Captura de tela 2015-07-13 19.48.55

Não se trata mais de uma situação excepcional: se precaver contra o mosquito da dengue faz parte da rotina de uma família organizada. Veja como organizar suas checklists de limpeza para garantir que na sua casa o mosquito Aedes aegypti não entre:

Diariamente

– Verifique possíveis focos de água parada nos lugares da casa onde você mexeu com água: pias, quintal, varanda, atrás do tanque;

– Passe repelente em toda a família pela manhã e ao final da tarde;

– Utilize um bom inseticida noturno que não faça mal à saúde da sua família;

Semanalmente

– Limpe os vasos de plantas para garantir que não sejam foco do mosquito;

– Converse com seus vizinhos sobre medidas de precaução para trocarem ideias;

– Compartilhe em seu Facebook dicas para prevenção, para conscientizar outras pessoas;

– Lave com esponja os baldes e galões utilizados para armazenar água;

– Troque a água dos vasos de plantas aquáticas;

Mensalmente

– Faça a manutenção da sua caixa d’água, garantindo que ela continue vedada;

– Remova folhas, galhos e outras sujeiras que possam obstruir a saída de água das calhas.

Com relação à dengue, não basta fazer a sua parte – é importante conscientizar os outros também. Por isso é tão importante a gente falar publicamente sobre esse assunto na Internet, porque nunca se sabe quem pode ser afetado.

A SBP criou um site exclusivo com muitas dicas sobre o assunto e imagens de conscientização que podem ser usadas para compartilhamento. Acesse: http://www.nossacidadesemdengue.com.br

3 Comentários

  1. Passar repelente diariamente não é uma boa ideia! A pele absorve diversas substâncias e, a longo prazo, pode não ser muito bom isso. Claro que usar repelente eventualmente é ok, só não devemos fazer disso uma rotina.

  2. Não tem muito a ver com a postagem, mas eu gostaria que você fizesse um texto sobre a questão da crise que estamos passando no momento, e sobre como enfrentar a questão do desemprego, se é interessante mudar de cidade ou até de país neste momento. Digo isto porque tenho uma amiga que está pensando em ir embora para o Japão pois está há 8 meses procurando uma recolocação no mercado (área de comunicação e eventos) e a gente tem conversado muito mas sem a coleta necessária de dados. Como gosto muito dos seus textos não sei se você conseguiria fazer uma abordagem neste sentido. Como se organizar em época de crise, o desemprego bateu a porta o que fazer, como se organizar neste sentido também. Algo bem objetivo, prático. Muito obrigada!

DEIXE UMA RESPOSTA