Limpeza

Posts na categoria Limpeza.

30 Jun 2014

Dicas para limpar a casa no inverno

Imagem: http://sitmeanssit.com

Imagem: http://sitmeanssit.com

Algumas dicas simples específicas para o inverno com relação à limpeza da casa:

  • Dê atenção especial aos tapetes. Muita umidade e poeira podem aumentar o número de ácaros.
  • Mantenha as toalhas secas. Quando tomar banho, em vez de deixar no banheiro, pendure a toalha no varal.
  • Se possível, tire o pó dos móveis e passe o aspirador diariamente. Se não, pelo menos uma vez por semana.
  • Limpe os vidros para aproveitar melhor a luz natural.
  • Mantenhas as lâmpadas limpas. Lâmpadas sujas queimam mais rápido e, no inverno, a tendência é usarmos mais, por escurecer mais cedo e ficarmos mais tempo em casa.
  • Organize sua rotina de lavanderia, que muda com a demora maior da secagem das roupas.
  • Separe um canto do guarda-roupa para pendurar os casacos que não estão lavados nem sujos.
  • Faça uma limpeza completa na despensa.
  • Mantenha a roupa de cama quente em local de fácil acesso.
  • Limpe os equipamentos eletrônicos para evitar acúmulo de pó, especialmente em computadores.
  • Abra as janelas diariamente para ventilar e aproveitar o sol.
  • Se possível, instale uma torneira com água quente para facilitar as rotinas de limpeza, especialmente lavar a louça.
  • Se tiver pessoas alérgicas na sua família, vale a pena enrolar e guardar os tapetes dos quartos durante a estação.
  • Limpe e guarde bichinhos de pelúcia, caso seu filho seja alérgico. Evite o que puder, que junte pó.
  • Mantenha o chuveiro limpo e fique de olho na resistência.
  • Renove o estoque de velas em casa, caso falte luz.

E você, costuma fazer algo especial relacionado à limpeza da sua casa no inverno?

30 Jun 2014

Perguntas e respostas sobre a rotina de lavanderia

Imagem: Organized Interiors.com

Imagem: Organized Interiors.com

Lavar roupas faz parte da rotina e deve ser uma atividade organizada, especialmente em famílias grandes. Independente do número de pessoas na sua casa, é legal ter um sistema, então este post traz algumas respostas às dúvidas mais comuns para ajudá-lo a fazer isso.

Com que frequência você lava a roupa?

Lavo quando há uma quantidade suficiente de roupas de um mesmo tipo para encher a máquina. No geral, é uma frequência de dois em dois dias. Também não tem como ser menos do que isso porque elas demoram a secar no varal. No verão, dá para lavar mais vezes, pois as roupas secam mais rápido. Quem tem lavadora e secadora pode lavar todos os dias, se tiver uma família grande.

Outras pessoas participam da rotina de lavanderia?

Sim. Meu marido coloca as roupas para lavar e meu filho guarda as roupas sujas no cesto que fica no banheiro com essa finalidade. Meu marido também costuma estender as roupas e passar junto comigo, quando há necessidade. Eu fico com a parte de tirar manchas e guardar depois de secas.

Você planeja a lavagem de roupas?

Minimamente. Já cheguei a fazer um cronograma, que era mais ou menos assim:

  • Roupas brancas
  • Roupas coloridas
  • Roupas escuras
  • Roupas delicadas
  • Toalhas
  • Roupa de cama

Porém, não geramos tanta demanda assim. No geral, lavamos nossas roupas todas juntas, de acordo com a cor. Uniformes do filhote são lavados juntos com camisetas minhas, por exemplo, sem problemas. Já sei se tenho roupas que mancham ou não e, se não mancham, eu lavo as coloridas junto com as escuras.

Como gosto de trocar as toalhas duas vezes por semana e a roupa de cama pelo menos uma vez, uma vez por semana é o suficiente para lavar esse tipo de peça. Com isso, lavamos de 2 a 3 cargas de roupas semanalmente.

Você separa as roupas por cores?

Como comentei acima, somente as claras das mais escuras, quando há necessidade.

Você lava alguma coisa fora (em lavanderia)?

Sim. Nossa máquina é pequena (7kg) e não dá para lavar tudo dentro dela, como edredons queen-size. Assim, semestralmente levo uma carga de roupas para a lavanderia.

Algumas peças de roupa eu também prefiro lavar na lavanderia para não estragarem, como blazers e trench-coats.

Que produtos você usa para lavar roupas?

Gosto de variar as marcas para ir testando. Não gosto de sabão em pó – prefiro líquido. Amaciante, mudo a cada mês para ter aromas diferentes. Uso alvejante somente quando necessário e, para manchas, além dos truques caseiros, gosto bastante de Vanish.

Qual sua rotina de passar roupas?

Procuro comprar roupas que não precisam ser passadas. Tenho algumas calças, camisas e vestidos que precisam ser passados, mas são raros. Quando tem necessidade, junto todas as peças que preciso passar e passo. Não tenho uma rotina fixa para isso, mas acontece cerca de uma vez por mês no máximo. Não perco tempo passando roupas que não têm essa necessidade, como toalhas. Pode ficar lindo, mas eu vivo no mundo real, não no ideal.

Como você mantém a máquina de lavar limpa?

Uma vez por mês, faço uma limpeza com água quente e vinagre, que remove todos os resíduos minerais de dentro da máquina. Os compartimentos de sabão, alvejante e amaciante também são limpos dessa forma – jogo água quente com vinagre e, depois, finalizo com um pano de limpeza. Limpo da mesma maneira por fora. Não uso capa na máquina porque não acho prático.

Como posso simplificar minha rotina de lavanderia?

O foco é em ter roupas limpas para todas as ocasiões dos próximos dias (eu calculo sempre duas semanas). Como meu filho precisa do uniforme da escola limpinho, isso é prioridade. Antes, quando eu trabalhava fora todos os dias, tinha uma demanda maior por roupas variadas para sair. Hoje, consigo usar mais roupas do meu armário, variando as peças e lavando somente uma vez por semana de maneira suficiente.

Por isso, meu conselho para você simplificar a sua rotina de lavanderia é identificar as necessidades da sua casa. Se você mora sozinho, obviamente terá uma necessidade diferente de quem tem sete filhos e ainda mora com os sogros idosos. Não há regras – apenas observação das próprias necessidades e adequação da rotina.

Quem puder ter uma máquina lava e seca, eu recomendo, pela praticidade.

Tenha também um cesto para colocar a roupa suja. É uma dica básica, mas que ajuda a manter tudo centralizado em um único lugar e possibilita a participação das crianças nesse processo.

Você tem mais alguma dúvida sobre a rotina de lavanderia? Poste nos comentários!

24 May 2014

15 músicas para ouvir enquanto limpa a casa

Playlist especial com músicas que nos animam enquanto fazemos faxina:

1. ‘Happy together’, The Turtles

2. ‘Material girl’, Madonna

3. ‘She bangs’, Rick Martin

4. ‘Sonífera ilha’, Titãs

5. ‘I want to break free’, Queen

6. ‘Chega mais’, Rita Lee

7. ‘Garota nacional’, Skank

8. ‘Listen to the music’, The Doobie Brothers

9. ‘Drive my car’, The Beatles

10. ‘Roar’, Katy Perry

11. ‘Rock you like a hurricane’, Scorpions

12. ‘Fireworks’, Katy Perry

13. ‘Dos margaritas’, Paralamas do Sucesso

14. ‘Under my thumb’, Rolling Stones

15. ‘Vertigo’, U2

Curta sua faxina! =)

21 Feb 2014

Utilizando o Toodledo para gerenciar a rotina de limpeza da casa

Imagem: Giensen Design

Imagem: Giensen Design

Outro dia, quando comentei sobre organização da casa, o que eu quis dizer é que, quando falo sobre organização no geral, isso se aplica a todos os macro-temas do blog, inclusive organização da casa. Portanto, quando eu falo do Evernote, do Toodledo, de gestão do tempo e muitos outros assuntos que podem parecer genéricos, a ideia é que vocês justamente utilizem essas informações para aplicar na organização das mais diversas áreas da sua vida, incluindo a casa. Hoje, vou mostrar um pouco na prática como fazer para organizar a rotina de limpeza da casa com o Toodledo.

O Toodledo é a ferramenta que EU uso para gerenciar as minhas tarefas, e por isso escrevo o post usando ela como exemplo. Você pode utilizar qualquer ferramenta de gerenciamento de tarefas que preferir.

Para manter a casa limpa, eu uso uma adaptação do método FLY Lady. Uma das estratégias que eu faço uso no método é a criação de listas de limpeza detalhadas para todos os cômodos, pois sei que isso me ajuda muito. Tenho, então, uma lista de limpeza detalhada para cada cômodo do nosso apartamento. A melhor maneira de criar a sua é ir até o cômodo em questão com um caderninho em mãos e ir anotando tudo o que você precisa fazer para o cômodo ficar “brilhando” – ou seja, todas as tarefas de limpeza que, se você fizesse, deixariam o banheiro impecável. Pois bem.

Depois de fazer essa lista, faça um asterisco em cada item absolutamente imprescindível de se fazer diariamente. Cada casa tem as suas necessidades, vamos lá! Um exemplo: limpar a cuba da pia. Outro: trocar a toalha de rosto. Você pode querer fazer isso a cada três dias na sua casa, e não diariamente – são apenas exemplos. Tem gente que gosta de limpar o vaso todos os dias, outras que gostam de limpar uma vez por semana. Não existem regras. Tem que ver qual a sua disponibilidade para fazer e a necessidade da casa. Quem mora sozinho tem necessidades diferentes de quem mora com mais cinco pessoas, e por aí vai.

Selecionando com um asterisco o que você deve fazer diariamente, é a hora de estabelecer frequências para os outros itens. Mais ou menos assim:

Trocar as toalhas de rosto *
Verificar abastecimento de papel higiênico *
Limpar o espelho – semanalmente
Limpar a pia – a cada 3 dias
Limpar o vaso – a cada 5 dias
Esfregar o chão do box – semanalmente
Limpar as portas do box – semanalmente
Lavar o chão do banheiro – semanalmente

Quando você tiver feito isso, já terá feito 90% do trabalho. Agora, basta jogar no Toodledo (ou no seu gerenciador de tarefas) e colocar as datas e as frequências de repetição. Por exemplo, se você limpou o espelho hoje, coloque a data da próxima limpeza para daqui a uma semana, e com frequência de repetição semanal. Assim, você verá nas suas tarefas do dia que uma delas é limpar o espelho. Serve como lembrete.

Também é legal porque, como você vai distribuindo as tarefas, não terá nenhum dia super tomado por elas. Cada dia você vai fazendo uma tarefa pequenininha, que vai mantendo sua casa limpa.

Faça isso com todos os cômodos.

Essa é a maneira que eu uso aqui em casa para manter o apartamento em ordem e minimamente limpo. Como meu marido executa muitas dessas tarefas enquanto eu estou trabalhando, mas não gosta de seguir nenhuma tabela ou lista de tarefas, ela vai fazendo de forma intuitiva. Às vezes, eu comento com ele “você poderia limpar tal coisa hoje?” e, se ele puder, ele limpa. Menos uma! Se não puder, de noite eu faço, quando chego em casa.

Coletar as tarefas e passar para o Toodledo vai ser um trabalho que você terá uma única vez, mas que depois facilitará muito a sua vida.

É importante lembrar que você pode ir modificando as frequências, se perceber que colocou um espaço muito grande ou se, no dia de limpar tal coisa, ela ainda está limpa, então pode estender um tempinho a mais. A ideia é focar na praticidade, que caminha de mãos dadas com a necessidade. Não limpe o que não está sujo. É isso.

Como está o meu Toodledo para a limpeza do banheiro no momento:

Captura de tela 2014-02-16 11.33.41

Vejam que, no Toodledo, dá para colocar a duração estimada da tarefa, o contexto, a data, frequência de repetição, status etc. Gosto muito da ferramenta, mas cada um deve usar aquela que já usa regularmente para executar tarefas.

Espero que essa estratégia ajude.

21 Jan 2014

Simplificando a limpeza, a arrumação e a organização da sua casa

Imagem: I <3 Organizing

Imagem: I heart organizing

Limpe quando estiver sujo. Pare de perder tempo no seu dia a dia limpando a casa quando não precisa.

Simplifique a alimentação da sua família. Não precisa fazer três acompanhamentos todos os dias. Prepare alimentos com antecedência, se puder. Congele. Use alimentos frescos e crus, se não precisar cozinhá-los.

Deixe um bloco de notas e uma caneta na cozinha para ir anotando o que precisa comprar. Quando chegar o dia de ir ao mercado, compre somente aquilo.

Cuide da casa em equipe. Se três pessoas moram na casa, não existe motivo para somente uma delas cuidar de tudo. Se houver divisão, não fica pesado para ninguém.

Tenha menos coisas. Todos os dias, passe com uma sacolinha de lixo pela casa e separe o que for lixo. Você vai se surpreender com a quantidade de embalagens, papeizinhos e cosméticos vencidos que aparecem de um dia para o outro.

Pare de comprar algumas coisas durante algum tempo. Existem coisas lindas, mas quem disse que precisamos ter a posse delas? Fotografe e guarde-a com você. Não precisa comprar. Quanto mais coisas, mais trabalho para limpar, e menos espaço você terá em casa.

Tenha um cantinho do chá/café na cozinha, perto da cafeteira, onde ficam as canecas, pote de café, adoçante/açúcar etc. Facilita ter tudo perto.

Aliás, o mesmo vale para as outras áreas da casa. Onde você vê tv, deixe controles por perto, os DVDs, os jogos de vídeo-game. Onde ficar o computador, deixe os fios, carregadores, pendrives, tudo guardado meio perto. Na cozinha, tenha a área de preparo, onde ficam as facas, temperos. A área de cozinhar, onde ficam as panelas. Se a gente pensar por esse lado, é muito fácil organizar a casa intuitivamente.

A coisa de ter menos itens em casa significa que você perderá menos tempo cuidando e limpando, além de garantir que tudo tenha seu lugar. A bagunça começa quando a gente compra um item e esse item não tem lugar para ser guardado.

Tenha rotinas simples, com poucas tarefas que garantem a sua casa ok no dia a dia. Lavar a louça, esvaziar as lixeiras, fazer a cama, coisas desse tipo. São tarefas rápidas que garantem uma manutenção nada neurótica do lugar onde você vive.

Sua casa não precisa ser bonita para ser prática. Pense na praticidade e, quando fizer, faça com capricho. Só depois que sua casa estiver prática você pode focar na beleza, porque gostamos e ver coisas belas nos faz bem.

Distribua as tarefas de limpeza ao longo da semana, em vez de deixar para fazer tudo no mesmo dia. Com 15 minutos aqui e outros 15 ali, você perderá menos tempo no final de semana se dedicando à faxina e terá uma casa minimamente limpa sempre.

Suje menos. Tome cuidado, mas sem neuras. Tirar o sapato ao entrar em casa é uma tática simples e que faz muita diferença. Explore outras.

Diminua as expectativas. Não tem como uma casa ficar perfeitamente limpa se todos trabalham fora, há crianças e animais em casa. Aceite, a não ser que você queira pagar alguém para fazer isso por você.

Curta mais a sua casa. Tenha um cantinho para ler ou simplesmente descansar, onde você possa ficar um pouco todos os dias. Dedique-se a ele. Fará diferença na sua rotina.

12 Nov 2011

Montando um cronograma semanal de limpeza doméstica

Eu adequo o método da FLY Lady para a limpeza e a arrumação da casa. Não faço muitas das coisas que ela propôe – por exemplo, terça como dia livre e quinta como dia de fazer compras, – pois acho que a rotina de cada casa deve ser adequada aos seus moradores. Mas, quando paro para analisar como eu faço, vejo que uso muito do método dela.

Ter um cronograma de limpeza nada mais é do que o que ela propôe. Você esquematiza o dia e a semana para organizar a rotina de limpeza em casa. Isso é muito mais eficiente que fazer a faxina inteira em um só dia ou limpar o que der na telha, pois sempre esquecemos de um canto ou de outro (lembrar de limpar a pia é fácil, mas e dentro do microondas?). Portanto, um cronograma somente tem a agregar.

Eu sugiro então que você comece montando um cronograma diário e um semanal.

Cronograma diário

É onde você listará as tarefas que precisa fazer diariamente. Já conhecendo o ritmo da sua casa, você conseguirá montar essa lista em instantes. Segue uma sugestão:

  • arrumar a cama
  • lavar a louça
  • trocar as lixeiras
  • limpar a pia do banheiro
  • limpar a pia da cozinha
  • recolher o que está fora do lugar
  • separar a roupa suja
  • cuidar da correspondência
  • varrer o chão da cozinha
  • preparar uma refeição
  • limpar o balcão da cozinha
  • destralhar a casa durante 15 minutos
Vá acrescentando itens que você precisa fazer todos os dias, senão a casa entra em colapso. Nada de tarefas que não são necessárias.
E para organizar a sua semana:

Segunda-feira

  • jogar fora alimentos vencidos (inclusive os que estão na geladeira)
  • fazer uma lista de compras para a próxima ida ao supermercado
  • ir ao mercado
  • cuidar das plantas
  • uma hora para abençoar o lar
  • pagar contas pela internet

Terça-feira

  • colocar o lixo para fora (verifique os dias do seu bairro)
  • varrer a sala e os banheiros
  • passar um pano úmido no chão da cozinha, da sala e dos banheiros
  • tirar o pó da mesa do computador
  • trocar as toalhas de rosto do banheiro

Quarta-feira

  • varrer os quartos
  • passar um pano úmido no chão dos quartos
  • colocar roupa para lavar
  • passar um pano limpo na porta da geladeira
  • tirar a tralha de cima dos balcões da cozinha

Quinta-feira

  • sacudir os tapetes e bater os capachos
  • limpar a área de serviço
  • limpar os banheiros
  • resolver pendências financeiras na rua (depósitos, saques etc)

Sexta-feira

  • trocar a roupa de cama
  • trocar as toalhas de banho
  • trocar as toalhas de rosto do banheiro

Sábado

  • tirar o pó dos móveis
  • varrer a casa inteira
  • colocar roupa para lavar

Domingo

  • limpar dentro do microondas
  • limpar o fogão
  • passar aspirador pela casa
  • definir cardápio semanal

Uma magia que deve ser aplicada em todas as residências: delegar tarefas. Se você não mora sozinha(o), não deve fazer tudo sozinha(o). Mesmo crianças pequenas podem ajudar na arrumação.

Algumas pessoas costumam comentar aqui no blog dizendo que é exagero se organizar desse jeito. Eu acho que exagero é quando alguma prática nos prejudica. Se você sente necessidade de ter um cronograma de limpeza, pois do contrário não consegue ter disciplina para limpar a casa inteira, ou se você detesta passar o final de semana inteiro limpando a casa e gostaria de otimizar esse processo, eu não vejo porque isso pode ser uma coisa ruim.

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do blog
(não se preocupe – eu NUNCA enviarei spam):

Por FeedBurner