ou

Gostaria de compartilhar com vocês essa espécie de revisão mensal que faço sempre que chega um novo mês. Eu costumo fazer ao final do mês anterior, para já entrar no mês novo com ele planejado. Ela leva de 60 a 90 minutos.

Reviso minhas áreas de foco

Captura de tela 2016-04-04 12.29.52

Tenho dois mapas mentais que uso para analisar minhas áreas de foco na vida – um mapa com foco pessoal (eu, como indivíduo) e outro com foco profissional (meu escopo de trabalho). Essa análise é muito legal porque me permite ver:

  • Se as três áreas que quis focar este ano estão evoluindo
  • Se há equilíbrio
  • Se há projetos que preciso implementar para que elas caminhem em direção ao nível de tranquilidade que espero ter em cada uma delas

Eu utilizo uma ferramenta chamada Mind Meister para criar meus mapas mentais.

Checo o tickler para o mês

Tenho um arquivo de pastas suspensas com todos os meses do ano e os dias do mês, que utilizo para guardar material que vou acessar apenas nas datas específicas. Veja mais aqui sobre o que é o tickler e como funciona.

Uma vez por mês, verifico a pasta do mês que vai entrar e, se tiver algo ali, distribuo para os dias específicos.

Leio alguns pensamentos que gosto de rever uma vez por mês

Tenho no meu Todoist uma lista com 8 a 10 pensamentos que, mensalmente, gosto de reler. Eles me ajudam a ter foco no que importa. Exemplo de pensamento que tenho lá:

Captura de tela 2016-04-04 12.37.38

Vejo minha pipeline de projetos

Captura de tela 2016-04-04 12.40.31

Tenho uma planilha que montei no início do ano com uma pipeline de entrega de projetos. Ela fica no Google Drive e, mensalmente, a acesso para ver qual será meu foco de trabalho no mês e não perdê-lo de vista.

Ela tem sido bastante útil para me ajudar a não pegar trabalhos diversos que possam tornam minha vida muito corrida. Por exemplo, se tenho duas entregas importantes para este mês, sei que ficarei bastante envolvida com elas, então não vou pegar nada novo e que demandará muita atenção.

O que está em vermelho é quando o projeto pega fogo – ou seja, quando as atividades relacionadas a ele ficam mais intensas.

Este ano foi a primeira vez que eu fiz isso e estou gostando bastante de fazer. Ainda preciso fazer alguns ajustes, mas no geral tem sido bom e tem me dado perspectiva.

Verifico minha checklist de comprimissos que precisam ser agendados todo mês

Garantir o planejamento do próximo curso online do blog, ver se farei algum evento gratuito para os leitores, webinars, definir a quantidade de treinamentos de GTD, enfim: eventos. No final das contas, cada mês tem apenas quatro semanas e eu preciso conhecer bem o meu tempo para saber o que serei capaz de fazer ou não. Ter essa lista de gatilhos recorrentes me ajuda a pensar nessas definições. Tenho uma agenda bastante cheia e, muitas vezes, começo um mês já com ela bastante tomada com essas atividades.

A revisão das áreas de foco ajuda bastante na busca por esse equilíbrio. Tudo se conversa.

Não só para o lado profissional, mas também o pessoal. Vejo os eventos na escola do nosso filho, os shows da banda do meu marido, passeios que podemos fazer e todo esse tipo de coisa. Também dou uma passada geral nas contas do mês para ver se está tudo encaminhado.

Verifico minha checklist de atividades recorrentes todo mês

Além de compromissos, tenho atividades que faço mensalmente, especialmente em casa.

Vejo minhas listas de compras

Tenho algumas listas de compras padrão que verifico todo mês para itens que preciso verificar apenas com essa periodicidade – geralmente itens de limpeza, cosméticos, utensílios etc. É bastante útil porque, muitas vezes, acabo fazendo essas compras pela Internet mesmo, para facilitar (as compras de perecíveis fazemos semanalmente de acordo com o menu semanal).

Programo meus cuidados pessoais

Cortar cabelo, tingir, hidratar, cronograma capilar, manicure, sobrancelha e coisas do tipo são programadas mensalmente. Muitas coisas faço em casa mesmo, mas gosto de me programar para não deixar passar tempo demais.

Vejo minha checklist de coisas que adoro fazer

Tenho uma checklist de coisas que adoro fazer que criei para sempre ficar bem. São coisas simples, como passear na Livraria Cultura ou tomar um café com uma amiga, que gosto de revisar mensalmente para ver se conseguirei fazer alguma delas. Passo item por item e verifico se conseguirei fazer. É bem legal.

Reviso minhas listas de limpeza detalhadas

Isso é coisa da FlyLady. Anoto qual o hábito do mês (tudo está no site dela) e depois verifico quais semanas serão dedicadas a que cômodo. Tenho detalhadas as minhas listas de limpeza de cada um e, depois, semanalmente, vejo as tarefas a serem feitas e defino como ações para a minha semana.

Mensalmente, no entanto, gosto de revisar as listas de limpeza para ver se estão ok, se falta algo ou se mudou alguma coisa.

Faço um resumo do mês que passou

Outra coisa que gosto de fazer é um resumo do mês que acabou. Tenho algumas perguntas que me guiam nesse processo, bem pessoais, relacionadas a felicidade, equilíbrio, relacionamentos. Crio uma nota no Evernote e escrevo sobre o mês que passou. Me ajuda bastante a refletir e fazer um balanço dos acontecimentos.

Tudo isso que eu escrevi acima está esquematizado no meu Todoist em formato de bullet journal (leia aqui sobre bullet journal). Em breve farei um post mostrando mais desse esquema. 🙂

E você, como costuma planejar o seu mês?

Thais Godinho
04/04/2016
Veja mais sobre:
42
Como eu organizo as minhas finanças
Como foi: Workshop Organize sua vida em Curitiba
Lendo em março