ou
Diário da Thais

Acompanhe de perto o dia a dia da Thais e posts onde ela mostra como se organiza em sua vida pessoal.

No final de abril, eu realizei uma cirurgia e estou de licença médica durante algum tempo (cerca de seis semanas). Deixei posts agendados para o período para que vocês não ficassem sem conteúdo, mas outras frentes (YouTube, Instagram, comentários, redes sociais no geral) ficaram um pouco em stand-by durante esse período. E-mails também. Portanto, peço um pouco de paciência, pois minha volta tem sido gradual.

A cirurgia foi ótima e estou bem, apenas me recuperando mesmo.

Obrigada pela compreensão desde já!

Thais Godinho
15/05/2017
Veja mais sobre:
10
Pesquisa: como melhorar o blog Vida Organizada
Utensílios e produtos de limpeza que eu uso
10 lições de organização que eu aprendi com a Martha Stewart

No ano passado, quando estávamos planejando a mudança de casa, eu contatei a Wanice Bon’Ávigo, do Armazém da Energia, para elaborar o projeto de feng shui da casa nova. Sempre fui apaixonada por feng shui e, desta vez, queria fazer tudo direitinho. Ela e a Érika elaboraram um projeto muito bacana e gostaria de compartilhar com vocês o processo.

Elas realizam uma análise de numerologia cabalística dos moradores da casa, o que é algo muito rico porque ajuda a ter uma visão de como essas três energias (no caso aqui comigo, meu marido e nosso filho) interagem com as energias da casa, e ao final elas elaboraram um projeto levando tudo isso em consideração, com soluções personalizadas. Fora que a análise numerológica é explicada em um delicioso arquivo de áudio para cada pessoa, que é para você ouvir com calma e curtindo cada frase. Eu vivo ouvindo de novo!

Para mim, foi o_projeto do ano passado porque me manteve bem em uma época que fiquei chateada com algumas coisas, no último trimestre do ano. Já comentei aqui que tivemos problemas com o administrador da casa, tive outros problemas que não divulguei no blog (e não vêm ao caso), e ter um projeto criativo e que envolvesse o nosso lar foi fundamental para me manter bem naquele período.

Quando eu recebi o projeto, comecei então a planejar essa implementação, que não tem fim, na verdade! Comecei com o arranjo dos móveis, depois fui para os cristais multifacetados para as curas de áreas faltantes, as plantas e quadrinhos. Tudo isso vou fazendo bastante aos poucos porque a casa é grande e não tenho pressa.

Eu sempre fui uma pessoa apaixonada por organização, mas sem muito talento para decoração, e ter uma orientação de feng shui fez bastante diferença no arranjo das coisas. Por exemplo, ao montar meu escritório, eu sabia onde posicionar a mesa de maneira mais favorável. Uma das paredes fica no setor dos relacionamentos, então a Wanice me orientou a inserir alguns elementos que têm tudo a ver.

Eu vejo uma relação muito intensa entre feng shui e organização em diversos aspectos. Em primeiro lugar, sobre não ter tralha em casa. Tralha só atrapalha, porque é energia parada, além de não ser possível organizar. Depois, o feng shui influencia também com sugestões sobre como organizar de maneira legal cada um dos ambientes, o que pode ser útil para quem gostaria de ter mais ideias. Fora os pequenos detalhes, como usar acessórios vermelhos no setor do sucesso e outros pequenos detalhes que, para mim, fazem toda a diferença.

No Armazém da Energia você pode solicitar o seu projeto de feng shui residencial mas, se quiser aprender como fazer, também tem o curso que nós estamos construindo em parceria, que é de Feng Shui e Organização da Casa, para quem quiser aplicar na sua casa e onde mais tiver vontade.

Você aplica feng shui na sua casa? Você gosta desse assunto? Este é um primeiro post de uma série de outros em que pretendo explorar como estamos fazendo e trocar dicas com vocês.

Thais Godinho
10/04/2017
Veja mais sobre:
Feng Shui
1
Limpe embaixo da cama
Marie Kondo: coerência, spark joy e sobre fazer a mesma coisa de maneira diferente
Checklist para arrumar a casa antes de viajar

No final deste mês, eu tenho alguns lembretes no meu calendário que me ajudam a revisar o mês e o trimestre que estão acabando, além de planejar o mês de abril e o trimestre seguinte. Neste post, vou mostrar como estou fazendo atualmente.

No meu calendário, tenho lembretes para os dias 27 e 28 de março e 1 de abril, assim:

Dia 27

  • Planejar o mês que vem
  • Planejar o próximo trimestre

Dia 28

  • Revisar pendências do mês
  • Revisar o trimestre que está acabando

Dia 1

  • Revisar o mês que acabou

Cada um desses itens me remete a checklists que tenho no meu Evernote para cada um dos “tópicos” (planejar, revisar). Então, no dia correspondente, eu abro o evento (marcado como “dia inteiro”, para ficar acima dos horários do dia) e abro o link no Evernote.

O que tem em tais checklists? Cada vez que eu reviso, tenho a oportunidade de personalizar essas listas, então vou adaptando e moldando cada vez mais para ficarem personalizadas à minha vida, o que recomendo que você também faça. Vou colocar aqui alguns tópicos que estão em todas atualmente, mas sugiro fortemente que você busque criar as suas pensando na vida que quer criar para você e na sua rotina, pois só assim ela terá eficácia. O pensamento deve ser: o que preciso fazer para tirar isso da minha mente? Sempre.

Checklist para planejar o mês

Tem coisas como: ver quantos treinamentos tenho agendados, quando vou viajar a trabalho, sessões de coaching planejadas, shows da banda do meu marido, eventos e provas na escola do nosso filho, reuniões diversas, filmes que eu quero ver no cinema, pessoas que eu gostaria de encontrar, dias para deixar mais livres porque geralmente são mais cheios etc.

Checklist para planejar o trimestre

Tem coisas como: analisar compromissos já agendados, ver que projetos preciso concluir, quanto eu quero guardar de dinheiro, como está a construção do meu negócio (estabelecimento de metas), coisas a fazer dependendo da nova estação etc.

Checklist de pendências do mês

Tem coisas como: verificar se todas as contas foram pagas, geração de notas fiscais e compromissos desse tipo que posso recuperar antes do mês acabar.

Checklist para revisar o mês

Tem coisas como: revisão das minhas áreas de foco, busca de novos projetos, além de um registro do meu estado de espírito de maneira geral.

Checklist para revisar o trimestre

Ao final do último mês do trimestre, reviso como caminharam meus objetivos, meus projetos, os livros que li, como estão as minhas finanças etc.

Checklists são maravilhosos para dar suporte à vida que nós já temos, não para inserir coisas que ainda não fazem parte da nossa vida. Se quer que algo seja realidade, talvez antes você tenha um projeto.

Ter esses pequenos gatilhos no meu calendário me ajuda bastante a revisar esses tópicos.

Saiba mais sobre checklists

Thais Godinho
27/03/2017
Veja mais sobre:
, Checklists
5
Nós nos mudamos! E estamos bem!
Por que eu tenho um blog sobre organização
Fim de março: revisão e planejamento do mês e do trimestre

Acordei tendo dormido bem – quase oito horas. Sem despertador. Geralmente desperto sozinha após ter dormido por sete horas e meia seguidas.

Tomei meu café-da-manhã com calma. Ouvi os passarinhos. Lavei a louça.

Cumprimentei os cachorros e respirei um pouco de ar livre no quintal. Lavei as bacias de água e comida, reabasteci, varri e limpei o chão. Limpei as casinhas.

Fui para o meu escritório (home-office) e esclareci a minha caixa de entrada física. Foi bem rápido, porque eu não tinha deixado acumular. Não levei 15 minutos. Dei uma olhada na previsão do tempo para a semana (vai chegar uma frente fria, que bom!) e nas notícias do dia. Não me tomou cinco minutos.

Troquei a lixeira e aproveitei para dar uma geral na casa. Nada demais – troquei as toalhas, coloquei a roupa para lavar, arrumei as camas, guardei a roupa limpa, limpei e guardei as bolsas que estavam fora do lugar, guardei os sapatos, troquei as lixeiras dos banheiros, varri a entrada e a área de serviço.

Dei uma rápida olhada no estado dos alimentos para priorizar frutas que estejam amadurecendo. Preparei o almoço. Enquanto esperava ficar pronto, cortei duas mangas e coloquei no congelador (têm sido a minha sobremesa – “sorvetinho de manga”).

Assisti um episódio de Friends no Netflix depois de lavar a louça, enquanto tomava um café. TV desligada, fui fazer minha revisão semanal. Filhote e marido saíram, então aproveitei o momento só meu. Planejei a minha semana, revisei meus projetos e checklists.

Dei uma olhada no fórum dos instrutores e vi que tinha um novo material do David Allen – um vídeo ministrando um conteúdo na Itália, atualizado. Salvei para ver mais tarde. Revisei o material do filhote, vi se tinha lição, a programação da semana e deixei a mochila pronta. Separei os lanchinhos da semana.

Fim de tarde, fui fazer meu exercício físico diário, saindo para passear com um dos cachorros. Caminhei pelo bairro tranquila, curtindo estar com meu animalzinho de estimação. Cheguei em casa e esperei marido e filhote chegarem, e brincamos todos juntos com o cachorrinho quando eles chegaram.

Passei mais tempo com o meu filho fazendo nada. Conversando, dando risada, brincando, falando sobre o que ele gosta mais – se de judô ou futebol. Ele gosta de futebol porque faz gol, mas também gosta do judô porque dá cambalhota. Depois, fomos juntos limpar o quintal com os cachorros e ele me ajudou a colocar água e comida para eles.

Marido cuidou da janta enquanto isso. Tomei um banho tranquilo, dei uma geral no banheiro. Filhote foi jogar um pouco de vídeo-game.

Jantamos. Marido e filhote viram um desenho enquanto eu lavei a louça e dei uma geral rápida na cozinha. Enquanto eles assistiam, aproveitei para sentar ao computador na mesa de jantar e enviar alguns e-mails que adiantariam a minha vida amanhã, segunda-feira. Isso me tomou 10 minutos, mas fez com que eu ganhasse a manhã livre até umas 11 horas, quando as respostas começarão a chegar. Então eu sei que posso dedicar esse tempo amanhã de manhã para trabalhar em outras atividades.

Marido estava cansado porque trabalhou no final de semana, então foi se deitar cedo. Filhote e eu fomos ler. Ele, livrinhos do Garfield. Eu, minha apostila de GTD, para estudar.

Depois que ele dormiu, eu ainda não tenho sono, então vim escrever. Depois, vou separar a minha roupa para amanhã e ler um pouco na cama, antes de dormir as minhas oito horas diárias.

Um dia equilibrado e tranquilo, como todos os outros.

Thais Godinho
12/03/2017
Veja mais sobre:
21
Seminário Crescer, mães sem tempo e famílias geek
Balanço da minha vida como mãe, profissional e escritora {3}
Domingo eu quero ver… o domingo passar

Estou passando por aqui para avisar que tem vários vídeos novos no canal e para pedir que, se você ainda não se inscreveu lá, para se inscrever! Assim você recebe a notificação antes. 🙂

Como conciliar vida pessoal e profissional

Livro lido: “Listas extraordinárias”

TAG: Na real

Planejando o segundo trimestre

Espero que gostem!

Thais Godinho
20/02/2017
Veja mais sobre:
, Vídeos
3
Aplicativos para iPhone que tenho usado para me organizar
Minha agenda
Andamento da mudança – final

Muitos leitores têm me pedido para postar sobre a casa nova, falar sobre a decoração, fazer novo tour em vídeo (se não viu o vídeo com o tour da casa ainda vazia, clique aqui!). Gostaria de dizer que está em meus planos, mas passei por alguns períodos um pouco desanimada com esse assunto, porque temos tido muitos problemas com a casa desde que nos mudamos. São muitos problemas que não contávamos, que beiram o inacreditável em alguns casos, e nos últimos meses temos tentado lidar com eles e resolver aqueles que são possíveis de se resolver. Isso me desanimou a postar a respeito aqui, então espero que entendam.

Desde que nos mudamos, no início de setembro, eu tenho feito *muitas* coisas pela casa – resolvendo problemas de encanamento, infiltração do ralo do terraço, ligações elétricas com problemas, janela emperrada, rachaduras aparecendo toda semana. Esse tipo de coisa, para vocês terem ideia do que eu estou falando. Além disso, tentando tornar nossa casa um lugar agradável de se viver, o que inclui a decoração e todo o projeto de Feng Shui desenhado pela Wanice e pela Érika do Armazém da Energia, que estou muito ansiosa para compartilhar com vocês. (Aliás, vem novidade sobre isso em breve, fiquem ligados!). Salve o GTD que me mantém sã com uma lista de coisas que estão em andamento e as outras que podem esperar, mas muitas coisas são projetos de médio prazo que, sinceramente, nos questionamos se vale a pena investir tempo e dinheiro, sendo que a casa não é nossa.

Com tudo isso que está acontecendo, não dá para priorizar a decoração, tirar fotos e fingir que as coisas estão maravilhosas. Eu faço questão de ser bastante autêntica em tudo o que eu posto e, enquanto não solucionarmos esses problemas, não me sinto confortável para postar a respeito.

Um pequeno toque na escada…

Nós estamos cuidando da casa e arrumando o que precisa ser arrumado, mas uma coisa de cada vez, que é como tem que ser.

Thais Godinho
14/02/2017
Veja mais sobre:
, Nossa casa com terraço
10
O que estou fazendo – Novembro 2016
Como nós tiramos a chupeta do nosso filho de dois anos