Eu já escrevo no blog Vida Organizada há quase 10 anos e, quando penso na minha vida quando eu comecei a escrever sobre o assunto, vejo o quanto aprendi de lá para cá. Se eu pudesse voltar no tempo e aprender apenas três coisas para facilitar todo o meu progresso, eis quais seriam:

1. A importância da revisão semanal

Revisar meus projetos e ações a fazer semanalmente é imprescindível e não consigo imaginar a minha vida sem essa prática, que também é o momento quando organizo tudo o que vou fazer ao longo da semana. Se eu tivesse incorporado essa prática há dez anos, teria tido dias muito mais tranquilos, sem atrasos e sem estresse. Conseguiria me programar melhor e antecipar entregas.

Captura de tela 2015-09-15 00.50.07

2. Dormir bem é tudo!

Pode parecer engraçado colocar “dormir bem” como prática de organização, mas hoje eu sei que, para aguentar uma rotina pesada, só dormindo bem – a melhor quantidade possível de horas toda noite, sem perder tempo ou trocar o horário aos finais de semana e acordando mais tarde aos sábados, por exemplo. Consistência na rotina faz muita diferença para o metabolismo e, naquela época, eu não tinha a menor ideia. Gerenciar a minha energia é mais importante que gerenciar qualquer outra coisa.

3. Eu que tenho que colocar limites e dizer “não”

Quando somos jovens, abrigamos tudo o que chega até nós (de trabalho a relacionamentos) por medo de dizer não ou por pura incerteza do que é o mais correto a se fazer. Hoje eu sei que o mundo não colocará limites para mim e, se eu deixar, me sugará até a alma. Por isso, doa a quem doer, eu entendi que é necessário dizer não quando eu não puder abrigar algo ou quando isso não for de acordo com os meus objetivos, projetos e valores. Teria economizado muito tempo, saliva e sanidade se soubesse disso há alguns anos.

E você, tem algo que, se soubesse há dez anos, teria mudado muitas coisas em termos de organização? Compartilhe nos comentários!

26 Comentários

  1. Preparar o dia de amanhã, no dia de hoje. Era sem duvida algo que devia ter aprendido há 10 anos. Tem sido muito útil na minha vida e, é realmente uma grande paz de espirito.

    Não passava aqui há algum tempo, e adorei ler tudo o que estava em atraso. 🙂

  2. Pra mim esse aprendizado do NÃO foi realmente o meu maior ganho. Ele traz tanta coisa consigo… Aprender a priorizar o que é mais importante, a ter coerencia com nossos sonhos e com aquilo que eu somos e principalmente sermos nós mesmos… É simplesmente libertador.

  3. A revisão semanal ainda fica emperrada cmg. Não consigo definir dia e horário, já que trabalho por escala e tem dias que trabalho e dias que estou de folga (ciclo de 6X4). Então nao sei como fica melhor. Estou pensando em fazer como fiz com as compras: alguns itens sempre compro no ultimo dia de folga, outros sempre na primeira manhã de trabalho. Aí a minha revisão semanal seria uma revisão decendial… O que vc acha?

  4. Muito bom esse post. Também aprendi a dizer não quando não posso dar conta de algo ou até quando não estou com vontade de ir a algum lugar. Aprendi que tenho prioridades e vontades também e não tenho como atender a todos de uma vez. Até a casa entrou nesse ritmo kkkk, pois mantenho organizado sim, mas limpo quando der, isso não quer dizer que deixo suja, apenas não tão limpa como seria bom, aí só se eu tivesse ajudante. Encontrei tempo pra me permitir descansar um pouco tbm, senão só trabalho. Bjs

  5. Colocar limites e aprender a dizer “Não” realmente teria me ajudado bastante (e ainda preciso aperfeiçoar), mas acredito que mais organização financeira e priorizar melhor minhas tarefas seria uma prática que me pouparia de várias dores de cabeça, principalmente na faculdade!
    Engraçado que sempre dei uma certa prioridade para as minhas horas de sono, pois não funcionava nada quando passava a semana sem dormir uma 5 ou 6 horas, mesmo quando trabalhava e estudava longe, sempre calculava pra dormir mais.

  6. Todos estão relacionados:
    1. Parar um pouco pra pensar na vida, trabalho, propósito de vida não eh perda tempo, faz parte de achar um sentido pra fazer o que fazemos todos os dias.
    2. Ficar ocupado o tempo todo eh uma grande bobagem e perda de tempo. Só serve para impressionar os outros (ou não rs).

    3. Auto-conhecimento eh a resposta para MUITOS dos seus supostos problemas…rs

  7. Dormir bem é imprescindível, e descobri isso há pouco tempo.
    Como estudo para concursos, achava que se dormisse menos poderia estudar mais.
    Mas, ficar acordada com sono, o estudo (e nenhuma outra atividade) rende.
    Vi essa dica no livro do Alexandre Meirelles (ele já esteve por aqui/sou super fã/rs).
    Segundo ele, quando dormimos bem, o cerébro processa o conhecimento adquirido, fixando melhor na memória.
    Quando durmo bem, rendo muito mais, ainda que as horas de estudo sejam menores.
    Super funciona comigo e isso também aprendi com você Thaís: quando preciso, descanso!
    Também envolve o ponto 3, pois depois que reduzi minhas atividades e compromissos, tenho mais tempo para descansar.
    Um amigo uma vez me disse: “Você não precisa ser Mulher Maravilha, não precisa provar nada para ninguém, portanto, desacelere…”
    E assim eu tenho aprendido a viver cada vez melhor.
    E depois que conheci o seu blog, só tenho confirmado que organização é MUITO MAIS do que destralhar a casa e criar rotinas, é ter principalmente qualidade de vida!

    PS.: Terminei de ler o seu livro e adorei!
    #naesperadopróximo #adoroler #adoromaisaindasuasdicas <3

    Grande abraço!

  8. Preciso aprender a dormir melhor. Às vezes durmo 10h e acordo cansada.
    Vou colocar a revisão semanal na minha mira. E quanto a dizer não, isso
    aprendi muito cedo e não tenho problema com isso. Obrigada pela dicas!

  9. Ótimo Post!
    Nos faz refletir, e colocar em prática logo, para não perdermos mais tempo…
    Abraços Thais, adoro seu trabalho, parabéns!

  10. Oi Thaís! Por um tempo no passado eu tive o hábito da revisão semanal das tarefas inspirado pelo método GTD. Deixei isso de lado por anos mas esse mês vou começar tudo novamente com o hábito da coleta. Minha produtividade da época chegou a me assustar e até posso ter abandonado por isso. Juro que eu não me reconhecia mais!
    Hoje eu e minha companheira também estamos tentando melhorar nossa rotina noturna e de sono. Uma dica que já experimentei é a de começar com pequenas mudanças. Há duas semanas eu configurei um alarme para às 23h com a etiqueta “Preparar para dormir”. Como a prática foi um sucesso, nessa semana eu troquei para às 22h50. Quero chegar às 22h ainda esse ano.
    Abraço!

  11. Oi Thais! Acompanho seu blog a algum tempo e agora estou lendo o livro “Vida Organizada”. Que conteúdo maravilhoso e bem escrito! Recomendo a todos, por ser um livro que leva a reflexão não só sobre a organização de casa e rotinas, mas nos organizar para atingir objetivos e sonhos de vida. Um livro que nos leva a pensar e agir!

  12. Thais, hoje sofro por não dormir o suficiente. Chego do trabalho às 23:00 e consigo dormir lá pelas 00:00/01:00. O despertador do meu marido toca as 06:00, pois ele trabalha as 7:00. Sempre tomamos café da manhã juntos, pois isso era uma prioridade para mim, mas parece que a idade está pesando, não sei, pois estou um bagaço! Sinto como se tivesse sido atropelada (comentei isso com um médico e ele respondeu bem assim: não sei como é isso, nunca fui atropelado… ô ódio!). Tenho pensado em dormirmos em quartos separados, já que tenho sono super leve, e abrir mão de tomar café da manhã com ele para dormir mais umas 2 horas. Tenho até pensado um abandonar a docência universitária… As vezes não se pode ter tudo… Parabéns pelo blog, como sempre excelente suporte a nós mortais trabalhadores que não nascemos em berço esplêndido!

    • Graziella queria ter lido a sua mensagem antes, não sei se mudou algo em sua rotina, mas não durma em quarto separado do seu esposo. Esse esforço com certeza valerá a pena para vocês como casal. Deus lhe abençoe!!!

  13. Thaís, os três itens foi o que um grande projeto entregue neste mês reafirmou pra mim!
    Amo seu blog, seu trabalho e esteja certa: é isto mesmo rs rs
    Abraços! Vida longa!

  14. Estou adorando seu blog. Já não sou “menina” tenho netos, os quais adoro, mas …estou aprendendo muito com você. Deus lhe abençoe. Adorei
    PS. PENA QUE NÃO A CONHECI HA MAIS TEMPO, MAS SEMPRE É TEMPO DE APRENDER….

DEIXE UMA RESPOSTA