Quem trabalha fora já deve ter percebido que ficar com os filhos à noite demanda criatividade para que a gente não caia no combo lição de casa + tv. Não que tenha algo de errado em fazer isso, mas já conversei com outros pais e todos se sentem um pouco frustrados porque gostariam de fazer outras atividades, mas não sabem muito bem o quê. Por isso, eu quis escrever este post com 31 ideias – uma para cada dia do mês – para você fazer com os seus filhos. Divirta-se!

31ideias

  1. Escolha uma trilha sonora divertida e faça um concurso de dança ou simplesmente dancem juntos.
  2. Faça uma barraquinha com lençol na mesa da cozinha ou no sofá da sala e brinquem de acampamento.
  3. Escolha um filme novo (ou que vocês já tenham visto dezenas de vezes) e prepare pipoca para uma sessão de cinema em casa!
  4. Joguem um jogo de tabuleiro.
  5. Organize uma caça ao tesouro. Desenhe um mapa simples e coloque recadinhos pela casa com pistas. Ao final, o tesouro pode ser desde uma lembrancinha até algo que seu filho queira muito.
  6. Cozinhem juntos uma receita fácil, como mini-pizzas.
  7. Pintar uma obra de arte para a casa. Compre uma tela ou use uma folha grande em tamanho A3 e pintem juntos. Emoldure depois!
  8. Faça a noite do sundae! Compre o sorvete preferido dos seus filhos e monte um sorvete delicioso!
  9. Escolha algum tipo de artesanato com sucata relacionado à época do ano em que estiverem e façam.
  10. Se vocês gostarem de vôlei, futebol ou outro esporte, fique de olho na programação na tv para fazer uma festinha no dia da competição. Vocês podem ter bandeirinhas, placar e se preparar para o dia fazendo contagem regressiva.
  11. Façam palavras-cruzadas juntos.
  12. Brinquem de massinha.
  13. Organize uma noite temática! Noite da Disney, noite da Itália, noite do Japão, noite da Peppa. Nessa noite, faça um jantar com comidinhas relacionadas, assistam um filme, falem sobre o tema.
  14. Montem uma casa de bonecos com uma caixa de papelão.
  15. Brinquem de pega-pega (cuidado com os vasos!).
  16. Aprendam a fazer alguma dobradura juntos.
  17. Montem um desenho com a árvore genealógica da família.
  18. Escrevam cartinhas para outras pessoas da família, como vovôs e titias.
  19. Decorem a casa para alguma data comemorativa.
  20. Desenhem juntos. Façam uma competição de Imagem & Ação, se tiverem o jogo.
  21. Montem castelos com blocos.
  22. Observem as estrelas e fiquem procurando estrelas-cadentes ou discos voadores!
  23. Faça algum experimento científico. Na Internet você encontra muitas opções fáceis de se fazer em casa com as crianças.
  24. Customizem uma camiseta velha juntos. Vocês podem usar tinta, purpurina e o que mais quiserem.
  25. Preparem biscoitos.
  26. Brinquem de karaokê.
  27. Montem um quebra-cabeça.
  28. Lavem os bonequinhos de brinquedos juntos e diga que é hora do banho para eles!
  29. Joguem dominó.
  30. Façam competição de aviões de papel. Quem consegue jogar mais longe?
  31. Monte uma pista com fita adesiva no chão e brinquem de corrida com carrinhos ou bonecos.

14 Comentários

  1. Thais, amei o post! Me dei conta que fazemos atividades bacanas com nosso filho. Mas sistematizar assim é maravilhoso, pois ao longo da semana chegamos tão cansados que a cabeça não funciona direito e acabamos nos sentindo frustrados pelo combo tv e temas de casa… obrigada! !!

  2. Oi Thais, suas postagens são sempre muito úteis e práticas. Particularmente me considero também organizada e o fato de isso ser uma coisa dinâmica e exercício pra vida toda é verdadeiro é natural mesmo. Gosto de repassá-las para amigos. Percebo q você se dirige sempre ao público feminino usando preferencialmente adjetivos femininos. Sugiro escrever de modo mais abrangente, de modo a não restringir a nós, mulheres, o papel da organização nos seus textos. O que acha? Um abraço.

    • Oi Rachel, tudo bem?

      Esse é um tema MUITO focado aqui no blog. Sou feminista e faço questão de me importar com a questão de gênero. No geral, posts que tragam sugestões para vida doméstica eu me refiro ao masculino, e relacionados ao trabalho, feminino, justamente para ter essa contraposição. Estou resumindo, porque há outros princípios.

      Então, se você analisar todos os textos do blog, verá não apenas um equilíbrio, mas uma predominância relacionada ao que falei acima.

      Há mais de um ano, a audiência do blog está em 49% feminina e 51% masculina, e eu quero que ele seja mais voltado ao público feminino porque sou contra o mito da mulher multitarefa. Quero ajudar as mulheres a se libertarem disso e a terem uma vida mais coerente e realizada através da organização. Por isso, dos últimos dois meses para cá, quando falo em redes sociais, tenho me referido mais ao gênero feminino.

      Eu sinto que você vê a organização como algo relacionado ao âmbito doméstico, que é outro “mito” que desconstruo com o blog. Organização tem a ver com levar uma vida coerente com seus objetivos, buscando qualidade de vida. Não tem a ver com arrumar e limpar a casa – apesar de serem temas relacionados, tanto quanto organizar projetos no trabalho, declarar o imposto de renda e cuidar da alimentação.

      Então eu faço um convite para que você conheça um pouco mais sobre o trabalho por trás do blog, explicado em muitos textos nessa história de 10 anos que nós temos, em todas as lutas feministas que nos envolvemos.

      Inclusive, neste texto acima, onde você colocou seu comentário, não há qualquer uso de adjetivos femininos. Me refiro a “pais”, falo de “vovôs e titias”. Sim, esse é um tema que presto muita atenção. 🙂

      Obrigada por me dar a chance de reforçar isso.

  3. Olá Thais!
    Adorei seu post, pois depois de quase 13 anos , me tornei mãe novamente, e estou curtindo novamente esta fase gostosa da infância. Mas gostaria de pedir (se já houver um post a respeito, ainda não o li) sobre atividades simples assim também para pré-adolescentes. (Que fase! Tudo que proponho “é coisa de criança ” , “já passei dessa idade mãe ” ou “prefiro ficar em casa no videogame ” . Aí fica difícil interagir! Help!!!

  4. Thaís, obrigada pelas dicas! Ainda não tenho filhos, mas moro com minha mãe (que tem 71 anos) e uma prima (com 12 anos).
    Trabalho durante o dia e faço faculdade à noite e percebo que têm muita necessidade de atenção, rsrs. Se paro para fazer alguma coisa (dançar, jogo de tabuleiro, cozinhar) com elas, é só alegria!

  5. Já tá anotado para as noites com os irmãos e priminhos lá em casa 🙂 podia dar uma dicas assim para os casais também, normalmente a gente quer fazer algo diferente nos finais de semana mas nunca rola aquela idéia hehe

  6. No lugar de dominó, prefiro jogar cartas. “Rouba monte” e “copo d’água” são bastante divertidos e rendem boas risadas.

  7. Thaís, Adorei o post.

    Acho que este tipo de coisa (todas elas) podem ser feitas até por quem não tem filhos. Inclusive eiu e minha esposa estamos inscritos para começar umas aulas de dança de salão. O importante é investir tempo com quem se ama, mesmo que fora de casa!

  8. Muito bom Thais, obrigada pelas sugestões. Esses são momentos tão simples que geram um efeito incrível de aproximação, descontração com a família.

DEIXE UMA RESPOSTA