ou

Toda vez que vou fazer uma viagem mais longa (cerca de uma semana), gosto de planejar com bastante antecedência para que não me esqueça de nada nem deixe coisas para a última hora. Neste post, vou escrever então qual é o meu processo para organizar uma viagem.

Crio um caderno no Evernote

O Evernote tem a opção de deixar offline o caderno que você quiser. Eu crio um caderno para colocar todas as notas relacionadas à minha viagem e o deixo offline no celular. Isso me permite acessar essas informações mesmo se tu estiver sem conexão com a Internet.

Nesse caderno, coloco os comprovantes das passagens, da hospedagem do hotel, o código da reserva dos vôos, meu roteiro, enfim, todas as informações úteis.

Recomendo a leitura do e-book Planejando viagens com o Evernote, do Vladimir Campos, para mais dicas úteis.

Lista do que vou levar

Já sabendo como será o meu trajeto, sei que malas vou levar. Por exemplo, se eu for fazer escala ou conexão, levo uma mala de mão com rodinhas, para não ter que carregar coisas. Se o vôo for direto, me permito uns luxos, levar mais coisas. Então crio uma lista no Evernote com o nome de todas as malas, mais ou menos assim:

  • Mala grande despachada
  • Mala de bordo
  • Mochila

E, embaixo de cada uma delas, vou listando o que pretendo levar. O Evernote permite que a gente coloque caixinhas de “check” nos itens, então, ao arrumar as malas, basta ir “tickando” o que eu já guardei. Isso é MUITO útil, especialmente para itens que são guardados de última hora nas bolsas de bordo.

Previsão do tempo e minimalismo

Conhecendo a previsão do tempo do lugar, consigo fazer boas escolhas em termos de roupas. Procuro levar o mínimo possível e sempre me pergunto: “o que aconteceria se eu tirasse esse item da mala?”. Se for atrapalhar a minha vida, eu mantenho. Se não fizer falta, eu tiro.

No geral, eu gosto de levar sempre pelo menos um “substituto” para as minhas roupas. Dois pares de sapatos, duas calças, duas blusas de lã. Assim eu me sinto segura porque, caso eu derrame bebida ou suje de alguma forma, não ficarei na mão.

Peças de baixo costumo levar em uma quantidade ok para todos os dias (ex: 7 dias, 7 camisetas), porque mesmo com lingerie há sempre a possibilidade de lavar no meu destino.

Levo sempre roupa para uma semana, mesmo que fique mais tempo. Eu lavo, se precisar.

Checklist pré-viagem

Tenho uma checklist padrão que vou arrumando a cada viagem que faço com tudo o que preciso executar antes de ir viajar, de trocar moeda a deixar futuras contas pagas. Isso me ajuda a nunca esquecer nada nem ficar preocupada.

Juntar todos os documentos em um único lugar

Sempre que me deparo com um documento, comprovante impresso, dinheiro local etc, eu vou guardando em uma única pasta para acessar um dia antes e aí sim organizar nos compartimentos adequados. Isso me ajuda muito a não deixar cada coisa em um lugar. Se vou precisar na viagem, certamente estará nessa pasta!

Malas prontas um dia antes

Como tenho a checklist, não preciso montar a mala aos poucos. Minha única exigência é que, um dia antes, seja minha viagem às 8h da manhã ou às 8h da noite, minha mala esteja pronta. Coloco o prazo no meu calendário e me organizo.

Isso me permite lavar as roupas que vou levar (e estão na minha lista), comprar algo que eu esteja precisando e tomar qualquer outro tipo de providência.

Todas essas pequenas atitudes fazem com que eu simplesmente me despeça dos meus amores, feche a porta e entre no táxi, sem preocupações.

Thais Godinho
18/01/2016
Veja mais sobre:
8
3 práticas de organização que eu gostaria de ter aprendido 10 anos atrás
Sobre organização, respeito e bom-senso
Como foi: Curso de organização de arquivos com Tadeu Motta em SP