FLY Lady

Posts na categoria FLY Lady.

18 Apr 2014

FLY Lady serve para quem trabalha fora e é ocupado(a) para caramba?

110414-flylady

FLY Lady é um método americano de organização da casa muito falado aqui no blog. Para saber mais recomendo que leia o post: Como começar no sistema FLY Lady. Este post é sobre a aplicação do método para quem é muito, muito ocupado(a), trabalha fora e, na maioria das vezes, está tão cansado(a) que não consegue nem arrumar a cama e lavar a louça direito. Será que dá para a gente manter uma rotina de limpar a casa mesmo nessas condições?

A ideia do sistema FLY Lady é justamente conseguir dar conta das tarefas domésticas sem surtar muito, deixando a casa em ordem. Confesso que, quando trabalhava em casa, era tão tranquilo! Especialmente antes de o nosso filho nascer. Depois que ele nasceu e, especialmente, agora, quando eu tenho diversas frentes de trabalho, a rotina ficou bastante complicada. Por isso, eu venho refletindo sobre as aplicações do método, adaptando ao nosso dia a dia, e gostaria de compartilhar com vocês então as minhas reflexões sobre a pia*.

1. Acompanhar os e-mails

Eu não sei vocês, mas eu não consigo acompanhar todos os e-mails enviados pela FLY Lady. Deixo para ler alguns que me interessem quando eu tenho algum tempo para isso (envio para o Evernote e uso a tag “Ler” para organizar). No geral, para saber as missões da semana e outras informações, eu tenho o hábito de visitar o site regularmente. Acho mais fácil.

2. Manter os hábitos

Confesso que, por já conhecer o método há tantos anos, os hábitos são fáceis para mim, pois acabo fazendo naturalmente. A coisa da pia sempre limpa, acordar e se vestir, destralhar todos os dias – isso tudo já é bem natural.

3. Manter o control journal atualizado e funcionando

Tenho hoje nosso control journal no Evernote e é lá que eu organizo as listas detalhadas de limpeza e todo o resto. Reviso de vez em quando para mudar algo, se sentir necessidade. Não tenho mais um control journal físico, pois acho que dá trabalho manter, além de ocupar muito espaço.

4. Cumprir as missões do dia

Acho que cumprir as missões é o mais fácil, porque geralmente são tarefas curtinhas e que a gente faz em quaisquer 15 minutos livres de noite em casa. O problema é quando eu estou viajando a trabalho, pois aí as missões acumulam e acabam ficando para o próximo dia livre, e confesso que muitas vezes acabo não fazendo.

5. Organizar a limpeza por zonas

É a maneira mais fácil de organizar, na minha opinião, mas o problema é o mesmo que eu relatei acima: se eu estiver viajando, o esquema vai para o ralo. Quem viaja bastante a trabalho acaba tendo esse problema. E aí, como fazer? Ou coloca uma faxineira no esquema ou engaja as outras pessoas da casa para manterem a organização. Se nenhuma das duas alternativas for possível, a alternativa seria juntar com as tarefas da semana seguinte ou fazer tudo no sábado, por exemplo, o que é cansativo. Não tem muito o que fazer nesse caso.

O que eu aprendi quando comecei a trabalhar (muito) é que não dá para ter a casa brilhando, ficar com o filho, o marido, investir em hobbies, estudar e fazer toda a sorte de coisas que temos vontade. Entre ter uma casa semi-limpa e viver / ter uma casa brilhando e viver morta de cansaço, eu fico sempre com a primeira opção. É uma mudança de paradigma, mas o sentimento de desapego ajuda bastante nisso.

* A FLY Lady publicou um livro nos Estados Unidos com esse título (“Reflexões sobre a pia”, pois um dos seus hábitos mais famosos no sistema FLY Lady é o de deixar a pia da cozinha sempre brilhando). Para quem ainda não pegou isso, vale a pena começar desde o início, um hábito de cada vez. São hábitos mesmo, e não tarefas que aumentem ainda mais a nossa carga de atribuições no dia a dia. 

18 Jul 2011

Como começar no sistema FLY Lady

FLY Lady é um método de organização criado pela americana que assina com o mesmo nome. Eu sigo o método (apesar de não rigorosamente) há cerca de seis anos e posso dizer que é o melhor método de organização da casa que existe por aí. Os lembretes diários e as rotinas criadas por ela são realmente úteis e conseguem nos manter na linha. Eu falo bastante sobre o método aqui no blog, mas muitas pessoas me pedem dicas de como começar, então este post é um guia para vocês.

Começando

Você pode se inscrever no site oficial (FLYLady.net), se entender inglês. A página no Facebook também é bastante ativa e conta com dicas diárias e depoimentos de outras seguidoras do método. Se prefere em português, você pode participar da lista FLYing Brasil, que envia as mensagens por e-mail.

Rotinas

Crie duas rotinas: uma para quando acordar e outra para antes de dormir. o objetivo dessas rotinas é otimizar o seu dia-a-dia, te colocando no piloto automático para certas coisas e garantindo que você não se esqueça de nada importante. Veja aqui um exemplo de rotina matinal e um de rotina noturna.

Declutter

Declutter significa “destralhar”. A ideia geral é que não é possível organizar o que é tralha. Então, antes de tentar se organizar, você precisa se desfazer do que não serve para mais nada. Comece fazendo 15 minutos por dia: marque 15 minutos em seu timer (daqueles de cozinha, ou o alarme do celular), pegue uma sacola de lixo e vá andando pela casa, jogando fora tudo o que encontrar e que é lixo, como embalagens vazias. 15 minutos por dia parecem pouco, mas já dão uma enorme aliviada. Este é o primeiro hábito que você pode introduzir em sua vida. Quando o alarme tocar, pare e vá fazer outra coisa. Você vai se surpreender com o que consegue fazer em 15 minutos!

Depois de seguir os passos acima, veja o que você pode fazer:

  • Divida sua casa por zonas determinadas por ela, que são: zona 1 (varanda, entrada e sala de jantar), zona 2 (cozinha, área de serviço e quintal), zona 3 (banheiro e segundo quarto), zona 4 (quarto principal) e zona 5 (sala de estar). A ideia é trabalhar cada semana do mês em uma zona, de modo que você não precise limpar tudo de uma vez e a casa se mantenha limpa ao longo do tempo.
  • Comece a fazer a missão do dia, enviada por e-mail pela lista ou vendo pelo site da FLY Lady. Eu também costumo postar no grupo do blog no Facebook, então você pode acompanhar por lá. Cada missão do dia é uma tarefa rápida (geralmente, pode ser feita em 15 minutos) que mantém a sua casa limpa sem muito esforço, fazendo um pouco por dia.
  • Faça a limpeza detalhada de cada cômodo, se ele já estiver livre da tralha. As listas de limpeza detalhadas podem ser encontradas aqui no blog ou acessadas no site da FLY Lady. Mas lembre-se: só devem ser seguidas quando o cômodo estiver “destralhado”. Se já é o seu caso, organize-se de acordo com a zona da semana.
  • Monte seu control journal, que basicamente é um fichário onde você coloca todas as informações da casa, incluindo as rotinas, menus da semana etc. Não tenha pressa quanto a isso, pois ele é montado aos poucos mesmo. Inicialmente, arranje um fichário e insira o que você já tem (listas detalhadas de limpeza, menus e rotinas).
  • Instaure a técnica dos 15 minutos não só para o declutter, mas para outras tarefas. A sala está um caos e você não tem pique para arrumar? Coloque o timer em 15 minutos e faça o melhor que puder nesse tempo.

O sistema FLY Lady é para todos os dias, todas as casas, todas as famílias. Você não precisa seguí-lo ao pé da letra (eu mesma não o sigo), mas só o fato de fazer um pouco por dia já muda a cara da sua casa com toda a certeza. E, se você não sabia por onde começar, agora já sabe. =)

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do blog
(não se preocupe – eu NUNCA enviarei spam):

Por FeedBurner