A sugestão de hoje é muito simples e fácil de fazer, mas pode trazer um impacto bacana na sua vida.

A ideia é você registrar, todo último dia do mês, os principais acontecimentos dele. Você pode bolar algumas perguntas como:

  • Você está feliz?
  • Como está a sua saúde?
  • Quais foram os marcos este mês?
  • O que você fez de legal?
  • O que descobriu?
  • Como estão os seus relacionamentos?
  • Que projetos você concluiu?
  • Etc.

Se fizer isso todo mês, ao final de cada ano terá um registro bacana de como foi o ano para você.

Como eu organizo isso? Eu tenho um caderno de referência geral no Evernote chamado “Grande cenário”, onde tenho uma nota para cada ano da minha vida até aqui. Mensalmente, registro nela tais acontecimentos.

Assim, ao final de cada ano, eu tenho um registro sólido de tudo o que eu fiz. Isso me deixa muito satisfeita porque consigo ver que fiz bastante coisa mesmo em anos mais difíceis e que dão a impressão de que não fiz muita coisa.

Além do que, trata-se de um registro muito bacana para se fazer até o final da vida. E, caso você tenha registros antigos, pode digitalizar e passar para o arquivo do ano correspondente.

Espero que goste da ideia!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorComo destralhar seu banheiro
Próximo artigoPlanejando junho 2017

Meu nome é Thais Godinho e meu guarda-chuva profissional engloba três temas: produtividade, organização pessoal e criatividade. As formas de operacionalizar esse trabalho que eu amo são essas: escrevendo no blog, publicando livros, estudando, ministrando cursos e fazendo atendimentos individuais, ajudando as pessoas a se organizarem. Você pode acompanhar minha trajetória pessoal e profissional neste blog, que existe desde 2006.

22 Comentários

  1. Thais, adoro seu trabalho, que me fez mudar a minha vida e conquistar muitas coisas!! Ideia fantástica! Colocarei em prática já! Abraço, Ana!

  2. Olá Tais,
    Vim compartilhar com vocês que após um post e um comentário de uma leitora do blog comecei com o GTD este mês =))
    Sempre via suas postagens sobre este método mas não as lia muito pois achava que tratava-se de algo complicado, e como sou muito da “galera do papel” achava que não iria funcionar pra mim. Aprendi aqui no blog a usar o caderninho que pra mim funciona muito melhor que a tradicional agenda (o meu tem as seguintes divisões: caixa de entrada – finanças – metas do ano e lista de desejos). Fiquei somente com o caderno muito tempo e ele me ajudou muito, principalmente no controle financeiro (hoje sei pra onde vai cada centavo que ganho).
    Mas recentemente depois de ler seu post sobre como usar o GTD no Trello e um comentário inspirador de uma leitora resolvi fazer uma conta no site e fui criando pastas pra tudo que estava na minha mente! rs Foi simplesmente libertador!!! (Façam gente!) Percebi o quanto tinha coisa que eu queria registrar em algum lugar mas ficava ocupando espaço na minha cabeça e correndo o risco de eu esquecer a qualquer momento.

    Me organizo bem com caneta e papel mas tinha coisas que eu ficava com preguiça de escrever, ou escrevia de forma bem resumida por causa do espaço etc. Esse “registro de marcos do ano” por exemplo eu fazia de forma que coubesse em uma única página do caderno no final de cada mês. Aí agooora que tenho o Trello acabei de criar uma pasta com todos os meses do ano e fiz o resumo do mês de maio que ficou lindo, enorme e ainda nem acabei rs (acho que vou mandar pro meu analista depois).
    Enfim Thais, ainda estou engatinhando no GTD mas já sinto seus efeitos! rs
    Gratidão enorme pelo conhecimento que vc compartilha conosco, passo aqui todos os dias!
    Beijos no <3

  3. Tenho feito algo parecido em meu bullet journal. Mas não tinha pensado nisso em algo pra longo prazo. Boa idéia!

  4. Oi Thaís, eu faço esse registro de 2015, mas no Trello. Um quadro por ano, sendo cada lista para 1 mês. Também fica bem legal 🙂
    Abraço 🤗

  5. Gostei muito da ideia!
    Seria legal também bolar uma comemoração pelo atingimento das metas do mês. Estamos tão preocupados em alcançar resultados que acabamos esquecendo de comemorar as conquistas.
    Obrigado por compartilhar!
    Abraços!

  6. Caraca nunca tinha pensado nisso!!! Mas é uma excelente ideia! Vou começar e ver no que dá no fim do ano 😄😄😁

  7. Para ficar mais completo, o ideal seria seguir aqueles artigos “O QUE ESTOU FAZENDO” de novembro e dezembro de 2016. Você poderia voltar com eles, Thaís. Estava muito bom.

  8. Olá Thais, amei a idéia. Já estou registrando. Nosso dia a dia é tão corrido que muitas vezes não damos importância as conquistas e realizações mais simples, mas que na verdade é que fazem a diferença na nossa vida. Creio que será gratificante ler tudinho no final do ano.
    Obrigada!

  9. Thaís, vc publicou a um tempo atrás um registro que fez ao final de um mês em que usava muitos verbos, como lendo, procastinando, assistindo, pretendendo, enfim. Gostei tanto tanto que faço todo final do mês, e me dá um prazer danado pois com esses verbos consigo perceber como eu estava em relação a muitos aspectos, vou acrescentar mais coisas sugeridas no post. Eu tenho um bullet e um caderno de idéias, e tudo isso fica lá. Não pensei num registro a longo prazo. Talvez analisando ao final do ano queira guardar em algum formato digital. Enfim, muito boa dica.bjus Rose

  10. Tenho feito algo parecido desde janeiro deste ano e tem sido MARAVILHOSO poder olhar para trás e ver a quantidade de coisas que já consegui fazer mesmo que pareça que não. E sei que vai ser mais gostoso ainda daqui a alguns anos.

  11. Excelente idéia! Eu geralmente só fazia um balanço desses no final do ano, mas manter esse registro mensal vai ser ótimo! Obrigada pela dica! Já criei minha nota no Evernote para registrar mês a mês.

  12. Olá, Thais, Adorei o post! Faço esse tipo de registro desde – pasme! – 2008, quase 10 anos atras. Adoro reler meus registros daquela época.

DEIXE UMA RESPOSTA