ou

Muitas vezes, ao final de um curso que eu ministro ou palestra que realizo em algum evento, os leitores do blog vem conversar comigo. É sempre um momento muito bacana e eu consigo perceber algumas ideias que podem ser abordadas em formato de textos aqui no blog. Por exemplo, algo que eu ouço muito (e leio nos comentários) é: “Thais, sinceramente, eu amo o seu blog. Adoro as suas dicas – você faz parecer tão fácil… Eu já entendi como é legal ter uma vida organizada, e já sei o que isso significa. Mas eu realmente não sei como fazer. Como começar. O primeiro passo.”

Se você acompanha o Vida Organizada, lê livros e outros blogs sobre organização e sente que nada mudou, que precisa de um empurrão, este texto é para você.

A recomendação que eu costumo dar é sempre essa: em primeiro lugar, não se cobre tanto. Sua vida não ficou como está da noite para o dia e nem mudará completamente do dia para a noite. Não existe um ponto zero onde começamos a nos organizar e um ponto final onde dizemos: “ufa, agora sim sou uma pessoa organizada!”. A vida muda a todo momento. Quando nos consideramos organizados, acontece uma mudança e nos tira dos eixos novamente. Então a primeira coisa a se ter em mente é que não existe um ponto final na organização. Ela é uma habilidade para a vida.

Em segundo lugar, leia os textos do blog, todos os dias. Implemente uma coisa que achou legal e viável. Acostume-se com ela. Depois, implemente outra coisa. E assim por diante. A organização resulta da consistência – não de um extreme makeover feito em um único final de semana.

E, por mais que você leia e goste do blog (o que eu agradeço), o que vai fazer realmente diferença na sua vida é colocar a mão na massa. É ver o post sobre planejamento do dia, abrir sua agenda e começar a testar. É ler sobre menu semanal, pegar uma folha de papel e começar a montar o seu. Com erros, com acertos. É uma construção. Mas você precisa começar.

Ler os posts, fazer cursos, participar de workshops são ações maravilhosas que nos trazem conhecimento, troca de experiências e dão motivação. É ótimo participar deles. Mas o que você aprendeu no dia não pode morrer ali. Ler sobre destralhar não é a mesma coisa que pegar um saco preto de plástico na mão e ir colocando roupas e objetos dentro para doar. E, quando você fizer isso, vai entender a diferença. Também vai ver como dá vontade de continuar, de fazer mais. Aí eu volto para a questão de não se cobrar tanto. Destralhar a casa hoje por 15 minutos é melhor do que não ter dado um passo sequer no seu caminho da organização pessoal.

Navegar no Pinterest, ver aquelas ideias maravilhosas de artesanato e faça-você-mesmo, ler revistas de decoração, podem nos colocar na mente que existe um ideal a ser atingido. Não há. E eu mesma sou péssima com artesanato. Mas me chame para organizar um projeto. 🙂

Aqui no blog você encontra mais de 1800 posts – e isso porque fiz uma limpa recentemente. Ler todos os textos não é o suficiente para você transformar a sua realidade, apesar de eu saber que a mudança do estado mental e a motivação são fundamentais nesse processo. Só quero dizer que isso não é suficiente. Ler, trocar ideias, postar dúvidas no grupo no Facebook, comentar aqui, ler depoimentos – tudo isso é realmente maravilhoso. E mudar a mente muda todo o resto. Então, liberte a sua mente. Se ficou empolgada com um artigo, tente experimentar o que ele indica! Não tenha medo de fazer errado! Tente!

Como diz um velho provérbio chinês: “um bom discurso não cozinha o arroz”. A água na panela já está fervendo. Não perca a oportunidade de lidar com ela agora.

Thais Godinho
Veja mais sobre:
15 minutos, Em casa, Organizar
31
Como ficar sem papéis em casa: cozinha
O que é a técnica Pomodoro e como utilizar
Minimalismo para mim

 

  1. Regiane 20/04/2016

    Que post incrível, Thais!!! Muitas respostas que tenho buscado ultimamente estão vindo de uma forma tão surpreendente que parece inacreditável!!
    Obrigada por ser um dos instrumentos de Deus/da Vida/do Cosmos a me trazer essa clareza.
    Bjs

    • Thais Godinho respondeu Regiane 20/04/2016

      Eu que agradeço.

  2. Jacqueline 20/04/2016

    Olá Thais, realmente temos que colocar a mão na massa, eu fiz seu workshop aqui em Curitiba, sou leitora assídua do blog e também uma mega desorganizada kkk, mas depois que resolvi colocar em pratica tudo o que li e que aprendi no workshop, estou mais organizada, mas, o começo não é fácil, o que coloquei em pratica de inicio foi ter somente uma agenda, eu tinha duas pro trabalho e pessoal, e vc disse que era importante ter somente uma, comecei 2016 somente com uma agenda, ainda não consigo fazer todo aquele planejamento pessoal, mas já não tenho esquecido tantas coisas. Outra coisa que me readaptei foi com compras do mercado, faço a lista e depois a compra, isso realmente não fazia ia no mercado e comprava coisas de cabeça, geralmente dava tudo errado kkk, agora isso já está organizado.
    Também coloquei em pratica a organização da pia da cozinha, nunca ir dormir com a pia suja, isso realmente mudou minha vida. Pra mim vale uma coisa de cada vez, tento me adaptar com uma coisa primeiro e depois vou acrescentando as outras. Thais muito obrigada!!!!! bjs até…..

    • Thais Godinho respondeu Jacqueline 20/04/2016

      Muito legal você compartilhar como está fazendo. É isso aí – é uma construção e a gente vai fazendo aos poucos. Muito obrigada por comentar.

  3. Carol Della Méa 20/04/2016

    Oi, Thais!!
    Isso mesmo, eu vivo essa experiencia.Estou começando agora, já comprei o livro A Arte de fazer acontecer e estou lendo, já estava aplicando algumas coisas no meu dia a dia, baseado nas leituras que fiz no seu blog, porém é tão, mas tão difícil mudar os hábitos, que as vezes eu penso que não vou dar conta, pois no inicio se parece com um jogo, você precisa jogar várias vezes até saber como funciona tudo.Eu havia começado e nas primeiras semanas já vi resultados incríveis, minha mente estava tranquila , acabei por relaxar um pouco e aqui estou eu novamente começando de novo.Mas eu quero fazer até que eu acerte em mudar os meus hábitos, até que minha mente esteja leve e livre para viver.Eu chego lá!!!!

    * Eu adoro ler o seu blog, pois é tudo que você posta é algo aplicável, basta escolhermos aquilo que mais nos identificamos.Confesso que seu blog é motivo de inspiração e sinto que sempre que leio assuntos relacionados a organização eu me motivo e fico mais disposta a criar bons hábitos.

    • Thais Godinho respondeu Carol Della Méa 20/04/2016

      Que legal, muito obrigada por compartilhar, Carol!

  4. Lorrene 20/04/2016

    O livro “Equilíbrio e Resultado” do Christian Barbosa, nos primeiros capítulos, trata justamente porque sabemos o que tem ser feito, como devemos fazer mas não fazemos. Surpreendeu-me pois eu achava que iria ser mais um livro sobre como fazer (e ele trata isso nos outros capítulos) todavia o fato dele ter escrito sobre nossos hábitos, há um capitulo inteiro sobre procrastinação, e ter se preocupado em falar da saúde, dos maus vícios e como resolver essas questões valeu mais que a proposta central do livro.

  5. Raquel 20/04/2016

    Genteee, pq quando nós entramos nesse mundo de organização, ficamos pilhados, noiados, pirados e só pensamos nisso? É normal? rs
    Fiquei um tempo bem bitolada (mais com a organização da casa mesmo) com este assunto, (será tlvz pq queria ver um resultado rápido? num passe de mágica?).

    E o q compreendi é, que é preciso FOCO, e começar!!! … pois é uma manutenção que não tem fim, constante.

  6. Jurema 20/04/2016

    Olá Thaís,
    Cai como uma luva para mim este post. Durante algum tempo acompanhei seu blog e tenho muita coisa impressa de todos os posts relacionados à organização. Porém, não passou disso: imprimir e engavetar… Vou reler o post e tentar, mais uma vez.
    À propósito: amo artesanato, sou artesã nas horas vagas e o que mais me tortura nesse quesito é que nunca consigo ter horas vagas para as minhas artes!
    Beijo
    Ju

  7. Pamela 20/04/2016

    Oi, Thais! Adoro seu blog e desde que comecei a aplicar suas dicas passei a ser uma pessoa mais tranquila! sei que não preciso me matar para fazer tudo de uma vez mas todos os dias preciso fazer alguma coisa.bjus

  8. Luciana 20/04/2016

    Encontro-me na mesma situação: desde 2013 tento me organizar, pois fiquei encantada com as ideias e resultados que vejo aqui e em outros blogs. Ainda não consegui colher bons frutos. Mas este post me deu esperança. Preciso ir devagar e perseverar. Consistência é a chave, assim como bloquear o sentimento de imediatismo que causa tanta ansiedade e frustração. Obrigada.

  9. Shânkara Martins 20/04/2016

    Que “tapa” na minha cara. Haha Tenho um defeito que é querer que tudo já comece do jeito “ideal”. Exemplo: bullet Journal, estou pra começar desde o post sobre, e até agora não comecei por que não achei o caderno “perfeito” ainda, mesmo você tendo dito no post que qualquer caderno serve. :/ Isso do Pinterest é muito verdade também, a gente acaba tendo uma ideia deturpada de que é normal e fácil que as coisas sejam perfeitas e lindas como é retratado lá. Acabamos colocando as expectativas lá em cima e, se não dá certo, rola aquela frustração. E aí ficam montes de projetos inacabados e você tem a sensação de que não está progredindo no processo. Quem sabe aplicando o que aprendi NESSE post, o resto flua mais. Obrigada!

  10. Érica Rodrigues 20/04/2016

    Pra mim a organização é um processo.
    Tenho incorporado conceitos, lido muito sobre o assunto e me motivado. Já facilitei e muito minha vida com várias das dicas e embora esteja longe da perfeição (ainda bem),sinto bons resultados.

  11. Carol Monterisi 20/04/2016

    Thais, leio seu blog há muitos anos (nem lembro quando comecei) e hoje consigo dizer que sou uma pessoa organizada. Ainda tem um monte de coisa que quero implementar e aperfeiçoar no meu sistema, mas já consegui dar a virada e desenvolver essa habilidade da organização.

    Não foi rápido. Também não foi fácil, bati muito a cabeça no começo.
    Tenho uma natureza meio caótica que odeia se comprometer com planos – mas hoje já consigo (com a organização) planejar e realizar. E cada dia um pouquinho mais.

    Obrigada por todas as suas dicas e ideias.
    Sou fã do blog e de você <3

    Beijos

  12. Ju 20/04/2016

    Thais, vc é maravilhosa parece iluminada tudo que eu precisava ouvir.Desde 2013 venho tentando organizar, o desapego é a parte mais complicada, mas consegui me livrar de livros, roupas, uma coisa de cada vez.

  13. ANDRESSA SEBOLD DE LARA 20/04/2016

    Me definiu em um post rsrsrs!
    Fiz exatamente isso, leio seu blog a 2 anos desde que estava noiva e nunca “parei pra começar”, mas comecei minha nova vida de casada infinitamente mais organizada do que eu era a 2 anos atrás, mudei minha relação com meu email… destralhei um monte de coisas… uso menu semanal… meu guarda roupas foi de 6 pra 1 porta sem crise… aprendi a usar agenda, e principalmente saber a diferença entre agenda e tarefas mudou minha vida hahaha
    Obrigada Thais!
    isso que eu nunca comecei… imagine quando eu começar rsrsrs

  14. Cássia 20/04/2016

    Estou lendo Organize Tomorrow Today e gostando muito. Fica a dica!

  15. Valéria Martins 20/04/2016

    Obrigada Thais, eu precisava ler isto! Também sou dessas, me empolgo, preparo tudo e … nada! Mas agora vai, quero fazer acontecer… Obrigada pela ajuda.

  16. JPA 21/04/2016

    A organização é um processo de autoconhecimento.
    Eu sou uma “bagunceira-organizada”, me distraio com facilidade e tenho tendencia a acumular coisas.

    Seu blog é recheado de dicas otimas e metodos de organização interessantes.

    Eu aprendi a usar as dicas “Dá pra resolver em 2 minutos? Faça agora” e “20min cronometrados para organizar a casa e/ou um cômodo” em vários aspectos da minha me sinto melhor por isso.

  17. ana soares 22/04/2016

    Esse post = injeção de ânimo <3

  18. Sofia 23/04/2016

    Olá Thaís!
    Desculpe a pergunta, mas como Você faz para organizar grandes projectos em termos de trabalho?
    Lido com projectos que demandam muitas acções e que se prolongam com frequência no tempo. Como são muitos em simultâneo, gostava de ter uma checklist do que devo ter em conta para organizar um projecto.
    Obrigada mesmo pelo Seu trabalho diário! Faz-me ver que há luz no fundo do túnel!
    Bjos

    • Thais Godinho respondeu Sofia 24/04/2016

      A sua pergunta é muito legal e pertinente, Sofia. Obrigada por postar.
      Se me permite, vou responder em formato de post, pois a resposta terá bastante coisa e pode ajudar outros leitores. 🙂

      • Sofia respondeu Thais Godinho 25/04/2016

        Obrigada eu, Thaís!
        Um beijo

  19. Lu Matielo 23/04/2016

    A Thais vem sempre com as palavras apropriadas para cada momento. Em novembro sai de férias e comprei vários livros sobre organização. Comecei pela Arte de fazer Acontecer e foi um marco na minha vida. Consegui fazer várias coisas: organizei todos os cantinhos da casa, anotei tudo o que precisava ser feito, distribui tarefas, voltei a ter um controle financeiro efetivo, organizei os e-mail da empresa, retomei minha rotina de estudo e até criei um blog que era uma vontade que nunca saía do papel… mas de repente a rotina quer me engolir de novo. É nestas horas que volto para cá para me inspirar e retomar meus projetos. Muito obrigada Thais! Desejo muita inspiração para você para continuar compartilhando suas experiências.

  20. Sabrina 17/05/2016

    Olá Thaís, ja disse em seu blog q distribui suas tarefas domiciliares ao longo do dia , encaixando – as entre as tarefas profissionais. Vc poderia fazer um descritivo de como faz isso e, por 3 ou 4 dias, descrever esta distribuição (hora a hora)?

    Para mim, que tenho muita dificuldade de planejamento, seria uma otima forma de visualizar a sua organização na pratica.

  21. Lilian Lai 18/05/2016

    Thaís, amo seus textos. Tanto pelo conteúdo e pela forma que escreve. É o momento de paz do meu dia. Muito obrigada!

  22. Marcelo 24/05/2016

    Olá Thais,
    Fiz o curso GTD com a Call Daniel em outubro de 2014, sinceramente minha profissional e pessoal mudou muito após isso, consegui simplificar muita coisa e me tornei efetivo, caixa de entrada sempre com poucos itens e mente tranquila como a água. Comecei me organizando através do Outlook, centralizava e-mail, agenda e tarefas, no decorrer fui sentindo limitações e descobri o Evernote, depois do Todoist, então migrei anotações para Evernote, tarefas para Todoist e agenda e e-mails continuam no Outlook, hoje percebo que estou ninja no processamento de e-mails, mas com dificuldade de se organizar entre o Evernote e Todoist, tipo decidir onde registrar o que, existe algum treinamento seu que ajude na organização dessas ferramentas?

    • Thais Godinho respondeu Marcelo 25/05/2016

      O mais legal mesmo seria você decidir qual o propósito de uso de cada uma dessas ferramentas para você e então buscar o aprendizado nesses recursos.

  23. Gabriel Holz 15/06/2016

    Thais! Que post interessante! A sua intenção de criar o blog para ajudar outras pessoas a se organizarem é sensacional, parabéns!!!

    Se no nosso mundo existissem mais pessoas como você, certamente ele seria muito melhor! 😉

    Obrigado!!!

    • Thais Godinho respondeu Gabriel Holz 15/06/2016

      Obrigada, Gabriel.