Mães que trabalham fora

Manter a vida organizada é um eterno desafio porque as situações mudam e precisamos adaptar o tempo todo. Hoje mesmo: agora é mais de meia-noite e eu estou postando no blog. Por quê? Simplesmente porque o meu filho está com tosse e acordando a cada tossida. Preciso ficar de olho nele e, mesmo revezando com meu marido, é cansativo para todos. Como manter a ordem em meio ao caos, então?

Quando nosso filho nasceu, foi necessária uma verdadeira revolução na nossa rotina para nos adaptarmos – o que é comum a todos os pais. Quando eu voltei a trabalhar, eu entrei na categoria “mães que trabalham fora” e pude sentir na pele o drama de muitas mães que não sabem como se organizar no dia-a-dia. Não é fácil, demanda disciplina, força de vontade e desapego.

Desapego porque você precisa aceitar que a casa não ficará perfeita na maior parte do tempo, a roupa do seu filho nem sempre estará combinando e recolher os brinquedos somente uma vez por dia não fará mal a ninguém.

Depois que voltei a trabalhar fora, retomei um hábito que tinha abandonado faz tempo: organizar minha agenda de acordo com os horários. Aquela coisa de fazer determinada tarefa das 7h às 7h30, por exemplo. Nunca gostei de me organizar assim porque é um sistema de certa forma inflexível, mas hoje em dia é fundamental para o bom andamento de tudo em minha vida.

Algumas coisas que eu aprendi nos últimos dias:

– Separe sua roupa na noite anterior. Não importa o quão cansada você esteja, é sempre melhor fazer isso antes de dormir a perder tempo pela manhã. Eu não sei vocês, mas eu perco um bom tempo fazendo isso, então se deixar para fazer de manhã eu realmente vou me atrasar e me desesperar.
– O mesmo vale para a bolsa: deixe tudo pronto ou separado. Se precisar usar algo antes de guardar, deixe um papel com uma listinha do que não pode esquecer em cima. Geralmente eu faço isso com o celular, que deixo carregando em outro lugar.
– Planeje o cardápio da semana com antecedência e faça todas as compras pensando nele. Pense não só nas refeições principais, mas nos lanches. Deixe tudo separado na noite anterior.
– Divida as tarefas com as outras pessoas que moram com você, claro. Ninguém é obrigado a fazer nada sozinho pelos outros.
– Crie uma lista de tarefas diárias – aquelas que, se você não fizer, a casa fica sem condições. Eu mantenho tudo bem simples, como arrumar as camas, trocar as lixeiras, lavar a louça e outras tarefas do tipo. Isso manterá a sua casa em ordem durante toda a semana.
– Não vai dar para fazer tudo ao mesmo tempo. Tenha prioridades.

Veja também um post que fiz com 15 dicas de produtividade para mães que trabalham fora.

Thais Godinho

Organizadora profissional e publicitária, criou o blog para ajudar as pessoas a se organizarem.

Mais posts - Website

7 Comments

  1. Mirta
  2. Valéria
  3. suely

Responder