ou

Quando converso com alguns leitores sobre estudar para um concurso, fazer uma faculdade ou aprender um novo idioma, sempre ouço algo como: “Thais, eu sei da importância de tudo isso e gostaria de voltar a estudar, mas não consigo encontrar motivação”. Por esse motivo, resolvi escrever este texto com algumas reflexões que fiz sobre o assunto e espero que ajude quem estiver passando por esse momento de indecisão.

A motivação é algo extremamente pessoal. Significa exatamente isso: um motivo para a ação. Esse motivo não vem de fora – não adianta o chefe tentar te convencer que é necessário aprender espanhol se você, lá no fundo, achar que não vale a pena. Assim como para qualquer outra iniciativa, se você não tiver uma motivação real, você não conseguirá ter estímulo suficiente para agir.

Toda vez que você tiver uma ideia ou se pegar pensando em algo que deveria fazer, especialmente relacionado aos estudos, pergunte-se:

  • Qual o propósito disso? Por que eu quero fazer uma faculdade, passar em um concurso ou aprender esse novo idioma? O “por que” é essencial. Sem ele, não tem sentido fazer nada.
  • Onde eu quero chegar? Como eu me imagino depois de estar fluente nesse idioma, ter passado no concurso ou ter concluído a faculdade? O que isso vai me trazer de resultados na vida? Isso é uma certeza ou apenas suposição? Conversei com outras pessoas experientes nesse assunto para ter uma noção mais realista do que pode acontecer?
  • O que acontecerá comigo se eu não fizer isso que eu estou me propondo? Como será o cenário se eu não fizer essa faculdade, não estudar para esse concurso ou não aprender esse idioma?

São algumas questões para você refletir sempre que tiver em mente iniciar um novo projetos de estudos (não só de estudos, mas de qualquer projeto). Faça o teste. Pense nas respostas e talvez você descubra porque não tem motivação ou, pelo contrário: que a motivação é real e consistente, e não há dúvidas de por onde começar.

Aqui no blog há uma categoria inteirinha sobre motivação, que pode inspirá-lo/a com outras ideias. Boa sorte. 🙂

Thais Godinho
13/02/2015
Veja mais sobre:
17
Como fazer as revisões no GTD
Avisos temporários…
Consultoria de organização com o método GTD

 

  1. Marcia 13/02/2015

    Conhecimento é sempre bem vindo! Amo aprender, mais confesso que estou sem motivação para nada! Thais,fiz isso tudo faculdade, cursos de linguas, tudas as oportunidades que tive para estudar eu agarrei e venci. Mais hoje me pergunto se valeu a pena, pois abri mão de tanta coisa e não somos reconhecidos no trabalho. Tem sempre um espertinho para tirar onda com a cara do gente…tipo sou amigo do chefe ganhei aumento e vc não… Desculpa o desabafo! Acho que preciso arrumar motivação para procurar um novo emprego!

  2. Rosana 13/02/2015

    Oi Thais…. estou exatamente nessa fase! Gosto, quero e preciso estudar, mas não estou encontrando aquela luz que nos motiva e impulsiona. Irei refletir sobre essa sua postagem. Adoro o seu blog! Sempre encontro algo interessante.
    Beijos e obrigada por tudo!

  3. Bia 13/02/2015

    Além da motivação, ajuda muito tornar um hábito. Tem que ser difícil de não fazer.

    Criar a situação em que fique meio obrigatório fazer aquilo – estudar, ir pra aula, coisas assim. Eu faço inglês a uma distância de duas quadras do meu escritório, em horários no meio do expediente. Faço lição depois do café da manhã (anoto 30 min na agenda pra isso). Só assim pra “pegar no tranco”

    Adaptei assim porque não tenho chefe e posso fazer isso, mas quem não pode valeria colocar antes ou depois do expediente, por exemplo. Assim acaba a desculpa. Quanto mais fácil de ir e mais automático ficar, melhor.

    • Manuela respondeu Bia 18/02/2015

      Concordo, acho que trabalhar a motivação é sempre bom, mas esses dias me deparei com um artigo que até coloca que a motivação pode se tornar uma armadilha… achei os pontos bem interessantes para uma reflexão (apesar do título meio pé na porta.).. espero que gostem..

      (link)

      • Thais Godinho respondeu Manuela 18/02/2015

        Pessoal, por favor, não compartilhem links desse site aqui. Obrigada.

  4. Valéria 13/02/2015

    Thais, mto bom seu blog. Parece q vc sempre fala o q a gente precisa ouvir. Já aprendi muito aqui e consegui colocar algumas coisas em prática. Bjs

  5. Eri 13/02/2015

    Acredito que devemos pensar bem no propósito antes de investir tempo, dinheiro e energia em algum projeto de estudo e, se possível ampliá-lo para mais de um objetivo.
    Por exemplo, estudar idiomas com o propósito de aproveitar mais as viagens e, também, crescer profissionalmente.

  6. Ana Yuan 13/02/2015

    Texto ótimo para reflexão mesmo, se não sabemos o porque das coisas, não conseguimos chegar a lugar algum e ficamos estacionados, bjs e bom carnaval
    http://www.antestardedoquenunca1.blogspot.com

  7. Samantha 13/02/2015

    Oi Thais! Eu li um artigo interessante sobre motivação vs disciplina: http://www.papodehomem.com.br/foda-se-a-motivacao-o-que-voce-precisa-e-disciplina
    Nem sempre a gente tem motivação, mas quando se tem disciplina, a gente faz acontecer. Espero que você goste do artigo. Beijos

  8. Cristina 14/02/2015

    Oi Thaís , é muito difícil mesmo, tenho dois filhos e o terceiro a caminho kkk,motivação não me falta , mas o tempo….tenho sorte quando consigo terminar uma aula online (grátis) no mesmo dia Kk,o cansaço é tão grande,mas sem luta não há vitória não e? Obrigada pela matéria bjss.

  9. Fernanda Barros 14/02/2015

    Thais, este post veio na hora certa.
    Estava exatamente mito indecisa sobre meus projetos.
    Amei!

  10. Ana Luísa 14/02/2015

    Oiii Thaís!!!
    Adorei o post, mas, acho que mais difícil que encontrar motivação é se manter motivado…
    Beijos e obrigada por tudo!!!

  11. Simone 18/02/2015

    Oi Thais! Confesso que as vezes fico sem motivação também, estou um bom tempo em casa, pois sai do meu emprego pra cuidar do meu filho, mas por vários motivos ainda não posso sair de casa para estudar , sei que preciso me qualificar em alguma coisa, pois estou totalmente desatualizada, e sem tempo resolvi me matricular num desses cursos a distância, dizem que é uma boa opção, parece ter um bom conteúdo, mas as vezes me sinto desmotivada e até ´”ridícula” fazendo um curso sem professor ao meu lado,sem ninguém por perto e depois fazer a prova pra receber o certificado on line! Ai, preciso me acostumar com isso, pois no momento é o que posso fazer,se não é isso, é nada,rsrsrs.

    • Thais Godinho respondeu Simone 18/02/2015

      Mesma coisa por aqui. Adoro curso presencial, gosto da interação, de estar com um professor ali, além do compromisso de ir às aulas. Porém, não tenho disponibilidade para ir presencialmente e preciso da motivação para o online também. Vamos que vamos!

  12. Ingrid Marques 30/07/2015

    Oi Thais!

    Seus post são maravilhosos, tá conseguindo fazer eu me apaixonar por organização também!

    hahaha