ou

No ano passado, quando estávamos planejando a mudança de casa, eu contatei a Wanice Bon’Ávigo, do Armazém da Energia, para elaborar o projeto de feng shui da casa nova. Sempre fui apaixonada por feng shui e, desta vez, queria fazer tudo direitinho. Ela e a Érika elaboraram um projeto muito bacana e gostaria de compartilhar com vocês o processo.

Elas realizam uma análise de numerologia cabalística dos moradores da casa, o que é algo muito rico porque ajuda a ter uma visão de como essas três energias (no caso aqui comigo, meu marido e nosso filho) interagem com as energias da casa, e ao final elas elaboraram um projeto levando tudo isso em consideração, com soluções personalizadas. Fora que a análise numerológica é explicada em um delicioso arquivo de áudio para cada pessoa, que é para você ouvir com calma e curtindo cada frase. Eu vivo ouvindo de novo!

Para mim, foi o_projeto do ano passado porque me manteve bem em uma época que fiquei chateada com algumas coisas, no último trimestre do ano. Já comentei aqui que tivemos problemas com o administrador da casa, tive outros problemas que não divulguei no blog (e não vêm ao caso), e ter um projeto criativo e que envolvesse o nosso lar foi fundamental para me manter bem naquele período.

Quando eu recebi o projeto, comecei então a planejar essa implementação, que não tem fim, na verdade! Comecei com o arranjo dos móveis, depois fui para os cristais multifacetados para as curas de áreas faltantes, as plantas e quadrinhos. Tudo isso vou fazendo bastante aos poucos porque a casa é grande e não tenho pressa.

Eu sempre fui uma pessoa apaixonada por organização, mas sem muito talento para decoração, e ter uma orientação de feng shui fez bastante diferença no arranjo das coisas. Por exemplo, ao montar meu escritório, eu sabia onde posicionar a mesa de maneira mais favorável. Uma das paredes fica no setor dos relacionamentos, então a Wanice me orientou a inserir alguns elementos que têm tudo a ver.

Eu vejo uma relação muito intensa entre feng shui e organização em diversos aspectos. Em primeiro lugar, sobre não ter tralha em casa. Tralha só atrapalha, porque é energia parada, além de não ser possível organizar. Depois, o feng shui influencia também com sugestões sobre como organizar de maneira legal cada um dos ambientes, o que pode ser útil para quem gostaria de ter mais ideias. Fora os pequenos detalhes, como usar acessórios vermelhos no setor do sucesso e outros pequenos detalhes que, para mim, fazem toda a diferença.

No Armazém da Energia você pode solicitar o seu projeto de feng shui residencial mas, se quiser aprender como fazer, também tem o curso que nós estamos construindo em parceria, que é de Feng Shui e Organização da Casa, para quem quiser aplicar na sua casa e onde mais tiver vontade.

Você aplica feng shui na sua casa? Você gosta desse assunto? Este é um primeiro post de uma série de outros em que pretendo explorar como estamos fazendo e trocar dicas com vocês.

Thais Godinho
10/04/2017
Veja mais sobre:
Feng Shui
1
Simplificando a alimentação – preparos mais simples e menu semanal sem neuras
Inspiração do dia: potes com comidinhas
Planejando algo especial para o Dia dos Pais

 

  1. Isabel Amorim 11/04/2017

    Olá!

    Gostaria de aprender a fazer o Feng Shui na minha nova casa. Estamos sem casa, por enquanto, mas será breve esse período.
    Bjos