ou

Tenho recebido uma quantidade enorme de mensagens com essa pergunta, então achei que seria mais eficiente escrever um post a respeito e usá-lo sempre como referência. Assim também tenho a oportunidade de esclarecer de maneira geral.

Queria dizer que não existe muito motivo para uma pessoa migrar de ferramenta. No meu caso, às vezes simplesmente dá vontade. Canso da cara de um aplicativo e quero testar outro. Foi mais ou menos o que aconteceu com o Todoist. Eu já estava usando a ferramenta há quase três anos e enjoei um pouco. Porém, vou ser sincera: não há um dia que passe que eu não sinta saudade de todas as funcionalidades do Todoist. Ainda acho que é uma das melhores ferramentas para ser utilizada por quem usa e por quem não usa o método GTD.

Eu quis voltar para o Evernote por dois motivos em especial:

  1. A versão instalada do Evernote me passa mais segurança que a versão instalada do Todoist (no Macbook). Pode ser algum bug para Macbook que até já pode ter sido consertado, mas às vezes eu acessava o Todoist offline em meu computador, e ele não abria. Nos computadores com Windows, ele abria normalmente (mas não uso computador com Windows). Então isso me chateava um pouco. Pode ser que eles já tenham consertado…
  2. Gosto muito da possibilidade de você inserir qualquer formato de informação dentro de uma nota do Evernote. Por exemplo: outro dia tirei uma foto com o celular de um produto em uma revista, que fiquei a fim de pesquisar mais a respeito. Essa nota no Evernote foi processada muito facilmente e fica claro para mim, ao acessá-la, do que se trata, porque a fotinho está ali. Você pode me dizer que no Todoist também dá para salvar anexos (e dá), mas a visualização é diferente. Eu sou uma pessoa essencialmente visual e essa variedade de visualizações faz diferença para mim.

Então, por hora estou usando o Evernote. Criei uma série inteira de posts para mostrar meu sistema nele, que você pode ver clicando aqui.

Agora, sinto muito a falta de alguns pontos infalíveis do Todoist, a saber:

  • Log de tarefas concluídas. Sei que dá para fazer no Evernote, mas optei por não fazer. No Todoist era automatizado e a consulta depois era bem fácil e rápida. É o que eu mais sinto falta. Porém, me pergunto se não existem maneiras mais eficazes de se fazer um log de atividades de maneira geral, e acho que é isso que preciso melhorar, e não sentir falta de uma funcionalidade do Todoist.
  • Marcar as tarefas como concluídas. Era tão gostosinho “tickar” uma tarefa!
  • As visualizações de ações com prazo para hoje e para sete dias. Imbatível. Me dava uma boa visão da semana como um todo. No Evernote eu consigo visualizar com os lembretes, mas não é igual.
  • A facilidade ao inserir informações. A sincronização do Todoist é fantástica. O visual é clean. Então, ao acessar pelo computador ou pelo celular, era muito fácil inserir, buscar e alterar informações de maneira geral. Eu sinto que o Evernote é mais robusto e pesado.
  • As cores das coisas (etiquetas, projetos, filtros). Quem usa o Evernote para Windows consegue manusear cores nos cadernos e etiquetas, mas eu uso Macbook e essa possibilidade ainda não é real lá. Logo, as listas ficam muito iguais, muito sóbrias. Sei que é totalmente subjetivo, mas sinto falta das cores.
  • A organização de um plano do projeto de acordo com o Modelo de Planejamento Natural do GTD ficava fantástica no Todoist. No Evernote, como a estrutura da nota é muito solta (e essa também é uma grande qualidade), às vezes fico incomodada pela falta de estrutura.

Quando as pessoas me perguntam que aplicativo elas devem usar para começar a se organizar, sempre recomendo o Todoist. Continuo acreditando demais no poder da ferramenta. Tanto que tenho até um curso bem completo para se organizar com a ferramenta. Já fiz testes de aprendizado com as pessoas usando ferramentas diversas, e nunca vi ferramenta mais fácil de se acostumar que o Todoist. Porém, preferências pessoais são muito particulares, e eu sou uma pessoa que gosta sempre de mudar.

Caso você tenha alguma dúvida sobre o tema, por favor, poste nos comentários. Obrigada!

Thais Godinho
04/08/2017
Veja mais sobre:
11
A arte de fazer as malas pela Louis Vuitton
Guia do Vida Organizada para aplicar o GTD no Todoist – Parte 3
Packing Pro, o aplicativo para organizar suas viagens

 

  1. Walter 05/08/2017

    Acompanho alguns comentários de seus postos, mas fico na minha! Como já li algumas comparações sobre o Todoist e o Evernote posso sintetizar a situação em uma frase. A Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa! O Evernote é completissimo , mas peca pela falta de um controle mais “pratico” das atividades e ganha longe com a praticidade de guardar “coisas” para ver depois. O Todoist te cobra as atividades, de uma forma simplista de dizer. É muito bom nisto! Mas não é uma “Central de tudo” como o Evernote. Mas dentro do que estes aplicativos se propõem, são os melhores!

  2. Carlos Augusto 05/08/2017

    Então, Thais.

    Talvez essa falta que você sente de determinadas features em um ou outro aplicativo esteja ligada ao fato de que você é uma hard user, certo?

    Acho que para quem entende muito da metodologia (e também das ferramentas, como é o seu caso) é possível chegar aos limites do que o Evernote ou o Todoist oferecem. E essa limitação acaba incomodando, não?

    Eu tenho utilizado, há quase dois anos, a estrutura que você demonstrou na sua série de posts Guia definitivo GTD e Evernote. Como a organização pormenorizada do sistema é algo pessoal, acabei encontrando uma saída para determinadas limitações nas integrações com outras ferramentas de propósito geral como o Trello, por exemplo.

    Eu ainda conheço muito pouco de GTD, ainda não me vi limitado por nenhuma ferramenta e essas integrações são só uma forma de criar o ambiente de produtividade e controle de que preciso. Acho que vou sofrer bastante quando eu perceber que outras ferramentas podem me atender melhor que o Evernote. Migrar tudo não é um saco?

    Então a minha dúvida é exatamente essa: você acha que integrações com outros serviços podem contornar essa necessidade de features que não são comuns a todos os aplicativos? E mais: você faz a integração do Evernote com outras ferramentas? Quais?

    [ ]’s

    • Thais Godinho respondeu Carlos Augusto 07/08/2017

      Oi Carlos, tudo bem?

      Não acho que migrar tudo seja um saco. Eu adoro fazer essa migração, porque me dá a oportunidade de rever o meu sistema e re-processar tudo. Na verdade é excelente, porque eu consigo ter ainda mais clareza das coisas que eu preciso fazer.

      Sobre integrações, eu uso basicamente links de notas e links externos. Não “sincronizo” o Evernote com nenhuma outra ferramenta porque cada ferramenta que utilizo tem uma finalidade e, ao sincronizar, essa automatização pode confundir as coisas, deixando-as duplicadas. Não sinto necessidade.

      Nesse final de semana trabalhei um pouco nessas limitações do Evernote que comentei no post, e já encontrei algumas soluções legais que estou testando. Não existe ferramenta perfeita, então tudo tem perdas e ganhos.

      Abraço.

  3. Victor Augusto Maron de Almeida 06/08/2017

    Thaís, então você deixou de ser a representante do Todoist no Brasil?

    • Thais Godinho respondeu Victor Augusto Maron de Almeida 06/08/2017

      Oi Victor, tudo bem? O Todoist encerrou o programa de embaixadores há alguns meses de maneira geral.

  4. Jannayna 06/08/2017

    Oohh Ceús! Meu mundo caiu! Eu fazia igualzinho ao teu e ia acompanhando mês a mês 😓

    E pense uma pessoa enrolada para o Evernote…

    #Todoist te ama <3

  5. Hugo 07/08/2017

    Tentei pela terceira vez migrar tudo para o Evernote, mas o Todoist é imbatível para gerenciar tarefas. É muito mais prático e gostoso de usar. As funções de digitar a data e ele já reconhecer, de mostrar as tarefas da semana, de ir ticando as tarefas cumpridas… Não dá pra competir, por enquanto.

  6. Robson 07/08/2017

    Ainda sonho com o dia que farão um aplicativo de todo usando o evernote como “banco de dados”, assim como era o Evernote Food uns anos atrás

  7. Suyang Melo 07/08/2017

    Oi Thais,
    Todo o meu sistema está no OneNote. Para mim, funciona muito bem. Gosto especialmente da possibilidade de usar cores para cada página. Como você disse a escolha de um sistema é algo muito pessoal. Um beijo. Suyang.

  8. Márcio Cortez 07/08/2017

    Thais eu estava usando o Todoist pela sua indicação, mas como só estava usando o plano grátis, para mim ficava muito no básico… Tudo broqueado, … Estou me dando bem com o Evernote, mesmo ainda no básico ele me trás mais funcionalidades e um melhor controle para integrar tudo, pelo menos na minha opinião.

    Quando eu quero ver o long de tarefas concluídas vejo na lixeira do Evernote… tudo descriminado lá. Pensei em até criar a tag “tarefa concluída” más só uso caso esqueça que eu fiz alguma tarefa, então achei o controle desnecessário, a lixeira já disponibiliza o controle.

    Por enquanto estou usando o Evernote pelo celular e WEB, eu uso Linux, infelizmente não a nada oficial para ele, triste.

  9. cleber 07/08/2017

    Bom quando você migrou, meu todoist voltou a ser free e a limitação me incomodou, assinei o evernote e migrei para lá. Para ainda utilizar aquela “tickada” nas tarefas, to utilizando o recurso de lembrete do google agenda, tentei utilizar o tarefa mas não fiquei satisfeito, já o lembrete é uma mão na roda, tanto que exclui em defenitivo a conta no todoist. Mapei nas etiquetas um esboço do MPN, e toda revisão semanal estou eu lá com o livro do David Allen revisando e seu blog para esclarecer os detalhes.
    Muito obrigado pelo bom e excelente trabalho! Que o mundo lhe recompense na medida que todos nos seus leitores desejamos!

    • Thais Godinho respondeu cleber 10/08/2017

      Obrigada, Cleber.