ou

Todo mês gosto de acompanhar os lançamentos das editoras e sempre compro livros para caramba, então achei legal fazer aqui no blog um post com frequência mensal mostrando os lançamentos que tenham a ver com os assuntos tratados no blog. Espero que seja útil para indicações legais de leituras para vocês.

“Os 5 desafios das equipes”

OS_5_DESAFIOS_DAS_EQUIPES__144632438051620SK1446324380B

Autor: Patrick Lensioni
Editora: Sextante

Recém-contratada, a CEO Kathryn Petersen precisa gerenciar um grupo de executivos que é desunido a ponto de afetar a empresa inteira. Será́ que ela resolverá os problemas de relacionamento, ou enfrentará resistência e será demitida?

Os cenários e personagens são bastante familiares, como o funcionário talentoso que não joga para o time; um gerente proativo que assume o trabalho dos outros e com isso não se dedica à própria função; e um executivo cuja maior ambição é roubar o lugar do chefe.

Ao longo da historia, o autor oferece instruções claras e diretas para superar os obstáculos que minam o trabalho em grupo: a falta de confiança, o medo de conflitos, a falta de comprometimento, evitar responsabilizar os outros e a falta de atenção aos resultados. Ele também inclui um rápido questionário para que você possa avaliar a própria equipe e identificar o melhor caminho para retomar o sucesso.

“Uma pergunta por dia”

UMA_PERGUNTA_POR_DIA_1446067123533913SK1446067123B

Autor: Potter Style
Editora: Intrínseca

Todos os dias criamos uma imensa quantidade de registros em celulares, redes sociais e aplicativos. No entanto, quase nunca temos o hábito de retornar a eles. Às vezes podem parecer só besteiras, mas quantos desses relatos não mostrariam nosso crescimento e nossas mudanças em todos esses anos?

Uma pergunta por dia convida você a registrar suas respostas a uma variedade de questões, das mais simples às mais complicadas, como “Para onde você quer fazer sua próxima viagem?” ou “Escreva a primeira linha da sua autobiografia”. Em cada página há espaço para cinco respostas, uma por ano, ao longo de cinco anos. Com o passar do tempo, quando voltar a um dia já anotado, o dono do diário encontrará seus pensamentos anteriores, num exercício divertido e construtivo de recordar e refletir.

Depois das primeiras páginas fica impossível parar, e as possibilidades são infinitas: comece agora mesmo, não importa que dia é hoje; responda sozinho, com o melhor amigo ou com um grupo inteiro de amigos; um casal pode registrar junto suas respostas, cada um em seu livro ou num livro só. Respondendo, relendo, guardando para si ou compartilhando, a brincadeira funciona como uma verdadeira cápsula do tempo – termine um ano, inicie outro e redescubra a cada página um novo eu.

“Roube como um artista – o diário”

_ROUBE_COMO_UM_ARTISTA_O_DIR_1446577513534744SK1446577513B

Autor: Austin Kleon
Editora: Rocco

Depois de Roube como um artista, um manifesto irreverente e repleto de dicas bem-humoradas para ativar o potencial criativo do leitor, o escritor e artista gráfico Austin Kleon reúne em Roube como um artista: o diário mais de 200 páginas de atividades práticas – e divertidas – para quem deseja se libertar do fardo de tentar ser completamente original e acolher as influências que estão por aí para criar e desenvolver as próprias ideias, trabalhar e viver de forma mais criativa. São exercícios como elaborar listas sobre seus gostos, medos e interesses; registrar seus sonhos todas as manhãs; reescrever citações e histórias de maneiras diferentes; imaginar diálogos para cenas de programas de TV ou para histórias em quadrinhos e outros tarefas diárias que ajudam a identificar suas referências e cavoucar ideias e talentos por vezes adormecidos.

“Dieta dos casais”

dieta-dos-casais

Autora: Patricia Davidson Haiat
Editora: Sextante

Dizem que o amor engorda, mas é igualmente verdade que, quando um casal faz planos juntos para emagrecer e adotar hábitos saudáveis, a motivação é muito maior e eles alcançam resultados surpreendentes. Munida de sua experiência clínica e das pesquisas mais recentes sobre alimentação, a nutricionista Patricia Davidson Haiat aceitou o desafio de montar um plano alimentar prático e acessível com base na Nutrição Funcional para ser feito a dois. Levando em conta as diferentes necessidades nutricionais de homens e mulheres, e respeitando as particularidades hormonais e psicológicas de cada um, este livro oferece:

-um plano em três fases para emagrecer até 2 quilos por semana

-mais de 130 receitas fáceis e deliciosas para preparar e desfrutar a dois

-sugestões de alimentos funcionais indicados por gênero e faixa etária

-estratégias para integrar o programa à sua rotina

-depoimentos de casais que emagreceram juntos

Transformar o corpo e a relação com a comida fica bem mais fácil e sustentável em boa companhia. E os benefícios da Dieta dos Casais vão muito além da perda de medidas: mais saúde, disposição e cumplicidade para curtir a vida ao lado de quem você ama.

“Geração de valor 2”

geracao2

Autor: Flávio Augusto da Silva
Editora: Sextante

O primeiro Geração de Valor vendeu mais 100 mil exemplares em apenas um ano de publicação.

Nascido em uma família simples, com 18 anos Flávio Augusto da Silva decidiu decretar sua independência financeira e começou a vender relógios. Cinco anos depois, criou uma escola de inglês que se transformaria na famosa rede Wise Up e, em pouco tempo, passou a figurar entre os bilionários mais jovens do Brasil.

Mas ele ainda não estava satisfeito. Queria fazer as pessoas entenderem que o sucesso é uma fórmula exata que todos podem aprender, desde que estejam dispostos a desafiar o pensamento corrente e desenvolver uma mentalidade vencedora.

Para isso, idealizou o projeto Geração de Valor e passou a difundir sua experiência vitoriosa no Facebook, no Twitter, no YouTube, em um blog e no livro Geração de Valor, que logo se tornou um best-seller.

Agora ele lança o “Geração de Valor 2”, uma nova coletânea de textos e charges inspiradores. Siga as dicas deste livro e não espere nem mais um dia para ir atrás dos seus sonhos.

“Extraordinariamente”

extraordinariamente

Autora: Sharron Lowe
Editora: Gente

Não há coisa pior do que enxergar quem você é agora e comparar isso com quem poderia ter se tornado. Este livro existe para ajudar as pessoas que se veem frustradas, ou que estão inseguras e não se sentem no controle do próprio futuro profissional e, portanto, não acreditam que podem obter o que querem. E, sobretudo, este livro se destina a quem está exausto, sentindo-se apático e sem energia, dinamismo e entusiasmo.

Sharron Lowe é coach de marcas globais de luxo como Chanel, Calvin Klein, Estée Lauder, Clinique, Parfums Christian Dior e Lancôme, e desenvolveu técnicas para transformar essas marcas e as pessoas que trabalham nelas, tornando-as verdadeiras máquinas de sucesso e poder. Depois de ter milhares de clientes transformados, Lowe apresenta neste livro um método para que você também se transforme e crie um sucesso à prova de revezes.

Lembre-se do lema da autora: Se você constantemente repete suas ações, sempre obterá os mesmos resultados. Identifique sua essência e seus pontos fortes; Faça seu plano de virada de vida; Treine sua mente para atingir seus objetivos; Tenha a confiança de um verdadeiro campeão; Aprenda a diferença entre ser eficiente e eficaz: e seja os dois! “

Sharron é uma das maiores motivadoras e influenciadoras do Reino Unido, e é por isso que estamos muito felizes em tê-la como mentora da Marie Claire. Ler Extraordinariamente é como ter a Sharron ali ao seu lado enquanto você faz a jornada para mudar sua vida para melhor.”

Todos os livros acima podem ser encontrados nas principais livrarias físicas e pela Internet.

Thais Godinho
09/12/2015
Veja mais sobre:
6
Como acabar com a bagunça
9 atividades de organização para você fazer em um final de semana tedioso
Como você guarda seus artigos de frio?

Acho que nessa época do ano todo mundo fica mais ligado em dinheiro porque recebe o décimo terceiro, está se planejando para o Ano Novo e tem também uma época de grande consumo, que é o Natal. É inevitável ver a reação da maioria das crianças com o “compra compra compra” para os presentes de Natal, então como podemos ensinar aos nossos filhos a não serem consumistas? É uma construção, claro, mas aqui vão algumas dicas para ajudar nesse processo:

  1. Para começar, dê o exemplo. De nada adianta falar para o filho que não pode gastar com um brinquedo se você vive fazendo compras ou volta do shopping cheio(a) de sacolas. Mais do que dar o exemplo, é ser coerente com o que ensina. Nada de hipocrisia dentro de casa!
  2. Seja sempre sincero(a) com seus filhos. Não tem nada de mais dizer “mamãe não tem dinheiro agora” ou “não vale a pena pagar tão caro por isso” ou até mesmo “estamos guardando dinheiro para viajarmos juntos”. Você pode ir além com “papai não pode gastar porque precisa pagar algumas dívidas” ou “não precisamos disso, melhor não gastar esse dinheiro”. As crianças entendem mais do que você imagina.
  3. Peça ajuda nas compras do mercado. Façam uma lista juntos. Peça ao seu filho para ajudar a verificar o que falta em casa e anotar na lista. Façam compras juntos e ensine-o a comparar os preços, ver o tamanho das embalagens etc. Faça das compras um jogo para eles, explicando as regras.
  4. A partir dos 6 anos (ano de entrada no Ensino Fundamental e aprendizado de conceitos básicos de matemática), comece a dar mesada. Nessa idade, separe a mesada do dinheiro usado na cantina escolar. Vale a pena dar 1 real por idade da criança por semana. Ou seja, uma criança de 6 anos ganharia 36 reais de mesada por mês, o que acaba sendo suficiente para comprar balões no shopping, um brinquedo mais barato ou guardar para comprar algo mais caro depois. A partir dos 11 anos, você pode dar a “mesada” por semana. Ensine seu filho que, para o dinheiro durar todo o mês, ele precisa aprender a distribuir os gastos. E, se quiser algo mais caro, precisa guardar uma parte.
  5. Doe brinquedos, livros e roupas e envolva seus filhos nesse processo. É importante ensinar que outras pessoas precisam mais do que nós e que somos privilegiados pela abundância. Assim, eles podem aprender o valor das coisas e a fazer compras conscientes mais tarde – produtos de qualidade que durarão mais e a comprar aquilo que realmente querem ou precisam.

E você, como costuma ensinar seus filhos a não consumirem nem quererem consumir? Poste nos comentários.

Thais Godinho
08/12/2015
Veja mais sobre:
8
Para entender um pouco da Thais como blogueira e do Vida Organizada
Sugestão de cardápio para a semana de 27 de agosto a 2 de setembro
Rapidinhas: Organize seu inventário

Eu não quero usar a palavra “crise” porque ela tem sido usada tanto ultimamente, para tudo, que ficou até banalizada. Prefiro dizer então que passamos por momentos difíceis, e que muitas vezes o que acontece no mundo, na economia, se reflete em nossos astral e em nossos sentimentos. Não é fácil viver bem sabendo que pode ser mandado(a) embora ou vendo crianças sírias sendo assassinadas na Europa no noticiário. Como a gente consegue passar por isso e ainda se manter bem, dentro do possível? Algumas sugestões:

Atenha-se aos seus valores

O que é importante para você? Quais seus princípios? O que te faz feliz? O que te deixa triste? Será que o seu dia a dia reflete os seus valores, gostos pessoais, desejos e motivações? Não sei se é exatamente hora de mudar (para mim, sempre é… a vida é uma mudança constante), mas a reflexão pode ser válida. Especialmente porque, no dia a dia, ao tomar decisões, esses valores fazem toda a diferença. Aí você também pode se desfazer do que não faz mais sentido para você e manter apenas o essencial, o que já é uma quantidade menor de coisas para se preocupar. Foco é importante.

Pare de falar em crise

Já falei sobre isso aqui no blog. Não estou “negando” a crise. Só estou sugerindo que a gente pare de focar nisso. Acredito muito em energias e acho que tudo o que a gente fala, a gente atrai. Quanto mais focamos no lado negativo das coisas, mais perturbada nossa mente fica com esse assunto e até a paciência e a esperança ficam menores no dia a dia.

Não brigue por política

Ser engajado(a) é legal, é excelente, mas as pessoas pensam diferente uma das outras e ideologia política é algo que se constrói com a vida, não algo que você muda porque ouviu a opinião de outra pessoa. Logo, não insista. Deixe cada um pensando da sua maneira. Se for trocar ideias, seja respeitoso(a). Não tolere desrespeito também. Não vale a pena manter por perto quem nos faz mal.

Não estagne a sua vida

Com tantos acontecimentos, é normal bater uma insegurança. No entanto, prossiga com seu planejamento. Investir em um curso, fazer um intercâmbio, procurar um emprego melhor, tirar férias. Não deixe tempos ruins paralisarem a sua vida por completo. Continue com seus planos. No final das contas, não existe estabilidade nunca. Tudo pode mudar a qualquer momento, com a economia em uma fase difícil ou não. Essa é a vida. Se você desanimar, não conseguirá sair do lugar. Ajuste suas metas à situação.

Descanse mais

A ansiedade não prejudica só a nossa mente, mas também nosso corpo (tudo está relacionado). Portanto, priorize mais seu descanso, suas horas de sono, seus momentos de lazer. Talvez valha a pena fazer um esforço extra aqui, agendar uma massagem, programar uma viagem, ir ao cinema, passear no parque, fazer coisas que normalmente você não faz por “falta de tempo”.

Guarde mais dinheiro

Muito do estresse vem da insegurança, especialmente financeira. Se isso te fizer melhor, guarde mais dinheiro do que está habituada(o). Procure reduzir gastos supérfluos, o que é uma boa prática financeira em tempos difíceis ou não.

Vamos cuidar de nós mesmos e ficar bem.

Thais Godinho
07/12/2015
Veja mais sobre:
7
A vida é simples
10 maneiras fáceis de economizar dinheiro
Separe a sua papelada para o imposto de renda