21 Jun 2014

Instagram da semana {7}

210614-instagram

Essa semana foi um mix de emoções. Apesar de estar contente por começar meu novo trabalho na quarta, fiquei muito nostálgica me despedindo dos meus colegas de trabalho que me acompanharam por três anos no meu último emprego. Almoçamos juntos, demos risadas, conversamos e o importante é que as verdadeiras amizades continuam. Mesmo assim, foi meu adeus ao mundo corporativo, então fiquei emocionada.

Uma coisa não muito boa foi meu filho doentinho. Ele teve princípio de pneumonia, levamos ao pronto-socorro, tivemos que medicá-lo com antibiótico e ele ficou com muita tosse e febre. Ele já estou melhor, só com a tosse mesmo, mas tive muitas noites em claro cuidando dele. Meu marido também ficou gripado.

Gravei um podcast com a equipe da Call Daniel na terça-feira, sobre o tema Processamento no GTD. Quando entrar no ar eu divulgo aqui no blog. Também precisei fazer uma outra revisão no meu livro, pois a revisora da editoria fez algumas sugestões que eu precisei analisar e acatar ou não. Criei um novo canal no YouTube e gravei um vídeo.

Arrumei meu escritório provisório em casa com meu novo computador <3 e pude ir sozinha passear na Livraria Cultura, ficando duas horas na companhia dos livros. Quem é mãe sabe o que significa ter um tempinho só nosso para fazer algo que gosta muito.

Nossas sobrinhas estão em casa nesse feriado, e eu estou muito contente que hoje é o solstício de inverno. Está muito friozinho na sua cidade? Aqui está bem gostoso, especialmente de noite.

Quer acompanhar a postagem de fotinhos em tempo real e interagir ao longo da semana? Clique na imagem abaixo e siga o blog no Instagram:

instagram-voBom final de semana!

 

20 Jun 2014

Perguntas e respostas sobre o feng shui

Convidei a querida Wanice Bon’ávígo para voltar a participar do blog falando um pouco mais sobre feng shui. Ela respondeu algumas perguntas que eu enviei para ela e eis aqui o resultado. Espero que vocês gostem tanto quanto eu.

Por que amamos tanto o feng shui? O que ele pode fazer pela nossa casa e pela nossa vida?

Quem conhece o feng shui o adota para sempre. Essa ciência nasceu na China antiga, há aproximadamente 3 mil anos e busca integrar o homem ao espaço onde ele vive. Então, as pessoas se apaixonam mesmo pelo feng shui, porque ao aplicá-lo corretamente em suas casas, locais de trabalho, à vida enfim, percebem uma abertura em vários setores, sobretudo àqueles emperrados, mal resolvidos, indefinidos. Uma melhora na saúde, novas oportunidades surgindo, um ajuste no trabalho, benfeitorias, sentimos de fato mudanças perceptíveis, mas tudo isso são os meios concedidos pelo feng shui, pois a sua real finalidade é fazer com que cada um de nós possa expressar o seu melhor.

O feng shui faz com que o fluxo das energias esteja a favor e isso conta muito!

200614-bagua

Na prática, utilizamos um gabarito chamado BAGUÁ (ou Ba-guá), um octógono, que sobreposto à planta-baixa do terreno ou da área construída, nos mostra de forma tangível cada um dos “guás” ou setores da nossa vida. Por exemplo, se você tem uma área deficitária no guá da CRIATIVIDADE, que também responde pelos FILHOS, pode tanto ter problemas para criar em geral: alternativas, textos, etc,. como para engravidar… eu mesma já vivenciei uma situação assim em minha família e por diversas vezes nas consultorias. Interessante? Isso é só um exemplo do que o ambiente pode representar no nosso dia-a-dia. Leia mais neste post no blog da Wanice.

Cada uma dessas áreas da casa está associada a um dos 5 elementos da medicina chinesa (água, madeira, fogo, terra e metal) e num projeto de feng shui são equilibradas basicamente através de cores, formas e posicionamento de móveis, plantas, cristais e objetos decorativos. Às vezes estamos descuidando de uma parte da nossa casa ou não dando a devida atenção a ela, o que gera desequilíbrio e traz bloqueios, dificuldades naquele “guá” (setor) ao qual ela pertence. Então, sentimos que aquela energia não está presente em nossa vida ou não da forma como gostaríamos. Ao aplicarmos o feng shui saberemos o porquê. E teremos a oportunidade de melhorar o nosso espaço e consequentemente a nossa vida.

Muitas pessoas pensam que feng shui é mover os objetos, pendurar quadros e inserir elementos específicos na decoração. Esse é um mito? O que o feng shui é de verdade?

Thais, para compreendermos bem o papel do feng shui em nossas vidas, precisamos nos reportar à filosofia taoista, que considera que toda a nossa existência se baseia numa tríade: CÉU – HOMEM – TERRA.

Quando falamos em CÉU, falamos daquilo que trazemos ao nascer: nossas características, a saúde herdada, habilidades, talentos, assim como nossas dificuldades, desafios, obstáculos que precisamos transpor. Por isso é muito importante um estudo NUMEROLÓGICO ou astrológico, pois temos um diagnóstico preciso do que trazemos em nossa bagagem natal. É possível também conhecer os melhores períodos da nossa vida para determinados setores – isso a Numerologia orienta com muita propriedade.

O segundo pilar compete ao HOMEM, seu livre arbítrio, aquilo que alimentamos em nossa caminhada, onde colocamos nossa energia, de que forma usamos o nosso tempo, nos aperfeiçoamos, atribuímos um real significado à nossa passagem pelo planeta, enfim, eu acredito que essa segunda influência tenha a ver com evolução de consciência, pois envolve liberdade e responsabilidade e é também onde podemos realizar mais mudanças.

A terceira influência, a TERRA, diz respeito ao AMBIENTE em que vivemos. É aí, justamente que entra o FENG SHUI. O ambiente natural que escolhemos para viver (tecnicamente chamamos de “entorno”), bem como a área construída, precisa ser favorável, para que possamos receber o melhor, seja em termos de saúde, trabalho, finanças, amor, espiritualidade, família, amigos e viagens, criatividade e filhos, enfim, todas as energias que nos permeiam e nos trazem a merecida realização. Muitas vezes temos tudo para a ao sonhada “prosperidade”, mas vivemos num ambiente que nos “sabota”. Aplicar o feng shui em nossa casa ou ambiente de trabalho traz melhorias significativas para nossa vida.

Imagem: Graça e Saber

Imagem: Graça e Saber

Como vemos esses 3 pilares interagem por todo o tempo, nos sustentam e precisam estar em harmonia, equilíbrio. Acho fantástico o feng shui, pois ele consegue corrigir, neutralizar energias maléficas que contribuem para o nosso insucesso e ao mesmo tempo estimular, ativar energias positivas que vão nos levar à plenitude, à realização de nossos objetivos. E isso envolve mais que reposicionar móveis, aplicar cores, talismãs ou objetos decorativos. As construções sofrem influência de tudo que foi falado, pensado, sentido, enfim, as paredes têm memória e muitas vezes precisamos reprogramá-las, entendendo que há casas que prejudicam pessoas e pessoas que prejudicam casas. Aí entra a nossa responsabilidade! A qualidade do entorno também influencia muito na vida dos moradores: morar perto de cemitérios, hospitais, delegacias, torres de transmissão e outros inimigos é também um fator determinante para adoecer o ambiente. Aí entra o feng shui, suas proteções, limpezas energéticas, (cada uma com sua indicação), a melhor posição para os móveis, cores favoráveis, etc.

Viver num espaço sagrado permite-nos manifestar todo o nosso potencial.

Qual a relação entre o feng shui e a organização da casa? Uma casa limpa e organizada facilita o papel do feng shui?

Arrumação, limpeza, organização, destralhamento da casa são aspectos fundamentais para a boa circulação de energias positivas e impedimento para que a energia negativa se estabeleça. É uma questão de atitude. (Veja este post no blog sobre destralhamento da casa e sua relação com o feng shui)

O efeito da desordem ou acúmulo de objetos em certos pontos de um ambiente tem efeitos incríveis. Conhecendo-se os guás da casa, de acordo com o Baguá, vamos ver que a desordem, bagunça, sujeira, quando posicionadas em um deles, são representadas na vida dos moradores como  bloqueios, instabilidade, transtornos naquela área com a qual o guá se relaciona. Até mesmo os móveis muito grandes ou atrás de portas, no meio de corredores, em locais onde se tornam empecilhos para o fluxo do CH’I (ENERGIA VITAL) podem explicar porque a vida das pessoas emperra. É preciso deixar o Ch’i fluir!  E sempre atrair o bom ch’i, de saúde, de vitalidade, para que possa nutrir o nosso lar. Um ambiente limpo, organizado, livre de lixos físicos e energéticos é condição básica para que se fixe o feng shui.

Imagem: Fresh Home

Imagem: Fresh Home

Nossa casa é um organismo vivo onde tudo precisa funcionar bem e cumprir sua função. Vazamentos, aparelhos quebrados, lâmpadas queimadas, objetos sem uso, poeira, portas e janelas emperradas constituem  pontos de doença no nosso espaço, por isso em muitas culturas o feng shui é tratado como “medicina do ambiente”. Analisar o que acontece com uma casa, nos conta o que possivelmente está acontecendo ou para acontecer com seus moradores – á a metafísica da casa.

Olhar para o seu redor e encontrar tudo bagunçado, desorganizado é olhar para dentro de si e encontrar o mesmo, afinal, o que está dentro, está fora…Ou uma frase que eu gosto muito do Mestre Lin Yun, idealizador do Feng Shui do Chapéu Preto:

“QUANTO MAIS PRÓXIMO DE VOCÊ ESTIVER UMA PARTE DO AMBIENTE, MAIOR É O IMPACTO QUE ELA TEM SOBRE SEU CHI.”

A  verdadeira essência do Feng Shui é acumular o bom ch’i (energia positiva), sem permitir que ele fique estagnado;  talvez por isso os fengshuistas defendam tanto a ideia do “menos é mais” (less is more) – feng shui é uma filosofia de vida, é processo, é amor.

Gosto muito de um post que falo de Leonardo Boff (adoro) e suas considerações sobre feng shui.

Muito obrigada, Wanice, pelas suas considerações sempre preciosas! Espero que os leitores tenham gostado também. Quem quiser ler mais informações sobre feng shui, pode acessar o blog da Wanice e ler os maravilhosos textos que ela posta diariamente sobre o assunto. Vale a pena.

Obrigada por tudo, pessoal.

19 Jun 2014

Novo canal do blog no YouTube + vídeo

Olá pessoal! Espero que estejam tendo um bom feriado! Hoje vim convidar vocês a seguirem o novo canal do blog no YouTube, que vocês podem conferir clicando aqui!

Aproveitei para gravar um vídeo respondendo a TAG: Espelho, espelho meu, com 16 respostas aleatórias sobre mim.

Estou muito contente com a inauguração desse novo canal porque é um espaço onde poderei postar muitos vídeos sobre assuntos relacionados ao blog ou não. Um cantinho meu mesmo. Espero que gostem dessa nova fase, do novo canal e o sigam para conferir as novidades que vêm por aí.

Obrigada!