roupas podem nos ajudar a ver o que queremos mudar (ou não) em nossas vidas também.

Defina os seus básicos

Dentro do estilo de onde você trabalha, pode definir os seus básicos. Se procurar pela internet afora, encontrará diversas listas como “as 10 peças básicas do guarda-roupa feminino” ou “guarda-roupa básico de um executivo”. No entanto, mais do que analisar essas dicas, lembre-se sempre do seu estilo pessoal. Se você é uma pessoa que não gosta de usar saias, não tem porque incluir essa peça no seu guarda-roupa. Dentro de cada estilo de trabalho você pode encontrar alternativas para o seu modo de se vestir, sem que isso fira a sua personalidade.

Foque sempre na qualidade

Quando for comprar peças de roupa, observe se o tecido tem qualidade – se não deforma, se tem fibras naturais (mais do que sintéticas), se a costura parece reforçada, se o corte é impecável. Isso nada tem a ver com marcas caras, mas pode coincidir. Se você puder pagar por algo que vale mais a pena que outro mais barato, é um investimento que você faz. Avalie também a durabilidade da peça. Um blazer é uma peça para a vida inteira, enquanto que uma calça ou blusa, que se desgastam mais rapidamente pelo uso constante, duram menos. Então procure investir nas peças mais duráveis.

Todo mundo percebe quando uma roupa não tem qualidade. Seja cuidadoso(a) nesse aspecto para não comprar artigos em ofertas irresistíveis e passar uma imagem errada a seu respeito. A única maneira de fazer isso é escolher bem quando precisar comprar algum item. Se você precisa de uma nova calça preta, por exemplo, compre bem em vez de comprar “qualquer uma”.

Aposte em peças neutras

Peças neutras simplesmente são mais fáceis de combinar e garantem que você não precise de tantas peças ao montar seu guarda-roupa básico, especialmente se estiver montando-o do zero. Cores neutras são: preto, grafite, cinza claro, bege, cáqui, camelo, marrom, creme, branco e cores pastel no geral.

Para sapatos, as cores clássicas para homens são preto e marrom. Para mulheres, preto, nude, caramelo e creme.

Nunca deixe sua personalidade de lado

Peças neutras são coringas eternos, mas nem por isso você precisa deixar a sua personalidade de lado. Se você adora a cor turquesa, invista em boas peças ou acessórios, como uma gravata ou um lenço. Esse tipo de toque é o que diferencia uma pessoa com estilo de outra qualquer. É isso o que vai construir a sua imagem, então nunca deixe quem você é de lado – mesmo nas roupas.

Tenha um inventário

Fazer um inventário das peças que tem pode ajudar muito na hora de não comprar peças repetidas e também para bolar combinações ou definir listas para viagens de negócios. Você pode fazer esse inventário em uma planilha e separar as peças por tipo e cores.

Tome providências

Sempre que alguma peça precisar de algum reparo (tingimento, conserto, costura, botões que caíram), separe-a imediatamente e tome providências. Nunca deixe para lá uma peça precisando de conserto, pois irá fazer falta. Uma maneira de economizar tempo é levar todas as peças de uma vez, mensalmente, para arrumar. Se você mesmo(a) consegue fazer o que precisa ser feito, reserve uma noite da semana corrente para isso. Não adie!

Da mesma forma, se precisar comprar algum item, planeje-se para tal. Algumas peças precisam sempre de substituições, como meias, suéteres puídos etc. Saiba reconhecer quando a roupa já deu o que tinha que dar.

Tenha uma rotina de cuidados

Roupas devem ser lavadas e passadas frequentemente. Veja aqui no blog um post sobre como cuidar das roupas para comprar menos e fazer com que elas durem para sempre.

Organize e mantenha organizado o seu armário

De nada adianta ter um guarda-roupa básico se você não consegue aproveitá-lo. Por isso, organize-o da melhor maneira possível para que as peças apareçam para você no dia-a-dia. A maneira mais comum de organizar é separando por tipo de roupa (casacos, camisas, calças, saias, blusas) e, dentro disso, por cores.

Planeje as roupas da semana

Da mesma forma que você pode planejar o menu semanal da sua casa, você pode planejar que roupas irá vestir em cada dia da semana. Tempo não é desculpa – vista-se com variações (colocar um casaco a mais, uma meia-calça). Para planejar, utilize o seu inventário e anote em uma segunda planilha o que pretende usar, ou deixe separado em cabides dentro do guarda-roupa o conjunto completo para cada dia. Se achar que isso é muito avançado para a sua rotina, separe pelo menos um dia antes. Deixar para escolher a roupa de manhã garante pelo menos 15 minutos a menos de tempo disponível.

Suas roupas são itens importantes que fazem parte da sua vida e demandam cuidados como qualquer outra área. Cuidar do guarda-roupa significa dizer ao mundo que nos preocupamos com a forma que nos apresentamos; que nos preocupamos com o que as pessoas verão. Montar um guarda-roupa básico para trabalhar também é uma atitude que influencia a nossa auto-estima e desempenho no trabalho. Por isso, não veja como algo sem importância, mas sim como parte da sua busca por ser um(a) profissional melhor.

15 minutos diários são suficientes para destralhar a casa

9

Deixa eu adivinhar: você não tem tempo! Todos os dias você chega em casa do trabalho, corre para lá e para cá para dar conta de tudo o que precisa fazer e, quando vai ver, são 23h30 e sequer conseguir olhar o seu Facebook antes de dormir…

Em primeiro lugar: pare de correr como barata-tonta sem saber direito o que fazer. Saiba como ter uma rotina para ajudar você a viver de forma mais tranquila e a alcançar seus objetivos. Também evitará a correria de noite, possibilitando que você tenha mais tempo para outras coisas.

Em segundo: pare de buscar a perfeição! Muitas pessoas estão insatisfeitas com a bagunça em suas casas mas, já que não podem fazer do jeito que consideram ideal, acreditam que não valha a pena fazer nada de qualquer jeito. Mas o grande segredo é que qualquer coisinha que você fizer hoje já é melhor do que nada. E é o hábito que vai manter a sua casa boa para viver, não o adiamento.

Eu já disse diversas vezes aqui no blog que não é possível organizar tralha. Logo, se você quer organizar a sua casa, comece se desfazendo da tralha. E sim, eu sei que existem casas com TANTA coisa que dá vontade de chorar só de pensar por onde começar. Mas a dica é muito simples: supere essa trava e comece sem pretensão alguma. Se você marcar 15 minutos agora no seu relógio, ou no alarme do celular, vai conseguir destralhar pelo menos um pouquinho de algum lugar. Quer ver?

Em 15 minutos, você:

  • Consegue abrir seu guarda-roupa e manusear as roupas que estão penduradas, separando as que não servem mais ou que você não usa há muito tempo. Coloque em uma sacola e telefone para fazer uma doação.
  • Pode atacar aquela pilha de revistas que está em cima da mesa da sala, selecionando o que quer que fique e separando para reciclar o restante.
  • Pode organizar a sua correspondência e jogar fora o que não lhe interessa.
  • Consegue esvaziar todas as lixeiras, colocar o lixo para fora e substituir s saquinhos plásticos.
  • Pode pegar uma sacola e passar pela casa jogando fora o que tiver que jogar: embalagens, frascos vazios, papéis avulsos velhos etc.
  • Pode analisar com olhos críticos o armário da cozinha, livrando-se de vez daquilo que não usa (de tupperwares em excesso a eletrodomésticos duplicados ganhos de presente de casamento).
  • Consegue abrir a geladeira e jogar fora todos os alimentos vencidos e verificar o que está para vencer, separando-os para preparar algum prato ainda hoje ou amanhã.
  • Pode tirar tudo de dentro da sua bolsa, jogar fora o que for lixo e guardar no lugar certo o que estava lá dentro.

E eu aposto que existem pelo menos mais umas 30 coisas que você pode fazer para destralhar a sua casa em apenas 15 minutos. Que tal simplesmente começar?

Esta semana

Quando não estiver em um dia muito produtivo, faça uma coisa...

Uma dica que costuma sempre funcionar é pegar leve, não se cobrar tanto, não pensar no montão de coisas que se tem para fazer...