ou

O mês de junho será o primeiro depois da minha cirurgia em que vou voltar com as minhas atividades de trabalho normalmente, então o planejamento dele, na verdade, já vinha de antes. Precisei ser cuidadosa para me planejar, pois não poderei fazer viagens, por exemplo, por enquanto (apenas a partir de julho). Consegui ter apenas uma viagem ao final do mês, o que é ótimo, porque já estarei basicamente no meu prazo.

Meu plano para junho foi voltar com as sessões de coaching. Antes eu acreditava que poderia voltar em maio, mas ter deixado para junho foi ótimo porque tive a oportunidade de trabalhar melhor no programa e agora ele volta totalmente reestruturado para atender melhor as pessoas. Aliás, uma das coisas que esse último mês me permitiu foi ter uma espécie de epifania do foco, e coaching será meu foco daqui em diante. Isso me permitiu tomar uma série de decisões que impactavam o meu volume de trabalho e iniciativas diversas. (Clique aqui se quiser saber como funciona o coaching de organização comigo)

Para planejar o mês de junho, utilizei a seguinte checklist:

  • Verificar os compromissos que já tenho agendados
    • Treinamentos que vou ministrar
    • Cursos online que vou ministrar
    • Viagens já planejadas
    • Horários dos coachees
    • Reuniões
    • Shows da banda do meu marido
    • Consultas médicas
    • Academia e esportes
    • Eventos na escola do filhote
  • Verificar compromissos a agendar
    • Eventos na cidade (shows, peças de teatro, exposições)
    • Filmes que entrarão em cartaz no cinema
    • Verificar checklist de pessoas que eu gosto de me encontrar regularmente para conversar para combinar algo com alguém
  • Bloquear compromissos em dias específicos
    • Segunda de manhã eu prefiro não agendar nada para não começar a semana no rush
    • Dia 10 eu costumo deixar livre porque gosto de cuidar das finanças pessoais com calma
    • Dia 20 eu costumo deixar livre porque gosto de cuidar das finanças da empresa com calma
    • Dia 30 eu costumo deixar livre porque é o dia do fechamento fiscal do mês, então aproveito para fazer uma revisão completa de todas as contas
    • Sextas-feiras eu preciso deixar livres porque costumo viajar para ministrar cursos aos sábados em outras cidades
    • Domingos eu prefiro deixar de forma sagrada para descansar
  • Garantir que os compromissos estão espaçados e com respiros, e que terei tempo para descansar, fazer atividades de lazer, processar minhas entradas etc.
  • Verificar os projetos que preciso concluir este mês e garantir que os prazos estejam no calendário

Eu utilizo a agenda do Google para montar o meu planejamento de compromissos e eventos. Clico para ter a visualização mensal e, com ela, consigo ter uma boa visão das cinco semanas que teremos nesse mês de junho.

Basicamente, meus compromissos são: cursos presenciais e online que vou ministrar, sessões de coaching, reuniões, cursos que participarei e viagens. Todos eles já estão na minha agenda e me dão um cenário geral de como será a minha disponibilidade ao longo do mês. Essa visão me ajuda a não sobrecarregar minha agenda. Por exemplo, se eu participar de um curso que tem dois dias (isso efetivamente vai acontecer agora em junho), no dia seguinte eu me disciplino a não agendar nada, pois sei que estarei cansada. Tento manter essa proporção sempre que tenho compromissos agendados, pois sei que tenho e-mails para processar, notas para esclarecer e outras pendências que surgirão na época.

Revisar os projetos é fundamental, e faço isso pelo menos uma vez por semana, durante a minha Revisão Semanal. Nessa revisão, consigo ter uma visão dos projetos que preciso concluir em junho e posso inserir os prazos no meu calendário (ou seja, na agenda do Google). Isso me ajudará a ter controle semana a semana e dia a dia do que preciso fazer. Ou seja, foco no que for realmente prioridade e mantenho meu tempo para aquilo que for mais importante.

Caso você queira fazer algum curso comigo, o único público que ministrarei este mês é o curso de GTD em São Paulo, Nível 2: Projetos & Prioridades. Clique aqui para se inscrever. Mas é claro que eu também tenho muitos cursos online já publicados, que você pode fazer caso não seja de São Paulo (ou mesmo que more aqui!), com diversos temas de organização.

Meu mês está bem cheio de atividades mas fazer esse planejamento faz com que ele fique cheio de atividades significativas mesmo sem sobrecarregar o meu dia a dia, o que para mim é um fator fundamental para se ter qualidade de vida.

E você, já planejou o mês de junho? Como você costuma se planejar?

Thais Godinho
30/05/2017
Veja mais sobre:
12
Quando um hobby se transforma em projeto profissional
Como eu me tornei uma pessoa organizada
Andamento da mudança – parte II