Você já pensou alguma vez em olhar para a sua casa como se não morasse nela? Bem, eu faço isso profissionalmente, mas creio que todo mundo com uma boa dose de determinação, pode fazer o mesmo.

Eu tenho que colocar as coisas em linhas gerais, mas há quem habite uma casa ou um apartamento e até talvez outros tipos de moradias, mas o mais importante agora é o seguinte: caminhe para a sua entrada. Nós entendemos por entrada a sua porta principal ou social, se ficar mais fácil. Pode ser que entre a rua e essa entrada para a área efetivamente construída, a qual denominamos casa, pode haver um jardim, uma entrada para carros…se for o caso, se antecipe e comece pelo portão da rua. Lembre-se, hoje a sua marca será a impessoalidade, então deixe os afetos para lá e responda sinceramente:

– Como essa casa recebe as pessoas? Vindo da rua, o número (identificação) está visível? É apresentável? Você encontrou facilmente a campainha? O som dela é agradável?

O número da casa pode atrair sorte?

O ideal é que você anote as suas observações, impressões, porque é assim que nós, os consultores de Feng Shui , fazemos. É preciso diagnosticar, para depois oferecer o remédio.

Entre o portão e a porta principal: a área é limpa, está livre de tralhas, entulhos, restos de reformas, brinquedos e bicicletas quebrados? Há lixeira ou sacos de lixo no local?

porta entrada

Bem, por que tudo isso?

A fachada e entrada da casa “contam” um pouco do que se encontra no seu interior, como são os seus moradores e que tipo de energias estão trocando ou convidando para entrar. Quem quer atrair para dentro saúde, amor, prosperidade, precisa otimizar bastante esse espaço, tornando-o bem atrativo para receber o bom c’hi, a boa energia vital.

Então já sabe: todo o lixo deve ser removido, o local deve estar limpo, desobstruído e que fique bem claro que os reparos precisam ser solucionados prontamente, ou seja, se a campainha não funciona, o número da casa não existe ou está danificado, a lâmpada está queimada, há problema na fiação ou qualquer outra coisa que cause uma primeira má impressão, isso não pode ficar esperando o carnaval chegar, a aposentadoria, o dinheiro extra…aja rapidamente! Substitua, conserte, reforme, organize…faça o que for preciso.

O FENG SHUI E A BAGUNÇA NEGLIGENCIADA!

As lojas de materiais dão muitas orientações: bricolagem, faça-você-mesmo, tudo isso se torna possível, econômico, prazeroso…nada que assistindo alguns vídeos/tutoriais no youtube não possa ser resolvido com sucesso.

Com tudo devidamente registrado, aproxime-se do interior da casa.

Ao chegar à porta principal, observe como ela se encontra. Abre e fecha com facilidade? Existe algo encostando na porta, que a impeça de abrir totalmente? Raspa no chão? Faz barulho? Está empenada?

Maçaneta e fechadura cumprindo com suas funções? E as dobradiças?

Agora vem o mais importante da nossa conversa de hoje:

A nossa porta de entrada é considerada pelo Feng Shui como uma “boca”, por onde principalmente se alimenta toda a moradia. Ela vai convidar as energias a entrarem no ambiente, por isso precisamos deixá-la impecável. Limpa, com a pintura em ordem, sem ferrugem e transmitindo uma sensação de segurança e aconchego.

  • Segundo o Feng Shui, a porta deve abrir para dentro e ainda que por qualquer razão você entre sempre pela porta dos fundos ou de serviço, procure algumas vezes se sentir uma celebridade e entrar magistralmente pela porta principal, faça isso pelo menos uma vez na semana!
  • Você sabia que para o Feng Shui a maçaneta da porta de entrada é como a “mão da casa”? Sim, ao tocar na maçaneta é como se você estivesse cumprimentando a casa. E a gente sabe como é gostoso apertar uma mão firme. Portanto, invista numa maçaneta anatômica, sólida, cujo “aperto de mão” seja poderoso, resistente e imune às negatividades.
  • Tenha um capacho junto à porta. Ele pode ser decorado, temático ou somente colorido, mas sempre demarcando onde termina o mundo profano e começa o seu espaço sagrado. Ele receberá os pés dos moradores e ajudará com o excesso de impurezas que vem da rua.
  • É sempre muito recomendável ter uma planta ou um par de plantas junto à porta principal. Se optar por uma somente, posicione-a, se possível, à esquerda de quem chega. São boas opções a Zamioculcas (até onde há pouca luz), o Lírio da Paz e as palmeiras todas, com destaque para a Raphis. Na hora de escolher a sua amiga verdinha, consulte o fornecedor em relação à entrada de luz, regas e outros cuidados. Planta protege e purifica, desde que esteja saudável, sem folhas e flores secas, que precisam ser removidas.

A dica da Zamioculcas vale também para quem mora em apartamento, pois vai muito bem em corredores e halls, sobretudo se a porta ficar no fundo do corredor, de frente para o elevador ou escada. Ela ajudará na circulação de energias e será um verdadeiro escudo de proteção.

Plantas: nossas aliadas

– Uma dica amada por todo mundo é colocar um BAGUÁ talismã (octógono espelhado) acima da porta. Reza a lenda que ao passarmos sob ele, somos purificados. O baguá também “devolve” energias negativas que são direcionadas à moradia.

No próximo post já estaremos dentro de casa, portanto, vamos aproveitar esse tempinho para seguir as dicas. Nós vamos olhar para cada cômodo com olhos de Feng Shui e juntos vamos deixar o nosso ambiente harmonizado e muito mais gostoso.

E você? Tem alguma curiosidade ou pergunta específica sobre Feng Shui?

38 Comentários

    • Também tenho essa questão. Na verdade, moro em um apartamento cujo prédio que não permite colocar nada nos corredores e nem acima das portas (somente na porta em si). Dessa forma, coloquei meu baguá na porta, o mais alto que pude (mas aí deixa “furado” o ato de passar-por-baixo). O que se pode fazer nesses casos?

      Obrigada!

    • Olá, Bruna! Esse Baguá, chamado de “baguá talismã”, funcionará melhor se tiver um espelho em seu centro e os 8 trigramas. E precisa ser fixado no lado EXTERNO, “olhando” para o mundo lá fora. O espelho irá refletir energias negativas, os trigramas funcionarão como filtros para tudo que for direcionado ao seu lar.
      Boa sorte!
      Grata.
      Wanice

  1. Olá, Thaís e Wanice, sou leitor assíduo do blog e gostei muito da postagem sobre Feng-Shui.Vamos tentar aplicar as dicas em casa, enquanto aguardamos as próximas postagens!

  2. Eu estou estudando Feng Shui, porém estou com dificuldades em entender o quadrado mágico de Lo Shu para poder aplicar o Baguá na planta baixa. Você poderia abordar o assunto em algum post ou indicar algum site?

    • Olá, Kellen! Você está estudando as escolas tradicionais chinesas. Eu considero importante que um consultor conheça esses ensinamentos clássicos, pois o Feng Shui é uma ciência, uma arte e também uma filosofia…Conhecer sua essência amplia muito a nossa visão, mas confesso a você que me apaixonei pela Escola Californiana, o Feng Shui do Chapéu Negro, pois foi uma simplificação para nós ocidentais – é o meu eixo central, mas uso muita coisa do Feng Shui tradicional também. Há bastante coisa sobre quadrados mágicos (eu adoro!) na internet. Vou pesquisar algo que fique interessnate para um futuro post. Obrigada! Persevere nos seus estudos.

  3. Olá, gostei muito do post mas tenho duas questões: o meu hall de entra é muito escuro, não tem luz natural nem dentro nem fora do apartamento. O que posso usar no lugar da planta?
    O baguá deve ficar fora ou dentro de casa?

    Obrigada.

    • Daniela, o baguá talismã oferece bastante proteção. Use do lado de fora!
      Você pode ter uma planta, ainda que pequena, bem na entrada do apartamento, de preferência do lado esquerdo.
      A Zamioculcas é ótima!
      Grata.

      • Olá, Wanice e Thaís!
        Adorei as dicas, amo o blog! Apenas tenho uma observação que, embora não pertinente ao “Feng Shui”, possa ser importante para famílias com crianças (ou cachorros). Soube que essa Zamioculcas é venenosa, como a famosa “comigo-ninguém-pode”, e acho que seria interessante uma observação no post para alertar quem for seguir a dica e colocar a plantinha em casa. Beijos.

        • Oi, Gisele! Muito grata pela informação. Eu quis fazer uma boa pesquisa para responder para você, uma vez que também não tinha essa informação. Interessante que publicações a respeito dessa planta, como wikipedia, por exemplo, não trazem esse “detalhe”. Mas a gente está aqui para aprender, então vamos mudar um pouco as coisas. A Zami só entra em casa se houver apenas adultos. Se tivermos crianças pequenas e/ou animais, vamos pensar em outra solução. Ela pode ficar em corredores, halls de entrada, se assim também não representar um perigo. Andei pesquisando com veterinários e o maior perigo é para o gato. Assim como a Carambola, uma linda estrelinha (fatiada) que vai bem em drinques, pode causar danos aos rins humanos, quando já há uma fragilidade, agora sei que essa planta também não pode ser comida, realmente se ingerida, ela é tóxica. Mas ela se populariza a cada dia pela facilidade em cultivá-la em ambientes internos habitados por gente sem tempo. Muito grata pelo alerta! Bjs

  4. Vou fazer uma boa limpeza na porta!! Não sabia dessa questão da porta ser como uma “boca”… Obrigada!

    • Vilma, se você morar em SP, encontrará com facilidade na Liberdade, principalmente numa galeria que tem na Rua Galvão Bueno, bem pertinho do Metrô. Pode comprar também virtualmente, se morar em outro local ou achar mais prático. 😉

  5. adorei a postagem. Me interesso muito pelo assunto e conheci algumas desses dicas em um livro que li recentemente.
    sua escrita foi muito clara e nos ajuda a pensar em soluções simples para deixar esse espaço mais fluído.

    obrigada por compartilhar 🙂

  6. Opa! Que dica maravilhosa! Assim que li esse post, providenciei a planta pra colocar no meu apartamento! Obrigada!!!
    Valeu!!! Um grande abraço!!!!Aguardando o novo post sobre isso assunto!!! Até mais!!! beijo e sucesso!!!!

  7. Oi Wanice,
    Adorei o post, percebi que preciso cuidar mais da entrada da minha casa, que anda bem negligenciada.
    Ansiosa pelos próximos posts da série, gosto muito do assunto!
    Obrigada!

  8. Muito legal! Já estou ansiosa para os próximos posts!
    Moro em um apartamento de 28 metros quadrados e mesmo assim já estou com ideias pra arrumar a entrada dele, começando por um parafuso que falta na fechadura! Excelente!

    Parabéns!

  9. Olá Wanice,
    muito legal seu post! Sempre me interessei por conhecer melhor o Feng Shui, mas nunca tinha me aprofundado muito. Sobre o baguá eu já conhecia. Agora ficaram algumas dúvidas: a planta deve ser do lado externo e esquerdo de quem chega certo? que engraçado, meu marido colocou um vaso semana passada, do lado de fora da porta de entrada e do lado esquerdo, mas é espada de são jorge. Um vaso só não, colocou vários, pois bem do lado esquerdo da porta, tem uma longa parede, e colocamos uma espécie de grade de madeira ao longo desta parede, e vários vasos, um ao lado do outro, seguindo esta grade..seria um problema essa grande quantidade de vasos ao lado esquerdo da porta de entrada? eu particularmente gostei, achei que ficou mais alegre! Deu outra cara para a entrada da casa. E o capacho é do lado externo ou interno? E a minha porta de entrada, é de vidro de correr para o lado, não abre para dentro. Isso seria um problema?

  10. Jéssica, tudo certinho! Eu também tenho espada de são jorge na minha entrada, da mini…a pequena notável! Poderosa! Tenho a Zamioculca também. Seu marido é um fengshuista intuitivo, fez tudo certinho. Trata-se de um jardinzinho vertical, como um quadro na parede, não é? Ótimo! Alegra e filtra impurezas físicas e etéreas.
    O capacho fica do lado de fora.A porta de vidro, sendo de correr, só estará incorreta se emperrar, fizer barulho…deslizando certinho, tá tudo certo. Logo estaremos com o segundo post da nossa série. Obrigada!

  11. Wanice, que post bacana!!!
    Minha pergunta é: não tendo luminosidade no corredor, poderíamos utilizar plantas artificiais??

  12. o post é antigo, mas tenho uma dúvida… a porta da casa para onde vou me mudar em alguns dias abre para fora (é alugada, e é td tão pequeno que a melhor opção é essa mesmo). há algo a fazer para neutralizar essa questão?
    obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA