Acordei tendo dormido bem – quase oito horas. Sem despertador. Geralmente desperto sozinha após ter dormido por sete horas e meia seguidas.

Tomei meu café-da-manhã com calma. Ouvi os passarinhos. Lavei a louça.

Cumprimentei os cachorros e respirei um pouco de ar livre no quintal. Lavei as bacias de água e comida, reabasteci, varri e limpei o chão. Limpei as casinhas.

Fui para o meu escritório (home-office) e esclareci a minha caixa de entrada física. Foi bem rápido, porque eu não tinha deixado acumular. Não levei 15 minutos. Dei uma olhada na previsão do tempo para a semana (vai chegar uma frente fria, que bom!) e nas notícias do dia. Não me tomou cinco minutos.

Troquei a lixeira e aproveitei para dar uma geral na casa. Nada demais – troquei as toalhas, coloquei a roupa para lavar, arrumei as camas, guardei a roupa limpa, limpei e guardei as bolsas que estavam fora do lugar, guardei os sapatos, troquei as lixeiras dos banheiros, varri a entrada e a área de serviço.

Dei uma rápida olhada no estado dos alimentos para priorizar frutas que estejam amadurecendo. Preparei o almoço. Enquanto esperava ficar pronto, cortei duas mangas e coloquei no congelador (têm sido a minha sobremesa – “sorvetinho de manga”).

Assisti um episódio de Friends no Netflix depois de lavar a louça, enquanto tomava um café. TV desligada, fui fazer minha revisão semanal. Filhote e marido saíram, então aproveitei o momento só meu. Planejei a minha semana, revisei meus projetos e checklists.

Dei uma olhada no fórum dos instrutores e vi que tinha um novo material do David Allen – um vídeo ministrando um conteúdo na Itália, atualizado. Salvei para ver mais tarde. Revisei o material do filhote, vi se tinha lição, a programação da semana e deixei a mochila pronta. Separei os lanchinhos da semana.

Fim de tarde, fui fazer meu exercício físico diário, saindo para passear com um dos cachorros. Caminhei pelo bairro tranquila, curtindo estar com meu animalzinho de estimação. Cheguei em casa e esperei marido e filhote chegarem, e brincamos todos juntos com o cachorrinho quando eles chegaram.

Passei mais tempo com o meu filho fazendo nada. Conversando, dando risada, brincando, falando sobre o que ele gosta mais – se de judô ou futebol. Ele gosta de futebol porque faz gol, mas também gosta do judô porque dá cambalhota. Depois, fomos juntos limpar o quintal com os cachorros e ele me ajudou a colocar água e comida para eles.

Marido cuidou da janta enquanto isso. Tomei um banho tranquilo, dei uma geral no banheiro. Filhote foi jogar um pouco de vídeo-game.

Jantamos. Marido e filhote viram um desenho enquanto eu lavei a louça e dei uma geral rápida na cozinha. Enquanto eles assistiam, aproveitei para sentar ao computador na mesa de jantar e enviar alguns e-mails que adiantariam a minha vida amanhã, segunda-feira. Isso me tomou 10 minutos, mas fez com que eu ganhasse a manhã livre até umas 11 horas, quando as respostas começarão a chegar. Então eu sei que posso dedicar esse tempo amanhã de manhã para trabalhar em outras atividades.

Marido estava cansado porque trabalhou no final de semana, então foi se deitar cedo. Filhote e eu fomos ler. Ele, livrinhos do Garfield. Eu, minha apostila de GTD, para estudar.

Depois que ele dormiu, eu ainda não tenho sono, então vim escrever. Depois, vou separar a minha roupa para amanhã e ler um pouco na cama, antes de dormir as minhas oito horas diárias.

Um dia equilibrado e tranquilo, como todos os outros.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFeng Shui e a Organização da Casa
Próximo artigoComo usar o Trello para o GTD
Meu nome é Thais Godinho e meu guarda-chuva profissional engloba três temas: produtividade, organização pessoal e criatividade. As formas de operacionalizar esse trabalho que eu amo são essas: escrevendo no blog, publicando livros, estudando, ministrando cursos e fazendo atendimentos individuais, ajudando as pessoas a se organizarem. Você pode acompanhar minha trajetória pessoal e profissional neste blog, que existe desde 2006.

21 Comentários

  1. Thaís

    Adoro o seu trabalho e sou leitora do blog.
    Adoraria ter um domingo assim como o seu, tranquilo e organizado.
    Confesso que minha vida está um caos, tudo desorganizado e não sei por onde começar e isso está me deixando muito frustrada.
    Na verdade, acho que não estou conseguindo dar conta de todas as demandas da minha vida.

  2. Paz, é isso que esse post me transmite, Thais você é demais!Obrigada por compartilhar seu aprendizado de vida por todos esses anos e fazer com que a minha vida se tornasse muito melhor.

  3. Olá, Thaís!!! Que delícia a leitura desse post!!! Me lembrou aquele filme Marley e Eu, quando o John Grogan começa a relatar seus dias em sua nova coluna no jornal. 🙂 Adorei saber um pouco da tua rotina. Senti leveza, tranquilidade, equilíbrio e muita vontade de viver melhor! Obrigada!!!
    Bjs,

  4. Thais, eu te admiro tanto!
    Acho simplesmente fascinante como você consegue deixar as coisas simples super inspiradoras!
    Minha meta de vida é ser assim!
    Beijos

  5. Q dia inspirado, Thais. E tanta coisa boa junta q nem parece q são tarefas… adoro qdo meu dia rende assim 🙂

  6. Você faz tudo ficar tao alegre e tranquilo. Obrigada por mostrar esse lado da vida! Tenha uma ótima semana.

  7. Adorei esse post!
    Não me lembro onde li uma vez sobre mentalizar como seria um dia perfeito (rotina perfeita) e de pq não conseguimos realizar da forma que gostaríamos e ai trabalhar para termos aquele dia.

  8. Thais, você deixa os lanchinhos escolares do seu filho prontos pra semana toda? Como você faz? Tudo bem que arrumar o lanche da minha filha não me toma 5 minutos, mas acho um pouco engessado o que tenho colocado… Como você tem feito com as refeições da família? Você comentou que ia falar sobre rotina saudável… estou na espera 🙂 Você sempre nos inspira.

    • Para os lanches, deixo separadas na geladeira as frutas e sucos. Aí lanche mesmo, como sanduíche, meu marido prepara no dia.

  9. Olá Thais! Conheci seu blog ano passado e amo suas postagens. Lendo essa do domingo fiquei admirada como você consegue fazer tanta coisa sem estresse e correria em um só dia. Isso nunca acontece comigo. Parabéns!

  10. Olá Taís, bom dia!
    Gostaria muito de ter uma rotina leve e organizada como a sua. Seu blog me ajuda muito desde 2013 quando te encontrei, já mudei demais, tenho uma agenda organizada e consegui controlar minhas finanças etc. =) Ainda tenho muito a aprender, trabalho com listas mensais e diárias (e realmente não tem funcionado).
    Trabalho em regime de plantão, e observo o quanto meu trabalho não rende nos meus dias de folga. O quanto o serviço doméstico me desestabiliza emocionalmente, faço tudo com uma tristeza enorme =/ Tenho um irmão de 29 anos super machista que não colabora em nada com a organização da casa e atrapalha demais. Chega ao ponto de não guardar o creme dental que usa, não fechar as portas do guarda roupa etc. Esses comportamentos dele transformam minha casa em uma verdadeira guerra, minha mãe reclama o tempo todo das atitudes dele. Eu, tento ao máximo não reclamar porque vejo que não adianta e me faz sentir ainda pior. É tão complicado quando há uma pessoa assim em casa, se tiver alguma dica será ótimo!
    Nos finais de semana quando estou na casa do meu namorado vejo que as coisas fluem muito melhor, acordamos e enquanto um arruma a cama o outro prepara o café, um vai tomar banho o outro arruma a cozinha do café, cozinhamos juntos e o que colaborou menos arruma a cozinha… enfim é como uma dança, onde ninguém precisa pedir para que o outro faça nada e tudo é feito de forma justa e leve.

    Você me inspira muito, sou imensamente grata!
    Beijos

    • Amiga, te entendo completamente. Já vivi muito isso.

      Não dá pra mudar as pessoas. Faça o seu e busque ter sua casa, onde poderá fazer as coisas do seu jeito. Tente resguardar sua sanidade enquanto isso e ajudar a sua mãe.

      Estou sempre por aqui caso queira apenas desabafar! Boa sorte e obrigada por comentar! <3 Força por aí.

DEIXE UMA RESPOSTA