ou

relaxar-final-dia

Eu já comentei em um post aqui no blog sobre como é o meu “ritual” para começar o dia. E para encerrar o dia? O que fazer para desligar a mente do trabalho, especialmente quando a gente trabalha em casa (mas até para quem trabalha fora) e conseguir descansar um pouco?

Claro que deixar as coisas minimamente organizadas ao fim de um expediente ajuda a te deixar tranquila(o). Mas, de qualquer forma, para conseguir relaxar eu recomendo as seguintes atividades:

  • Troque de roupa. Existe algum clique mental mágico entre trocar de roupa quando você para de trabalhar, mesmo que você trabalhe em casa. Se você chega da rua, só o fato de tirar os sapatos já denuncia: ufa, estou em casa. E trocar de roupa te deixa em um estado caseiro diferente, pronta(o) para deixar o trabalho para trás e cuidar de outras coisas. Portanto, troque de roupa e vista algo mais confortável, para relaxar mesmo.
  • Crie um clima. Você pode estar sozinha(o) ou com outras pessoas, mas mantenha o astral legal, porém calmo. Tente evitar a agitação. Coloque uma música de fundo (pode ser até no celular). Eu sugiro jazz, bossa nova ou até mesmo folk e soft rock. Coloque uma música gostosa de fundo, curta, feche os olhos, cante e dance junto.
  • Pegue uma bebida. Pode ser o seu suco preferido, uma taça de vinho, um chá, um copo de iogurte – não importa. Pegue algo para beber. Existe algo no fato de você colocar uma bebida no copo, encostar no móvel da cozinha e parar para pensar na vida, calmamente, enquanto bebe e ouve a música, sem fazer mais nada. Se estiver com a sua família, conversem sobre como foi o dia de vocês.
  • Agradeça mentalmente por esse momento.

Aqui, parênteses: Eu sei que você tem bastante coisa pra fazer em casa. Todo mundo tem. Estou sugerindo que você pegue mais leve e vá mais devagar durante alguns minutos quando chegar em casa (ou parar de trabalhar, se trabalhar em casa) antes de começar a correria novamente, apenas para relaxar um pouco.

Relaxou? Foi mais devagar? Conseguiu respirar um pouco? Agora é hora de começar a fazer suas tarefas em casa, do jantar às roupas para lavar, a arrumação diária e todo o restante que sabemos que faz parte. Mas pelo menos você conseguiu inserir uns minutinhos de mente plena e significado ali entre uma coisa e outra, e não saiu atropelando o próprio tempo.

banner-menusemanal

Thais Godinho
Veja mais sobre:
Mente plena
10
Porta-remédios
Kit caseiro de primeiros socorros
Fique atento(a) à validade dos alimentos

 

  1. Rose 20/05/2016

    Tatá, gostei muito do post de hoje, relaxei sö ao ler, acreditas? Li esses dias um livro do Renato Alves ” o cérebro com foco e disciplina” em que ele menciona algo que já notei que acontecia comigo mas que eu não sabia exatamente o porquê. Ele disse que quando estamos em uma viagem, numa cidade nova, são tantos estímulos, tanta informação que ao fim do dia estamos “moídos”. Além de que geralmente se caminha bastante… E eu sempre ficava naquele paradoxo: “gosto tanto de viajar mas fico tão cansada…” parece que eu não curti, entende? Até pensei em contactar o Renato para saber como contornar esse problema, já que ele não falou no livro.
    Gostei muito deste post e vou ter de criar um ritual para quando eu estiver em viagem. Quem sabe começar a fazer meu diario de bordo, que eu sempre tive vontade, mas nunca iniciei o projeto!
    Grata imensamente.

  2. Mari 20/05/2016

    Olá Thais,
    Esses dias mesmo estava pensando em como fazer a minha semana render mais.
    Saio de casa para trabalhar às 7h00 e retorno só às 20h00, tem dias que às 20h30.
    Até jantar e fazer os 15 minutos de destralhamento, dar uma geral na cozinha, etc, já são mais 21h, estou cansada e acabo me rendendo ao sofá, pensando que gostaria de estar com mais energia para trabalhar nos meus projetos pessoais.
    Então fiz um teste: depois da janta, deitei na cama para relaxar e tirar um cochilo de 15 minutos. Acordei bem mais disposta! Como trabalho o dia inteiro na frente do computador, tem dia que chego em casa com a cabeça pesada… Já adotei como rotina esses minutinhos de descanso.
    Beijos!
    (PS.: adorei o novo layout!)

  3. carolina falcao 20/05/2016

    perfeito! entre os estresses de cada rotina, uma pausa. tenho praticado. veio bem a propósito!

  4. carla 20/05/2016

    Muito bom post….não tinha pensado nestas atitudes simples, mas que certamente farão diferença. Vou começar hj…sou dentista, normalmente trabalho de branco, e, se chego em casa e continuo de branco parece que estou sempre indo trabalhar…. vou tentar!!!!
    obrigadiinhaaa!!!!

  5. Caroline Rocha 20/05/2016

    Pôxa Thais como é bacana isso, de ter esse momento, de respirar, de prestar atenção, de olhar ao redor. Só de ler e mentalizar eu fazendo isso, já fiquei calma, tranquila, querendo fazer um mantra. Ai, ai, você é um anjinho mesmo.

  6. CRIS 20/05/2016

    AMEI AS DICAS, VOU APROVEITAR HJ QUE É SEXTA, VOU CHEGAR EM CASA, TROCAR DE ROUPA E TOMAR UM VINHO

  7. Lanna Freitas 20/05/2016

    Incrível que eu cheguei em casa cansada depois de um dia cansativo no estágio e na faculdade, coloquei um blusão, fiz uma comidinha leve (ovos cozidos, batata, cenoura e alface) e um cházinho de camomila, coloquei um ruido branco no Spotify, vim aqui no VO e………. Me deparei com esse post! hahahaha

    Da lista, era o que eu ainda não tinha feito: agradecer pelo momento.

    Sou grata!

  8. Cássio Doyle 21/05/2016

    Só não pratico a música e o agradecimento ainda.
    Ao chegar em casa, trocar de roupa e, no caso do Rio Grande do Sul, fazer um chimarrão é pré-requisito para relaxar.
    Mesmo quando preciso tratar de tarefas pessoais ou profissionais, parece que entre 18h e 20h não consigo focar, preciso de um intervalo para o cérebro, e é exatamente onde esse relaxamento entra.

  9. Maria José Santos 22/05/2016

    Thaís, eu faço o que diz, mas sabe também o que ajuda a descontrair?
    É sentar-me um pouco no sofá com o meu ipad e um chá, faço uma pequena pausa. Vejo o seu artigo diário e faço outras leituras, pois dão-me alento para a mudança de papeis e tarefas quando chego a casa.
    Obrigada Thaís.
    Maria José
    https://avidaemtonssuaves.wordpress.com/

  10. Patrícia 04/10/2016

    Adorei as dicas, Thais!
    Fiquei pensando no que tu falou sobre “pegar uma bebida”…aqui no sul temos o hábito de tomar chimarrão. Então, ao chegar do trabalho, enquanto a água aquece no fogão, vou trocando a minha roupa. Depois, o momento do chimarrão é hora de pensar sobre como foi o dia e de reenergizar para a próxima etapa que consiste em preparar o jantar e o almoço que vou trazer para o trabalho no dia seguinte, colocar roupas para lavar, dentre outras coisas que variam no cotidiano!
    Nunca havia parado para refletir sobre hábitos que parecem tão corriqueiros, mas que me fazem tão bem!
    Beijo, querida!
    Tudo que há de mais lindo nesse mundo para ti. Tu és um ser de muita luz!