ou

Muitos leitores me pedem mais dicas de organização em viagens, então este post traz dicas para se organizar em uma viagem longa de avião na classe econômica. São dicas que coletei ao longo dos últimos anos e outras que descobri por mim mesma. Espero que gostem!

  1. Planeje o que pretende fazer em termos de entretenimento. Você não gosta de ler? Então não leve um livro. Leve coisas que você gosta. Conheça-te! Algumas pessoas se entretém a viagem toda com um único livro, enquanto outras se entediam rapidamente e precisam sempre mudar de mídia (filme, livro, desenho). Viagens longas parecem intermináveis se não tivermos nada para fazer. Mas o mais importante é otimizar o espaço do que você vai levar. Por exemplo, se você gosta de ler, vale a pena levar um tablet ou e-reader em vez de três livros. Aí é importante carregar tudo um dia antes para deixar seus dispositivos preparados. Outro item indispensável é levar seu próprio par de fones de ouvido, pois não são todas as companhias aéreas que fornecem.No geral, eu costumo levar um e-reader, meu notebook (porque trabalho remoto), fones de ouvido e o meu próprio celular. Outras sugestões legais são: livros para colorir, um diário, um caderno para anotações diversas.
  2. Providencie o seu conforto. Sejamos sinceros: viajar de avião pode ser bastante desconfortável. Por melhores que sejam as poltronas na classe econômica, a falta de ergonomia começa a pesar depois de algumas horas. Use uma roupa bastante confortável e pense em termos de camadas. Casacos grandes não funcionam em aviões – perturbarão você e as pessoas ao seu lado. Se viajar para um lugar frio, vale a pena levar uma mala de mão maior com o casaco dentro, para usar assim que chegar ao aeroporto. Eu gosto de viajar com uma calça com elastano, camiseta de malha e uma blusa de lã, que é molinha e esquenta bem, se precisar. Também gosto de usar meias de compressão durante a viagem (para evitar inchaços) e levar um par de meias mais quentinhas para usar enquanto dormir. Descobri que faz muita diferença no meu conforto proteger as extremidades do corpo, que é por onde nosso corpo esfria – mãos, pés, cabeça. Já parei dor de cabeça só por colocar uma touca em uma noite de frio! Por último, também gosto de levar uma pashmina, que serve como cachecol para proteger o peito e complementa o cobertorzinho que geralmente os aviões têm. Sobre sapatos: evite os sapatos fechados, mesmo quando for para lugares frios, pois os pés incham. Deixe para colocar quando chegar lá. Eu gosto de viajar com sapatilhas e variantes, como slippers.
  3. Dicas para conseguir dormir. Ninguém consegue dormir direito no avião, mas existem algumas dicas que podem tornar esse processo um pouco menos traumático. Conheço pessoas que gostam de tomar um remedinho natural antes de embarcar, como chá de camomila ou pílulas de melatonina / passiflora. Por favor, não use medicamentos como Dramin, Dorflex, entre outros, pois auto-medicação é algo muito arriscado. Também evite o consumo de álcool, que nas grandes alturas não funciona como em terra. Meus acessórios preferidos para conseguir dormir são: máscara para dormir, plugs de ouvido e travesseiro de pescoço. Sou um pouco chata com máscaras de dormir e vivo trocando as minhas. Nada pior que uma máscara de dormir que aperte a cabeça ou a lateral dos olhos, ou ainda em cima do nariz. É claro que uma máscara de dormir nunca será 100% confortável, mas procure a que melhor se adapta ao formato da sua cabeça e rosto. Plugs de ouvido, leve vários sobressalentes para não ficar sem nem deixar de usar porque ficou sujinho. Quanto ao travesseiro de pescoço, certamente os infláveis são os melhores para economizar espaço, mas o conforto não se compara. Se você for viajar para um único lugar (ou seja, não ficará se deslocando muito com mala na mão), eu recomendo um travesseiro de pescoço de verdade, tipo almofadinha, pois faz diferença em uma viagem longa desse tipo. Para carregar, encaixe-o na sua bolsa ou mochila de mão – não precisa colocar dentro.
  4. Hidrate-se. O ar condicionado do avião acaba com a nossa pele, nariz, lábios etc. Manter-se hidratado ao longo do vôo faz muita diferença na sua disposição. Leve sempre uma garrafinha com você (vazia, para passar na esteira, e encha depois), de preferência com fecho hermético, para não correr o risco de vazar. Além disso, vale a pena levar um pequeno hidratante – eu gosto de levar um potinho pequeno de Nivea, que não é líquido, e uso para tudo: mãos, rosto. Também levo um protetor labial ou manteiga de cacau e passo antes de dormir, para garantir ao menos por um tempo a hidratação da minha pele.
  5. Leve lanchinhos. Eu sei que existe o serviço de bordo e todo mundo adora jantar e tomar café-da-manhã no avião. Porém, nos intervalos, vale a pena ter algo para beliscar de três em três horas ou menos, até mesmo para manter o corpo energizado. Eu gosto de sempre levar algo salgado e algo doce, para levantar o moral. Mas não é para levar muita coisa, apenas umas pequenas porções de lanchinhos. Chocolates e barras de cereal cumprem bem o papel. Tem gente que gosta de levar sanduíche embalado em papel filme, ou frutas. Tome apenas cuidado com alimentos barulhentos (como salgadinhos) e que tenham um cheiro muito forte (como goiabada!). Vale a pena levar uma sacolinha plástica para ir colocando as embalagens vazias ao longo do vôo (em vez de colocar tudo de qualquer jeito – e sem higiene – no bolsão da frente).
  6. Cuide da sua saúde. Pode parecer frescura, mas os aviões não são limpos com a frequência e qualidade ideais. Por isso, leve com você um pacote de lenços umedecidos (se forem anti-bacterianos, melhor) e passe no apoio para braços e na mesinha, quando for usá-la. Eu também gosto de levar sempre um potinho de álcool em gel para passar nas mãos depois de usar o banheiro. Eu acho que o pacote de lencinhos é sempre útil porque nunca se sabe quando vamos derramar suco na roupa ou em cima da mesa do avião.
  7. Escolha bem sua bagagem de mão. Eu vejo de tudo nos aeroportos: pessoas que levam uma bolsa + uma mala de bordo. Outras que levam uma mochila. Outras que levam apenas uma mala de bordo. Outras, bolsa + necéssaire de mão. Eu costumo viajar bastante a trabalho e, nesses casos, prefiro levar uma pasta executiva com tudo o que vou usar no vôo + uma pequena sacola (de pano, flexível, com zíper) com amenidades para quando chegar lá (casaco, muda de roupas caso a mala extravie, carregadores). Já levei tudo em uma única mala de bordo (que fica no compartimento superior) e acho chato ter que ficar toda hora levantando para pegar o que está ali, além de ser desconfortável abrir uma mala na poltrona. Também já aconteceu de eu levar uma única mochila e ficar muito apertado… Então hoje, o que faço, é levar duas bolsas de mão, mas ambas pequenas. Leve em conta também que, em viagens longas, o espaço nos compartimentos superiores é disputado, então malinhas mais rígidas ou maiores podem não caber. O que é importante: o que você vai usar durante o vôo deve ficar com fácil acesso, de preferência embaixo da poltrona da frente. Essa bolsa ou mochila não pode ser grande, senão prejudicará o seu conforto (não tem espaço suficiente para colocar os pés). Então verifique a configuração que funciona melhor para você.
  8. Distribua o tempo. Tente planejar mais ou menos o que pretende fazer ao longo do vôo, para se programar. Você pode estabelecer que vai ler nas duas primeiras horas de vôo, depois assistir um filme, depois tentar dormir um pouco, aí ouvir música quando acordar, organizar seu computador (não faça isso com alguém dormindo ao lado, a não ser que a pessoa esteja com máscara de dormir, por favor), ler de novo, e por aí vai. Isso pode te dar uma ideia do que fazer em cada um desses momentos. Como eu gosto de planejar, me ajuda a ver o tempo passar.

E você, tem alguma dica que funciona para longas viagens de avião? Compartilhe nos comentários! 🙂

Thais Godinho
27/05/2015
Veja mais sobre:
18
Como fazer: planejamento de projetos no GTD
Por que resoluções de ano novo não dão certo ou você não consegue alcançar seus objetivos
Inspiração: um dia a mais

 

  1. Sane 27/05/2015

    As dicas estão ótimas!
    Quando viajo com crianças procuro preparar antecipadamente um kit avião.
    Uso pequenas mochilas deles com atrações adequadas a cada um. Na viagem à Disney, por exemplo, coloquei para minha filha um livro que ela já estava de olho, e um caderninho que ela usaria para colher os autógrafos, uma máscara de dormir e fones de ouvido. Para meu filho de 8 anos preparei uma mini prancheta com desenhos para completar q peguei no pinterest, adesivos e o caderninho de autógrafos.
    Nos caderninhos de autógrafos coloquei alguns textos com curiosidades sobre atrações dos parques, um texto educativo sobre golfinhos e um sobre esquilos. Foi muito legal quando chegamos aos lugares e eles já tinham informações e expectativas!
    Para os dois coloquei um minipacote de cookies e um mini pacote de cereais fruit loops que meu filho ama.
    Entreguei na sala de espera do aeroporto. Os olhinhos brilharam!
    Me diverti montando os kits, me emocionei com a reação deles, e atingimos o objetivo : uma viagem tranquila com mais de 8 horas de voo!

  2. Fernanda Bragança 27/05/2015

    Gostei das dicas. Essa dos livros e e-readers é indispensável. A da comida é muito importante. A primeira vez que viajei de avião pensei “Sério? Só isso?”. rsrs Tinha uns pacotinhos pequenos de coisas para beliscar mesmo. Nada para saciar a fome.

  3. Fernanda Scafi 27/05/2015

    A melhor dica sem dúvidas é levar uma troca de roupa na mala de mão pq a chance da cia aérea perder a sua mala é enooorme!! Caso alguém queira dicas de destinos diversos pelo mundo, intercâmbio e viagens em geral, é só dar uma passada lá no meu blog de viagens: http://taindopraonde.blogspot.com.br/!

  4. Paula 28/05/2015

    Queria muito ter lido essas dicas antes da viagem que fiz ano passado!!! rs
    Não levei meia e me arrependi demais, ainda mais pq sinto frio nos pés. E fui com uma jaqueta muito pesada, que me atrapalhou ficar carregando durante a conexão.
    Levaria pequenos lanchinhos tbm!

    beijos

    • Thais Godinho respondeu Paula 28/05/2015

      Obrigada por comentar, Paula. Tem coisa que a gente só aprende vivenciando, né?

  5. Juliana 28/05/2015

    Em vôos longos, Bepantol é imbatível para a saúde das cutículas (evita aquelas temíveis “franjas”) e também dos lábios.

    Colírio, enxaguante bucal e evitar refrigerantes ou outras bebidas gasosas também é importante.

    • Thais Godinho respondeu Juliana 28/05/2015

      Ótimas dicas! Adorei!

    • Daniela Dantas respondeu Juliana 25/06/2015

      Bepantol é imbatível também no ressecamento nasal provocado pelo ar, o meu até sangrava. Vou ao banheiro levando a pomada e um cotonete para besuntar a bordinha do nariz. Sofria demais com isso até que um alemão me deu essa dica num vôo. E pode ser aquela manteiguinha da nívea que vem num potinho tb, sendo que ela é cheirosinha.

  6. Bruna Zampieri 01/06/2015

    Para mim, colírio e álcool gel não podem faltar! Eu também gosto de levar uns lanchinhos salgados para aliviar a fome. Para quem sofre com a pressão nos ouvidos durante o pouso e decolagem, chiclete é indispensável, e é bom também para evitar o mau hálito! Outra ideia é dar uma passadinha na banca ou livraria e comprar uma revistinha de palavras cruzadas, sudoku etc.

  7. […] 8 dicas para sobreviver a uma viagem de mais de 10 horas na classe econômica Sou fã de da Thaís e do Vida Organizada e esse link é um daqueles que você tem que ter no […]

  8. […] E procuro não economizar nisso, porque me entedio muito facilmente em longas viagens de avião! (Tem até um post sobre isso aqui). Eu levo uma camiseta e uma calcinha só para não passar necessidade mas, sinceramente, qualquer […]

  9. […] 8 dicas para sobreviver a mais de 10 horas em uma viagem na classe econômica […]

  10. Viviane Muller 25/01/2016

    Também queria ter lido estas dicas antes da minha viagem.
    Passei muita fome entre o jantar e o café da manhã, que foram servidos um pelo horário do Brasil e o outro pelo horário local (-5h com relação Brasília).
    Também sofri um pouco com frio nos pés, fui apenas com uma meia soquete.
    Agora está tudo anotado para a próxima!!!
    Bjus e parabéns pelo site!!!

  11. Beto Sobanski 15/06/2016

    Estou me preparando para uma viajem, e todas as dicas foram essenciais.
    Ótimo blog, Obrigado.

  12. Shara 28/03/2017

    Obrigada pelas dicas! Eu não gosto muito de voar, na realidade tenho um pouco de medo, e este ano já tenho 3 viagens programadas. Ao invés de estar empolgada com o destino só penso nas 8 horas que ficarei no avião . 🙁