ou

Este post tem o propósito de servir como ponto de partida para você quer quer aprender GTD (ou já pratica), mas quer melhorar suas práticas e precisa saber que caminho percorrer. O GTD é uma habilidade para a vida toda, assim como apender a dirigir ou a tocar um instrumento musical, e sempre podemos nos aperfeiçoar nela. A David Allen Co. oferece alguns recursos gratuitos que ajudam (e muito) os usuários da metodologia a saberem onde estão nesse caminho e o que devem fazer para se aperfeiçoarem. Neste post, vou trazer os dois recursos que considero primordiais que todos os usuários de GTD conheçam. Vamos lá?

Os 5 estágios do GTD

Os 5 “Is” do aprendizado. O David diz que nós passamos por cinco fases de aprendizado no GTD. No vídeo abaixo, ele explica (em inglês) o que são essas cinco fases.

Caso você não entenda inglês, segue o resuminho esperto:

  1. Estágio 1: Informação. Você acabou de ouvir falar em GTD. Viu um artigo, alguém falou com você a respeito, você ficou sabendo que existe um livro. Pode ser até que você tenha visto uma palestra ou algo que tenha te inspirado e ficou com vontade de saber mais a respeito. Você sabe que existe algo chamado GTD, e pode até já saber um pouquinho sobre o que se trata, porém não sabe como começar.
  2. Estágio 2: Instrução. Você leu o livro. Fez um curso. Leu artigos sobre “como fazer”. Ou seja, já recebeu instruções sobre como colocar em prática, porém ainda não fez isso.
  3. Estágio 3: Instalação. Você percebe que é algo que você quer colocar em prática, então parte em busca de ferramentas para implementar. Você busca ferramentas que funcionem bem para o seu GTD. Está na fase de criar as listas, colocar em prática o que aprendeu. Você começa a capturar, esvaziar sua mente.
  4. Estágio 4: Implementação. Uma vez que você tenha consigurado seu local de trabalho, instalado as ferramentas, você quer povoar tudo isso. Quer inserir o seu conteúdo. Precisa implementar apropriadamente com informações. Quero pegar o que eu capturei e esclarecer e organizar no lugar certo. É quando você começa a colocar o GTD em prática mesmo: com a regra dos 2 minutos, esvaziando as suas caixas de entrada etc.
  5. Estágio 5: Integração. É quando tudo isso se torna parte do seu trabalho e da sua vida, como uma segunda natureza. Tudo o que acontece com você não te perturba – apenas entra no fluxo. Em vez de pensar no GTD, você apenas usa o GTD como parte da sua vida. É quando virou hábito de verdade.

Cada um dos estágios tem seu valor. Você pode se analisar e ver onde está. Isso pode te dar uma base. Por exemplo, se você ainda “pensa no seu sistema”, talvez você tenha questões a serem resolvidas na fase de Instalação.

E você pode aplicar cada um dessses estágios para cada um dos elementos do GTD. A regra dos 2 minutos, cada horizonte mais elevado, seu calendário, e por aí vai. É um teste de conhecimento muito válido para usar como análise sempre que quiser melhorar o seu uso da metodologia.

GTD-Q

Existe um teste que você pode fazer no site oficial do GTD para entender onde você se encontra em termos de controle ou de perspectiva. O teste está inglês, mas você pode traduzir os itens facilmente utilizando o Google Tradutor.

Existem quatro quadrantes na matriz de resultado que vão te dizer onde você está hoje e o que precisa fazer: se investir mais em controle ou mais em perspectiva (ou nos dois!). Enfim, é um teste honesto que vai te ajudar a entender o que deve ser aperfeiçoado na sua vida.

Vale dizer que não existe resultado melhor ou pior que o outro. Cada um dos quadrantes tem características boas e pontos de melhoria. Serve apenas para mostrar quais características sua vida tem hoje e como você pode melhorar usando o GTD, se quiser. Vale a pena refazer esse teste de tempos em tempos, porque ele certamente vai mudar.

Usar esses dois recursos acima pode ser fundamental para você entender onde você se encontra no GTD e para onde está indo. Se você estiver estudando e aplicando a metodologia, ficar de olho nessas duas formas de análise é essencial.

Compartilhe seu resultado atual nos comentários! 🙂 Vou adorar saber.

Thais Godinho
11/08/2017
Veja mais sobre:
11
GTD e Estudos: estudando inglês
Analisando o fim do semestre: como dar um up nos projetos até o final do ano
5 maneiras de usar a agenda do Google para o GTD