Início Site Página 114

Minhas listas preferidas no Spotify para trabalhar, limpar a casa e relaxar

24

Considero o Spotify (aplicativo de streaming de músicas) uma ferramenta de produtividade porque ele influencia bastante no meu humor ao longo do dia, quando estou executando as minhas atividades. Para quem não sabe, o Spotify tem listas prontas para os mais diversos fins, como por exemplo quando você quer ter foco ou trabalhar em um ritmo mais pesado na segunda-feira. Tenho feito um monte de testes nos últimos meses e hoje eu resolvi compartilhar com vocês as minhas listas preferidas do aplicativo:

070315-spot1

Acho que essa é a playlist que eu mais ouço, tanto no trabalho, quando acordei mais desanimadinha e preciso pegar o ritmo, quanto no metrô. É uma maravilha ouvir metal quando você está querendo desligar um pouco a mente e só ficar olhando o movimento pela janela. Essa lista é boa porque traz os clássicos. Não tem erro.

070315-spot2

O Spotify tem uma categoria inteira chamada focus e, dentro dela, diversas playlists para te ajudar a focar em alguma coisa. A minha preferida é a Focus Now, com um compêndio de música clássica perfeito para ouvir no dia a dia quando tenho que me concentrar, como ao fazer a minha revisão semanal, por exemplo.

070315-spot3

Música clássica é perfeita para se concentrar, estudar, ler um artigo ou revisar algum documento. Música clássica barroca, melhor ainda (dizem estudos). Para não arriscar, vou direto de Bach, meu compositor preferido do estilo barroco.

070315-spot4

Depois de assistir Whiplash, fiquei com muita vontade de ouvir mais jazz e incorporar esse som no meu cotidiano. Percebo que me faz muito bem ouvir quando estou em algum processo de criação, como fazendo mapas mentais ou brainstorms diversos. Essa lista acima é a minha preferida, mais agitadinha, perfeita para a finalidade que eu gostaria.

070315-spot5

Outra playlist que uso para trabalhar e manter o ritmo.

070315-spot7

Às vezes estou de noite em casa, está chovendo e eu quero arrumar as minhas coisas antes de ver um filme ou ler um livro propriamente dito. Nesse momento, em que lavo a louça, guardo as minhas roupas e faço outras atividades domésticas, ou mesmo quando quero descansar um tempinho deitada no sofá, eu gosto de ouvir algo mais calmo e tranquilo. Essa playlist é ideal.

070315-spot6

Playlist perfeita para ouvir quando estiver limpando a casa! Se você nunca cantou “Welcome to the jungle” enquanto esfrega o chão, recomendo! Só cuidado para não escorregar ao imitar os passinhos do Axl Rose.

O aplicativo está disponível tanto para uso no computador quanto para tablet e celular.

Casais inteligentes conversam sobre finanças juntos

23

Um dos temas mais importantes relacionados a organização é quando falamos sobre finanças. Depois de alguns anos de casada, pude perceber a importância de esse tema ser tratado em casal para que as expectativas sejam alinhadas e toda a família trabalhe em equipe com relação não só à economia financeira mas ao alcance de metas juntos. Gostaria de compartilhar aqui alguns aprendizados que tivemos nos últimos anos, então:

# Não vale a pena colocar a culpa no dinheiro para fazer atividades em casal ou em família. Exemplo: um jantar, ir ao cinema, viajar. Com planejamento, dá para se organizar e fazer tudo isso. E claro, não compensa se encher de dívidas por uma viagem tomada por impulso. Vale a pena viajar mais para a frente, mas guardando dinheiro para isso. Nós também aprendemos a reservar um orçamento para atividades juntos, como ir ao cinema uma vez por mês. Nós gostamos muito de ir ao cinema, então apenas organizamos essas idas para que ficassem dentro do nosso orçamento e investíssemos tempo em outras atividades. O que vale lembrar também é que existem muitas atividades gratuitas legais, como passear em parques, andar de bicicleta e visitar exposições.

# Não falar sobre dinheiro é um erro. A partir do momento que você se casa, é importante dividir as responsabilidade, saber quanto cada um ganha e ver como esse dinheiro está sendo gasto ou investido. Eu comento isso porque vejo acontecendo comumente com muitos casais (não saber quanto o outro ganha). O cenário ideal é ambos saberem e controlarem juntos o que ganham. Somos uma família ou não?

# Meu marido não liga muito para organização, então o que eu faço é ter uma planilha de finanças que atualizo semanalmente. Quando vejo algum gasto na nossa conta que não sei do que se trata, pergunto para ele, que me diz: “ah, foi gasolina” ou “foi aquele dia que precisamos comprar a fechadura para a porta”. Sempre que eu termino de atualizar, mostro para ele e comento sobre o orçamento que temos para determinadas atividades. Esse processo de mostrar leva menos de cinco minutos, mas é essencial para manter a coisa toda nos trilhos. Se a gente não tiver consciência do que está acontecendo na conta, é muito mais fácil ficar “passando tudo no débito” e entrar no cheque especial. (Muitas pessoas me pedem uma planilha financeira para download. Eu utilizo a planilha do Gustavo Cerbasi, que pode ser baixada aqui.)

# Definir prioridades é fundamental. Na prática, isso se aplica da seguinte maneira: levanta-se a possibilidade de investir dinheiro em um novo projeto (exemplo: viajar para o exterior). Então conversamos: Quando queremos fazer isso? Dentro das nossas possibilidades, quando poderemos fazer? Temos outros projetos mais importantes e necessários que são prioritários? O que pode ser deixado de lado para que a gente faça essa viagem? São questionamentos básicos que nos ajudam a tomar decisões em conjunto. Não adianta nada eu ter consciência das finanças e falar “não rola essa viagem”, sem que ele não saiba os motivos. Por isso, é muito, muito importante as decisões serem tomadas em conjunto.

# Cuidado com o estilo de vida que vocês levam. Gosto muito da “teoria dos baldinhos” do Gustavo Cerbasi, onde ele diz que, mensalmente, temos baldinhos a preencher com o nosso dinheiro. O primeiro baldinho é o das contas. Enchemos o balde e, só depois, vamos para o segundo, que é o de ínvestimentos (guardar dinheiro na poupança ou aplicá-lo, por exemplo). Só depois de pagar contas e guardar o dinheiro na poupança é que vamos gastar com outras coisas, como jantares, viagens e compras no geral. Na prática, é bem difícil ter essa disciplina, mas acredito que ter os gastos previstos em uma planilha ajude bastante.

# Planejar a curto e médio prazo é importante, mas e o longo prazo? O que vocês estão fazendo para garantir a “aposentadoria” de vocês? São questões para se pensar agora, não quando tiver 50 anos de idade. O dinheiro que você gasta hoje em um supérfluo apenas pelo consumo pode fazer falta depois.

# Procurem economizar no dia a dia com coisas simples. Dei o exemplo do cinema uma vez por mês (mesmo querendo ir quatro), mas pode se aplicar a tudo. Jantar fora, comprar uma coisinha no shopping, decorar a casa, viajar, analisar o plano da tv a cabo e por aí vai. São gastos que devem ser analisados, pensados.

# Evitem dívidas. Claro que há dívidas e dívidas (uma coisa é parcelar uma TV no cartão de crédito, outra é financiar um imóvel). No geral, procurem comprar coisas à vista. Para ter o dinheiro, guardem um montante todo mês ou comprem apenas o necessário. Com essas duas recomendações simples, as compras necessárias do dia a dia se tornam menos onerosas.

# Construam um fundo de emergência. A ideia do fundo de emergência é ter um dinheiro guardado caso aconteça o pior. Especialistas dizem que o montante ideal equivale a seis meses de ganhos da família hoje. Este é o primeiro passo. Depois de ter o equivalente para seis meses, tenha para um ano, e vá aumentando. A ideia é que, mesmo que vocês queiram comprar um imóvel ou usar seu dinheiro para algum projeto mais caro, não mexem nessa quantia emergencial. Ela é uma garantia de que sua família nunca ficará em apuros.

Alguns livros que eu recomendo para que vocês aprendam mais sobre finanças e possam conversar a respeito:

  • Casais inteligentes enriquecem juntos – Gustavo Cerbasi
  • Dinheiro: os segredos de quem tem – Gustavo Cerbasi
  • Adeus, aposentadoria – Gustavo Cerbasi
  • Investimentos inteligentes – Gustavo Cerbasi
  • Como organizar sua vida financeira – Gustavo Cerbasi
  • Bolsa blindada – Patrícia Lages

Por fim, a recomendação final é que vocês conversem sobre esse assunto para aumentarem o vínculo de vocês e tenham metas em comum. Sem isso, cada um vai querer fazer uma coisa e pode gerar brigas entre o casal. Vale a pena.

VO responde: prazos, souvenirs de viagens e vida pessoal

40

Temos aqui no blog um formulário para envio de sugestões de pautas para posts e envio de dúvidas que todos os leitores podem usar. Você já enviou suas sugestões? (clique aqui para enviar)

Existem muitas dúvidas enviadas que não gerariam um post inteiro, por serem mais curtinhas. Para não deixá-las sem respostas, resolvi criar um post respondendo três perguntas de cada vez, para fazer em uma determinada frequência. Espero que gostem do formato.

Dúvida 1: Como lidar com prazos?

Olá, Thaís!
Sou sua fã e por meio de seu blog ainda estou tentando ser mais organizada…rsrsrs….
Sou Juíza e trabalho com prazos nos processos…os optamos que tenho para entregar minhas sentenças. Tenho uma planilha de Excel para controlar o que entra e o que sai, e, claro, os prazos que tenho para entregar as decisões…Mas acho bem desorganizada.
E outra, tenho a sensação de que se eu fizer esse controle de outra forma, riscando o trabalho do dia, não sei, ficaria mais aliviada, pois como os processos nunca param de chegar e por vezes posso trabalhar em casa, fico com aquela sensação constante de que nunca terminei de trabalhar e de que posso sempre fazer mais um.
Assim, minha sugestão seria a forma de controle para quem trabalha com prazos.
Espero que possa falar sobre o tema!
Um grande abraço e, desde já, meu muito obrigada!
Patricia

Querida Patrícia, trabalhar com prazos pode ser muito estressante. O que eu recomendo para você tem a ver com o uso do GTD (leia sobre a metodologia). Recomendo que você crie em seu Outlook uma agenda apenas para os prazos dos processos. A ideia de criar uma agenda separada é que você pode clicar para visualizá-la ou ocultá-la sempre que for necessário. Nessa agenda, insira o prazo de cada processo assim que ele chegar e você tiver controle sobre ele.

Você pode estabelecer um código para os processos, como por exemplo:

0024 – Prazo final
0024 – Revisão desembargador
0024 – Revisão escrevente

E por aí vai, inserindo essas informações como eventos em seu calendário. Assim, você consegue visualizar por data e também filtrar (através da busca do Outlook) por processo. Vale lembrar que o calendário do Outlook pode ser compartilhado com a sua equipe, se você quiser.

Semanalmente (pode ser sexta-feira pela manhã), dê uma olhada na agenda da semana que está terminando para ver se há algo pendente com relação a prazos e cobrar as pessoas envolvidas. Se você tiver alguma pendência, resolva na sexta-feira à tarde. Nesse momento, veja também o que está programado para a semana seguinte (e a outra) para ir tomando providências.

Dúvida 2: O que fazer com souvenirs de viagens e outros bibelôs?

Olá Thais. O que você sugere com relação aquelas lembrancinhas, suvenirs que trazemos de viagens ou ganhamos e presente. São canecas, copos, pratos, imãs, pedras, garrafas, porta-copos etc. Enfim, objetos que trazem um valor afetivo mas acabam amontoados por toda a casa. obrigada

Querida leitora, eu sou bastante prática com relação a esses objetos. Se eu amo e quero guardar, eu os incorporo à decoração. Você pode espalhá-los pela casa, colocando na estante de livros, na cozinha, no rack da tv. Se são muitos e caracterizam uma coleção, pergunte-se primeiro se é seu desejo manter isso como coleção. Se sim, você pode instalar uma prateleira em um lugar especial na sua casa apenas para agrupar essas lembranças. Não vale a pena guardar em caixas, pois ninguém (nem você) vê. Agora, se você não tem interesse em manter esses objetos, vale a pena dar de presente ou mesmo jogar fora.

Dúvida 3: Como conciliar vida profissional com a vida particular?

Como conciliar vida profissional com a vida particular?.

Querido leitor ou leitora, este é praticamente o tema de todo o nosso blog. Sugiro ler este texto, pois pode ajudar.

Por favor, me digam nos comentários se vocês gostaram desse formato de perguntas e respostas, pois assim continuarei fazendo para perguntas e dúvidas mais pontuais. Obrigada!

Desafio de organização – Março 2015

31

Em 2015, teremos 12 desafios de organização aqui no blog. Postarei aqui no blog, todo início de mês, sobre o desafio atual. Escolherei um cômodo ou cantinho da casa para ser organizado e darei dicas ao longo das semanas para que todos consigam organizar. Cada desafio terá duração de um mês e, ao final do período, vou mostrar aqui no blog as fotos enviadas pelos leitores. Quem for blogueiro pode postar em seu próprio blog! E então, no final do mês, farei um post especial mostrando como eu apliquei o desafio aqui em casa e mostrando as fotos dos leitores e links dos blogueiros. Saiba mais aqui.

O objetivo dos desafios é incentivar os leitores a organizarem suas casas com a orientação de uma organizadora profissional. Vamos fazer um cômodo ou lugar específico por mês para dar tempo de fazer, sem pressa, pois sabemos como o dia a dia deixa a gente sem muito tempo para investir nessas atividades.

Desafio de março

040315-desafio-marco

Em março, temos como verbo regente o Conecte-se e muitas das atividades do blog (como os workshops) giram em torno da organização da nossa rotina doméstica porque, se não conseguirmos nos conectar com a nossa própria casa e as pessoas que vivem nela, como poderíamos organizar o resto? Portanto, nosso desafio terá a ver com ele. O que nós vamos organizar em março será a nossa agenda da casa, ou control journal. A ideia é termos algo em formato físico ou digital, de acordo com o gosto de cada um. O objetivo deste desafio é criarmos algo que todos os leitores podem fazer, sem limitações.

Você poder criar sua agenda da casa no formato digital (em um documento Word, planilha Excel, Evernote ou outra ferramenta) ou em formato físico (fichário, caderno, cartolina, quadro e mural na parede). É para exercer a criatividade! Porém, mais do que isso, é para encontrar uma solução para organizar a rotina da sua casa.

Para entender o que é uma agenda da casa e o que você deve fazer, leia os textos abaixo. A leitura é imprescindível para entender o desafio:

O control journal, ou agenda da casa, serve basicamente para você organizar as sua rotina doméstica – listas de limpeza, menu semanal, informações importantes. Você pode personalizar como quiser, mas a ideia é que você tenha um centro de comando facilmente acessível para conseguir manter a casa arrumada.

Regras

Importante: Não é necessário ter Facebook ou blog para participar! Todos os leitores podem fazer os desafios em casa – eles apenas não terão como ser publicados no blog. As regras abaixo são para quem quiser participar nesses canais – blog e Facebook, ok?

Para participar, siga os passos abaixo:

Para leitores

  1. Inscreva-se no grupo Vida Organizada – Leitor no Facebook (obrigatório).
  2. Mudei as regras com relação à postagem das fotos para facilitar para vocês. Por favor, leiam com atenção:
  3. Poste a foto do antes (pode postar quantas quiser, mas recomendamos apenas uma, para facilitar) no álbum para fotos do antes (link aqui).
  4. Poste fotos do durante para pedir sugestões e ideias para os membros do grupo (link aqui).
  5. Quando finalizar a sua agenda da casa, poste uma única foto (ou print da tela, se for formato digital) do depois no álbum do depois (link aqui). Se você postar mais de uma foto, somente uma será escolhida e pode não ser a adequada.
  6. Fotos postadas fora dos álbuns criados no grupo para este fim não entrarão no desafio.
  7. Não poste fotos que estejam divididas com antes e depois, mas uma foto por situação (antes, durante e depois).
  8. Não é necessário usar a hashtag #desafiodeorganizacaovo, a não ser que você use Instagram. Atenção: as fotos do Instagram não entram no blog – servem apenas para interação.
  9. Poste a foto do depois até o dia 27 de março. Fotos postadas depois desse prazo não entrarão no post de resultados do desafio.

Para blogueiros

  1. Escreva um post explicando sobre o desafio de organização para os seus leitores com a foto do  antes (obrigatório).
  2. Pode escrever um ou mais posts nas semanas intermediárias documentando o seu progresso no desafio (opcional).
  3. Escreva um post sobre o desafio de organização com a foto do depois (obrigatório).
  4. Insira o link dos seus posts de “Antes” e “Depois” nos comentários DESTE POST até no máximo o dia 27 de março (obrigatório). Os blogs que não estiverem com o link do post final (do depois) neste post não serão divulgados no post com o resultado do desafio.

Por favor, é muito importante que vocês postem suas fotos no grupo ou os links nos comentários para que eu saiba quem está participando e possa divulgar os resultados de vocês no final do mês, em um post especial aqui no blog!

Quem vai participar? 🙂

Checklist de março 2015

3

O mais chocante de estar em março é já estar mexendo no tickler de abril! Posso estar escaldada com essa questão de achar que o tempo passa rápido, mas desta vez fiquei realmente chocada. O ano de 2015 está passando muito rápido! Só eu estou com essa impressão?

Segue sugestão de checklist para você ter um mês organizado:

  1. Revisar seus objetivos e ver como evoluíram até aqui
  2. Revisar suas áreas de foco na vida
  3. Dar uma olhada geral na agenda do mês e se programar para eventos, viagens e aniversários
  4. Declarar o imposto de renda
  5. Aproveitar a chegada do outono <3
  6. Ir ao teatro (e levar as crianças!)
  7. Digitalizar tudo o que puder e reduzir a papelada em casa
  8. Tirar o CPF dos filhos para declarar o IR (novas regras)
  9. Planejar um passeio legal para o feriado da Páscoa
  10. Verificar sua caixa de medicamentos e descarte os que estiverem vencidos
  11. Buscar alternativas mais baratas e tão legais quanto ovos de páscoa caríssimos de supermercados
  12. Guardar as roupas para dias mais quentes
  13. Fazer o workshop Organize sua rotina doméstica
  14. Tirar uma cópia de todos os documentos
  15. Planejar as férias de inverno

O que você pretende fazer este mês?

Editorial: Conecte-se

16
O mês de março chega com um gostinho de outono, trazendo uma brisa mais fresquinha aqui em terras paulistas. É a minha época preferida do ano e, como tal, costumo ficar bastante inspirada especialmente para escrever e me dedicar aos diversos trabalhos que tenho na vida.

Quando estive na Evernote Conference – EC4 no ano passado, uma das coisas que mais me chamaram a atenção foi a imagem principal do evento com a chamada: “o trabalho da sua vida”. Eu penso que, até muito pouco tempo atrás, a maioria das pessoas considerava trabalho como aquele emprego das 8 às 18, em um escritório ou local fechado, com chefe, ponto eletrônico e e-mails corporativos. Hoje, vejo trabalho como aquilo que eu produzo, independente do objetivo. Pode ser um emprego, como também pode ser a nova música que estou compondo ou um novo projeto de “faça você mesmo” no meu jardim. O trabalho da minha vida é tudo o que faço, produzo, com algum significado. Temos projetos.

030315-editorial

Essa definição é importante para chegarmos ao tema do mês de março aqui no blog, que é Conecte-se (saiba mais sobre os temas e os verbos da organização para entender a motivação de existir um tema por mês no blog este ano). Venho há uns bons dias refletindo sobre esse verbo para poder escrever sobre ele e definir o calendário de posts do mês inteiro. No geral, quando pensamos em conexão, logo lembramos de Internet e tecnologia. Eu quis fugir um pouco disso e pensar na conexão que temos com outras coisas também.

Afinal, nos conectamos com pessoas: nossa família, nossos amigos, filhos, namorados, namoradas. Recebemos pessoas em casa, precisamos conciliar vida pessoal e profissional, fazemos reuniões, celebramos momentos especiais. Nos conectamos com outras culturas quando viajamos para um lugar diferente ou encontramos um turista no metrô, ou recebemos um colega de outro país ou estado no trabalho, com costumes diversos aos nossos. Nos conectamos com a tecnologia, quando passamos a andar todos os dias com um celular no bolso e um fone nos ouvidos, trabalhando utilizando um computador ou tablet como interface e precisando de um imóvel maior para alocar um escritório em casa. Compramos smart tvs, smartphones e geladeiras que nos dão listas de compras já prontas. Utilizamos a tecnologia até mesmo para encontrar pessoas que não poderíamos encontrar se não fosse através dela, como o aplicativo Tinder e o site do Facebook. Nos conectamos com a natureza quando mergulhamos naquela onda quebrando em cima da gente, ou quando abrimos a janela e sentimos o vento em nossos cabelos. A conexão existe quando separamos materiais para reciclagem e fazemos carinho na cabeça do nosso cachorro. Nos conectamos com o divino toda vez que fazemos uma oração antes de dormir ou meditamos sobre a preciosidade da vida. Também nos conectamos com o mundo, quando fazemos algum trabalho voluntário ou vamos às ruas protestar por melhorias em nosso país. Estamos todos conectados.

Não podemos nos esquecer também da conexão que temos com nós mesmos. Aquele momento que olhamos para dentro para saber o que vai bem e o que vai mal – desde aquele frio na barriga quando precisamos tomar uma decisão até a necessidade de desligar o notebook e ir dormir. Precisamos relaxar, resgatar atividades que gostamos de fazer, ficar sozinho às vezes – ou aproveitar melhor os momentos com as pessoas que amamos.

E então você pode se perguntar: “o que organizar a vida tem a ver com isso?”. E eu responderei: tudo. Porque ter uma vida organizada não é sobre etiquetar pastas, mas sobre saber aproveitar o tempo que você tem. A sua vida. Os seus momentos. Por isso, em março, conecte-se. Abra-se para as possibilidades que você pode encontrar ao organizar alguns setores da sua vida. Talvez, ao fazer todos os dias um pouquinho com relação a cada um deles, você chegue em um momento de conexão plena que já não exija qualquer tipo de separação em sua mente. Você pensará na sua vida como um todo, com plena consciência dos seus papéis e responsabilidades. Vamos lá?

vo-mar-2015

Resultado do desafio de organização – Fevereiro 2015

17

Oi pessoal, tudo bem? Hoje vou postar o resultado do desafio de organização de fevereiro – organizar um cantinho de estudos. Obrigada a todos que participaram!

Vale lembrar que este é um post com o resultado dos desafios! Para acompanhar o “antes” e o “durante” dos leitores, é necessário participar e interagir no grupo do leitor no Facebook. 🙂

Vamos ver como ficaram os cantinhos de estudos dos leitores?

Assuntos do momento

53,542SeguidoresSeguir
9,380SeguidoresSeguir
29,891InscritosInscrever