ou

Veja livros que foram lançados nas últimas semanas e que agitam o mercado de organização e assuntos relacionados.

“Santa Ajuda”, Micaela Góes

Neste livro, a organizadora profissional, consultora e apresentadora Micaela Góes compartilha suas experiências e descobertas no mundo da organização. Santa Ajuda é dividido por ambientes de uma residência, assim como os episódios do programa exibido pela GNT.

▷ Compre aqui

“Quanto é suficiente?”, Robert Skidelsky

O que constitui uma vida boa? Qual é o verdadeiro valor do dinheiro? Por que trabalhamos longas horas para adquirir mais riqueza? Essas são perguntas que muitos se fazem, principalmente durante períodos de crise econômica.

O economista John Maynard Keynes conjecturou em 1930 que ao longo do século XXI a renda das pessoas aumentaria, as necessidades básicas individuais seriam atendidas e ninguém teria que trabalhar mais de quinze horas semanais. Mas não é por esse caminho que o desenvolvimento econômico atual está nos conduzindo.

Para compreender o erro de Keynes – e considerando que a economia é uma ciência moral –, os autores Skildesky recorrem ao conceito de vida boa de Aristóteles para mostrar como temos nos desviado do ideal keynesiano ao longo dos últimos cinquenta anos. Quanto é o suficiente? é um trabalho de inteligência aguda e comprometimento ético acessível a todos os leitores, que nos convoca a pensar sobre o que é realmente importante na vida e o que precisamos fazer para nos desviarmos do condicionamento de um sistema que nos oprime e nos faz agonizar.

▷ Compre aqui

“Mapas mentais para negócios”, Tony Buzan

Tony Buzan, o mais proeminente autor mundial de Mapeamento Mental, ao lado de Chris Griffiths, cofundador e CEO da Buzan Online Ltd., vai lhe mostrar como aplicar Mapas Mentais a qualquer desafio ou meta empresarial – desde o gerenciamento de projetos e vendas até estratégias de liderança. Usado por empresas do mundo inteiro, entre elas, De Beers, Disney, Microsoft e até a NASA, para criar, liderar, planejar, apresentar soluções e fazer apresentações, os Mapas Mentais podem ajudá-lo a resolver problemas, descobrir novas maneiras de trabalhar, traçar planos de negócios, reestruturar sua equipe e muito mais.

▷ Compre aqui

“Viva a sua missão”, Bruno J. Gimenes

A nossa sociedade enfrenta um problema silencioso muito grave: a maior parte das pessoas vive envolvida em um sentimento de frustação, descontentamento, insatisfação pela vida e um profundo vazio no peito que corrói o corpo e a alma. Provavelmente você já sentiu ou sente que esse problema também afeta a sua vida. As principais consequências são: conflitos na autoestima, escassez financeira e falta de prosperidade, doenças, desequilíbrios emocionais agudos e conflitos de relacionamento. Depois de mergulhar mais de 12 anos no tema da transformação pessoal e na compreensão da missão da alma de cada ser, o autor criou um método para você mudar o rumo da sua vida e encontrar a missão da sua alma.

▷ Compre aqui

“Originais”, Adam Grant

Qual é o segredo das pessoas originais? Será que a criatividade é uma qualidade inata ou uma habilidade que pode ser estimulada ou mesmo aprendida? Em seu novo livro, Adam Grant desmistifica muitas das crenças que existem em torno das mentes criativas.

Ele recorre a uma série de estudos e histórias reais envolvendo o mundo dos negócios, a política, os esportes e o universo do entretenimento para mostrar como qualquer pessoa pode aprimorar sua criatividade, tornar-se capaz de identificar e defender ideias verdadeiramente originais, combater o conformismo e romper com tradições obsoletas.

Você vai conhecer as técnicas bem-sucedidas aplicadas por profissionais que ousaram remar contra a maré e levar seus projetos adiante, como uma funcionária da Apple que desafiou Steve Jobs estando três níveis hierárquicos abaixo dele, uma analista que derrubou a política de sigilo da CIA, um bilionário mago das finanças que demite os funcionários incapazes de criticá-lo e um executivo de TV que impediu que a série Seinfeld fosse cancelada logo no início apesar das pesquisas de opinião desfavoráveis.

Adam Grant demonstra como a originalidade pode ser impulsionada, indicando a melhor forma de se expressar sem ser silenciado, como conquistar aliados em ambientes improváveis, escolher o momento certo de agir e lidar com o medo e a insegurança.

Além disso, comenta como pais e professores podem estimular a criatividade nas crianças e o que os líderes podem fazer para estabelecer uma cultura que promova a divergência de opiniões.

▷ Compre aqui

Você já tem ou leu algum? Comente o que achou!

Thais Godinho
05/04/2017
Veja mais sobre:
Lancamentos literários, Livros
5
Linkagem de domingo {44}
Linkagem de domingo
Linkagem de domingo {16}

 

  1. Wanice 05/04/2017

    Thais, adoro suas indicações de livros. O Bruno Jimenes é o terapeuta/escritor que nós visitamos la na Serra Gaúcha, espaço Luz da Serra, juntamente com a Patrícia Cândido. Sou uma admiradora do trabalho de ambos! Obrigada, Thais! Bjks (já estou na Amazon…)

    • Thais Godinho respondeu Wanice 05/04/2017

      Eu indiquei por causa da sua referência! <3

  2. Luciana 05/04/2017

    Tais,
    Amei todas as sugestões, ficou até difícil escolher…. rsrsrsr
    Você como sempre trazendo novidades que acrescentam e muito em nossas vidas!
    Bj

  3. Rafaella 05/04/2017

    Adoro tuas dicas de leitura, mas fugindo um pouco dessa sua lista de hoje…
    Acompanhando o blog resolvi fazer uma pequena compra de alguns títulos que já vi aqui citados outrora. Mas estou em duvida por onde começar, visto que são temas um pouco diferentes mas que tem tudo a ver. Queria tua ajuda…
    Comprei seus dois livros, vida e casa organizada, comprei também, o poder do hábito, a arte de fazer acontecer, foco e a mágica da arrumação. Agora não sei qual leio primeiro kkkk
    Me da um norte, por favor.

    • Thais Godinho respondeu Rafaella 06/04/2017

      Leria nessa ordem:

      Vida organizada
      A arte de fazer acontecer
      O poder do hábito
      Casa organizada

  4. Alessandra 06/04/2017

    Ultimamente venho fazendo uma reflexão sobre como simplificar a vida. Parece que sempre estamos correndo, com tarefas para fazer, matéria acumulada para estudar, casa para limpar e organizar… e simplesmente isso é angustiante, pois não dá tempo para fazer tudo. Acho que os livros sobre organização precisam ter como objetivo ” um meio para simplificar a vida”, e não somente organizar. Não sei se se enquadram em “autoajuda”, mas poderiam tratar a parte psicológica da culpa de não conseguirmos fazer tudo, também.