ou

Aproveite que estamos na semana do Dia das Mães e escreva uma carta à mão para ela. Mas não precisa ser para a sua mãe. Sei que existem leitores que não se dão bem com as suas, ou que não têm interesse, ou mesmo que não têm mais mães para quem escrever. O que eu gostaria de incentivar nesse post é o exercício da escrita à mão, tão esquecido nos dias de hoje.

É tão fácil enviar um e-mail. O What’s App, quando fica 24 horas fora do ar, deixa algumas pessoas em um estado estranho de ansiedade. Mas ninguém se sente mal por não estar escrevendo. Porém, quando a gente se permite parar para escrever à mão, o mundo parece fazer uma pausa. Nos concentramos. E ah, o foco! Tão raro hoje em dia. É tão comum fazermos várias coisas ao mesmo tempo que parar para fazer uma única coisa parece até esquisito. Mas não é. E eu inclusive recomendo.

handwritingletter

Mas, se você ainda não se convenceu de que escrever uma carta à mão pode ser muito legal, vou te dar mais alguns motivos:

  • Você coloca um pouco de você no recado que está entregando à outra pessoa. Tem o amassado da sua mão, a força empregada na caneta, o tempo que você dedicou sentado(a) para escrever aquilo. E, como em teoria ninguém mais “tem tempo” para escrever uma carta à mão, quem a recebe vai encarar como um verdadeiro presente.
  • Você exercita a sua escrita. Em uma época onde quase não escrevemos, é capaz até de esquecermos como se es escreve. Que tal exercitar de vez em quando, apenas para não perder a prática?
  • É elegante. Não é qualquer um que escrever uma carta à mão. E, se sua letra for bonita, dará um toque especial.
  • É uma forma de dizer à outra pessoa que ela é importante. Que você parou o seu tempo para se dedicar única e exclusivamente à mensagem que gostaria de dizer a ela.
  • É uma agradável surpresa. Ninguém espera receber uma carta escrita à mão.

Aí você pode se perguntar o que é necessário para escrever uma carta à mão. Oras, muito pouco: uma folha de papel, uma caneta e poucos minutos só seus. Você pode querer usar canetas de escrita macia, papéis de carta e envelopes diversos, mas não se prenda ao formato. Algumas pessoas também gostam de fazer colagens, desenhos e até mesmo perfumar suas cartas. Fica totalmente ao seu critério.

Existe algo com as cartas escritas à mão que fica difícil de explicar. Parece que elas carregam consigo um pouco de quem as escreveu, mesmo que essa pessoa já tenha partido faz tempo. O papel na história da humanidade é fantástico. Em âmbito pessoal, elas também têm imenso valor.  Portanto, comece agora. Não há maneira certa de começar, a não ser colocar a caneta no papel e deixar as palavras fluírem de acordo com os pensamentos.

Thais Godinho
05/05/2016
Veja mais sobre:
11
Planejamento de beleza para o final de ano
Dicas para organizar os presentes de Natal
Checklist para o Natal