16 Jul 2011

Como planejar o menu semanal (guia prático para mães e pais muito ocupados)

{Imagem: Getty Images}

Todos nós temos 24 horas no dia e sete dias na semana. Precisamos “nos virar nos 30″ e fazer o que precisa ser feito. Estando em casa durante o dia ou chegando somente à noite depois de trabalhar fora, existem algumas coisas que você pode fazer para não ficar tão estressada e facilitar a rotina de todos em casa. Criar um menu semanal é fácil e só demanda alguns passos. Veja como fazer isso para facilitar a hora de preparar a comida:

1. Simplifique

Tudo bem querer testar uma receita nova de vez em quando ou preparar um prato mais demorado ou complicado. Mas, em 98% dos dias, é melhor simplificar. Vá no conhecido, que você já sabe fazer e todos na sua família gostam. Faça uma lista dos pratos em um papel mesmo ou em uma planilha. Você certamente listará mais de sete pratos. Encontre variações entre eles. Exemplo: arroz com purê pode ser servido com uma variedades de carnes ou outros acompanhamentos. Tente listar todos.

A outra maneira de simplificar é fazer somente um prato por dia. Mesmo que você fique em casa, cozinhe somente uma vez para otimizar seu tempo. Faça o jantar (ou o almoço, depende da dinâmica de vocês) em quantidade dobrada e coma o restante na refeição seguinte.

2. Faça um inventário

Você possui três áreas de armazenamento de comida: despensa, geladeira e freezer (ou congelador). Veja o que já está armazenado (que pode ser usado) e o que você precisa comprar para cozinhar o que listou anteriormente. Essa será a sua lista de despensa semanal para comida. Pelo menos uma vez por semana, vá ao mercado e providencie tudo. Ou seja: você não precisará comprar comida todos os dias, muito menos perder tempo decidido o que irá comprar para cozinhar. Você já sabe com antecedência e economizou um tempo precioso.

3. Otimize

Se você tem freezer e não se importa de comer comida congelada, vá em frente! Você pode congelar arroz, feijão e outras opções para consumir ao longo da semana, apenas temperando e esquentando junto com algum acompanhamento. Eu gosto de comida feita na hora e esse é um dos luxos a que me permito. Isso também vale para comidas prontas, temperos prontos e outros. Vai do seu gosto. Otimize o que puder de acordo com a sua filosofia alimentar.

4. Varie

É claro que você pode instaurar sábado como o “dia da pizza”, mas será que estrogonofe toda segunda-feira terá o mesmo impacto? Será que não enjoa logo? Então procure variar as receitas o tanto que você puder. Se você faz espaguete toda semana, varie o molho: tomate, carbonara, branco, bolonhesa etc. Isso pode ser feito com todos os pratos, como o exemplo que dei lá em cima sobre arroz com purê.

5. Curta!

É bom ter as coisas no piloto automático, mas se por acaso você descobrir uma receita nova, simples e rápida, por que não? Eu adoro cozinhar e, se você também gosta, sabe do que eu estou falando: é uma delícia descobrir sabores novos e aumentar o repertório. Quem sabe você não acaba substituindo todo o menu atual, com o tempo?

Você planeja o menu semanal? Que dicas você pode dar para outras mães e pais tão ocupados quanto nós?

Cadastre seu e-mail para receber as atualizações do blog
(não se preocupe – eu NUNCA enviarei spam):

Por FeedBurner

 

52 comentários . Comentar via blog

  1. Oi, Thais! Tudo bem?
    Sou leitora – fanática, hehehe – do blog, de assinar os feeds e seguir no Twitter. Depois de muito ler os posts, comecei finalmente a me manifestar, comentando em alguns deles. As dicas daqui são de muita valia para o meu dia-a-dia e por isso mesmo, achei que deveria vir aqui agradecer por elas e me apresentar. (:
    Também sou blogueira e citei o blog no meu último post – http://migre.me/5hwvD.
    Abraços,
    Dani.

    Responder
  2. cynthia

    Oi Thais eu sei bem pouco me virar na cozinha, meu marido cozinha melhor e bem mais vezes do que eu mas depois que a Paola passou a comer a mesma comida que nós tenho me preocupado bem mais com o que e como fazer. Faz um post sobre como vc organiza a comida do Paul. bjs Cynthia

    Responder
  3. Eu gosto de olhar livros de receita para tirar idéias novas =] compro vários quando o titulo fala em receitas simples ou rapidas!

    Responder
  4. Maria Angélica

    Eu tenho uma técnica p/ me livrar da escolha do cardápio com rapidez e gostaria de compartilhar (me ajuda muito!!!)
    Montando o cardápio mensal em 10 minutos: Pegue um punhado de fichas de papel pautadas (pequenas ou médias). Corte-as ao meio: numa metade cortada, escreva com um hidrocor no canto superior direito a letra “P” (prato principal)e na outra metade, com um hidrocor de outra cor, a letra “C” (complemento). Nas fichas com a letra “P”, escreva o título da receita dos seus pratos principais favoritos e práticos e, abaixo, liste todos os ingredientes que utilizará (e a quantitade!) para fazê-la. Anote, também,a localização da receita (livro e págs, fichário, etc.). Faça o mesmo nas fichas marcadas com a letra “C”. No dia de suas compras de supermercado, pegue todas as fichas. Separe as que têm letras “P” das que têm letras “C”. Em cada “bolo” de fichas, vá escolhendo o que deseja preparar p/ a sua família naquele mês. Anote, na lista de compras, os ingredientes que deverá comprar, de acordo com o prato que escolheu fazer. Anote, no verso das fichas escolhidas, o mês e o ano em que a receita foi feita e separe-as das demais. Coloque as escolhidas num local fácil de achar na hora de cozinhar (pois lá estará indicado o local da receita caso não saiba fazer de cabeça!). De posse dos pratos escolhidos, monte o cardápio do mês (pode ser numa ficha ou outro local de acesso fácil)e coloque num local bem visível na cozinha. ao final de 1 ano, reveja as suas fichas. Se houverem fichas sem nenhuma marcação no verso é porque não foi feita em nenhum mês naquele ano. Substitua tais fichas por outras receitas. O mesmo esquema pode ser feito com as sobremesas. OBS.: Os pratos que requerem ingredientes que estragam rápido (verduras, presuntos, etc.), coloque nos primeiros dias do cardápio. As receitas cujos ingredientes podem ser armazenados (estrogonofe, suflê. etc.), podem ser colocados em dias mais distantes do início do cardápio. Espero ter ajudado a vocês tbm !!! Bjs.

    Responder
    1. Thais Godinho
      Thais Godinho

      Dica de ouro da Maria Angélica hein gente! Obrigada por postar. =)

      Responder
    2. Thaty Silva

      Uau! confesso que estou há mais ou menos um mês ás voltas sem saber como fazer com o cardápio se torne algo de fácil absorção para minha rotina. Vou testar esse Maria Angélica, amei! acho que finalmente achei um que vai se encaixar direitinho no meu estilo.. hehe, só vai dar um trabalhinho na hora de criar as fichas e talz, mas depois vai pro piloto automático. Valeu a dica!!!

      Responder
    3. Márcia

      Que interessante tua dica! Já anotei tudo e vou fazê-lo. Grata pela ajua!

      Responder
    4. Amei…isso sim é dica…vou fazer já grata…

      Responder
  5. Maria Angélica

    A anotação do mês e ano no verso das fichas é p/ não repetir os pratos em meses consecutivos !

    Responder
  6. Lu Pagliato

    Oi Meninas…. eu amooo esse blog !!!
    Olha, em casa com meus meninos a gente sempre faz comidas novas, sem echacheros e sempre muitos boas opssões.
    Ai, um beijo a todas.
    Lu

    Responder
  7. Lilian

    Eu deixo meio a meio. Arroz e misturas eu faço no dia, mas feijão e grãos eu faço 1kg de uma vez e congelo o resto, até pra economizar gás.
    Funciona. :p

    Responder
  8. BIANCA

    Estou tentando me organizar, trabalho fora, sou esposa de pastor, tenho uma filha de 4 anos e tenho que dar conta da casa, gostaria de dicas, pois como passo o dia inteiro fora e tenho que chegar em casa e dar banho na filha, preparar janta … e aquela pequena geral na casa, que horário se encaixa as tarefas de cada zona semanal???

    Responder
  9. Juliana

    Oi,estava lendo sua dicas,gostei muito.mas queria te perguntar se poderia me ajudar tenho dois filhos pequenos,sou casada.meu marido é muito desogarnizado não me ajuda nas tarefas de casa,como posso ficar mais organizada??? tem dia,que não quero fazer nada, de tanta bagunça pra mim arrumar sozinha…Quero que vc me ajude por favor!!!! Obrigada!!!

    Responder
  10. Luciene

    Boa tarde Thaís.Adoro o seu blog.Dicas super interessantes e proveitosas.
    Já fiz o meu cronograma de limpeza diária,e tento aplicar coisas que aprendo aqui no blog no meu dia-a-dia.Mas estou com uma dificuldade em relação a um menu para todos os dias.É muito difícil não saber bem o que fazer.É estressante.Pode me ajudar?Preciso de algumas dicas.Poderia montar um cardápio pra mim?
    Parabéns pelo seu blog.Sou uma grande admiradora do seu trabalho.Bjo.

    Responder
    1. Thais Godinho
      Thais Godinho

      Oi Luciene, infelizmente não tenho essa disponibilidade. O post não te ajudou? Quais suas dúvidas?

      Responder
  11. Tatiana

    Olá Thais, estou sentindo falta dos cardápios, eu e minha família moramos em Belém, clima muito quente, mas não abrimos mão do jantar. Bjs, obrigada e um bom ano a vc.

    Responder
  12. Luciene

    Bom dia Thaís.Obrigada pela atenção.Vou vasculhar o blog mais um pouquinho e se eu conseguir resolver meu problema te conto.(risos).Bj.

    Responder
  13. anderson aparecido carneiro

    muito otima as dicas

    Responder
  14. Edna

    Olá, conheci este espaço hoje e achei ótimas dicas, amei o blog. Quando faço meu cardápio sempre programo duas semanas; depois de 15 dias vc pode repetir o cardápio da 1ª semana que não fica repetitivo. Outra coisa que faço sempre é refogar o arroz de uma só vez (um quilo ou dois, dependendo do espaço na geladeira) e deixar em um recipiente plástico; na hora de cozinhar, é só colocar a água para ferver e jogar o arroz já “frito” dentro, na proporção de duas xicaras de água para cada uma de arroz; é feito na hora, mas com a praticidade de um preparo antecipado.

    Responder
  15. Adoro seus blog, Thaís!!! Parabéns e obrigada por compartilhar suas experiências, ideias e sugestões!

    Responder
  16. fabi

    oi tais a uma semana estava no google procurando materia sobre organização e limpeza achei o vida organizada! estou maravilhada com as dicas que encontrei, estou tentando por em pratica todas elas. muito obrigada!

    Responder
  17. Daniela

    Boa noite. Descobri o seu Blog a poucos dias e tem me ajudado muito. Adorei bjos obrigada

    Responder
    1. Thais Godinho

      Obrigada você!

      Responder
  18. Polliana

    Descobri seu blog a um tempinho,e estou amando,semana passada colocamos essa idéia do cardápio em prática na casa da minha mãe e ela adorou,beijos e obrigado pela dicas…

    Responder
  19. Lucimara

    Oi Thais
    Pra quem adora frango e as vezes utiliza ele desfiado tenho uma dica. Não tenho muita paciência para desfiar frango então utilizo uma mão de pilão para fazer esse trabalho. Refogo o frango cortado em cubos com os temperos normais que utilizo. Quando já está cozidinho, macio, tiro a panela do fogo e vou socando os pedaços na própria panela até ficarem desfiados. Mais rápido, mais simples e o efeito é o mesmo. Meu pilão tem uns 16 cm e a mãozinha dele tem uns 3 cm de diâmetro. Não precisa ser muito grande. Uma semana abençoada para você. Beijos

    Responder
    1. Thais Godinho

      Ótima dica, obrigada! Para quem quiser lavar depois, pode usar também a batedeira. Desfia em um instante.

      Responder
      1. Rafaela

        Uma dica mais sinistra ainda sobre desfiar frango: cozinhar na panela de pressão e com a panela ainda tampada, mas sem a pressão, chacoalhar a panela por alguns minutos. Eu testei e realmente funciona. Muito fácil ficou desfiar.

        Responder
        1. Marcia

          também chacoalho a panela sem pressão e fechada, claro…..dá muito certo.

          Responder

Deixe um comentário