ou

feng-cozinha1

Senta que lá vem história!

Vou passar um café fresquinho pra gente, que o bolo já está pronto! Hummm…dá pra sentir o cheirinho? Vem, gente!
Ela é a protagonista das casas, não há quem não goste, até quem não aprecia cozinhar não resiste. De quem estou falando? De Dona Cozinha, claro, a rainha do lar!

E qual é a história? Bem, tudo começou quando há aproximadamente 250 mil anos atrás, o homem aprendeu a usar o fogo e descobriu seu poder alquímico, transformador e aquecedor. A primeira cozinha era basicamente uma fogueira cercada por pedras. E quando o homem aprendeu a lidar com esse fogo externo, acendeu simultaneamente o seu fogo interno, psicológico, dos saberes, da criatividade.

Está no nosso DNA, na nossa memória ancestral – cozinha nos remete ao compartilhar, à reunião, à conversa em volta do fogo, um lugar que nos acolhe e conforta.

feng-cozinha2

Para o Feng Shui, a cozinha é um ambiente sagrado, abençoado, onde abrigamos e preparamos os nossos alimentos, que nos trarão saúde, disposição e, portanto, prosperidade. A cozinha é uma grande geradora de energia!

Como já foi dito, o elemento FOGO é o dominante na cozinha. Ele é representado pelo fogão, forno, microondas, torradeira, enfim, tudo que aquece e transforma os alimentos. Temos também um elemento coadjuvante, que é a água e que se contrapõe ao fogo. Ela é representada pela pia, geladeira, filtro de água, lava-louças – a turma da limpeza e higienização. E aí entra a nossa dica: procure agrupar o pessoal do fogo numa banda e da água noutra, se for possível. Fogão de frente para a geladeira, por exemplo, é uma briga energética constante que vai afetar o seu bolso! No ciclo destrutivo, a água apaga o fogo e isso afasta a prosperidade. E quando não há o que fazer? Vou dar dicas mágicas de harmonização.

Aliás, o FOGÃO no Feng Shui é o cofre da casa! Precisa estar sempre limpo, funcionando perfeitamente e é preciso usar todas as bocas e o forno (se houver) para ativar a energia yang do fogo e fazer crescer o nosso financeiro. Há quem coloque um espelho atrás do fogão duplicando a imagem da chama das bocas, porque duplicar o fogo é dobrar a nossa sorte.

feng-cozinha3

E o que mais precisa ter uma cozinha para ter uma boa energia?

– Precisa estar sempre limpa e organizada.

– Cozinha que gera energia é cozinha ativa. Panelas, frigideiras e utensílios pendurados, potes à vista, transmitem a ideia de uma cozinha operante, que chama as pessoas para usá-la.

– Uma boa iluminação é imprescindível. Se for natural, melhor, mas o importante é deixar o espaço bem claro.

– A geladeira não deve ficar muito vazia, pois estará ”chamando” a escassez. O mesmo acontece com os armários – precisamos abastecê-los, mas com o cuidado de não estocar alimentos demais, pois tudo que fica parado, sem uso, acaba gerando energia estagnada. E desperdício é outra coisa contrária à prosperidade. Manter ambos limpos e em ordem.

– Coisas que trazem um fluxo energético positivo: frutas frescas, flores naturais, plantas, com destaque para as ervas aromáticas. Quadros com imagens ou fotos de coisas gostosas, que lembrem o lado bom da vida.

– Vidros transparentes com grãos, sementes, nozes e castanhas, assim como os temperos – visíveis, saltando aos nossos olhos, o que cria um efeito “abundância em 3D”. Isso nos passa uma mensagem de que temos bastante, de que somos prósperos e agradecidos.

– Livros de culinária num cantinho especial, preservados e ao mesmo tempo acessíveis para consultas.

– E os carrinhos auxiliares para a cozinha? Dão uma super ajuda na organização e são móveis (com rodinhas), agregando versatilidade ao ambiente.

– Ímãs que ganhamos de presente ou que foram adquiridos em viagens e eventos memoráveis. Aqui só alegria! Colocar na porta da geladeira “contas a pagar” também é algo que tem um efeito subliminar nada positivo…

– Quem cozinha precisa também estar em harmonia. Os alimentos absorvem energia e a comida pode não ficar boa ou até fazer mal a quem a consome. Antes de manipular a comida, se uma emoção tóxica estiver dominando você, vá dar uma caminhada, ouça uma música, dance, brinque com seu bicho de estimação, enfim, dê um tempo…

– E também não é bom cozinhar de costas para a porta da cozinha, sem ver quem está se aproximando. Essa posição não tem poder e sim vulnerabilidade. Faça a cura usando um espelho decorativo atrás do fogão. Aí o cozinheiro fica todo poderoso!

– Cuide para não ter aparelhos quebrados, relógio parado, louça lascada, trincada, faltando pedaço e use sempre o melhor – ninguém é mais importante do que você e companhia para merecer sempre um bonito prato, uma louça chique, um copo de cristal. Lembre-se: a vida te trata como você se trata! 😉

– Cuidado com cozinha visível logo na entrada da casa (a gente falou sobre isso no post anterior) e com banheiros próximos – ele é o grande vilão que adora roubar energia de dona cozinha! E transformar um lavabo/WC em despensa, adega, por favor…nem pensar!

Agora conta uma história pra mim…o que tem de diferente na sua cozinha?

Ah… mas antes veja esse vídeo que eu preparei especialmente para você, falando do que é bom ter na cozinha e o que não é, de jeito nenhum!

Wanice Bon'ávígo
12/05/2016
Veja mais sobre:
Cozinha, Feng Shui
36
Como organizar: Desenhos e trabalhos de escola das crianças
15 músicas para ouvir enquanto limpa a casa
Ideias de assuntos para conversar quando viajar em família (especialmente com adolescentes)