Gostaria de compartilhar com vocês essa espécie de revisão mensal que faço sempre que chega um novo mês. Eu costumo fazer ao final do mês anterior, para já entrar no mês novo com ele planejado. Ela leva de 60 a 90 minutos.

Reviso minhas áreas de foco

Captura de tela 2016-04-04 12.29.52

Tenho dois mapas mentais que uso para analisar minhas áreas de foco na vida – um mapa com foco pessoal (eu, como indivíduo) e outro com foco profissional (meu escopo de trabalho). Essa análise é muito legal porque me permite ver:

  • Se as três áreas que quis focar este ano estão evoluindo
  • Se há equilíbrio
  • Se há projetos que preciso implementar para que elas caminhem em direção ao nível de tranquilidade que espero ter em cada uma delas

Eu utilizo uma ferramenta chamada Mind Meister para criar meus mapas mentais.

Checo o tickler para o mês

Tenho um arquivo de pastas suspensas com todos os meses do ano e os dias do mês, que utilizo para guardar material que vou acessar apenas nas datas específicas. Veja mais aqui sobre o que é o tickler e como funciona.

Uma vez por mês, verifico a pasta do mês que vai entrar e, se tiver algo ali, distribuo para os dias específicos.

Leio alguns pensamentos que gosto de rever uma vez por mês

Tenho no meu Todoist uma lista com 8 a 10 pensamentos que, mensalmente, gosto de reler. Eles me ajudam a ter foco no que importa. Exemplo de pensamento que tenho lá:

Captura de tela 2016-04-04 12.37.38

Vejo minha pipeline de projetos

Captura de tela 2016-04-04 12.40.31

Tenho uma planilha que montei no início do ano com uma pipeline de entrega de projetos. Ela fica no Google Drive e, mensalmente, a acesso para ver qual será meu foco de trabalho no mês e não perdê-lo de vista.

Ela tem sido bastante útil para me ajudar a não pegar trabalhos diversos que possam tornam minha vida muito corrida. Por exemplo, se tenho duas entregas importantes para este mês, sei que ficarei bastante envolvida com elas, então não vou pegar nada novo e que demandará muita atenção.

O que está em vermelho é quando o projeto pega fogo – ou seja, quando as atividades relacionadas a ele ficam mais intensas.

Este ano foi a primeira vez que eu fiz isso e estou gostando bastante de fazer. Ainda preciso fazer alguns ajustes, mas no geral tem sido bom e tem me dado perspectiva.

Verifico minha checklist de comprimissos que precisam ser agendados todo mês

Garantir o planejamento do próximo curso online do blog, ver se farei algum evento gratuito para os leitores, webinars, definir a quantidade de treinamentos de GTD, enfim: eventos. No final das contas, cada mês tem apenas quatro semanas e eu preciso conhecer bem o meu tempo para saber o que serei capaz de fazer ou não. Ter essa lista de gatilhos recorrentes me ajuda a pensar nessas definições. Tenho uma agenda bastante cheia e, muitas vezes, começo um mês já com ela bastante tomada com essas atividades.

A revisão das áreas de foco ajuda bastante na busca por esse equilíbrio. Tudo se conversa.

Não só para o lado profissional, mas também o pessoal. Vejo os eventos na escola do nosso filho, os shows da banda do meu marido, passeios que podemos fazer e todo esse tipo de coisa. Também dou uma passada geral nas contas do mês para ver se está tudo encaminhado.

Verifico minha checklist de atividades recorrentes todo mês

Além de compromissos, tenho atividades que faço mensalmente, especialmente em casa.

Vejo minhas listas de compras

Tenho algumas listas de compras padrão que verifico todo mês para itens que preciso verificar apenas com essa periodicidade – geralmente itens de limpeza, cosméticos, utensílios etc. É bastante útil porque, muitas vezes, acabo fazendo essas compras pela Internet mesmo, para facilitar (as compras de perecíveis fazemos semanalmente de acordo com o menu semanal).

Programo meus cuidados pessoais

Cortar cabelo, tingir, hidratar, cronograma capilar, manicure, sobrancelha e coisas do tipo são programadas mensalmente. Muitas coisas faço em casa mesmo, mas gosto de me programar para não deixar passar tempo demais.

Vejo minha checklist de coisas que adoro fazer

Tenho uma checklist de coisas que adoro fazer que criei para sempre ficar bem. São coisas simples, como passear na Livraria Cultura ou tomar um café com uma amiga, que gosto de revisar mensalmente para ver se conseguirei fazer alguma delas. Passo item por item e verifico se conseguirei fazer. É bem legal.

Reviso minhas listas de limpeza detalhadas

Isso é coisa da FlyLady. Anoto qual o hábito do mês (tudo está no site dela) e depois verifico quais semanas serão dedicadas a que cômodo. Tenho detalhadas as minhas listas de limpeza de cada um e, depois, semanalmente, vejo as tarefas a serem feitas e defino como ações para a minha semana.

Mensalmente, no entanto, gosto de revisar as listas de limpeza para ver se estão ok, se falta algo ou se mudou alguma coisa.

Faço um resumo do mês que passou

Outra coisa que gosto de fazer é um resumo do mês que acabou. Tenho algumas perguntas que me guiam nesse processo, bem pessoais, relacionadas a felicidade, equilíbrio, relacionamentos. Crio uma nota no Evernote e escrevo sobre o mês que passou. Me ajuda bastante a refletir e fazer um balanço dos acontecimentos.

Tudo isso que eu escrevi acima está esquematizado no meu Todoist em formato de bullet journal (leia aqui sobre bullet journal). Em breve farei um post mostrando mais desse esquema. 🙂

E você, como costuma planejar o seu mês?

COMPARTILHAR
Artigo anteriorTendência: Bible Journaling
Próximo artigoFeng Shui: O visível e o invisível
Meu nome é Thais Godinho e meu guarda-chuva profissional engloba três temas: produtividade, organização pessoal e criatividade. As formas de operacionalizar esse trabalho que eu amo são essas: escrevendo no blog, publicando livros, estudando, ministrando cursos e fazendo atendimentos individuais, ajudando as pessoas a se organizarem. Você pode acompanhar minha trajetória pessoal e profissional neste blog, que existe desde 2006.

42 Comentários

  1. Tais

    Você é uma pessoa muito iluminada por Deus..
    Obrigada por nos ensinar tanto, facilitando tanto nosso dia a dia..

  2. Thais, você é super organizada e curte mesmo fazer listas e tals, dá pra perceber pelo entusiasmo com que escreve. mas eu fiquei cansada só de pensar me ter tantas coisas pra checar. acho que me perderia e gastaria energia demais com isso.

    • É muito difícil resumir uma vida de organização em um único post. Pode passar essa impressão mesmo. Mas, para mim, o que dá trabalho é viver de maneira reativa, sem tranquilidade, sem alcançar objetivos e tantos outros benefícios que um investimento mensal de 90 minutos faz pela minha vida.

  3. Oi Thais,

    Tenho feito revisões semanais, mas eu estava mesmo sentindo falta de uma revisão mensal. Esse post era o incentivo que eu precisava! Obrigada por nos mostrar suas listas e exemplos de revisões, esse tipo de post tem mudado muita coisa na minha vida. Para melhor, é claro! 🙂
    Muito obrigada, você é muito querida!

  4. Simplesmente AMEI esse post!
    À medida em que fui lendo um horizonte da minha própia vida foi se clareando… rsrs Tenho mt dificuldade em me organizar e seu blog me dá um norte. Obrigada!

  5. Thais,
    Adoro seu blog. Parabéns.
    Se possível, fala um pouco mais sobre: áreas de foco (quais, o que abrange, etc)
    Bjo
    Ana

  6. Olá Thais,
    Minha check list mensal é bem parecida com o que descreveu no post.
    Tenho um projeto “algum dia/talvez” de montar um caderno com recordações de cada mês.
    Poderia inserir pensamentos, lembranças, passeios legais, acontecimentos marcantes, livros lidos, filmes assistidos, recortes, fotos, etc.
    Até comprei um caderno bonitinho (a louca dos cadernos), mas ainda não tive a oportunidade de colocar em prática.
    Uma pergunta: onde você organiza as suas metas semanais, mensais, etc?
    Beijos!

  7. Oi Thais, antes de conhecer seu blog minha vida era como um barco a deriva… não planejava nada, não pensava nos meus projetos de forma organizada, nossa, como era ruim. Esquecimentos, frustrações, caramba. E olha que eu te achei quando decidi organizar a minha vida financeira (coisa que ainda não consegui, mas chego lá) e a Patrícia Lages do Blog Bolsa Blindada te indicou como referência em organização, eu fiquei empolgada, entrei aqui e não consigo mais sair… 🙂
    O caminho ainda é longo… ainda no Ground, estou tentando me entender com o GTD. Já consegui bastante coisa, mas ainda existe muita bagunça na minha organização… rsrsrs.
    Você me inspira muito. Eu queria que você soubesse disso. Deve ser muito gratificante fazer a diferença na vida das pessoas. Agradeço a Deus por te colocado seu blog no meu caminho, mesmo. A minha desorganização já estava afetando de forma muito negativa a minha vida. Sem “puxa saquismo”, na real mesmo, eu gostaria muito de te conhecer. Estou me programando financeiramente para fazer seu workshop no RJ, tomara que eu consiga !
    Até lá .. foco em estudar o GTD, implementar seus conselhos e tentar levar uma vida mais leve… Obrigada por compartilhar tudo isso.

  8. Adorei o post. Incrível o quanto a leitura dos seus textos fez com que eu passasse a olhar para minha vida de outra forma, percebi que ser organizada é muito mais produtivo. Virei a louca das listas e planilhas, para onde vou levo um caderninho. Sim, acho bom sempre ter um caderninho próximo. Ainda não me considero um exemplo de organização, mas são os pequenos passos que dão origem a caminhada. Obrigada por trazer a organização para minha vida! <3

  9. Adorei esse post, Thaís! Acompanho seu blog há um bom tempo, e adoro vir aqui para me inspirar! Obrigada por compartilhar 🙂

  10. Oi Thais! Amei o post! Tenho só uma sugestão: quem ainda não está totalmente imerso nesse mundo da organização (como eu) acho que tende a ver todo esses passos e até desanimar um pouco, pq parece muita coisa, que levaria hooooras. Como sei que seu intuito não é de maneira nenhuma desanimar e sim o contrário, acho que seria legal você colocar no post quanto tempo normalmente dispende nessas atividades. Claro que os iniciantes normalmente vão demorar muito mais, até pq demora até criar um sistema que funcione com cada um né. Vi que você disse em um comentário que levou cerca de 90 minutos, e isso é muito menos do que eu imaginei depois de ler. Sabendo disso dá mais vontade de chegar nesse nível. Parabéns pelo blog. Beijo!

    • Obrigada, Shânkara. Quando eu faço esse tipo de post, é mais por curiosidade, não para indicar algo. Trabalho há mais de dez anos com organização, então é natural que eu “respire” esse negócio. Não quero ser parâmetro para ninguém. Meu intuito é dar dicas e mostrar todos os lados para que cada um adapte à sua rotina.

  11. Thais, parabéns pelo seu trabalho, você poderia compartilhar seus pensamentos, não se isso é pessoal demais, mas sinto muita dificuldade nessa parte da motivação, acho que esses pensamento ajudariam muito, ou sei lá, se você pudesse explicar como se guia, pra fazer esses balanços do mês, se está tudo em equilibrio..

    abraços!

    • No geral eu costumo compartilhar nos posts diários. Se você quiser algo mais específico, por favor, me fale.

  12. thais, amei esse post. estava super desmotivada com as revisões mensais e ganhei um novo gás agora. só tenho uma duvida: vc fez 01 mapa mental pra area profissional e outro (separado) pra area pessoal?

    se sim, o que fazer pessoas como eu que, em poucas palavras, paga as contas com outro emprego mas investe mais energia e paixão numa area que nao deu retorno ainda?

    nao chamo essa nova area de hobby pois tem mto trabalho e envolve uma startup, sabe?

    obrigada!

    • Oi Jessica!

      Um é seu mapa como indivíduo e outro é um mapa com suas responsabilidades no trabalho. São funções diferentes, apenas. 🙂

  13. Thais,

    Quero só registrar que posts como esse são muito uteis e inspiradores! Continue por favor!
    Alias quando puder, por favor, atualize como esta o seu sistema atual.

    Obrigada!

  14. Oi Thais, boa noite!
    Confesso que a primeira vez que li esse post achei que seria muito complicado gerenciar tudo isso…
    Depois de alguns minutos voltei e li tudo de novo e de novo mais algumas vezes…
    O evernote já uso (por dica do seu blog que peguei há algum tempo)…
    Fiquei animada para montar um mapa mental que é algo que sei que preciso no momento para equilibrar todas as áreas e não esquecer de nenhum dos itens ou deixar sem prioridade na minha vida.
    Com a ajuda de uma roda da vida que eu já tinha preenchido, montei um mapa e estou aos poucos colocando as ações…
    Depois senti que só o evernote e o mapa ainda não eram suficientes para que eu pudesse me organizar também com os eventos.
    Comecei a usar a google agenda e organizei os compromissos e eventos.
    Hoje já senti falta de algo para as tarefas que preciso listar e controlar diariamente e que são mais específicas.
    Assim, comecei a usar o todoist.

    O que achei confuso no começo, agora não é mais….. já faz muito sentido e me deixa contente, porque consegui colocar cada coisa em seu lugar…. arquivos / listas / eventos / mapa mental / tarefas….. foi acontecendo meio que automaticamente conforme fui compreendendo o porque de cada ferramenta.
    Assim depois de tudo devidamente separado não vi mais complicação e acho que será muito melhor para gerenciar tudo.
    Antes eu montava e gerenciava planilhas de excel que se tornaram obsoletas e complicadas, mas com esse seu post consegui finalmente “limpar” meus projetos.
    Obrigada!
    Seu blog é fantástico e tem me ajudado muito mesmo!

    Depois de tudo isso encaminhado estou agora animada para estudar o FLY Lady, pois acho que também vai me ajudar.

    Um grande abraço!

  15. Nossa Thays, vc é um exemplo mesmo de organização… e tudo parece tão fácil e simples quando você fala. Já acompanho seu blog há um tempão, acho que uns 3 anos ou mais, e olha, já melhorei muito, mas ainda não consegui nem me entender com a ideia da caixa de entrada e das listas de contextos. A agenda para compromissos apenas foi mais fácil… mas as listas de tarefas, isso ainda não consegui, começo num canto, em 3 semanas to fazendo de outro jeito, mudo de bloco pra caderno, depois pra planilha no excel, depois notas no celular, daí volto pra um bloquinho, enfim. Mas to lendo textos antigos aqui pra tentar mais uma vez, um dia acho o jeito ideal pra mim. Obrigada por estar sempre por aqui!

  16. adorei o post, iluminou um pouco minha mente em relação às revisões!
    mas fiquei ainda mais feliz de saber que vem por aí uma postagem sobre bullet journal. ando usando e tem sido ótimo, mas seria maravilhoso se houvesse um guia de implementação do gtd nele (ou mesmo uma postagem mais simples com sugestões para usar o método nessa ferramenta). 😊

  17. Adorei a ideia do resumo do mês.
    Eu tenho feito aulas de teatro, e lá temos que escrever um diário sobre a experiência em cada aula. Achei fascinante como esses registros podem nos adicionar numa analise posterior, e tava procurando uma forma viável de aplicar a minha organização. Tá ai, mensalmente.

  18. Que inveja boa dá a sua organização! Tenho você como um exemplo e uma inspiração Thais! Parabéns pelo trabalho e pelo blog!

  19. Thais, sou muito sua fã. Parabéns pelo trabalho.
    Cada post seu é inspirador mesmo. E um grande desafio para nós leitoras ao mesmo tempo.
    Gostaria de te perguntar /pedir se você tem como fazer outro post compartilhando as ferramentas que você usa na organização mensal, a lista dos pensamentos, as planilhas ou sistemas etc.
    Um grande beijo. E que você continue sendo essa pessoa iluminada que vc é.

  20. Valorizo muito o fator organização em qquer atividade da vida humana. Organização começa na mente, quando concebemos aquilo que temos como objetivo.Entretando me considero a pessoa com grandes dificuldades de me organizar, e já me acostumei com essa vida de sustos e improviso, como forma de me ajeitar com minhas deficiências. Mas nunca é tarde para se aperfeiçoar e romper com idéias retrógradas de que não podemos mudar. Entendo que não é fácil, mas a maior dificuldade e o maior impedimento está dentro de nós. Difícil mesmo é romper a inércia e procurar ajuda. Depois da iniciativa os caminhos aparecem. Sou mega ansiosa por conta da falta de organização. Como já foi mencionado, é um processo de dentro pra fora.

  21. Oi Thaís, boa noite! Acompanho o seu trabalho a bastante tempo e tenho muito a lhe agradecer! Por hora queria saber se vc fez o post prometido no ultimo parágrafo? Sobre como vc organiza isso tudo do Todoist? Gostaria de ler! 😘

DEIXE UMA RESPOSTA