Agora que eu tenho sobrinhas adolescente e que o meu filho está crescendo, frequentemente nós temos vontade de ficar em casa jogando algum jogo de tabuleiro e isso me despertou a vontade de listar aqueles que seriam muito legais de a gente ter. Cheguei à seguinte lista, que gostaria de compartilhar com vocês:

Imagem & Ação

imagem-acao

Aqui fala a publicitária! Meu jogo preferido de todos os tempos sempre foi Imagem & Ação! Nesse jogo, você sorteia uma palavra e precisa desenhar ou fazer uma mímica para o grupo adivinhar o que você está querendo dizer. É divertidíssimo para praticamente todas as idades e um jogo para a vida toda.

O jogo da vida

jogo-da-vida

E já que estamos falando nisso, que tal O jogo da vida? De médico a artista, você deve estar preparado para momentos de sorte e azar. Trilhe o seu caminho em busca do sucesso! Desenvolva a sua carreira, ganhe dinheiro, case e tenha filhos. O Jogo da Vida é a simulação da vida real com muita diversão! Esse era outro jogo que eu adorava quando era mais nova, e continuo gostando agora adulta.

Banco imobiliário

banco-imob

 

Tem jogo que definitivamente é um clássico – assim é o Banco imobiliário. O mercado de imóveis se modernizou e está cada vez mais competitivo. Diversificar os investimentos virou palavra de ordem. O Banco Imobiliário traz todo o dinamismo do mundo dos negócios para os dias de hoje. Que tal ser o dono da Avenida Paulista? Ou construir um hotel no Jardim Botânico? Com o Banco Imobiliário, comprar e vender imóveis fica ainda mais interessante e divertido. Use o dinheiro estrela para fazer as operações de compra e venda.

Detetive

jogo-detet

 

Detetive é um jogo de tabuleiro clássico onde o objetivo é desvendar o responsável pela misteriosa morte do Sr. Carlos Fortuna. Para isso, os jogadores terão que dar palpites sobre o local, arma e o responsável por este crime. São 8 pessoas, 8 armas e 11 lugares para explorar e desvendar!

A cada rodada os participantes conseguirão eliminar pelo menos uma possibilidade, até que finalmente restarão pouquíssimas cartas e será possível fazer a acusação. Se, a qualquer momento, um jogador acreditar ter desvendado o crime, ele deverá fazer uma acusação e citar em definitivo quem é o assassino, com qual objeto matou, e em qual cômodo da mansão houve o assassinato. Depois, o próprio acusador deve verificar as cartas do envelope em segredo. Caso acerte, vence o jogo. Mas, se errar, é eliminado e segue participando para desmentir o palpite dos demais participantes.

O jogo ajuda a desenvolver o raciocínio lógico, dedução, memória e é indicado para crianças a partir de oito anos.

War

war

War é outro clássico! Com WAR, uma batalha nunca é igual a outra e cada jogador precisa usar toda sua inteligência e astúcia para derrotar seus adversários e conquistar territórios e continentes.

Perfil

jogo-perfil

Perfil é um jogo muuuuito legal que traz cartelas com listas que descrevem coisas, pessoas ou lugares e, à medida que um participante vai descrevendo a lista, você tem que adivinhar quem ou o que é.

Esses são os meus jogos de tabuleiro eleitos para ter em casa e jogar para a vida toda. E você, tem algum preferido? Poste nos comentários!

21 Comentários

    • Sim, você tem toda razão, e eu adoro xadrez! O pior é que acabei não colocando sabe por quê? Aqui em casa mais ninguém gosta, então nunca tenho com quem jogar, uma pena!

  1. Oi Thais! Eu adoro jogos de tabuleiro… tenho algumas sugestões para quem quer algo diferente destes que conhecemos de longa data 🙂 Ticket to Ride, Carcassone. Zumbicide e Takenoko… são jogos bem bacanas… e uma pena que os dois primeiros andam esgotados pelas lojas aqui do Brasil… 🙁

  2. Oi Thais, tudo bem?

    Adoro seu blog, hoje sou uma pessoa muito mais organizada e você tem uma grande participação nisso 🙂

    Sobre jogos, há um novo movimento conhecido como “jogos modernos de tabuleiros”. Surgiu na Alemanha, mas se espalhou rapidamente e está chegando no Brasil agora. São jogos com mais estratégia e menos sorte (diferente de jogo da vida, por exemplo). Eu acho eles bem mais divertidos. Já que vocês estão na onda de jogos, vale a pena dar uma olhadinha. Pela Grow tem Catan, Carcassonne e Puerto Rico que são muuuuito legais. A Galápagos está lançando vários muito bons também (gosto especialmente de Power Grid e Takenoko). Eles são pouca coisa mais caros que os da Estrela (custam na faixa de 200 a 300 reais) mas são um ótimo investimento!

    Abraços

  3. Thais, se tiver a oportunidade conheça o Dixit!!! É muito legal, fácil de entender, super lúdico e criativo!

  4. War e Banco Imobiliário não são pra se divertir, é pra gerar briga! ahaahahah’ Eu tive os dois quando era criança (meu banco imobiliário era uma versão pobrinha de 1,99, mas a gente jogava assim mesmo), e SEMPRE dava briga. Minha mãe escondeu da gente uma vez, porque não aguentava mais a gente cair no tapa por causa de jogo. Também tive um que chamava Interpol, e era muito bom! Não dava tanta briga porque metade das pessoas jogam como uma equipe, aí era de boa.

    Você já viu que tem um aplicativo pra essa versão moderna do detetive? Baixei ele pra testar, mas meu tabuleiro não é compatível, o meu acontecia dentro da casa, com alguns personagens diferentes, e esse parece que é na cidade. O aplicativo vai te dando dicas e fazendo ligações, muito interessante

  5. Adoro esses jogos e vez em quando nos divertimos com eles por aqui tb. Temos um filho de 11 anos. Curti as novas sugestões trazidas pelas leitoras.

  6. Estou com o peddoal: mais estratégia e menos dependência doa dados e da sorte. Tenho Carcossone e gosto bastante. Os jogos da Galápagos e da Devir seguem mais essa tendência.
    Agora, jogo de investigação para mim só tem 1: Scotland Yard! É muuuito melhor que Detetive, usa bem mais o raciocínio, é recomendado para crianças acima de 10 anos. Eu a-ma-va esse jogo quando criança. A criança se sente o próprio Sherlock: anotando pistas num bloquinho, indo na estação de trem, “conversando” com as vítimas e parentes. Eu recomendo para quem tem crianças e para adultos também rs.

    • Concordo com você,Aline. Tenho um Scotland Yard com mais de 20 anos e até hoje não consegui zerar os casos (são mais de 100,né?). Meus sobrinhos adolescentes conheceram na minha casa nas férias de julho e saíram encantados! Foram 3 dias de rodadas de investigações divertidíssimas!

  7. Oi, Thais!

    War e Perfil são legais. Mas Imagem e Ação é muuuito bom! É o que jogo com mais frequência e só com mímica, o que garante boas risadas. Meus sogros adoram quando vamos visitá-los e lembramos de levar o jogo. Meu sogro (67 anos) faz gestos parecidos para todas as palavras e rimos bastante, inclusive dos nossos próprios micos. É uma forma de dar uma agitada no ambiente, exercitar nossa criatividade e incluir várias faixas etárias em uma atividade pensante (em vez de ver tv, por exemplo).
    Outro bem legal e agitado é o jogo Tabu. 😉

  8. Alguns jogos que gosto bastante: Catan, Puerto Rico, Ticket to Ride, Carcassone, Last Night on Earth (de zumbis), Pandemic, Quest Família, Power Grid, Shadows over Camelot… O Scotland Yard é muito bom também!

    • Catan é um terror para a produtividade. Extremamente viciante. Jogo há anos, desde o lançamento no Brasil.

    • Adoro o Carcassone e Ticket to ride.
      Na alemanha eles tem uma premiaçao para os melhores jogos de mesa: Spiel_des_Jahres. E todos os jogos premiados costumam ser mt bons.

    • Amo o Quest, mas só jogo com as perguntas de crianças, pq as de aldulto são IMPOSSÍVEIS de acertar kkkkkk, muito difícil.

  9. MEGA SENHA!!! Divertidíssimooooo na mesma linha do imagem e ação, mas acho mais divertido ainda! Você tem que fazer outra pessoa acertar a palavra com apenas três dicas (em palavras e sem gestos).. Super indico!

  10. Thais, tem os superclássicos (damas, ludo, xadrez chinês, gamão). Go, difícil pra chuchu. Ah, um que eu sou apaixonado, de palavras cruzadas (aquele dos quadradinhos de madeira). Também amo esses que vc mencionou!

DEIXE UMA RESPOSTA