ou

Algumas vezes, eu gosto de reunir alguns posts, vídeos e notícias que li ao longo da semana e que achei que seria legal compartilhar com vocês.

Boa semana para vocês!

Thais Godinho
01/05/2016
Veja mais sobre:
7
O que me tira da cama é essa inquietude
Linkagem de domingo
Checklist de organização para abril

 

  1. Shânkara Martins 01/05/2016

    Thais, o nome da blogueira do Boho Berry é com K.
    Maravilhoso o post dela, não conhecia o blog e adorei! O legal é que ela começou há poucos meses o bujo (não conhecia esse “apelido” também hehe) e agora está integrando ao GTD, então ela dá essa visão de iniciante que é bem interessante de ver. De quebra, ainda treinei o inglês. 😀

    • Thais Godinho respondeu Shânkara Martins 02/05/2016

      Verdade, escrevi errado. No comentário lá escrevi certo, foi distração aqui mesmo. Obrigada por corrigir, já arrumei.

  2. Alessandra 02/05/2016

    Assisti ao vídeo da Tati Feltrin e o achei incrível!! Realmente, ela é uma booktuber inspiradora. Faz leituras inspiradoras e estimula o “pensar”.

  3. Douglas 02/05/2016

    Podia colocar o post aqui traduzido, junto com seu comentário traduzido também 🙂

    • Thais Godinho respondeu Douglas 02/05/2016

      Não é muito legal duplicar conteúdo. Vale mais a pena usar o Google Tradutor lá mesmo!

  4. carolina falcao 02/05/2016

    thais, adoro seu blog e sempre acompanho.
    me chamou a curiosidade vc ter postado esse vídeo da tati feltrin sobre o mercado editorial, e fui assistir. sou produtora gráfica e designer de livros, e trabalho em editoras há dezesseis anos (com experiência no próprio departamento editorial inclusive). acho uma temeridade uma pessoa de fora do mercado, e ainda mais de um mercado tão sensível, fazer tantos julgamentos sem saber de fato como a banda toca. queria só te dar um toque, porque compartilhar esse tipo de informação pode pegar mal.
    estou à disposição para qualquer dúvida e se vc quiser conversar.
    um beijo grande e ótima semana pra vc.

    • Thais Godinho respondeu carolina falcao 02/05/2016

      Acho que um consumidor tem todo o direito de abrir o questionamento sobre os produtos que consome.