ou

Este post faz parte de uma série que explicará como conciliar os dois métodos.

FLY Lady é um método de cuidados com a casa – clique aqui para saber mais.
GTD é um método de produtividade – clique aqui para saber mais.

Uma das abordagens do método FLY Lady é estabelecer missões diárias para realizar na zona (área) da semana. Cada semana foca em uma zona (área) da casa, de modo que você consiga focar na casa inteira ao longo de um mês inteiro. As missões diárias são atualizadas semanalmente (aos domingos) no site da FLY Lady e você pode conferir todas aqui (está em inglês, mas você pode usar o Google Tradutor).

Dentro do GTD, as missões são tratadas assim:

Demanda ação? Sim.
Leva menos de 2 minitos? Não.
Então Delegue ou Adie.

Se você delegar para alguém (seu marido ou esposa, por exemplo), deleguee coloque em uma lista chamada Aguardando Resposta.

Se você adiar para fazer no momento mais apropriado, coloque em seu calendário (se tiver prazo) ou em uma lista de próximas ações (para fazer o quanto antes, dependendo apenas de estar no contexto apropriado).

Particularmente, eu coloco na minha lista de próximas ações que fica no Todoist, e coloco também o prazo de execução. O fato de colocar lá me permite saber que, se eu quiser adiantar e fazer antes do dia “certo” que a FLY Lady recomenda, eu posso. Se colocasse no calendário, significaria que eu só poderia fazer naquele dia em questão, o que não faz sentido, para mim. Eu vejo as missões como próximas ações. (Saiba mais sobre essa diferenciação aqui)

Já aconteceu de eu estar empolgadona e fazer mais de uma missão no mesmo dia, adiantando alguma de outro dia da semana. Essa não é a ideia. A ideia é fazer um pouco todos os dias, sem sobrecarregar com mais de uma missão. Porém, não é proibido. Às vees tenho dias em que estou mais tranquila e sei que os próximos dias serão mais ocupados, então aproveito para adiantar algumas coisas ou até mesmo delegar.

No meu calendário, todo domingo eu tenho um compromisso (com recorriencia semanal) de dia inteiro que me lembra de planejar a semana de acordo com as missões:

Então, todo domingo, eu acesso o site da FLY Lady e crio as missões no meu Todoist.

Ao longo da semana, sou lembrada através do Todoist vendo o prazo (caso seja a missão de hoje) ou através do contexto (se eu quiser adiantar alguma missão da semana). Funciona muito bem assim!

Você está gostando dessa série de posts? Por favor, deixe um comentário. Obrigada!

Thais Godinho
24/02/2017
Veja mais sobre:
FLY Lady, FLY Lady e GTD
16
Inspiração do dia: casamento ao ar livre
Analisando o fim do semestre: como dar um up nos projetos até o final do ano
Arquivos de suporte a projetos

 

  1. Julia 24/02/2017

    Thais, me surgiu uma dúvida relacionada a este post, mas que tem a ver mais com GTD, especificamente. Você controla sua lista de próximas ações de alguma forma, para reduzir o que está lá ao que deve/pretende fazer durante a semana corrente? Por exemplo: se seu projeto X tem a ação Y, mas você sabe que, por um motivo qualquer, não vai poder fazer Y nesta semana, essa ação continua na lista? Ou volta para/fica no planejamento geral do projeto até o domingo seguinte?

    • Thais Godinho respondeu Julia 24/02/2017

      Não, isso não é abordagem do GTD. As listas de próximas ações devem refletir todas as ações que consigo identificar, o cenário que quero me deparar ao executar meu trabalho. Se alguma ação precisa ser feita na semana, isso é um prazo.

      • Julia respondeu Thais Godinho 27/02/2017

        Legal, entendi. Se eu quiser ver uma versão “resumida” das listas, posso começar só com as que têm prazo, depois partir para a lista geral. Obrigada!

  2. Mariana 24/02/2017

    Adorei! Esclareceu bastante a forma de conciliar as missões com o GTD!

  3. Mariana 24/02/2017

    Muito bom! Eu uso o método FlyLady há quase 10 anos e, no começo, era um pouco cética. Hoje, vejo que com um pouquinho de disciplina é possível manter a casa limpa sem estresse, sem perder muito tempo e sem precisar gastar com diarista. Conectar isso com o GTD é fantástico: quanto mais integrados forem nossos sistemas de organização, mais eficientes eles se tornam.

  4. Carla Corrêa 24/02/2017

    Estou adorando Thais, continue que esta interessante.
    Beijoos

  5. Ana Prado 24/02/2017

    Sim, estou adorando!!! Obrigada querida

  6. Renata 24/02/2017

    Sim, estou amando esse conteúdo.
    Eu sempre me vejo escrevendo sobre as tarefas diárias e faxinas detalhadas por área, mas no final nunca consegui colocar em ação. Tenho a sensação que precisaria de uma mega faxina para dar o start e acabo procrastinando 🙁
    Eu sempre fico em duvida em qual sistema usar papel ou todoist (que amo), mas que é um “empecilho” para colocar o plano em pratica mesmo.
    Estou numa fase de mudanças (pretendo engravidar e minha filha menor entrara na creche meio período apos o carnaval) e quero usar esse tempo livre para deixar a casa em ordem seguindo o sistema pois preciso colocar leituras em dia e estudar inglês(presencial) e teologia (ead). Parece muita coisa escrevendo mas não é, só preciso da direção certa.
    Quero estar com essa área ok, funcionando para quando o bebe chegar eu não me atrapalhar e poder curtir tudo com meus filhos e marido.
    Estou louca para fazer um curso seu Thais, espero ate o final do ano realizar esse projeto ou talvez com o dinheiro do fgts rs 🙂
    Continue, e quanto mais detalhes melhor.
    Você é minha inspiração sempre.
    Bjos

  7. Rose Guedes 25/02/2017

    Que ideia genial!
    Uso o sistema Fly lady a pouco tempo, tive que reduzir a faxineira de duas vezes por semana a uma vez por quinzena.
    Depois de muitos sábados inteiros de faxina, sem tempo para curtir a família, vi no método uma forma de viver numa casa organizada .
    No GTD estou engatinhando…
    Unir esses ferramentas, se é que posso chamar assim, só pode dar certo.
    Adorei, parabéns! Vc é muito criativa e atenta as demandas do seu público.
    Um abraço, Rose Guedes

    • Thais Godinho respondeu Rose Guedes 06/03/2017

      Agradeço muito, Rose.

  8. Valéria Paola 26/02/2017

    Oi, Thais, estou amanda essa série Flylady e o GTD. O Flylady eu já aplico há anos, mas o GTD ainda não tive tempo para parar, entender e colocar em prática. Tenho tudo que você mandou sobre GTD guardado, e já li muita coisa, mas por enquanto é projeto engavetado (para algum dia, quem sabe não animo com essa série Flylady GTD???). Adorei a sua postagem anterior sobre GTD e missões e eu já colocava as missões no Todoist, mas diferente de você, rssss eu sigo ä risca as datas propostas. Depois que comecei a usar o Todoist, por influência sua, minha organização de tempo melhorou demais. Como eu disse no grupo não sei viver mais sem o Flylady e o Todoist. Continue com a série se possível, assim que você posta, estou enviando para o grupo, apesar que a maioria das Fly’s são suas seguidoras. Um beijão e obrigada por seu trabalho lindo!!!!!

  9. Ambressa 28/02/2017

    Estou adorando essa série, porque ela está no ritmo ideal para mim! Bjs

  10. Abe Gomes 01/03/2017

    Estou adorando, Thais! :))

  11. Rute 02/03/2017

    Olá Thais,
    obrigada por mais esta partilha! usei a forma que fazes como exemplo e criei no calendário um compromisso diário, mas em vez de copiar a missão para cada dia no texto do compromisso, coloquei apenas o link das missões diárias. sinceramente, se não conseguir fazer, não faço, não estou preocupada em registar o que fiz ou não. e assim um único compromisso está atualizado para todo o sempre 🙂

  12. Danielle Pimenta 04/03/2017

    Thais, eu sigo seu blog a séculos… Deve ter pelo menos uns 6 anos e eu sempre leio seus posts… Nos últimos meses eu tenho me sentido muito sobrecarregada de trabalho e tô tomando coragem pra começar com o método GTD, eu já comprei o último livro, mas não sei porque me dá um medão de começar! Esse é mais um comentário desabafo do que uma questão… Queria agradecer por postar sempre coisas MUITO legais e por deixar a gente desse lado de cá crescer com você! 🙂
    Beijos,
    Dani

  13. Bruna 02/04/2017

    Ei, Thais! Acompanho seu blog há tempos e li bastante sobre o FLY Lady aqui no Vida Organizada, mas não conseguia implementar nada por conta própria. Inscrevi-me em um grupo de brasileiras que traduzem e adaptam o método para a nossa realidade e bum! Tenho rotinas melhor estabelecidas, o básico está sempre em dia, não demoro mais uma eternidade para lavar roupas, enfim, me sinto muito mais produtiva! Por anos eu entendi que lidar com a casa resumia-se a limpá-la, e hoje entendo que isso faz parte de um universo muito maior de ações. Em janeiro li “A arte de fazer acontecer” e as dicas que você dá nessa série que concilia os dois métodos fazem todo o sentido, agora que tenho mais familiaridade com ambos! Fico tranquila de descansar porque sei que, em determinada hora, vou limpar a poeira das prateleiras – não preciso fazer isso agora, porque tenho um sistema de gerenciamento MUITO mais confiável! Tudo ficou mais fácil, não perco mais pensamentos e ideias porque registro tudo na minha caixa de entrada, e devo tudo isso a você, o gatilho que faltava! Muitíssimo obrigada por compartilhar seus ensinamentos, impressões e opiniões!

    • Thais Godinho respondeu Bruna 03/04/2017

      Adorei esse depoimento. Muito obrigada!