ou
Colunas

Você sabia que arrumar uma mesa para uma comemoração é um verdadeiro ritual? Nós, cristãos, temos sempre como referência a “Santa Ceia”, mas podemos tornar sagrada qualquer celebração em que nos reunimos à mesa.

No Feng Shui, já temos a mesa de refeições propriamente como um local sagrado, visto que ali se reúnem os membros da família para receberem suas refeições, conversarem, tomarem decisões, festejarem, enfim, tudo o que passa pela história de uma família, de
um casal ou grupo de pessoas, teve como cenário uma mesa e gente reunida.

Isso é uma tradição arturiana!

Imagem coletada pela Wanice no Pinterest. Se conhecer a autoria da foto, por favor, nos comunique.

Os chineses têm a mesa de jantar como algo que pode ativar a nossa vida financeira; para tanto, orientamos os moradores a terem um espelho onde se reflita o que está sobre a mesa, que é o sagrado alimento. O espelho duplica a imagem, duplicando simbolicamente a renda da família. Importante também manter essa mesa limpa, arrumada e com um vaso de flores, planta ou uma fruteira com frutas da época, que trazem cores e aromas e ativam a prosperidade.

Mas nós estamos próximos do Natal e Ano Novo, então vamos ver como arrumar a nossa mesa de forma mais auspiciosa.

Em primeiro lugar, planeje essa arrumação.

Fazendo isso com tempo, você terá um excelente resultado. Comece relacionando as pessoas que você irá receber, como poderá acomodá-las e qual o material necessário para servir seus convidados. Às vezes precisamos de mais pratos, repor algumas peças, providenciar travessas,  cadeiras, lavar toalha, guardanapos, etc. Com tempo suficiente, fazemos isso de forma organizada e econômica.

Imagem coletada pela Wanice no Pinterest. Se conhecer a autoria da foto, por favor, nos comunique.

Agora vamos para o ritual de fato.

Sim, arrumar uma mesa é um ritual e muitas vezes se assemelha a uma cerimônia litúrgica.

Comecemos pela toalha de mesa.

Uma toalha não é simplesmente uma toalha, mas é algo com o qual cobrimos a nossa mesa e que simboliza que os alimentos que iremos receber são abençoados. Que os alimentos ali servidos estão acima da vida profana ou terrena e se aproximam do Sagrado.

Esse gesto de cobrir a mesa com uma toalha não é apenas uma medida higiênica ou decorativa, mas a consagração da comida que ali será servida. Um ato de gratidão a todos que trabalharam para que aquele alimento estivesse ali, do plantio ao preparo. Uma bênção a todos que se sentarem à sua volta. A toalha branca é clássica, afinal o branco é a cor da paz e contém todas as cores, mas fique à vontade, cada qual comemora com o que tem, o chique é simplificar. Diz ainda o Feng Shui, que uma toalha deve ter um bom caimento, não muito comprida e nunca muito curta.

E a decoração para as festas? Bem, para declararmos a nossa intenção de ver “a vida fluir”, usaremos o 5 elementos chineses, que na verdade são 5 movimentos da energia CH’I que permeia a natureza. São eles: madeira, fogo, terra, metal, e água.

Gente, intenção com ação! Vamos à obra!

Imagem coletada pela Wanice no Pinterest. Se conhecer a autoria da foto, por favor, nos comunique.

A MADEIRA é representada pela cor VERDE, pelas plantas, flores, pinhas, tramas, tudo que vem do reino vegetal, incluindo as estampas. Uma bela salada verde também tem energia de Madeira!

O FOGO é simbolizado pela cor VERMELHA, pelas velas (mesmo apagadas) e castiçais, pelos objetos triangulares, o próprio “pinheirinho de natal” tem a forma do triângulo.

A TERRA vem com a cor AMARELA, com os objetos de cerâmica, como por exemplo pratos, tigelas, etc..

O METAL é representado pelo BRANCO e pelo PRATEADO, está sempre presente nas mesas ocidentais nos talheres que utilizamos.

A ÁGUA por tudo que é AZUL ESCURO ou PRETO, todos os objetos de vidro ou cristal e todos os líquidos.

Fácil, não?

Imagem coletada pela Wanice no Pinterest. Se conhecer a autoria da foto, por favor, nos comunique.

Mas tem aquelas diquinhas, né?

Bem, vamos lá…antes das festas dê um banho na sua cozinha, deixe geladeira, armários
e despensas limpos e organizados. Eles respondem pela nossa prosperidade.

Fogão é o deus da cozinha, deixe ele limpinho e funcionando perfeitamente.

Vamos receber 2017, um ano “1”, então tenha para a ceia UVAS, ROMÃS, pois será um ANO SEMENTE, em que plantamos tudo que desejamos semear no final desse ciclo de 9 anos. Coma com intenção, faz muita diferença! Lembre-se de ter grãos, que nos remetem à abundância – eles devem estar presentes, de forma comestível ou em arranjos decorativos. Um jarro de água pura, simbolizando o fluir da vida. Arrume a mesa com foco, com atenção e respeito. Muitas pessoas se sentarão ali cheias de esperança e desejos para o novo ano.

E que tal colocar frases positivas de gratidão, prosperidade, abundância, saúde embaixo de cada prato? Use cartões brancos ou vermelhos e escreva com caneta dourada ou prateada. Esse é um segredo milenar da cultura chinesa (leia-se “biscoito da sorte”): o que eu desejo, eu atraio!

Bom trabalho e muita sorte a todos que lerem esse post! =)

E para todos aqueles que desejem saber COMO VAI SER 2017 pela NUMEROLOGIA, ASTROLOGIA, TARÔ, ORIXÁS, ARCANJO DO ANO, HOSRÓSCOPO CHINÊS, CRISTAL DO ANO, MANDALA DOS DESEJOS, RITUAIS E MUITO MAIS!

Basta clicar aqui!

Wanice Bon'ávígo
Veja mais sobre:
9
Feng Shui para mesa de Natal e de Ano Novo

Preciso escrever este post para dizer novamente que estamos em fase de troca de layout do blog e, enquanto isso não acontecer, estou postando menos. Estou aproveitando para descansar um pouco, então peço, por favor, compreensão e paciência de todos. Tenho recebido muitos comentários e mensagens dizendo sentir falta dos posts diários, que é o padrão do blog que adoro seguir. O blog existe desde 2006 e tem quase 3 mil posts publicados. Espero que possam revisitar alguns textos anteriores durante esse período para matar a saudade. Em breve voltarei com a rotina normal. Obrigada!

O que eu estou…

Fazendo: Vou falar primeiro sobre o meu trabalho com o GTD. Tenho feito muitos treinamentos em novembro e dezembro, viajando praticamente toda semana e vivendo uma agenda cheia como nunca. Além disso, estou dedicada à tradução das dezenas de materiais dos cursos no novo formato, que estão sendo implementados este ano. Outros projetos em andamento envolvem a capacitação de todos os instrutores da Call Daniel nesse novo formato.

confra-call-daniel

Confraternização da Call Daniel este ano foi um piquenique no parque. Ficamos juntos, conversamos, meditamos. Foi muito bom.

Falando sobre coaching, recebi meu certificado ontem. <3 Fiquei muito feliz porque foi uma das melhores decisões que já tomei, me dedicar a esse trabalho. Atualmente estou com lista de espera para novos coachees começarem em janeiro e, em 2017, pretendo aumentar minha dedicação a esse trabalho. Estou apenas esperando a data exata de uma cirurgia que eu farei ano que vem para me programar melhor. O trabalho de coaching demanda muita dedicação, porque não se trata só dos atendimentos nas sessões em si, mas em estudos de caso e de material para aperfeiçoamento de cada um. É um trabalho que tenho adorado fazer e quero me aperfeiçoar cada vez mais. Pretendo tirar uma nova certificação em 2017, relacionada à área.

O trabalho de consultoria do blog também continua a todo vapor, com a Carol me ajudando nessa parte. Sei que vocês já me pediram para eu falar mais sobre a Carol nos posts, e ela está ciente da intimação, hehe. <3 Em breve farei um post contando um pouco a história dela, o que ela faz e como conheceu o Vida Organizada. Nós atuamos basicamente com consultoria em organização, o que tem três viezes: organização pessoal, produtividade e vida doméstica. Com base nisso, ajudamos as pessoas de acordo com as necessidades particulares dela e da sua família. Tem sido muito bacana porque todo esse trabalho 1:1 com coaching e consultoria nos ajuda a entender melhor como as pessoas se organizam (ou não) e esse aprendizado permite que a gente faça novas descobertas, gere ideias legais para textos e muita pesquisa direcionada. Nunca aprendi tanto sobre organização como este ano.

O trabalho com o blog em si está acontecendo todo nos bastidores nesses dois meses. Estou postando menos, focando mais em conteúdo com foco no planejamento de 2017, mas postando menos. Quero descansar um pouco e escrever textos mais longos e mais focados. Quando o novo layout estiver no ar, voltaremos com a programação normal diária de posts. 🙂 Tenho certeza que vocês vão adorar a carinha nova dele, e a linha editorial para 2017 se replicará em outros canais, como o YouTube e o Instagram.

Na vida pessoal, as coisas vão bem como nunca. Como tenho estado com a agenda cheia para o trabalho, valorizo cada momento com a minha família e comigo mesma. Nós nos mudamos para a casa nova em setembro, mas só recentemente ajustei meu sono no quarto novo, e isso estava sendo um desafio anteriormente. Agora, tudo está fluindo. Eu costumo dizer que a maior prática de produtividade diz respeito à qualidade do sono, e continuo achando cada vez mais isso. Paul está bem, Anderson está bem, terminando a faculdade de Gastronomia, e meus projetos pessoais estão andando como nunca.

empresa-vo

Cozinhando: Confesso que este mês me dediquei pouco à cozinha como um todo, focando em refeições práticas e rápidas, com elementos frescos e crus, como muita salada, frutas e outros.

Bebendo: Mais chá.

Lendo: “O poder da ação”, do Dr. Paulo Vieira.

Procrastinando: Nada no momento.

Querendo: Um par de sapatos oxford marrom básico, mas aparentemente você só consegue comprar se quiser um dourado ou prateado.

Procurando: Agradecer pelas coisas que aconteceram este ano.

Imagem: Fábrica de Vencedores

Imagem: Fábrica de Vencedores

Decidindo: Que em 2017 vou dizer mais “não” e equilibrar melhor minha agenda.

Curtindo: Ver a evolução do Paul como pessoa.

Esperando: Janeiro chegar! Não espero nenhum milagre na virada do ano, mas muitas coisas serão diferentes na minha vida a partir de janeiro, porque me programei, então não vejo a hora de chegar logo.

Imaginando: Como será a minha vida daqui a alguns meses, devido a uma mudança que acontecerá.

Ponderando: Compras, de forma geral.

Ouvindo: Foster the people – Pumped up kicks.

Considerando: Fazer novas parcerias em 2017 e fortalecer ainda mais as boas parcerias já existentes em termos de trabalho.

Comprando: Roupas para o Paul, que tem crescido muito!

Assistindo: A mesma coisa do outro mês. “How I met your mother” pela segunda vez, desta vez com o meu marido. “Desperate Housewives” pela segunda vez, desta vez desde o início e em sequência. “Masterchef BR” profissionais.

self-five

Agradecendo: Por ter sobrevivido a este ano, por ter conseguido concluir um projeto MUITO importante este mês, e por ter tido muitas conquistas mesmo em um ano tão difícil.

Precisando: Ir para a praia. Please!

Cheirando: Apaixonada de novo pelo meu perfume Floratta in blue, da Boticário.

Usando: Roupas confortáveis.

Seguindo: As atualizações da vida da Lia como mãe. <3

Descobrindo: Que, de fato, qualidade de sono é tudo.

Sabendo: Mais uma vez que não dá para agradar a todos, então estou me cobrando menos.

Pensando: “Todo dia é uma oportunidade extraordinária de recomeçar.”

Deixando de gostar: De ter posse das coisas. Estou num desapego gigante.

Rindo: De como a vida é boa. <3

Sentindo: Paz.

Celebrando: A conclusão de um projeto que nem acredito que consegui concluir, como disse acima. Muito feliz por isso!

Pretendendo: Cuidar mais de mim.

Abraçando: A maturidade das minhas decisões.

Obrigada, 2016! E que venha dezembro.

Thais Godinho
Veja mais sobre:
37
O que eu aprendi com Larissa, Lia e Lolla
O que eu costumo fazer às sextas-feiras
Minha maquiagem de 5 minutos

livros-novembro

Mesmo que eu não tenha mais projetos e metas literárias (por hora), ler é algo sempre presente na minha vida, especialmente em períodos mais introspectivos ou de inspiração. Este mês, gostaria de compartilhar com vocês o que tenho lido e dizer por que quis lê-los.

desperte-seu-gigante-interior

Tony Robbins é coach. Para conhecer um pouco do seu trabalho, veja o documentário “Eu não sou o seu guru”, no Netflix. Meu trabalho com o coaching tem me inspirado a estar sempre lendo algo relacionado, e esse livro (que é enorme, um calhamaço!) tem me acompanhado ao longo do mês e trazido uma série de insights legais. Se você se interesse pelo assunto coaching, motivação, encontrar propósito de vida etc, este livro pode te agradar.

recalculando-rota

O livro vale pelo capítulo final. Ele tem uma pegada mais autobiográfica e não me identifiquei com a autora em diversos momentos, o que pode ter tirado o brilho da obra para mim (mas vejam: trata-se de identificação, o que muda de pessoa para pessoa e você pode adorar!). Mas a autora acabou se encontrando e hoje trabalha ajudando as pessoas a se encontrarem também. Eu recomendaria esse livro para pessoas que sentem que já fizeram um monte de coisas na vida e ainda não encontraram um norte, mas estão buscando. Se você gosta de viajar, vai curtir bastante os relatos da autora.

rita-lee-livro

Comprei assim que o vi na livraria (antes do lançamento oficial) e li até acabar. Adoro a Rita Lee, adoro biografias de músicos (meu gênero preferido) e, nesse livro, ela manda a real sobre muitos acontecimentos e eu adorei, especialmente porque meu pai era “roqueiro da Pompeia” e eu conhecia (e cresci) no meio de um monte de pessoas que ela cita no livro. O que eu acho legal de indicar para quem tem interesse é mostrar como você vai deixando um legado com tudo o que você faz e a importância de se respeitar, trazendo inspiração para o seu dia a dia, deixando a criatividade aflorar, como modo de vida mesmo.

rick-bonadio-livro

Bom, e continuando com a biografia de músicos e falando sobre criatividade e inspiração, eis outro livro que comprei assim que vi, antes mesmo do lançamento oficial. O Rick Bonadio vira e mexe faz sucesso na tv porque está participando de algum programa (no momento, é o X-Factor), mas eu sou fã dele desde quando ouvi, há uns 20 anos, que ele “foi o cara que descobriu os Mamonas Assassinas”. Desde então, passei a me interessar pelo assunto produção musical e a acompanhar o seu trabalho. Eu ainda tenho na minha lista de algum dia / talvez fazer um curso de produção musical, assunto pelo qual continuo apaixonada, e ele certamente foi uma das minhas maiores influências. Gostei muito do livro dele, mas acho que ele poderia ter escrito mais sobre a produção em si.

o-poder-dos-inquietos-1418560478-184x273

Esse livro foi sugerido e emprestado por um amigo meu (obrigada, Victor!), que disse que eu adoraria. Ele estava certo! um livro que tem muito a ver com propósito, objetivos, projetos, fazer acontecer, de modo geral. Se você é crazy maker como eu, cheio de ideias, tenho absoluta certeza que irá adorar esse livro também!

E você, leu algum livro legal ultimamente? Indique nos comentários!

Thais Godinho
Veja mais sobre:
Livros
15
Minha organização para o Natal deste ano
Balanço da minha vida como mãe, profissional e escritora {3}
Reduzindo ao mínimo