Olá pessoal, chegou outubro! Neste post, darei algumas dicas para você se organizar nesta entrada de novo mês e também vou contar um pouco como eu faço isso!

Agenda

No post sobre como organizar setembro, eu comentei que estava fazendo um teste usando novamente agenda de papel. Bem, apesar de adorar agenda de papel, o teste não durou muito. Voltei a usar a minha agenda do Google, que continua firme e forte. Não tem jeito: para agenda, eu prefiro tecnologia. Uso muito o recurso de recorrências e confio nas informações que já alimentei ali, então prefiro manter o que for mais prático para mim.

agenda-cores

Ah, eu inclusive escrevi um post sobre como uso um modelo de agenda para planejar a minha “semana ideal”. Depois de algumas semanas testando, concluí um pró e um contra. Pró: me ajuda a organizar melhor quanto tempo posso dedicar esta semana para cada atividade, jogando para a semana seguinte quando eu não puder abrigar mais nada. Contra: me senti um pouco sobrecarregada fazendo isso, com um bloco de atividades colado no outro. Talvez eu tenha que espaçá-los mais.

Ainda com relação à agenda, eu gosto de ver meu mês como um todo, os compromissos já agendados, para ver se preciso tomar algum tipo de providência. Depois que eu comecei a trabalhar com coaching, meus dias ficam cheios de compromissos com facilidade, pois estão dedicados a sessões. Portanto, em outubro eu já tenho muitos dias praticamente fechados, então isso me mostra que tenho que ser criteriosa com tudo o que entrar. Vou viajar três vezes (Curitiba, Brasília e Rio de Janeiro), tenho o curso online do Todoist que entra no ar na primeira semana (e toma bastante dedicação de tempo de edição e gravação), uma palestra agendada (em evento fechado), Dia das Crianças e outros compromissos gerais já agendados. Eu tinha me planejado para tirar alguns dias de férias no final do mês mas, com as sessões de coaching, resolvi deixar para dezembro. Eu também não conseguiria fazer nada muito diferente com o meu marido e o nosso filho em período de aulas.

Outras coisas que eu costumo verificar toda entrada de novo mês: reuniões, treinamentos, eventos na escola do nosso filho, feriados, aniversários, shows, webinars e cursos. Pelo deslocamento que já sei que vou fazer em determinados dias, também verifico a possibilidade de fazer coisas que eu gosto (tenho uma checklist chamada “Coisas que eu gostaria de fazer mensalmente”), tais como: passear em alguma livraria, ir ao cinema, fazer um passeio bate e volta, sair com as minhas amigas, entre outras.

Este mês também tem eleições municipais, então eu deixei, em um compromisso no meu calendário, o número do meu candidato a vereador, para não esquecer.

Projetos

Eu tenho uma lista com todos os meus projetos em andamento e, como comentei outro dia, voltei a organizá-los por prazo de conclusão – geralmente o mês de entrega em questão.

projetos-conclusao-todoist

Bom, então, sinceramente, eu tenho que estar hoje com todos os meus projetos de setembro concluídos. E sim, isso foi feito! Na última semana, dei uma prioridade para eles, definindo ações bem certeiras para fazer ao longo da semana, me dando prazos internos, e eles foram concluídos.

Então agora eu altero a frase inicial, dizendo que se trata do meu guia para Outubro 2016 a Outubro 2017, e reviso os projetos alocados para outubro para garantir que sejam os projetos de outubro mesmo, se tem projetos demais, se algo pode ser concluído em novembro ou mesmo se falta alguma coisa.

No momento, eu tenho 28 projetos para concluir em outubro. São projetos mais simples como “Montar uma planilha com os lançamentos futuros dos meus cartões de crédito” e “Comprar presente para o Paul – Dia das Crianças”, até mais robustos ou complexos como “Colocar no ar o curso online Organize-se com Todoist em 08/10″, “Renovar o meu passaporte” e “Gravar curso online de refresh para o Nível 2″. Mas o que importa não é o volume de projetos, e sim que estejam todos muito bem definidos e com próximas ações claras. Eu consegui jogar uns 3 ou 4 para novembro, sem dramas. Quando isso envolve outras pessoas, eu costumo avisar logo no início do mês.

projetos-outubro

Eu organizo os meus projetos e ações no Todoist.

Áreas de foco

Também costumo revisar as minhas áreas de foco pelo menos mensalmente. O propósito é garantir que estejam caminhando bem para que fiquem estáveis e tranquilas. Ontem eu postei um texto sobre como reequilibrar as áreas de foco, que foi resultado da revisão mensal que fiz delas.

areas-de-foco-pessoal

Estou usando novamente o formato de mapas mentais para trabalhar com elas, porque gosto muito do modelo e do programa (Mind Meister).

Todo mês eu gosto de definir áreas de alavanca, que darei um pouco mais de atenção ao longo de todos os dias. Para outubro, profissionalmente certamente será a área de “coaching” e, pessoalmente, “finanças”.

Outras coisas que gosto de fazer quando entra um novo mês:

  • Organizar a pasta do tickler
  • Ler alguns pensamentos que me inspiram
  • Repassar a lista de possíveis pendências do livro de GTD para fazer uma captura completa
  • Administrar minhas finanças pessoais e da empresa, fazendo um balanço geral do mês anterior e projeções para o próximo
  • Conferir se todas as contas do mês passado foram pagas
  • Personalizar as zonas da FLY Lady para as semanas
  • Revisar as listas de limpeza detalhada para definir próximas ações
  • Revisar e fechar calendário editorial do blog
  • E outras coisas pessoais

Que você tenha um feliz mês de outubro!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorReequilibrando áreas de foco
Próximo artigoGadgets que eu já tive X gadgets que eu uso
Meu nome é Thais Godinho e sou organizadora profissional, o que significa que ajudo as pessoas a se organizarem quando elas precisam de uma forcinha para isso. A maneira que encontrei para ajudar foi criando este blog, ministrando cursos e realizando outros eventos.

6 Comentários

  1. Olá Tais! Venho acompanhando o vida organizada e admiro muito o teu trabalho! Gostaria de saber como você tem utilizado o sistema fly lady atualmente?

  2. Thais, usava a sua ideia do Tickler no Google criando uma agenda a parte. Agora, com o recurso “Reminder” (Lembretes), ficou mais fácil ainda. Já usou? Ele está em todo lugar: No Google Agenda, no Inbox, no aplicativo, no Google Now. Atenção: Para usar o Reminder no Google Agenda da web, precisa decidir se quer visualizar o Google Tasks ou o Reminder. Basta clicar nas configurações do Tasks (a caixinha com uma seta para baixo) e mudar para Reminders.

  3. Cada vez que me sinto mais perdida em termos de organização e venho ler as tuas publicações fico novamente inspirada e com força para refazer tudo!! Obrigada pela inspiração 🙂

  4. Thais, você acha aconselhável colocar rotinas no calendário? Uso tarefas que se renovam diariamente, de modo que, no meu todoist, sempre há várias na lista “Hoje”. Exemplo: escrever três sentenças por dia. Talvez isso esteja me sobrecarregando… Obrigado!

    • Depende. Eu gosto de analisar cada item individualmente para colocar onde faz mais sentido para mim. No geral, ações recorrentes coloco ou no calendário, ou no Todoist ou em checklists. Depende do item e de como preciso garantir que seja feito (se preciso de lembrete, se só pode fazer em determinado dia ou se só quero garantir que fiz no piloto automático mesmo).

DEIXE UMA RESPOSTA