ou

Este post faz parte de uma série que explicará como conciliar os dois métodos.

FLY Lady é um método de cuidados com a casa – clique aqui para saber mais.
GTD é um método de produtividade – clique aqui para saber mais.

A FLY Lady recomenda termos listas detalhadas de limpeza que, em resumo, são o seguinte: para você ter um cômodo da casa limpo dentro que você considera perfeito, qual a lista de coisas a fazer nesse cômodo? Por exemplo, no banheiro, pode incluir: limpar e esfregar o vaso, limpar espelhos, lavar o box e por aí vai.

No site ela disponibiliza modelos, mas a ideia é personalizar para a sua própria casa. Ou seja, você pegar seu caderninho e ir de cômodo em cômodo listando o que precisa fazer em cada um deles.

Para o GTD, a lista de limpeza detalhada é uma checklist. E checklists são listas de referência que você revisa na sua Revisão Semanal e, se algo demandar algum tipo de ação, você define uma próxima ação, que vai entrar nas suas listas por contextos.

Visualização de exemplo no Todoist:

Você pode montar essas listas em qualquer aplicativo que suporte listas, textos ou até mesmo em um caderno ou fichário.

Quando você estiver na zona da semana, pode se concentrar em “zerar” todas essas ações dos cômodos específicos. Mas tem muita coisa nessas listas que acabamos fazendo espontaneamente.

Vale a pena verificar essas listas semanalmente, na revisão semanal, porque tem coisas que você faz só uma vez por mês (ou com uma frequência mais espaçada), mas tem outros que você pode querer fazer semanalmente ou até mais de uma vez por semana. Nesse caso, você pode personalizar checklists diárias ou inserir ações com recorrência em seu calendário, se tiver um dia específico para fazer (por ex: colocar o lixo para fora no dia do lixeiro).

Algumas pessoas gostam de dedicar um período inteiro da semana (por ex: segunda de noite ou sábado de manhã) para fazer todas as atividades da lista de limpeza detalhada. Pode fazer, mas não precisa. Você também pode ir fazendo aos poucos todos os dias, dependendo apenas de estar no contexto apropriado.

Existe algum assunto que você gostaria de ver nessa série? No próximo post, vamos falar sobre os “baby steps” – o guia para implementar o método FLY Lady.

Thais Godinho
15/03/2017
Veja mais sobre:
FLY Lady, FLY Lady e GTD
10
Como implementar o GTD sem tecnologia
FLY Lady e GTD: Foco do dia
Turma aberta: Treinamento GTD

 

  1. Elaine 15/03/2017

    Essa semana estou sentido a tranquilidade dos dois sistemas funcionando juntos! Nunca mais tinha simplesmente deitado no sofá, sem preocupação que estava deixando de fazer alguma coisa. Depois, em uma hora, consegui fazer dois itens da lista da semana e completar minha rotina noturna.

  2. Daniele Rodrigues Serpa 15/03/2017

    Bom dia, Thais! Obrigada por mais um ótimo post dessa série maravilhosa! Esperando ansiosamente o que vc tem a dizer sobre baby steps ! Tem algumas coisas que eu acho “fora do contexto” do gtd… aguardo vc dizer como lida com cada um! um beijo e sucesso sempre!

  3. Rose Guedes 15/03/2017

    Oi Thaís,
    Comecei a usar o Fly lady a pouco tempo e uma dúvida sobre ele é o tempo que devemos destinar as tarefas. No início eu percebi que ficava meio doida para realiza-las porque são geralmente coisas rápidas. Acho que errei a mão e fiquei mais pilhada. Entendi que as missões tem um tempo de 15 min., Mas as atividades dá lista detalhada também tem um tempo determinado? Se temos tarefas diárias, mais as missões, onde se encaixam as tarefas dá lista detalhada por cômodo? Nessa lista detalhada eu tenho me sentido meio perdida.

    • Thais Godinho respondeu Rose Guedes 15/03/2017

      Oi Rose, tudo bem? No post está assim: “Algumas pessoas gostam de dedicar um período inteiro da semana (por ex: segunda de noite ou sábado de manhã) para fazer todas as atividades da lista de limpeza detalhada. Pode fazer, mas não precisa. Você também pode ir fazendo aos poucos todos os dias, dependendo apenas de estar no contexto apropriado.”

      Espero que ajude.

  4. Evelyn 15/03/2017

    Ótimo texto! Ainda que eu use o flylady mais fisicamente do que em aplicativos… muito bom pra quem quer fazer essa junção GTD! Eu tenho feito GTD no trabalho, mas bem aos pouquinhos… E está sendo ótimo também!

  5. Tiago M. 16/03/2017

    Dica bem legal. Com base em seus posts anteriores, criei checklists, que ficam guardadas em material de referência e ticklers que me lembram de olhar a checklist do dia/semana/mês. Se houver necessidade, coloco aquelas atividades nas minha lista de próximas ações de acordo com o contexto. Thank you, master.

    • Thais Godinho respondeu Tiago M. 16/03/2017

      Obrigada por comentar! Os créditos são todos do David Allen, hehe

    • Anielle respondeu Tiago M. 05/05/2017

      Nossa ótima ideia de por os checklists no tickler! Vou adota-la tbm.

  6. Sax 17/03/2017

    Thaís, estou adorando este site, seus posts são de muita utilidade, admiro pessoas que conseguem ser tão organizada, juro que tento, mas não por muito tempo.

  7. Ana Luzia 18/03/2017

    Muito boa essa série! Obrigada!