Atividade física

Posts na categoria Atividade física.

17 Feb 2014

Dicas de atividades físicas para pessoas que não têm tempo

180214-exercicios

Eu não sou uma pessoa atlética. Já fui! Praticava muitos esportes, era magra e tinha um corpo legal. Aí entrei na faculdade, parei e fui engordando, engordando… cheguei a pesar quase 100kg. Emagreci algumas dezenas de quilos. Mesmo assim, ainda estou acima do meu peso e não aguento mais fazer dieta. Tempo para se exercitar? Oras, sei que para quem vive disso, é fácil encontrar tempo. Eu não vou acordar 6h para ir para uma academia que não tenho dinheiro para pagar e para fazer uma atividade que eu odeio (levantar ferrinhos). Talvez um dia, lá na frente, eu me empolgue e passe a gostar disso, pois quando a gente vai emagrecendo e fazendo uma atividade física como rotina, a gente quer sempre fazer mais e melhor. Espero mesmo que isso aconteça e, se você tem esse ritmo de academia, fico feliz por você. Mas hoje minha realidade é a seguinte: ou eu faço algumas poucas coisas, ou não faço nada. Não tenho espaço para o ideal no momento. Portanto, neste post, vou compartilhar algumas dicas e ideias minhas para fazer atividade física no dia a dia, além de outras de fontes diversas (sites, livros etc).

Gostaria de pedir que, enquanto você estiver lendo, contraia o abdômen a cada dica lida. Só para ir entrando no clima. =)

  • Yoga. Não vou me aprofundar tanto nesse assunto porque sou leiga de tudo. Venho fazendo uma sequência noturna (chamada “saudação à lua”) para preparar o corpo para dormir, e me sinto muito bem. Não é uma sequência difícil e pode ser encontrada no YouTube. Quem puder fazer aulas presenciais, recomendo, para ter a postura corrigida. Quando aprender, faça as sequências em casa. Também há bons sites com uma mensalidade ínfima que te dão acesso às aulas online com bons professores, e assim você poderá dar continuidade à prática em casa.
  • Faça o que fizer, tenha constância. Não é incomum gente passar mal porque só se exercita aos finais de semana – ou aquele tradicional joguinho de futebol às quartas. Isso porque você sobrecarrega seu corpo, que estava acostumado a ser sedentário. E o medo de ter um treco e morrer do coração? Portanto, vale mais a pena ter pequenas atividades ao longo da semana que um dia inteiro de maratonista.
  • Explore atividades curtas. Colocar tênis, roupa de ginástica e ir até a academia… andar na esteira… é muito depressivo, não? Portanto, faça pequenas caminhadas ao longo do dia. Ande mais a pé. Dê cinco voltas no quarteirão. Não precisa caminhar durante 40 minutos de manhã. Caminhe 20 de manhã, 20 à noite. 15 de manhã, 15 na hora do almoço, 15 à noite. Atividade física, para mim, se for um estorvo, não vai dar certo. E se eu tiver que “gastar” 1h inteira de uma vez todos os dias fazer um exercício, a chance de não fazer é imensa, porque 1h é muito tempo no meu dia a dia. Agora, se distribuir ao longo do dia, fica rápido, fica fácil, praticamente impossível de arranjar desculpa.
  • Use as escadas. Ah tá, essa dica é velha, você pode pensar. Mas… você faz isso? Você sobe de escada para o seu apartamento no sexto andar? Você leva o lixo na lixeira geral do prédio, ou deixa na lixeira do andar? O mesmo vale para o seu trabalho. Quem tem sobrado em casa pode colocar o timer para 15 minutos e subir e descer as escadas uma vez por dia. Pensando bem, quem mora em apartamento também pode fazer isso!
  • Foque na atividade física adequada. Hoje, quando se fala em fazer atividade física, a gente logo pensa em se matricular em uma academia. Ai gente, que falta de criatividade! Encontre algo que você realmente goste de fazer e isso pode revolucionar a sua vida! Tipo andar de bicicleta, fazer aula de dança, caminhar no parque, praticar um esporte diferente (esgrima?), jogar vídeo-game com kinnect. Abra o leque de possibilidades, veja o que tem por perto da sua casa ou trabalho e informe-se. Mesmo assim, pode ser que você não tenha tempo para isso. Se tiver, maravilha! Vale a pena tentar! Além de ser algo que você goste, deve se encaixar na sua rotina e ser eficiente. Porque, se não fizer diferença, não tem muito por que a gente fazer, né?
  • Faça sessões de alongamento em família. Alongar o corpo é maravilhoso. Yoga explora esse lado (e muito mais!) e por isso faz tão bem. Mas você não precisa ir tão longe, se não quiser. Aprenda sequências simples de alongamento e faça desse momento um momento de diversão em família. Envolva seu marido ou esposa, sua mãe ou pai, seus filhos, e faça 15 minutos de alongamento de noite, em casa, ou pela manhã (se não estiverem correndo tanto). Além de fazer uma atividade física, é mais um momento em família.
  • Faça exercícios em casa. Ok, fazer exercícios sem supervisão pode ser perigoso. Portanto, consulte um médico, faça exames e veja se está tudo bem antes de começar. Se estiver, você pode fazer exercícios simples, mas simples messssmo, daqueles que estamos cansados de conhecer, como: abdominais, poli-chinelos, flexões, levantamento de pesos com objetos da casa (livros, potes de mantimentos, equipamentos diversos). Você também pode correr no mesmo lugar! É difícil, a gente parece bobo, mas é melhor do que nada!
  • Contraia os músculos. Eu não estava brincando no começo do post e espero mesmo que você esteja contraindo o abdômen a cada dica lida. Mas, além disso, explore mais esse movimento no seu dia a dia – é um exercício que você pode fazer em absolutamente qualquer lugar, até trabalhando no computador! Quando carregar as compras do mercado, por exemplo, ou quando for estender a roupa lavada no varal.
  • Exercite-se quando acordar. Não é para acordar 5h da manhã e ir correr na esteira não! Se você quiser fazer isso, no entanto, bom para você! Mas a ideia aqui é espichar o corpo assim que acordar, alongando-se na cama mesmo. E aí, partir para uma sequência básica de abdominais.
  • Veja vídeos no YouTube. Hoje em dia temos muuitas opções de vídeos com sequências de exercícios para serem feitos em casa – basta abusar da busca no site. Quando tiver um tempinho, que sejam cinco minutos, faça alguma atividade. O mais legal é que dá para fazer enquanto vê um filme, uma série ou a novela.
  • Não dispense oportunidades de se exercitar. Você sabe bem como é: pra que subir de escada se seguraram o elevador para mim? Temos oportunidades durante o dia para fazer exercícios (e recusá-los). Não recuse! Leve o cachorro para passear, dê a volta no quarteirão, vá ao mercado a pé, estacione o carro em uma vaga mais longe no shopping, vá trabalhar de bicicleta, pule corda… etc!
  • Faça exercícios no trabalho. Use metade do seu horário de almoço ou pequenos intervalos ao longo do dia (em vez de fumar ou tomar café, por exemplo). Caminhe em volta do estacionamento da empresa, suba e desça escadas, faça polichinelos em um lugar discreto (vale até o banheiro), corra no lugar, alongue-se. E, muito importante: corrija sua postura na cadeira. Tem a ver com seu bem-estar, que tem a ver com a sua disposição, e faz você ter mais vontade de fazer as coisas ou não – inclusive exercícios.
  • Faça exercícios no seu horário de lazer. Leve seus filhos para passear no parque, ande até a sorveteria, acampe, jogue bola, brinque com o cachorro, cultive uma horta, ande bastante no shopping, saia para dançar, faça uma trilha. Escolha atividades saudáveis e que te façam se exercitar. Faz diferença!
  • Analise a compra de aparelhos. Se você tiver dinheiro e espaço para isso, além de gostar da atividade (claro), pode comprar alguns (ou um) aparelhos de ginástica para ter em casa. Um bicicleta ergométrica não ocupa tanto espaço quanto uma esteira e já é um excelente exercício, se você fizer todos os dias. Não pense que vai comprar e deixar encostada! Compre e use! Compre com uma motivação! Se não gostar dessa opção, não compre. Simples assim!
  • Limpe a casa. Essa dica pode parecer boba, mas não é! Limpar a casa é uma atividade física excelente: esfregar chão, varrer, secar, limpar box, subir na escada, descer, tirar o pó, passar roupa, arrumar a cama, pintar paredes, passar aspirador. Quando estiver limpando a casa, pense na atividade física que está fazendo. Tente melhorar a coisa toda contraindo o abdômen ou inserindo sequências ao longo da faxina (levantar peso com algo que tenha pego na mão, por exemplo).
  • Mantenha a rotina. Estabeleça uma meta (exemplo: 1h de exercícios todos os dias) e preencha seu tempo ao longo do dia com atividades relacionadas. Podem ser 20 minutos de manhã, 20 na hora do almoço e 20 de noite, ou então 40 minutos de manhã e 20 de noite. Tanto faz! Mas tenha suas metas e faça do cumprimento delas sua rotina. Lembre-se: constância.

E aí, ainda acha que não tem tempo para se exercitar? Com pouco tempo ao longo do dia, tendo criatividade e pensando na atividade física de outra maneira, é possível ter uma rotina de exercícios para manter o corpo em movimento e ser uma pessoa mais saudável. Tente!