Sim, existe um site que fala se a sua profissão será roubada por um robô em um futuro muito próximo. Chama-se “Will Robots Take My Job?” e você pode acessar aqui.

Basta inserir o nome da sua profissão (em inglês) e ele vai te dizer.

Apesar de a minha (“teachers and intructors”) apresentar um risco de apenas 0,95%, não vamos nos iludir: até 2030, um terço dos empregos pode acabar por conta dessa substituição social do trabalho.

Todos passaremos por esse processo e todos teremos que nos adequar. As profissões vão mudar muito nos próximos anos. Máquinas farão o que humanos fazem, mas sempre haverá trabalho para os humanos – talvez sejam trabalhos diferentes.

O site é só uma brincadeirinha, mas talvez uma brincadeira com um fundo de verdade. E eu trouxe porque, se você pretende estar trabalhando pelos próximos 10, 20, 30 anos, talvez esteja mais do que na hora de você ver a sua profissão com um pouco mais de longo prazo. 😉

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo eu uso o Trello
Próximo artigoOrganizando os projetos por áreas de foco no Todoist
Meu nome é Thais Godinho e sou organizadora profissional, o que significa que ajudo as pessoas a se organizarem quando elas precisam de uma forcinha para isso. A maneira que encontrei para ajudar foi criando este blog, ministrando cursos e realizando outros eventos.

9 Comentários

  1. Thais, ótima postagem! Sou gerente de marketing de uma empresa de automação de processos e tudo o que falou na postagem já é realidade: aqui produzimos robôs, que por exemplo, substituem o atendimento humano, que só é necessários em casos muitos específicos. Utilizamos inteligência artificial, ou seja, a cada atendimento o robô aprende e melhora sua performance, por isso a estatística aí de 99% dos atendentes de telemarketing sumirem. Acho que isso vale uma discussão por parte de profissionais, empregadores etc, pois o que parece tão distante já está acontecendo.

  2. Sabe, eu fico muito confusa quando vejo esse tipo de reflexão…
    Porque, na minha visão, o mundo ideal seria aquele onde teríamos máquinas pra fazer os serviços pesados, e deixar os humanos livres para aproveitar o ócio, descansar, ensinar as crianças e exercitar a criatividade (que só nasce a partir do ócio). Sendo as maquinas suficientes para produzir comida, remédios e objetos de uso pessoal para todos os humanos, então não haveria escassez e seriamos todos felizes.
    Mas ao invés disso, o que provavelmente aconteceria se tivéssemos máquinas que pudessem substituir os trabalhos pesados, seria que uma pequena parcela da população se apossaria dessas máquinas, propositadamente produziria alimentos, remédios e demais bens de consumo em quantidade menor à necessária, esbanjaria muito, estocaria o restante, e deixaria que a maior parte da humanidade sofresse com miséria e escassez, de forma proposital…
    Nossa natureza humana é altamente egoísta, e nosso sistema capitalista alimenta ainda mais essa nossa necessidade de vermos os outros mal para nos sentirmos bem…
    Acho que já passou da hora de revermos nosso comportamento e nosso sistema.
    Um sistema onde ter uma maquina para fazer meu trabalho me dá medo de passar fome ao invés de me deixar feliz por ter mais tempo livre, não pode estar certo!

  3. Thais, adorei essa tua dica!!
    fiquei “brincando” no site um certo tempo, e, embora seja algo lúdico, de certa forma, dá uma boa ideia do que pode estar por vir. Fiquei mais contente ainda de ver que algumas áreas de carreira que me chamam a atenção parecem longe de um dia não existirem mais. Mas, a função que exerço hoje em compensação, está “condenada”… rs
    Obrigada pela dica! Me fez refletir um bocado…

  4. Nossa Thais eu já estava mesmo querendo mudar de área e minha função deu 98% 🙁 e a área que quero migrar 0,98%, bora mudar né 🙂 Novos rumos, novos caminhos 🙂

  5. Muito bom acredito também que tem um fundo de verdade, num futuro bem próximo muitos robôs tomarão lugares dos humanos temos que nos prepara e nos adequar a essa realidade por isso que é sempre bom investir em conhecimento.

  6. Tais, adoro seu blog! Tenho pensado muito nisso, porém está difícil de achar outras profissão..Poderia dar umas dicas? Ou fazer um post das profissões que teremos?

    • Eu acredito que toda e qualquer carreira possa ser adaptada a qualquer nova realidade, mas é difiícil prever. Tem que estar ligado no que está acontecendo e ir buscando cursos, habilidades, de acordo com o que você acreditar ser tendência.

DEIXE UMA RESPOSTA