ou

* Faça uma limpeza geral na sua casa. Olhe suas roupas, sua cozinha, eletrodomésticos, objetos pequenos e veja o que pode doar ou jogar fora. Faça isso até ficar somente com o necessário, e sentir que há ar entre as suas coisas.

* Tente cozinhar mais vezes a partir do zero. Sei que parece dar mais trabalho, uma vez que começar do zero pode demorar mais e ser mais complicado do que pedir uma pizza ou descongelar uma lasanha. No entanto, você pode fazer grandes quantidades e congelar os extras para uma refeição rápida mais tarde. Você também pode evitar grandes quantidades de embalagens, que são dispendiosas e inúteis.

* Ande mais a pé, de transporte público ou de bicicleta. Se possível, sequer tenha um carro próprio. Você economizará horrores com mecânico, seguro, gasolina, estacionamento etc. Além disso, você não terá problemas com acidentes ou assaltos no trânsito.

* Compre produtos com menos embalagens. Você economizará dinheiro e poupará lixo.

* Aprenda a consertar as coisas, em vez de jogar fora e comprar outras. Isso inclui roupas, sapatos, eletrodomésticos, relógios e muitos outros artigos usados no dia-a-dia e que realmente desgastam. Costurar meias pode ser bem chato, mas triplica a vida desses itens.

* Em vez de sair com seus amigos e gastar um dinheirão, reunam-se na casa de alguém e contem histórias, joguem baralho, qualquer coisa.

* Alugue ou peça emprestado grandes itens que você usará somente uma vez e nunca mais. Isso costuma acontecer com ferramentas. Se pensar bem, pode inclusive alugar um carro quando for viajar com seus filhos, por exemplo. Ou levar alguém ao hospital de táxi. Com certeza você gastará menos nessas situações do que gastará tendo um carro somente pela possibilidade de isso um dia acontecer.

* Compre roupas e artigos domésticos de segunda mão. Muita gente se desfaz de coisas novinhas e você pagará menos do que a metade do preço de novas.

* Separe lixo orgânico dos recicláveis. Informe-se na prefeitura de sua cidade sobre a coleta seletiva.

* Reutilize tudo o que puder: frascos, capinhas de cd, retalhos etc. Você gastará menos.

Você não precisa de tanta coisa. Observe ao seu redor. Você não precisa de caixas novas de papelão para guardar seus objetos – você precisa diminuí-los. Mantenha com você somente aquilo que é essencial para a sua vida e o que você realmente ama. Faça um “regime” na sua casa e viva sem excesso. Essa é a melhor maneira de ser organizada(o).

Benefícios de uma vida simples:

* Mais tempo para passar com a família, os amigos, namorado(a), com você mesmo(a);
* Gastar menos dinheiro em todas as áreas de sua vida;
* Menos estresse pagando contas ou resolvendo problemas relacionados a consumo;
* Menos preocupação com pertences que podem ser roubados;
* Mais satisfação em aprender a fazer coisas por você mesmo(a), como cozinhar, plantar, lavar roupas, consertar uma mesa etc;
* Mais tempo para ler;
* Menos problemas de saúde;
* Mais oportunidades de fazer uma atividade física;
* Você irá concentrar-se mais em seus sentimentos e relacionamentos;
* Terá uma consciência a respeito do materialismo e do consumismo;
* Necessidade de menos estradas (e diminuição do desmatamento);
* Menor impacto ambiental com a redução da produção de embalagens e lixo;
* Mais cooperação entre as pessoas;
* Reconexão com a natureza;
* Resgate da cultura local: música, artes, teatro, poesia etc;

* A vida é feita de escolhas. *
Thais Godinho
07/04/2016
Veja mais sobre:
26
Resenha: Coaching para concursos, William Douglas (livro e calendário)
Conte às pessoas
Revisando objetivos